Cartas - 3/04/2011

INFLAÇÃO EM ALTA

, O Estado de S.Paulo

03 Abril 2011 | 00h00

Meta adiada

Preocupante a decisão do Banco Central de flexibilizar o controle da inflação com vista a atingir a meta somente no próximo ano. Como se diz aqui, no interior, "por onde passa um boi, passa uma boiada"...

ALEXANDRE FUNCK

afunck1@gmail.com

Bragança Paulista

______________________________________

Herança maldita

O vale-tudo para fazer a sucessora de Lula agora apresenta a sua conta. Um governo que depende de manter uma grande massa de funcionalismo, de programas assistencialistas e da manipulação de nossa estatal do petróleo não tem outra opção senão a elevação dos juros. E pior, segundo o presidente do Banco Central, parece que esgotamos os seus limites. Agora teremos de conviver com uma inflação acima da meta, beirando o descontrole. Herança maldita de uma prática de governo que só vê a manutenção do poder, e não o melhor para o País.

CARLOS AVILA

c.avila@modusoperantis.com.br

São Paulo

______________________________________

VALE

Manobra torpe

Depois de tantas medidas macroprudenciais anunciadas e levadas a efeito pela Fazenda para conter o crédito e a inflação, ficamos pasmos com os pífios resultados obtidos. Tanto um como a outra sobrevivem e prosperam na razão direta do palavrório ufanista e panglossiano de nosso desacreditado ministro da área. Os maiores sucessos que até hoje conseguiu, na condução de nossa economia, foram os fantásticos truques e malabarismos contábeis que realizou, capazes de transformar déficit em superávit (e nem corou por isso!). Agora, num novo esforço para reordenar o universo e conformá-lo aos seus desígnios petistas, resolveu o indigitado ministro capitanear a destituição do sr. Roger Agnelli da presidência da maior empresa exportadora brasileira e a segunda maior mineradora do planeta (posições atingidas, entre outros motivos, pela admirável gestão de seu presidente). Sem dúvida alguma, esse ministro tem, em razão de seu brilhante desempenho, toda a capacidade e a inteligência necessárias para achar boa para o Brasil essa manobra torpe e totalmente digna de um ministro de país de Sexto Mundo... qualquer que seja ele. Devemos apresentar nossos pêsames à presidente da República.

NELSON PENTEADO DE CASTRO

pentecas@uol.com.br

São Paulo

______________________________________

Planos esquisitos

O ministro da Fazenda, o petista Guido Mantega, mete-se onde não é chamado. Ele parece querer desmontar a Vale, a maior e mais bem-sucedida empresa privada do País. Primeiro, derrubou o seu presidente, responsável por um crescimento da mineradora digno de louvores. Agora, quer forçar a redução das exportações de minério de ferro, sob o argumento de criar novas usinas siderúrgicas, embora a capacidade mundial de produção exceda a demanda. Os planos do PAC são esquisitos: constroem-se hidrelétricas nos confins do País, em plena floresta amazônica, e agora se quer ampliar a indústria siderúrgica além do aconselhável. E tudo diante das evidências em contrário! Vai entender...

JOÃO U. STEINBERG

justeinberg@terra.com.br

São Paulo

______________________________________

Por capricho

E dispensaram mesmo Roger Agnelli! Nenhuma organização com um mínimo de bom senso dispensaria um executivo que em dez anos elevou o faturamento da empresa que presidia de US$ 4 bilhões a US$ 46,4 bilhões, transformou-a na maior produtora de ferro do mundo, fez dela a segunda maior mineradora do mundo e levou as suas ações a uma valorização de 1.583%. Passaram por cima disso tudo e por cima da vontade dos pequenos acionistas para satisfazer um capricho do PT. É o fim da picada!

M. CRISTINA ROCHA AZEVEDO

crisrochazevedo@hotmail.com

Florianópolis

______________________________________

Pobre País...

Como entender a cultura do PT? Mesmo numa empresa exemplar, rentável, como a Vale, eles simplesmente não sossegaram enquanto não trocaram seu presidente. Com toda a certeza, o que era exemplo vai virar, como de costume, um cabide de empregos onde serão agregados os pelegos que fazem parte da turma petista. Pobre país, onde no que funciona eles interferem em benefício próprio - e o povo e os acionistas que se danem!

LAERT PINTO BARBOSA

laert_barbosa@ig.com.br

São Paulo

______________________________________

PARCERIAS E ACORDOS

Negócios da China

Enquanto os nossos governantes viajam pelo mundo em tour turístico, fazendo política de boa vizinhança sem conseguirem nenhuma parceria interessante, somos apunhalados pelas costas, comercialmente falando. É o caso da China, que fechou um acordo bilionário com a maior rival da Embraer, a canadense Bombardier, a qual deverá estar entre as maiores fabricantes de aviões do mundo em curto espaço de tempo.

ANGELO TONELLI

angelotonelli@yahoo.com.br

São Paulo

______________________________________

Golpe mortal do "king" Hu

Ao fechar acordo com a Bombardier, a China liquida com a rival brasileira Embraer.

SERGIO S. DE OLIVEIRA

marisanatali@netsite.com.br

Monte Santo de Minas (MG)

______________________________________

Eletrobrás internacional

Enquanto a Eletrobrás procura se internacionalizar comprando ativos no estagnado mercado português (1.º/4, B14), outra estatal, esta colombiana, com muito mais visão de negócios, prefere fincar o pé no promissor mercado do Brasil, em particular em São Paulo, por meio da Companhia de Transmissão de Energia Elétrica Paulista (CTEEP). São coisas dessa natureza que imaginávamos estarem no fim no governo Dilma Rousseff.

NILSON OTÁVIO DE OLIVEIRA

noo@uol.com.br

São Paulo

______________________________________

MST

Debandada

Ora, não há dúvida: aqueles 300 mil integrantes do MST não eram e nunca foram homens do campo, nascidos e criados em áreas rurais, mas agitadores arregimentados pelos dirigentes do movimento para criminosamente invadir terras produtivas e saquear propriedade alheia.

GERALDO C. MEIRELLES

gmeirelles@prmurray.com.br

São Paulo

______________________________________

VOCÊ NO ESTADÃO.COM.BR

TOTAL DE COMENTÁRIOS NO PORTAL: 1.220

TEMA DO DIA

Brasil vai tolerar real mais forte por ora

Governo não planeja grandes medidas para evitar a valorização da moeda no curtíssimo prazo

"Já está tudo caro. Nossos produtos não têm competitividade. E ninguém faz nada."

CARLOS OLIVEIRA

"O BC precisa urgentemente reverter a política de juros e é o que fará."

LUCAS LÚCIO GODEIRO

"Eles estão tentando segurar o dólar no grito e com as taxas de juros maiores do mundo não vão conseguir."

LUIZ BARROS

______________________________________

Cartas enviadas ao fórum dos leitores, selecionadas para o estadão.com.br

 

 

 

 

 

 

Mais caros

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

O governo do Estado anuncia que mudará a sistemática dos pedágios nas estradas paulistas.Pretende cobrar por quilômetro rodado.E fiquemos atentos pois as alterações noticiadas,ao contrário do que se imagina,somente farão subir os mais caros pedágios de todo o País e seguramente maiores se comparados com as Nações desenvolvidas.Ao mesmo tempo que pretende corrigir as distorções de cobrança,notadamente em cidades vizinhas aos pedágios é fundamental que implante um sistema de radares sério e transparente para se evitar a indústria da multa.Esse coquete de pedágio e multa fere de morte o desenvolvimento e a economia acarretando o aumento de preços na cadeia final e um sensível prejuízo do consumidor.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Carlos Henrique Abrao abraoc@uol.com.br

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

______________________________________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Pedágios em SP

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Até que enfim uma boa notícia com relação aos pedágios, nas rodovias paulistas : deixarão de ter cobrança manual e passarão a ser medidos de acordo com a distância e kilometragem percorridos pelo veículo, como ocorre há décadas nas estradas europeias. Sem dúvida, trata-se de uma avanço a modernização do sistema, que hoje é lento, caro e injusto. Fica a torcida para que a 'indústria dos pedágios' que existe hoje em São Paulo seja desativada, que haja transparência e tenhamos acesso a toda a enorme receita obtida pelas concessionárias e pelo Estado na cobrança de pedágios nas rodovias paulistas e que os preços das tarifas sejam reduzidos a um nível minimamente razoável e que não mais prejudique o direito de ir e vir das pessoas.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Renato Khair renatokhair@uol.com.br

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

______________________________________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Gostando de Dilma

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Eu que nunca pensei que um dia fosse gostar do governo da Dona Dilma , vejo alguns progressos : na ONU a posição do Brasil em relação ao Irã , o fim dos discursos estupidos , e não ter de ver a cara do ex-cara para mim foi o maior feito do governo Dilma. (obs: não vejo mais TV com controle na mão para trocar de canal na hora que o ex aparecesse).

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Carlos Roberto Gomes Fernandes crgfernandes@uol.com.br

Ourinhos

 

 

 

 

 

 

 

______________________________________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Pelo voto distrital

 

 

 

Incompreensível a defesa contumaz que dirigentes petistas fazem do voto em lista - uma das normas que podem passar a vigorar no sistema eleitoral brasileiro em virtude de uma eventual reforma política. Na verdade, nem tão incompreensível é: o PT quer o voto em lista para que seus ilustres quadros - mensaleiros, Delúbios, etc. - possam adentrar o Congresso quase que automaticamente. É absurdamente óbvio que o voto distrital puro contribui para a aproximação entre eleitor e eleito e a diminuição dos custos das campanhas, que estariam restritas a espaços muito menores - um candidato a deputado percorreria apenas o seu distrito, em vez de o Estado inteiro. Por quê os "companheiros" não apoiam o voto distrital? Só pode ser má-fé petista mesmo. 

 

 

 

 

 

 

 

 

Henrique Brigatte hbrigatte@yahoo.com.br

Pindamonhangaba

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

______________________________________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Burros de carga

 

 

 

 

 

Cem por cento dos eleitores do deputado Tiririca jamais tiveram capacidade de imaginar o que sería receber R$ 8.000,00 por mês de salário.Esses são os verdadeiros palhaços do Tiririca.Merecem continuar a ganhar um péssimo salário e continuarem a ser verdadeiros burros de carga de políticos espertalhões.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

José Piacsek Neto bubapiacsek@yahoo.com.br

Avanhandava

 

 

 

 

 

 

 

 

 

______________________________________

 

 

 

 

 

 

 

 

Ação entre amigos

 

 

 

 

 

 

O comediante Tiririca, foi o deputado federal mais votado nas últimas eleições, num colégio de mais de cem milhões de eleitores. Sem embargo dos direitos democráticos irremovíveis desse cidadão, não resta dúvida alguma que, em menos de cem dias de mandato, o intérprete de ''Clementina'', aprendeu bem depressa os usos e costumes da FMB (Faculdade de Malfeitorias de Brasília). De forma bastante séria, acaba de empregar amigos humoristas com salário de R$8 mil,sem precisar dar expediente. Com esse seu primeiro ato político está capacitado a uma viagem à Líbia, para receber de Kadaffi, o título de ''Horroris Causa'', que deveria ser instituído no Brasil para ''carimbar'' a maioria dos ocupantes do congresso. ''El-Rei, essa é uma terra tão dadivosa, que em nela se roubando nada dá'', parodiando o escrivão português, Pero Vaz de Caminha.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Jair Gomes Coelho jairgcoelho@gmail.com

Vassouras (RJ)

 

 

 

 

 

 

 

 

______________________________________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Eleitores

 

 

 

 

 

O deputado federal que foi  eleito recentemente com uma votação recorde chama a atenção sempre que toma qualquer atitude que é prevista para um parlamentar.Ora,  se ele tem mandato, pode ser indicado para participar de comissões, o que já aconteceu. E pode também nomear assessores, como qualquer parlamentar. Isto também já aconteceu. E não faltam críticas e observações, como se os demais parlamentares tenham como norma dar detalhes sobre  os escolhidos para assessora-los. Mas aos  eleitores dele não se fazem referências. E nem eles fazem autocrítica sobre o que fizeram. E vamos em frente.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Uriel Villas Boas urielvillasboas@yahoo.com.br

Santos

 

 

 

 

 

 

 

 

 

______________________________________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Assessores

 

 

 

 

 

 

Com o novo projeto aprovado os deputados poderão contratar 32 assessores: é “pra- lamentar” as atitudes dos nossos parlamentares que votaram a favor. Pode ser legal, mas para o povo isso é imoral. Acredito que o bom senso terá que vir do governador Geraldo Alckmin vetando esse imoral projeto.

Permito me perguntar: Qual finalidade 32 assessores para a grande maioria dos Deputados que nada fazem?

 

 

 

 

 

 

 

 

Benedito Raimundo Moreira br_moreira@terra.com.br

Guarulhos

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

______________________________________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Tiririca e os picaretas

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Pronto! Tiririca passou no teste com louvor. Bom aluno! Dar emprego a dois amigos, ganhando a bagatela de R$-8,0 mil, sendo que jamais trabalharão em seu gabinete é começar com golpe de mestre. 2 funcionários biônicos! Aqueles que ninguém sabe ninguém viu, mas o contra cheque... Tiririca perdeu a única chance de ser o melhor dos comediantes: ser diferente dos companheiros do Congresso seria de gargalhar. A piada do ano! Nesse teste de “pudê” ele não percebeu que justamente por ser uma exceção a regra, seria mais do que fiscalizado pela mídia e opinião pública. Mas legal mesmo deve estar a cara dos seus eleitores. Se fosse eu mudaria de Estado de tanta vergonha!

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Beatriz Campos beatriz.campos@uol.com.br

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

 

______________________________________

 

 

 

 

 

 

 

 

Mágica de cargos

 

 

 

 

 

 

 

Tiririca, já está fazendo magíca de cargos no seu mandato?

 

 

 

 

 

 

 

 

Cícero Sonsim c-sonsim@bol.com.br

Nova Londrina (PR)

 

 

 

 

 

 

______________________________________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Quem não é?

 

 

 

 

 

 

 

 

O deputado federal Francisco Everardo Oliveira Silva, mais votado no país, o conhecido palhaço Tiririca (PR/SP), aprendeu rápido a fazer "graça" comum da Câmara Federal. Já empregou dois colegas humoristas de SP, mesmo sem ter escritório em SP, com salário de R$8 mil mensais, mais mordomias. Nenhuma novidade, agora vai longe, lá "eles" dizem: "eu sou e quem não é"? Será que pior não fica? Nós os "trouxas" temos que rir...Vale tudo gente!

 

 

 

 

 

 

 

 

 

M. Teresa Amaral  mteresa0409@estadao.com.br

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

______________________________________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Guerra relâmpago

 

 

 

 

 

 

 

 

Não sei o que filósofos entendem de guerra. Mas o "conselheiro militar" de Sarkozy, Bernard-Henry Lévy (filósofo, mas como não o seria, se é francês?), previu uma guerra-relâmpago na Líbia e parece que vamos ter o contrário, sobretudo depois de a Otan negar armas aos rebeldes (comprometemo-nos a desarmar, e, não, armar a Líbia). Nenhuma das últimas guerras noticiadas pelo mundo afora foram "relâmpagos". Para sofrimento dos diretamente envolvidos e de toda a humanidade.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Amadeu R. Garrido de Paula amadeugarridoadv@uol.com.br

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

______________________________________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Juízes retardatários

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

A iniciativa do Tribunal de Justiça  de São Paulo para  punir os juizes retardatários em decidir seja por medo, incompetência ou falta de coragem chega com  milhares de anos luz de atraso, mas graças a Deus começa a se descortinar diante de nós essa possibilidade.  Oxalá essa boa e moralizadora vontade daquele corte não feneça em momento algum e receba sim, o apoio de todas as forças progressistas do país. Dói na alma da gente ver que em certas ocasiões quando buscamos a justiça, os detentores da caneta do direito postergam suas decisões até que percam a finalidade por decurso de prazo. Só quem como eu,  foi vítima disso, sente na pele o confrangimento da alma, sem nada poder fazer ou a quem recorrer pela omissão daqueles que são pagos com o dinheiro público. Iniciativas como essa é que fazem com que não percamos as esperanças de ainda vermos o Brasil livre da corrupção e de suas mazelas.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

  

Manoel Antunes antunesmanoel@yahoo.com.br

São José do Rio Preto 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

______________________________________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Republiqueta

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

País atrasado, de Terceiro Mundo, cheio de vagabundos, iletrados e mal-educados. Merece mesmo um Congresso com seus fichas sujas e um Judiciário lento, moroso e único no planeta com 4 instâncias recursionais. Quando vai aparecer um Macho com maiúscula e colocar ordem e progresso nesta republiqueta. E ainda os juizes federais marcam greve para maiores salários. Lamentável.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

José Eduardo Victor je.victor@estadao.com.br

Jaú

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

______________________________________

 

 

 

 

 

 

 

Ineficiência crônica

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Um país somente se viabiliza como potência quando suas instituições são eficientes e merecedores de respeito pela população. Infelizmente, não é o que ocorre no nosso país. Reportagem publicada pelo Estado (31-03-A-4) nos mostra a acefalia e ineficiência que contamina o nosso Poder Judiciário. Excesso de gastos, acúmulo absurdo de processos e magistrados contumazes em reivindicar mais benesses pessoais. Até quando essa situação irá perdurar? Essas anomalias são antigas, escreve-se muito sobre elas e nada muda. É evidente que as consequências dessa ineficiência tem reflexos maléficos no corpo social, pois geram desconfiança, intranquilidade e comprimetimento das relações inter-pessoais. Não há democracia saudável com instituições fragilizadas.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Francisco Zardetto fzardetto@uol.com.br

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

______________________________________

 

 

 

 

 

 

 

 

Ficha Limpa

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Quer dizer que cinco juízes do STF estão errados?

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Gerald M.L.Misrahi gersilm@hotmail.com

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

______________________________________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Mensalão

 

 

 

 

 

Depois de de Lula ter afirmado que  vai provar que o mensalão foi uma farsa. Depois que o Executivo escolheu para a vaga do  STF um juiz que já tinha sido, no STJ,  benevolente com mensaleiro.  Depois de José Genoíno, ex-presidente do PT, ter sido nomeado assessor do Ministro da  Justiça. Depois de Silvio Pereira  ter sido nomeado presidente do CNJ. Quando o chefe da formação de quadrilha, José Dirceu - segundo declarou o relator do mensalão, o ministro Joaquim Barbosa -, está prestes a  ser beneficiado em agosto com a prescrição dos quadrilheiros. Quando  mais dois juízes serão escolhidos pelo Governo, para repor aposentandos, no STF,  antes do julgamento do mensalão. Depois de o Ficha Limpa ter sido enterrado. E além de vários ministros do STF já terem sinalizado que condenarão só mediante provas cabais (dinheiro na cueca serve como prova cabal?!). Será possível encontrar ainda algum ingênuo que acredita que o m ensalão não vai acabar em pizza?!

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Conrado de Paulo conrado.paulo@uol.com.br

Bragança Paulista

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

______________________________________

 

 

 

 

 

 

 

STF

 

 

 

 

 

 

 

A última atitude "sábia" destes ministros de tão ilibada consciência foi fazer com que a Lei dos Ficha Suja passasse a valer somente a partir de 2012 mesmo com todo o clamor popular fazendo com que, apesar de já termos políticos corruptos empossados, outros que estavam ainda sendo julgados com base nesta lei, agora sejam efetivamente empossados para nos roubarem licitamente! Outra do STF é a demora em definir os rumos dos processos sobre os planos econômicos da época de Sarney e Collor, hoje braços direitos de Dilma inflação, e que se encontram parados desde setembro de 2010 para pedido de vistas de Antônio Dias Tófolli indicado por Lulla por ter sido advogado do Sindicato dos Metalúrgicos e que até agora, pasmem, não teve tempo de dar seu parecer sobre estes processos! Com as últimas atitudes de nosso judiciário, fazendo com que o processo do mensalão acabe por cair no esquecimento por decurso de prazo inocentando réus confessos que estão em nosso congresso graças às artimanhas engendradas por PT e seus aliados assim como teve participação ativa de Lulla durante todos os anos em que ocupou o Palácio do Planalto, poderemos esperar qualquer sentença desfavorável aos poupadores por parte destes ministros tendenciosos e arbitrários os quais já mostraram a quem querem beneficiar, vide o Fichas Suja!

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Boris Becker borisbecker@uol.com.br

São Paulo

 

 

 

 

______________________________________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Utopia

 

 

 

 

 

 

 

 

 

O álcool no Brasil é uma verdadeira utopia (ilusão, mentira, enganação, etc.) Os carros “flex” movidos a gasolina e etanol é um sucesso das indústrias automobilísticas. Isto porque o álcool “era” vantajoso em relação à gasolina! Atualmente nós consumidores pagamos mais caro por uma tecnologia que não usamos! Utopia semelhante acontece nas bebidas alcoólicas, especialmente nas cervejas, onde muitos cantores, cantoras, atores, atrizes, famosos dos esportes, etc. são personagens dos comerciais das cervejas na mídia, se tornando muito atrativo aos olhos de quem vê, em especial, os adolescentes e jovens. Nos comerciais, os figurantes tanto as mulheres como os homens, todos são bonitos e de corpo perfeito. Esta Utopia em relação a bebidas alcoólicas precisa de códigos ou normas que estabeleçam a verdade sobre os malefícios e conseqüências que o álcool traz para nossas vidas. As propagandas de bebidas alcoólicas é infinitivamente pior do que as de tabacos, que já são proibidas! Reflexão: o álcool no Brasil é ou não é utopia?

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Alex Tanner alextanner.sss@hotmail.com

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

______________________________________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Etanol

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Enfrentamos mais uma vez a crise do álcool (ou etanol). Agora pior que nos anos anteriores porque, além da entressafra da cana, os produtores decidiram dela fazer açúcar e não álcool. O programa do álcool combustível, que já naufragou nos anos 70/80, está novamente ameçado. Os carros de hoje são eficientes, mas não há garantia de abastecimento a preço compatível. Os usineiros precisam levar em consideração que suas empresas só puderam ser instaladas ou ampliadas porque o governo lhes concedeu financiamento, muitas vezes privilegiado. E o governo tem o dever de, como fomentador da produção, exigir que os tomadores de seus empréstimos produzam o álcool para atender à matriz nacional de combustíveis, por mais vantajosa que hoje seja a produção de açúcar. Automóvel não roda com açúcar e nem os usuneiros terão o que dele fazer no dia em que o mercado açucareiro internacional se regularizar. Logo, o álcool (ou etanol) é a matriz. Quem quiser fazer diferente, deve, por questão de honestidade, abrir mão dos empréstimos obtidos com a finalidade energética...

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Dirceu Cardoso Gonçalves aspomilpm@terra.com.br

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

______________________________________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Obras paradas

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

                                  

Será que a paralisação das obras da construcao das usinas em Rondonia nao tem o dedo de Lula , para desestabilizar Dilma e já começar preparar sua volta em 2014. Que a presidente se acautele com as "CUTS" da vida brasileira, pois o "sapo barbudo" é cria dessa gente  e seu chefe maior.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Heitor de Lima heitordelima2008@hotmail.com

Franca

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

______________________________________

 

 

 

 

 

 

 

 

Obra de Lula!

 

 

 

 

 

 

Ele fazia tanta propaganda das suas obras - na maioria das vezes apenas planejadas - que, cansado de ouvir tanta baboseira, algum gaiato escreveu com cal, em letras garrafais nas pedras conhecidas como "cama de Anchieta", em Itanhaém, sob uma grande seta indicando o mar: "Oceano Atlântico, obra de Maluf"!    E eu, cansado de tanta milonga, nauseado por sua má administração, seu populismo barato e pernicioso e por seu pernosticismo indomável, escrevo aqui: volta da inflação, obra monumental de Lula! Uma obra tão bem feita e tão bem arquitetada que o próprio Banco Central "desiste de baixar a inflação para 4,5% em 2011"(sic Estado, A1, 31/3). E ainda há quem diga que o homem é um gênio...  Só se for da demagogia.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

João Guilherme Ortolan jortolan@uol.com.br

Bauru

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

______________________________________

 

                                                                               

 

 

 

 

 

 

 

 

Economia e nosso futuro

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

O noticiário econômico de que a inflação pode estar voltando, é preocupante.É claro que os diagnósticos na economia estão sempre sujeitos a varáveis que mudam a todo momento e, por isso, os remédios contra o dragão inflacionário devem ser atualizados constantemente.Um fator não pode ser nunca ignorado entre nós, pelos responsáveis  da gestão pública: a empregabilidade. Sem isso não se constrói o futuro que tando desejamos.  

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

José de Anchieta Nobre de Almeida josedalmeida@globo.com

Rio de Janeiro

 

 

 

 

 

 

 

______________________________________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Falta ação no BC

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Esta hesitação do BC, de querer levar em banho Maria a queda da inflação, acreditando seu presidente, Tombini, que somente em 2012 recuará para meta de 4,5%, é um tiro no escuro.

Como as medidas até aqui adotadas pouco ou nenhum efeito surtiram, e os recursos que estão sendo emprestados aos consumidores pelos bancos continuam crescendo perigosamente, e estimulando as vendas, dificilmente a inflação baixará tão cedo. Por outro lado, a permanência de um índice alto da inflação, penaliza mais de dois terços das famílias brasileiras, que são das classes C, e D, porque produtos básicos como alimentos, higiene e transporte, etc, seus preços sempre aumentam mais do que a média da inflação. E bolso não aguenta.  Será que esta possível proximidade do Tombini com o Mantega não está fragilizando as ações mais concretas e urgentes do BC?!  E a prometida austeridade da Dilma, só foi balão de ensaio?! Deste jeito a taxa Selic poderá subir muito mais, onerando a divida do governo, e comprometendo o ritmo de investimento. Com isso a inflação será estimulada não pelo aumento das commodities agrículas, petróleo, ou coisa que o valha, mas pelas incertezas de um Banco Central inseguro, e talvez serviçal ao gosto desta gestão federal...  Pode custar muito caro ao País, esta vacilada!

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Paulo Panossian  paulopanossian@hotmail.com

São Carlos

 

 

 

 

 

 

 

 

______________________________________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Inflação

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Eu não estou aprovando o governo Dilma,eles estão brincando com a inflação recebida do gov.anterior,num país com o histórico inflacionário,é uma irresponsabilidade.Quem vai pagar a conta será o povo, e os humildes serão os mais prejudicados.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Nelson Pereira Bizerra nepebizerra@hotmail.com

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

______________________________________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Laços Portugal-Brasil

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Não devemos esquecer quem somos, de onde viemos e para onde vamos num mundo globalizado.Nossos elementos constitutivos, nosso elo perdido, paradigma, referencial, nossa gente,  nossa história e nossa lingua de Camões. Tudo isso e muito mais, devemos aos nossos pais Portugueses. Eis que renasce o Gigante Mundo Luso-brasileiro a caminho da correta globalização em busca da paz mundial neste novo milênio e nestas terras dadivosas com suas incomensuráveis riquezas sem limtes. Brasil, terras protegidas e abrigadas pelos continentes. Estas terras não foram descobertas por acaso pelos Portugueses e sim pesquisadas e planejadas para o Novo Mundo.  Dizia Fernando Pessoa: Minha pátria é a minha lingua! Hoje somos cerca de 200 milhões falando a lingua de Camões. Nossas ligações com Portugal são inextirpáveis, remonta das mais elevadas linhagens sucessórias de ostrogodos, finicios, galegos a Portugal, Brasil e os Algarves. Tivemos até uma rainha brasileira, Dona Maria II, nascida no Rio de Janeiro, que se tornou Rainha de Portugal. Logo, não somos órfãos como muitos pensam. Eramos no passado chamados de Portugueses do Brasil. O Brasil mais do que nunca deverá ajudar economicamente Portugal. Aliás, a grandiosidade de toda Europa se deve a Portugal. Nos brasileiros, somos  em nossa essencia uma só nação luso-brasileira.Somente com a união de nossa gente haverá a salvação em um mundo globalizado que nos espera.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Marco Antonio Azkoul azkoul@ig.com.br

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

______________________________________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Apoio?

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Os petralhas que acompanharam a presidente Dilma  e  Lulla em viagem  a Portugal esta semana,dentre eles estava a figura nefasta, a eminência parda do governo anterior, uma das cabeças do Foro de São Paulo,  a "herança maldita"  que Lulla deixou para a sua escolhida,  falo do  top-top  sargento Garcia, que deveria ficar de boca fechada , tem a audácia e petulância em declarar em terras lusitanas :" que o Brasil pague US$360 milhões pela energia de Itaipu ao Paraguai, pois apoiar os paises vizinhos não tem preço". É, não tem preço apoiar os inimigos, opa! Os vizinhos? Mas é o Paraguai quem nos deve dinheiro, pois não colocou um guarani sequer na construção de Itaipú, além de nos enviar contrabando de mercadorias falsificadas " made in China" através de suas fronteiras com nosso país, ainda  o seu presidente vem se tratar no  hospital Sirio-Libanês, e não  duvidamos que a conta  de seu tratamento contra o câncer que o acomete, corre por nossa conta, bem como o transporte aéreo  que Lugo utiliza para suas vindas à São Paulo.  Quer dizer, que conforme vontade do top-top Garcia, teremos que pagar estes milhões de dólares para  nossos vizinhos, que mais são nossos inimigos. Lembremos ao sargento top-top Garcia  que este "apoio"  custa aos brasileiros "comuns"  trabalhar mais de cinco meses por ano, só para que os "cumpanheros" fiquem bem na foto.

Brasileiros, mexam-se, senão esta gente entrega nosso país para os descendentes do "grande libertador" , como nossos "inimigos"  gostam de proclamar - Simon Bolivar.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Agnes Eckermann agneseck@yahoo.com.br

São Paulo

 

 

 

 

 

______________________________________

 

 

 

 

 

Ditadura do imposto

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

"Governo quer taxar minério..., saída de Agnelli é oficial" (1/4/2011).  Isso tem cheiro de  ditadura,perseguição,tortura,ingerência,desespero para arrecadar,ineficiência,ineficácia,perseguição ideológica,etc. tudo aquilo que já vimos e ainda vemos de praticas das mais hediondas . Para aumentar  investimentos na produção de aço bastaria utilizar-se do BNDES (banco de fomento) para incentivar  proteger e auxiliar neste segmento.Será que o governo sabe o que é um Banco de Fomento?

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Kogi Isotani  kogi.isotani@gmail.com

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

 

______________________________________

 

 

 

 

 

 

Agnelli

 

 

 

 

 

 

 

 

Pegou muito mal vincular a saída do Agnelli à permanência d Bradesco no Banco Postal.

 

 

 

 

 

Sergio S. de Oliveira marisanatali@netsite.com.br

Monte Santo de Minas (MG)

 

 

 

 

 

______________________________________

 

 

 

 

 

 

 

 

Petróleo e gororoba

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Será que já contaram para a presidente e seus ministros que, para sermos uma potência siderúrgica, o nosso carvão é pouco de onerosa extração, em camadas finas e com muitas impurezas. Sim, porque se fosse diferente nós bandeirantes que instalamos na fazenda Ipanema, a primeira siderúrgica das Américas, teríamos feito Portugal entrar  em um ciclo industrial, ainda no século dezesseis. Por acaso eles pensam que esquentando o minério de ferro com carvão já vão obter aço não é bem assim pois o carvão tem que reagir com minério de ferro para que haja a fundição. Hoje, quando há um excedente mundial na siderurgia nós teríamos que nos tornar um imenso eucaliptal inclusive nas nossas reservas legais, (correndo o risco de faltar o papel para outras finalidades) não esquecendo que o serrado já foi queimado. Não duvidamos disso pois há mais de meio século, há quem diga que o nosso petróleo, com longas cadeias de carbono retirados do território Patreo nos torna auto suficientes. Da caixinha de surpresa do pré-sal não se sabe tudo, (inclusive sobre implicações ecológica) e o sentimento anti imperialista nunca permitiria aos norte americanos desembarcarem por aqui de mala e cuia, pois, ninguém melhor do que eles para extrair petróleo de gororoba.  

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Vera Lucia Paschoalick     veralpaschoalick@gmail.com

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

______________________________________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

O time estava ganhando...

 

 

 

 

 

 

 

Só agora entendo quando há pelo menos 40 anos atrás meu avós diziam que ‘‘Formiga quando quer se perder criam asas e voam’’, assim sendo, digo que estou estarrecido com as noticias de que o governo Dilma Rousseff, está fazendo tremenda pressão para tomar das mãos dos acionistas o controle da vale.O governo na calada da noite conseguiu cooptar os principais acionistas da vale e agora tem maioria folgada para tirar o executivo Roger Agnelli da presidência da maior empresa privada do país. Hoje, a valepar, que controla a vale, tem a maioria das suas ações (58,1%) nas mãos do fundos de investimentos administrados pelo previ, o fundo de pensão dos funcionário do banco do Brasil. Hoje, realmente a vale se globalizou e é uma líder diversificada no setor de mineração, com operação em 38 países e empregando mais de 115 mil pessoas. Privatizada em 1997, a vale se livrou dos entraves burocráticos e político, alimentou o nepotismo, o clientelismo, enxugou a estrutura. Em conseqüência de ter-se tornado mais ágil, mais eficiente, deixou de dar prejuízo. Passou a dar lucro cada vez maior. Passou a pagar imposto, em vez de depender de verbas do tesouro. Como deixou, também, de ser cabide de emprego de  sindicalistas pelego e de políticos malsucedidos nas urnas, sempre surgem declarações dos seus antigos parasitas. Nas campanhas eleitorais, sempre que se fala contra privatizações, a vale aparece como o pecado maior, principalmente entre os petistas.no governo anterior não foi diferente presidido por Luiz Inácio Lula da Silva, ouve seguidas tentativas de interferira na gestão da vale. Agora, no governo Dilma Rousseff, está em pleno desenvolvimento uma manobra sórdida de intervenção na vale. Espero muito que os cálculos políticos de curto prazo não se ponham no caminho dos interesses de longo prazo da vale e do Brasil. Manter Angnelli na presidência da vale, e não interferir nos assuntos internos de empresas privadas bem geridas como essa, seria a melhor maneira de servir aos interesses brasileiros. A vale com seu poderio econômico com certeza, pode ajudar o Brasil muito mais sem politiqueiros em seu comando.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Turíbio Liberatto  turibioliberatto@hotmail.com

São Paulo

 

 

 

 

 

 

______________________________________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Comando da Vale

 

 

 

 

 

 

 

A CVRD , Cia Vale do Rio Doce, fez publicar sexta-feira uma notícia dizendo que contratou uma grande empresa de headhunter para contratar um executivo para seus quadros para ocupar o posto de presidente. É verdadeiramente incrível que as pessoas aceitem, mudas, essa imposição do governo petista em uma empresa privada. Sabe-se que Roger Agnelli, o eficientíssimo presidente que sai, esteve sob um grande fogo cruzado durante muito tempo. É inadmissível que um ministro da Fazenda tenha exigido a sua cabeça, combinado certamente com o ex-presidente Lula e com a  aceitação da atual presidente da República. E que tenha feito exigencias ao grande acionista da empresa, o Bradesco. Se fôssemos realmente uma democracia como afirmam muitos quem seria defenestrado seria o ministro. Essa demissão é um absurdo e deveria encher de horror os brasileiros especialmente a classe empresarial. Mas não se ouve um ruído vindo dessa classe, certamente todos cooptados com o PT, temerosos de cair também na desgraça do partido que mostra a cada dia mais as suas garras.

 

 

 

 

 

 

 

Maria Tereza Murray terezamurray@hotmail.com

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

______________________________________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Taxação do minério de ferro

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

É estúpida a ideia de taxar as exportações de minério de ferro. A alta do preço do minério de ferro no mercado internacional está relacionada com o aumento da demanda, principalmente da China e Índia, países carentes deste bem mineral. O Brasil é privilegiado quanto a este insumo mineral básico, e a alta de sua cotação propiciou o desenvolvimento de várias outros reservas, situadas em vários estados brasileiro, principalmente do Nordeste, como Ceará, Bahia e Rio Grande do Norte, não econômicas até então, transformando-os em jazidas. Minérios de baixo teor, que requerem tecnologias mais complexas para se adequarem às especificações da transformação siderúrgica, que os transformam em aço, vêm sendo desenvolvias, aliadas a estudos de logística para baratear e viabilizar a sua exportação. A taxação só beneficiará a depredação das jazidas mais ricas, ainda remanescentes em solo pátrio (Minas e Pará), pelas empresas que detêm as jazidas de minério de alto teor e tecnologias menos sofisticadas, com os conseqüentes problemas ambientais associados, pelo descarte das reservas de teor mais pobre em ferro (existentes nas mesmas), porque torna-se-ão estéreis, como todas as demais acima citadas, situadas no NE. E o dinheiro arrecadado com a taxação, que irá para as bulhas do governo federal, servirá tão somente para o enriquecimento de aloprados corruptos deputados, senadores, servidores, magistrados, juízes, advogados, et caterva, para, enfim, uma gama incomensurável de pulhas ignorantes, em detrimento de postos de trabalho que empregariam mão de obra de quem ainda têm esperança de um emprego digno, mas que se encontram à mercê das merrecas de um bolsa-família alienante. Não se trata de santa, mas de demoníaca ignorância, à La Sarney. A agregação de valor a um bem mineral nada tem a ver com a produção de aço ou a exportação de minérios. Tem a ver com uma mentalidade aberta à valorização do próximo, com a dedicação aos estudos e à vontade de aprender, de ter conhecimento, e não

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Carlos Leonel Imenes climenes@ig.com.br

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

______________________________________

 

 

 

 

 

 

60 km/h

 

 

 

 

 

 

Mais de 100 km de congestionamento, menos de 15km/h de velocidade média. Então porque reduzir a velocidade nas avenidas para 60 km/h a não ser pela indústria das multas? Em vez de se gastar com radares porque não aumentar a fiscalização presencial multando-se os "barbeiros", tirando das ruas os carros sem condições de trafegar etc. Alguns estão ganhando muito com essa proliferação de radares como por exemplo para detetar carros que não fizeram a inspeção veicular como se não fosse possível multar os carros cotejando-se o cadastro dos carros inscritos em São Paulo com o cadastro dos carros que fizeram ou não a inspeção. Qualquer computador movido a lenha faria isso facilmente.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Victor Hugo de Almeida Raposo renard-46@hotmail.com

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

 

______________________________________

 

 

 

 

 

 

 

Cobrança

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

O ex-governador de São Paulo, não conseguiu   instalar    pedágios,  na Marginal   Tiete,      mas      instalou inúmeros  radares  para  multar  à vontade.

 

 

 

 

 

 

 

Antonio de Souza D Agrella antoniodagrella@yahoo.com.br

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

 

______________________________________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Metrô – Butantã

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Inicialmente um bom dia e final de semana. Sr governador, eu tenho por costume criticar os responsáveis por todas as falhas que consigo notar dentro do nosso estado. Fasso isso, não com a simples intenção de atacar quem quer que seja. Apenas no desejo de ser útil a sua administração, opinando e aceitando justificativas, se for o caso. Deste vez não é crítica: a inauguração da estação do metrô  "Butantã" da linha 2, verde, realmente é um fato que merece os parabens dos paulistas e não apenas de mim. Espero que essa linha, 2 verde, prossiga até seu final com a máxima urgência possível, todos os cidadãos residentes nessa região necessitam e muito desse transporte que melhor serve os passageiros urbanos. Sr. governador, não consigo também, entender porque o ramal do metrô da linha norte-sul esteja parada no Tucuriuvi! Lembro que havia um projeto para seguir até o aeroporto de Cumbica, servindo em cheio a cidade de Guarulhos...Porque não se falam mais nisso? Espero que não inventem um outro tipo de transporte para essa região, que seria um absurdo e despesas inúteis.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Benone Augusto de Paiva benonepaiva@yahoo.com.br

São Paulo

 

 

 

______________________________________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Mobilidade urbana

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Só agora é que os políticos começam a se movimentar quanto à melhoria do transporte público no DF, com o nome de mobilidade urbana. No entanto já faz muito tempo que a população sofre sem nenhuma ação concreta contra o cartel domina Brasilia neste setor. Até agora só se movimentaram com as com grandes obras super faturadas e que resistem pouco. Devido ao péssimo transporte coletivo, o número de carros aumenta a cada dia beneficiando a indústria automobilística e prejudicando toda a população. Crescem o tempo de espera nos engarrafamentos e não se criam opções para os estacionamentos, principalmente na zona central da capital, para onde tudo converge. Urge que todas as alternativas saiam logo dos discursos e do papel em favor de toda a sociedade. A quem mais recorrer?

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

João Coelho Vítola jvitola@globo.com

Brasília

 

 

 

 

 

 

 

 

 

______________________________________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Fraude na merenda

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Em qualquer lugar do mundo é crime desviar dinheiro da merenda escolar para qualquer outra  finalidade. Mas em se tratando deAlagoas,  um dos mais pobres estados do Brasil, é uma indecência sem limites, uma demonstração de total falta de ética por parte destes que se apossaram dos cargos políticos explorando a ignorância e a simplidade do eleitor.  Desviar verba de merenda para comprar ração animal, vinho e uísque é coisa de bandidagem! Aliás , será que existe mesmo empenho do governo em educar eleitores? Acho que não...pois do que jeito que está, uma cesta básica, uma cuia de farinha...é o quanto basta para comprar o voto que leva estes candidatos amorais a ocupar cargos políticos.  Enquanto em Alagoas as crianças , nas escolas, ficaram de barriga vazia, o rebotalho da política alagoana  fez farra regada a uísque doze anos! Doze anos é quanto todos os envolvidos deveriam ficar atrás das grades curtindo a ressaca, não?

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Mara Montezuma Assaf montezuma.fassa@gmail.com

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

______________________________________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Corrupção

 

 

 

 

                                          

 

 

 

Gostaria de saber o que o senador alagoano e ex-presidente demitido Fernando Collor fará a respeito sobre as graves acusações de que, em seu Estado, gestores públicos de vários municipios estão desviando verba da merenda escolar para comprar uísque e ração para cachorro, deixando a míngua crianças que serão o futuro desse país...Espero que elle demonstre com ação firme que continua com "aquilo roxo".

O Brasil espera uma atitude moralizadora! Basta de injustica e de impunidade.....basta de corrupção!

Fora com os fichas-suja.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

José Carlos Costa policaio@gmail.com

São Paulo

 

 

 

 

______________________________________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Câncer

 

 

 

 

 

 

 

Acho um absurdo os argumentos usados no anúncio publicado no Estadão que ataca a Anvisa pelas consultas públicas 112 e 117. Se remédios comuns tiveram que passar para trás dos balcões nas farmácias, por que permitir que um produto que causa câncer e vicia tenha tratamento especial e lugar de destaque ao lado dos caixas de bares e padarias?

 

 

 

 

 

 

Alberto Arditti a.arditti@terra.com.br

São Paulo

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.