Cartas - 31/05/2011

FGTS

, O Estado de S.Paulo

31 Maio 2011 | 00h00

Patrimônio em queda

O Fundo de Garantia aplicado em ações da Petrobrás e da Vale perdeu R$ l,6 bilhão. É patrimônio dos trabalhadores, que, com a "sábia" interferência do governo nessas duas grandes empresas, veem suas economias encolhendo. Exatamente ao contrário do crescimento patrimonial do sr. Antônio Palocci, chefe da Casa Civil do governo Dilma Rousseff.

BENONE AUGUSTO DE PAIVA

benonepaiva@yahoo.com.br

São Paulo

__________

Uns ganham, o resto paga

Quanto ao patrimônio pessoal, os amigos do poder vivem na alegria do somar e multiplicar. Já os que não participam dessa "festa" de poderosos pagam caro para sustentá-la, sofrem para ficar no "igual" e, geralmente, estão no "menos" a cada fim de mês. Na mesma lógica, por interferência desse governo, os fundos da Petrobrás e do FGTS sofreram queda de R$ 1,6 bilhão, dando prejuízo a seus acionistas e participantes. Aqui é assim: os amigos do governo somam numa boa, enquanto o resto sofre para não ver seu patrimônio afundar!

SILVANO CORRÊA

scorrea@uol.com.br

São Paulo

__________

Trabalhadores cá e lá...

A interferência do governo na Petrobrás e na Vale acabou espantando investidores... O triste é que não vejo nenhum trabalhador prejudicado protestando. Que diferença dos espanhóis que, pacífica e determinadamente, se manifestaram contra a política econômica do primeiro-ministro Zapatero, que criou um megadesemprego, conseguindo fazer o seu partido sofrer a maior derrota de sua história. Que inveja!

MARA MONTEZUMA ASSAF

montezuma.fassa@gmail.com

São Paulo

__________

CASO PALOCCI

Abnegação

Acho uma leviandade as críticas ao ministro Antônio Palocci pelo seu enriquecimento. Alguém que larga um cargo que lhe permite um vencimento de R$ 5 milhões anuais e o troca por outro com salário de aproximadamente R$ 20 mil tem de ser considerado um abnegado, preocupado em dar o melhor de si ao País, mesmo que isso lhe possa causar considerável perda de receita. Devemos, isso sim, agradecer-lhe por seu desprendimento. Aproveitando: esta semana eu falei com uma fadinha e dois gnomos.

ALBERTO ARDITTI

a.arditti@terra.com.br

São Paulo

__________

Pizza

Para que gastar tanto papel e tinta? Assim como tantos outros casos, vai acabar em pizza mesmo...

ROGER CAHEN

rcahen@uol.com.br

São Paulo

__________

POLÍTICA EXTERNA

Ex-amigo

O ex-presidente e ditador Manuel Zelaya ficou mais de quatro meses como "hóspede" de Lula na Embaixada do Brasil em Tegucigalpa, comendo e bebendo à custa do povo brasileiro e fazendo o maior carnaval para a mídia internacional. Agora que retornou a Honduras, agradeceu os esforços dos presidentes Hugo Chávez e Juan Manuel Santos, fiadores do acordo de Cartagena. Esqueceu-se de Lula. Nós, brasileiros, devemos seguir o exemplo do hondurenho.

JOSÉ FRANCISCO PERES FRANÇA

josefranciscof@uol.com.br

Espirito Santo do Pinhal

__________

MEIO AMBIENTE

Derrubada de mata

Será que entendi bem? Cortar um estreito trecho da Mata Atlântica ao longo de 22 km da movimentada rodovia que liga São Paulo ao sul do Brasil, para garantir a segurança de quem por lá trafega, não pode. Agora, derrubar milhares de hectares de floresta para cultivo de cana, soja e para pecuária de corte, contribuindo para alterações climáticas, perda de biodiversidade e sepultando o ecoturismo, continuará podendo... É isso?

CHRISTIAN A. D. DO NASCIMENTO

caddon@zaz.com.br

Ribeirão Preto

__________

Duplicação suspensa

Afinal, o que quer o Ibama ao suspender a licença de duplicação de uma das principais estradas do País, se não a mais importante? Quantas vidas ainda terão de ser ceifadas para que esse órgão prolixo e insensível saia do caminho de uma sociedade dinâmica e crescente? Com certeza esses técnicos de gabinete nunca perderam um ente querido nos milhares de acidentes que lá acontecem anualmente.

PAULO RIBEIRO DE CARVALHO JR.

paulorcc@uol.com.br

São Paulo

__________

Jogada ensaiada

O governo federal entrega a Régis Bittencourt à OHL para duplicar a rodovia na Serra do Cafezal. O governo petista acerta um pedágio irrisório para poder criticar o valor dos pedágios das estradas paulistas (José Serra) no ano seguinte ao de eleições presidenciais. A OHL, naturalmente, não tem recursos para fazer essa obra com o valor de propaganda petista dos pedágios na BR-116. Então, invoca-se o Ibama, que paralisa a obra, a qual será recalculada (valores reais + extras de costume). Todos felizes, menos os parentes das vítimas passadas e futuras desse da Rodovia da Morte. Mas não tem problema, o petismo anda de jato e a OHL, idem.

FABIO MORGANTI

tao2@terra.com.br

São Paulo

__________

Corte de árvores

Se foram derrubadas 12.187 árvores para tornar viável a especulação imobiliária desenfreada em São Paulo, para que serve a Secretaria do Meio Ambiente?

FLÁVIO TINÉ

tine@estadao.com.br

São Paulo

__________

E onde está a consciência de preservar o pouco que resta da nossa natureza nesta metrópole?

MYLENE BERRINGER

myleneb@terra.com.br

São Paulo

__________

FIFA

Seriedade

Em decisão inusitada, o Comitê de Ética absolveu Joseph Blatter e Ricardo Teixeira da acusação de corrupção. E suspendeu por essa mesma prática o opositor do presidente nas eleições de amanhã. Com essa demonstração de seriedade, passei a acreditar no sucesso da Copa do Mundo no Brasil.

MAURÍCIO LIMA

mapeli@uol.com.br

São Paulo

__________

"A partir de hoje o brasileiro começa a usufruir o seu salário. Até ontem foi só para pagar impostos. Algo a comemorar?"

MARIA DO CARMO ZAFFALON LEME CARDOSO / BAURU, SOBRE A PESADA CARGA TRIBUTÁRIA

zaffalon@uol.com.br

"Maio e seus conturbados dias já se vão. O porvir nos promete festas juninas, ao longo das quais se formam as quadrilhas..."

GILBERTO MARTINS COSTA FILHO / SANTOS, SOBRE O CENÁRIO POLÍTICO NACIONAL

marcophil@uol.com.br

"Qual é a melhor piada: trem-bala ou Itaquerão?"

FERNANDO DE MATTOS BARRETTO / SÃO PAULO, SOBRE A COPA DO MUNDO DE 2014

fmbar@terra.com.br

__________

VOCÊ NO ESTADÃO.COM.BR

TOTAL DE COMENTÁRIOS NO PORTAL: 1.588

TEMA DO DIA

Começam obras no Itaquerão, em SP

Primeiros três meses serão para serviços como limpeza do terreno e marcação topográfica

"Mais uma obra que sai do papel sem valores, prazos certos, dando a sugerir que muito dinheiro do contribuinte vai escoar pelo ralo da corrupção."

NESTOR RODRIGUES FILHO

"Falem o quanto quiserem, importa é que a Copa será lá."

KARINA SOUZA

"O Corinthians deveria construí-lo conforme projeto inicial de 45 mil lugares. Estádios para a Copa ficariam com o governo."

ANGELO DELAGO

__________

Cartas enviadas ao fórum dos leitores, selecionadas para o estadão.com.br

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

SARNEY APAGA IMPEACHMENT DE COLLOR!

Sarney, aquele que não abandona o osso jamais, no "túnel do tempo" no Senado, entre muitas honras, idas e vindas, além de enaltecer a si próprio como ninguém da Academia de Letras faria melhor, retira da História nacional o impeachment do ex-presidente Collor! Será que ele não retirou FHC como presidente, não? Do jeito que ele odeia o ex-presidente, é bem capaz de excluí-lo da História nacional por ter colocado a Receita Federal no encalço do clã Sarney, que como muitos atuais mandantes enriqueceu da noite para o dia! Ódio e poder, juntos, fazem coisas de que até o diabo duvida!

Beatriz Campos beatriz.campos@uol.com.br

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

FATO RELEVANTE, SIM

 

Após a reforma do "túnel do tempo" no Senado, onde estão expostos os fatos marcantes na vida política do País, não aparece o impeachment do ex-presidente Collor, hoje senador por Alagoas. Antes da reforma o fato estava lá, com os demais. O presidente do Senado, José Sarney, não achou fato relevante para expô-lo. É relevante, sim, senador. Deveria estar lá com os demais, como estava. Essa atitude pessoal mancha a história do Senado. Que absurdo. Temos na presidência do Senado, tomando decisões que afetam a História do País e dos seus cidadãos, um senador eleito com pouco mais de 152 mil votos. É um absurdo.

 

Panayotis Poulis ppoulis46@gmail.com

Rio de Janeiro

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

PAREDE VAZIA

 

O presidente do Senado justificou a ausência do painel sobre o impeachment de seu sucessor " por ser um fato acidental e não tão marcante" na história política do Brasil. Essa é a sua visão, justamente de uma das raras manifestações da sociedade contra um governante. Por essa posição, os painéis do período 15/3/1985 a 29/12/1992 nem deveriam constar da exposição, pois esse período nada teve de marcante ou edificante para o País. Uma parede nua conta mais.

 

 

Flavio Marcus Juliano opegapulhas@terra.com.br

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

MEMÓRIA

 

Reinaugurada pelo presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP), a exposição de painéis permanente da Casa sobre a história política do País desde 1822 até os dias atuais ressurgiu sem o painel que conta o impeachment do ex-presidente Fernando Collor (PTB). Sarney justificou a ausência dizendo que o fato foi "apenas um acidente" e "não é tão marcante". De certo modo concordo com o Sarney, é fato irrelevante, não precisa ficar exposto em painéis nem em lugar nenhum. Os fatos políticos vergonhosos e marcantes de pessoas como o Collor e do próprio Sarney já mancharam a nossa História de maneira que a exposição ou não num painel em nada alterará a memória do povo.

 

Jatiacy Francisco da Silva www.lettersofjatiacy.wordpress.com

Guarulhos

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

PSDB

 

 

A convenção do PSDB mostrou que o principal partido de oposição ao governo federal está agora sob o controle do mineiro Aécio Neves. E com isto o paulista José Serra ficou numa situação delicada. Depois da última eleição, quando perdeu para Dilma, ele não tem mandato e por certo vai ter muita dificuldade para disputar algum cargo importante. E para completar, um ex-aliado fundou um novo

partido, que vai dar muito trabalho a essa turma que domina a política em São Paulo nos últimos 16 anos. Como se pode deduzir, o quadro político no Brasil está bem favorável ao governo Dilma, mesmo com os problemas e desacordos entre os aliados em determinadas questões.

 

 

Uriel Villas Boas urielvillasboas@yahoo.com.br

Santos

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

VITÓRIA DE AÉCIO

Para PSDB, delenda est Serra.

 

Roberto Twiaschor rtwiaschor@uol.com.br

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

TUCANOS

A convenção do PSDB convenceu, o partido decidiu decidir, a Serra o que é de Serra e a oposição assume posição. Viva!

Gilberto Dib www.dib.com.br

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

SOLDADO RASO

 

O ex-governador José Serra disse que no PSDB ele quer ser só soldado. Será que ele se esqueceu de que já foi candidato por duas vezes para comandar o pelotão?

 

Virgílio Melhado Passoni mmpassoni@gmail.com

Jandaia do Sul (PR)

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

CASTIGO MERECIDO

Quando a mídia mostra a situação de José Serra no PSDB, vejo isso como um castigo à sua atuação na campanha eleitoral passada, quando deveria ter tido a coragem de encarar o presidente Burla e sua Criatura. Agiu de forma pusilânime, assim como também o Alckmin na campanha anterior, deixando campo aberto para o Burla espezinhar em cima dele. Sua tibieza levou-o à situação atual, em que os traíras tucanos, como Aécio Neves, Alckmin,Tasso e outros, oferecem-lhe "carguinhos" no partido como se ele fosse uma criança disposta a receber pirulitos. Sempre fui eleitor do Serra por acreditar ser aquele que poderia governar este país com capacidade e honestidade, mas falta-lhe a disposição para combater tipos como um Burla, que posa para seus milhões de eleitores ignorantes de símbolo de coragem, quando, na verdade, não passa de mais um político rastaquera. Serra parece caminhar de forma definitiva para o ostracismo político e deixar vaga aberta para o traíra mineiro, que, como paulista, prefiro anular meu voto a lhe dar a chance de chegar lá. Traidores, Aécio e Tasso não podem levar troféus de vitórias e sim 30 dinheiros.

 

Laércio Zannini arsene@uol.com.br

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

AÉCIO ODEIA SERRA

Agora Aécio Neves é o "dono" do PSDB, coitado, não vai subir a rampa do Planalto, porque São Paulo vai votar contra esse mineiro traidor. Desde as eleições de 2002, junto com seu povinho, boicota todos os paulistas que se candidatam à Presidência do Brasil.

 

José Francisco Peres França jossefranciscof@ul.com.br

Espírito Santo do Pinhal

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

ADEUS...

Após a convenção nacional do PSDB, podemos declarar que estamos de luto com a morte da oposição, pois se Aécio acha que poderá vencer a próxima eleição presidencial sem o apoio dos paulistas, está muito enganado. Nós, paulistas, não votamos em Judas, haja vista que não fomos responsáveis pela vitória do poste, que na primeira crise precisou chamar o sapo barbudo. Aécio, seu fim político será o mesmo do Ciro Gomes. Pode ir dizendo adeus à política.

Maria Carmen Del Bel Tunes Goulart carmen_tunes@yahoo.com.br

Americana

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

VITÓRIA DA HABILIDADE POLÍTICA

 

 

Excelente a vitória de Aécio sobre o grupo de Serra no PSDB. É o predomínio da habilidade política sobre a rigidez dos que não têm carisma, e que podem ser bons para comandar o Ministério da Saúde ou a Casa Civil, mas são péssimos para promover o progresso do entendimento, que é fundamental à democracia e cabe aos grandes líderes. Só se espera que Aécio sublime seus impulsos, menos intensos que os de Strauss-Kahn, mas sempre inconvenientes.

 

 

Amadeu R. Garrido de Paula amadeugarridoadv@uol.com.br

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

QUEM AVISA AMIGO É

Se lançarem o senador traíra como candidato à Presidência em 2014, estejam certos: desde já, o partido perde um voto até então cativo.

J.André Bagatin andre@bagatin.com.br

Curitiba

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

AS CARTAS MUDARAM DE MÃOS

 

Finalmente começa a renascer o PSDB, agora nas mãos e sob o comando de Aécio e cia. Os perdedores, teimosos e nada carismáticos, estão sendo substituídos. Mudança também é avanço e o ícone maior, FHC, terá agora de se adaptar ao novo ciclo, além de demonstrar grandeza e ser de fato colaborador com os que de agora em diante darão as cartas.

 

José Piacsek Neto bubapiacsek@yahoo.com.br

Avanhandava

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

AÉCIO TRAÍRA NEVES

 

 

Estamos passando o que estamos passando e temos ainda praticamente quatro anos e mais, provavelmente, oito ou 12 anos, se a Dilma não estiver bem, com o Lulla (ou você tem dúvida disso?), tudo isso por sua culpa, por sua traição.

Agora você quer juntar os cacos e reconstituir o vaso? Esquece. Acredito que você não terá nenhum apoio dos paulistas.

Posso ser franco com você? Não me leve a mal, mas você foi muito burro. Você não aprendeu nada com seu avô.

 

 

Clezio Donizete Goulart clezio_goulart@yahoo.com.br

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

A PREFEITURA E O DESMATE

 

A reportagem de domingo publicada no Caderno Metrópole sob o título "São Paulo perde mais de 12.187 árvores em quatro meses" nos apresenta uma realidade muito pior do que a que conseguimos perceber no nosso dia a dia. E é assim que a nossa cidade, apesar das enfáticas declarações do nosso prefeito, vai se tornando cada vez mais poluída e os paulistanos, cada vez mais doentes, a ponto de 4 mil falecerem por ano por causa da poluição do ar. E, por ironia, essa é a reportagem que os delegados à IV Conferência da Rede C40, que se realiza em São Paulo, poderão ler. Por conta dessa conferência o secretário municipal do Verde e do Meio Ambiente, filiado ao PV, declarou: "As grandes cidades querem um papel mais ativo na governança ambiental mundial, na tomada de decisões na questão das mudanças climáticas". Mas não é o que vem ocorrendo na prática em São Paulo, e a mencionada reportagem "coloca os pontos nos is". Na atual administração a derrubada de árvores em São Paulo é de uma grandeza singular. Por causa de obras destinadas a resolver os problemas do trânsito de veículos, como as do Rodoanel e as novas pistas da Marginal do Tietê, derrubaram milhares de árvores, sempre com a promessa demagógica da compensação por um número maior de mudas a serem plantadas. Ora, quem é paulistano de nascimento, ou de velha data, conhece bem essa prática, já antiga e que nunca resolveu nada. Das mudas plantadas, um número mínimo delas chega à fase adulta, pois ou são barbarizadas por vândalos, ou morrem mesmo por falta absoluta de manutenção. O destaque da reportagem sobre a morte das árvores plantadas no Largo da Batata e nas Marginais confirma o que sempre aconteceu nesta cidade nas denominadas replantações arbóreas. Ainda encontramos, na reportagem em questão, que a Secretaria do Verde e do Meio Ambiente fiscaliza árvore por árvore, nos casos de compensação arbórea, o que não merece muito crédito quando na mesma matéria encontramos que ela conta com 24 fiscais para tanto. A possibilidade legal de desmatarem em um distrito e compensarem com a plantação de mudinhas em outro distrito, na verdade, é uma escamoteação da região desmatada. Bem que construtoras de edifícios e conjuntos residenciais estão nadando de braçada nesta questão e até terrenos da Prefeitura estão sendo cobiçados para que se derrubem seus edifícios e construam mais espigões, sob a alegação que os valores obtidos nas alienações serão destinados à construção de creches. E a sanha da administração atual é tão aguçada que a população do Itaim Bibi teve de recorrer ao Condephaat para salvar as árvores nativas de um quarteirão de propriedade da própria Prefeitura, onde se encontram edifícios com escola, biblioteca e posto de saúde, mas muito cobiçada por construtoras insanas que estão dizimando a vegetação primitiva da cidade. Muitos outros prédios públicos, inclusive do século 19, estão correndo o mesmo risco. E tudo isso é apresentado à população como obras para o progresso. A reportagem também nos informa sobre autorização dada à erradicação de 4,8 mil pinheiros, que a proprietária da área pretende substituir por eucaliptos, que só interessam às empresas fabricantes de papel. Se ela está encontrando dificuldades para manter a vegetação atual, a Prefeitura deveria ajudá-la, para a preservação ou a substituição por árvores originais da Mata Atlântica.

 

 

Gilberto Pacini benetazzos@bol.com.br

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

MEIO AMBIENTE

São Paulo perde mais de 12 mil árvores em 120 dias para dar lugar a imóveis. Por acaso a Prefeitura da capital é o Ibama? Como fica, então, o nosso meio ambiente, tão escrito, tão falado e tão discutido? Na verdade, temos aqui dois Brasis.

Antonio Rochael Jr. antoniorochael@gmail.com

Iguape

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

PERDA DE ÁRVORES

 

Foi com enorme surpresa li o artigo "DENUNCIE", publicado no dia 29/5 pelo Estadão, a respeito do corte de árvores na cidade de São Paulo, e o pior, a maioria deles com "autorização e licença de corte emitido pela própria Prefeitura. É o caso do corte de mais de 40 árvores que ocorreu no terreno localizado no final da Av. Professor Alceu Maynard Araujo esquina com a Rua Renato Belanti, Santo Amaro, Vila Cruzeiro. Terreno este que era remanescente de áreas da Light Power e que recentemente pertencia à Emae. Era um terreno confinado, sem medidas de confrontação, considerado área não edificável, com um córrego em seu interior, e que estava destinado a ser um parque linear, conforme projeto de 2005 aprovado pela Secretaria do Verde e do Meio Ambiente de São Paulo. Porém, com informações de origem não muito clara, foi estranhamente adquirido pela Abea (entidade beneficente pertencente à congregação da Igreja Divino Salvador, de Moema) em licitação da Emae, comprado para fins sociais (escola e creche), mas que de repente, sem muitas explicações e de forma obscura - até miraculosamente, eu diria -, surgiu um novo destino divino para o local em questão, a creche e a escola transformaram-se num condomínio residencial vertical, com seis torres de apartamentos, projetado e incorporado pela construtora Esser, o que jamais poderia ter acontecido nem ser acolhido pela Prefeitura, esse tal projeto ou qualquer tipo de construção desse porte.

Interesses e forças maiores passaram por cima de todas e quaisquer restrições legais a esse projeto, independentemente dos questionamentos jurídicos que foram e estão sendo feitos, das provas e argumentações legais contra o projeto e também das manifestações da comunidade local, que prefere e luta pelo parque linear.

Tudo isso está ocorrendo com a conivência da PMSP e de suas secretarias, principalmente a do VERDE E MEIO AMBIENTE, e depois nos pedem para DENUNCIAR os cortes de árvores? Pra quê?

 

 

 

Dante Renato Nicolodi drn.55@terra.com.br

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

CORTE DE ÁRVORES BELÍSSIMAS DE PORTE GRANDE

 

Infelizmente, na semana passada, fui acordada por uma motosserra cortando árvores de porte grande no terreno no fim da Rua Prof. Alceu Maynard Araújo, onde algumas semanas atrás nos encontramos com o secretário do Verde e Meio Ambiente e seus assessores, referente à implantação do tão esperado parque linear - projeto feito em 2005, Processo 2008/0187184-7. No ano passado foram cortadas 40 árvores com a devida autorização e restaram 51. Destas restantes, 48 tiveram autorização de corte e foram cortadas na semana passada. Como é possível uma autorização destas nos dias de hoje? A área está totalmente desmatada e as árvores de 30 anos serão substituídas por mudas. Por se tratar de uma área com inundações, consta um aterro de oito metros não compactado, pois era brejo e tinha um córrego, sendo ainda uma área encravada, e em cima desta área querem construir seis blocos de prédios. Os vizinhos, as associações do bairro, etc., estão exigindo a instalação do parque linear na sua íntegra, conforme mostra o projeto feito em 2005.

 

Maria Theresia Miller theresiamiller@hotmail.com

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

PARQUE LINEAR

Como cidadã que também reside em São Paulo - e assim recolho todos os meus impostos por esta cidade -, venho me juntar a todas as vozes que clamam por um ar mais respirável, também aqui, na Chácara Japonesa (Vila Cruzeiro). Estamos perdendo uma área, já destinada anteriormente a ser um parque linear, por ganância e desonestidade dos atuais políticos em gestão, para a vergonhosa construção de seis blocos de edifícios residenciais.

De que vale falar e executar alguns projetos em função de melhorar a qualidade do ar que respiramos, por exemplo, esse tal de Controlar, que, mesmo seu carro estando em perfeita condição de uso e regulagem, paga-se pelo serviço e não se vê o dinheiro de volta? Que infração cometemos para termos de pagar por isso?

E onde se vê a real oportunidade de preservarmos nossas tão escassas áreas para plantio e execução de jardins e praças, são vergonhosamente negociadas pela Prefeitura de São Paulo para construções cada vez mais sufocantes,

Onde está nosso direto de respirar?

Manifestem-se, senhores da Prefeitura, estamos esperando!

 

Soraia de Fatima Maluf, arquiteta sorayamaluf@terra.com.br

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

NOVO STAND FARAÔNICO

 

A Prefeitura de São Paulo está pagando a bagatela de R$ 328.710,72 para participar em nova feira imobiliária em Milão, a "Eire 2011 - Expo Itália Real Estate", que se realizará no período de 7 a 9 de junho; lembrando que a Prefeitura já pagou mais do que isso para participar de feira na França em março. Tais stands faraônicos são para a promoção do Projeto Nova Luz ao Concessionário Urbanístico Global para assegurar o leilão do bairro da Santa Ifigênia, isto é, para tirar da classe média e dar aos bilionários para se locupletarem. É interessante notar que a Prefeitura diz que o Projeto Nova Luz está em fase preliminar; nessas condições, o que pode ser apresentado no stand? Ou será que o que está sendo apresentado no stand já é o projeto definitivo e as audiências públicas obrigatórias para a "participação popular" nada mais serão que o usual simulacro de democracia que reina nesta administração? A população paulistana em uníssono deveria trabalhar pela cassação dos vereadores Police Neto e colegas, que receberam doações da AIB e votaram as leis da Concessão Urbanística e da Nova Luz. Ainda mais, a população paulistana em uníssono deveria trabalhar pelo impeachment do prefeito, já que a Declaração de Direitos Humanos da ONU está sendo desrespeitada na cidade de forma continuada e a autonomia do Município impede que ocorra a intervenção dos governos estadual ou federal, que poderiam, ou melhor, deveriam sanear a imoral administração de Kassab. De fato, através da análise de seus projetos percebe-se que tal administração é voltada para a satisfação dos desejos dos especuladores imobiliários, sem nenhum compromisso com o bem-estar e os direitos do cidadão paulistano e contribuinte.

Suely Mandelbaum, arquiteta urbanista suely.m@terra.com.br

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

DECISÃO DO IBAMA

 

Já que não deu para boicotar a produção agrícola, em virtude da iminente aprovação do Código Florestal, pelo Senado, vamos dificultar a entrada e a saída de alimentos, na cidade de São Paulo, pela Régis Bitencourt.

Sergio S. de Oliveira ssoliveira@netsite.com.br

Monte Santo de Minas (MG)

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

CADASTRO POSITIVO PARA OS BANDIDOS

 

Concordo com a opinião do Estadão de que o cadastro positivo (MP 518) "transforma-se, para seus gestores, em importante instrumento de marketing" e se presta "à devassa da vida financeira dos cadastrados". E "o compartilhamento das informações abre espaço para o florescimento do comércio

informal de listas de consumidores". Um absurdo.

 

Helio Mazzolli mazzolli@terra.com.br

Criciúma (SC)

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

COPA DO MUNDO

 

A Fifa ameaça a cidade de São Paulo de que pode ficar sem o jogo de abertura e até fora da Copa do Mundo. Seria maravilhoso poder retaliar a poderosa Fifa e fechar nossos hotéis, restaurantes, aeroportos durante os 30 dias do evento. Nossa única contribuição seria a generosa fatia de impostos que o governo federal arrecada para espalhar pelo Brasil afora. Dois motivos me levaram a tomar uma decisão não muito patriótica. Na Copa de 2014 vou torcer para a Argentina e os dois motivos são Ricardo Teixeira e Blatter, que somados não valem 1% da propina que recebem pelas maracutaias futebolísticas. E a Fifa que vá mandar no inferno, pois a cidade de São Paulo não precisa de Copa do Mundo nem que alguém de fora venha impor condições. Aguardem o fiasco de 2014, a Copa do colapso!

 

Luiz Ress Erdei gzero@zipmail.com.br

Osasco

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

FIFA X SP

 

A Fifa está ameaçando São Paulo de não participar da Copa 2014. Ótimo! Para que São Paulo precisa se meter nessa enrascada? Aliás, o Brasil de Lula se envaideceu de ter conseguido trazer o evento para cá, o que foi um grande erro. Não temos estrutura para isso, e nem Lula levou nem Dilma está levando isso a sério. Aeroportos, estradas, transportes e tudo o mais que é necessário está a passo de cágado. O chamado Itaquerão, ou lá o que seja, ainda está no chão. O clube não tem dinheiro, ao contrário, tem uma enorme dívida, como fará para construir um estádio? Parceria com uma construtora? Dinheiro público? E os outros que serão construídos pelo Brasil afora? Na verdade, vamos pagar um tremendo mico se insistirmos em sediar essa Copa, pois não conseguiremos toda a infraestrutura necessária a tempo, e a Fifa, com toda a corrupção que rola por lá internamente, faz exigências mil que não conseguiremos cumprir. E se o conseguirmos, será na última hora, a qualquer preço, com imensos gastos e uma supercorrupção. Alguém discorda? Creio que o governador de São Paulo deveria solicitar a exclusão de São Paulo, o que seria uma beleza para nós, que nos livraríamos da confusão que esse evento nos trará. O governo federal deve abrir os olhos e também desistir desse evento. E se concentrar na Olimpíada de 2016. Talvez essa consigamos preparar.

 

Carlos E. Barros Rodrigues ceb.rodrigues@hotmail.com

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

‘QUEM’ PRECISA APRENDER, HEIN?

"São Paulo precisa aprender que para participar da Copa do Mundo tem que ser mais rápido e eficiente". É brincadeira? Essa é a fala do ministro dos Esportes. Sr. ministro, nós, o povo de São Paulo, preferimos que nosso dinheiro seja aplicado em transporte público, educação, saúde e segurança, entre outras necessidade. Não vamos permitir que nosso dinheiro seja entregue a corruptos nacionais e internacionais. Já chega o que estamos vendo no plano federal, gastos com obras para esta Copa, sem retorno para a população, que desencadearão apenas inflação, corrupção, menos saúde, menos educação, etc... Veja que os preços das obras já estão sendo alterados para cima, para alimentar demagogos sem compromissos reais com a população. Não queremos participar desse descalabro.

 

Nelson Pereira Bizerra nepebizerra@hotmail.com

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

PERFUMARIA

 

O ministro dos Esportes, sr. Orlando Silva, através da mídia, cobra e responsabiliza o governo do Estado de São Paulo pelo atraso nas obras do estádio para Copa de 2014. O ministro deve perguntar à Fifa: para que serve um estádio em São Paulo se a cidade está excluída da copa?

São Paulo tem o Morumbi, que não serve para Fifa, porquê?

São Paulo participa, anualmente, da Copa do Trabalho e do PIB brasileiro, que não são organizados pela Fifa, o resto é perfumaria.

 

Jose Maria Wanderley jm.wanderley17@gmail.com

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

CONTABILIZANDO

Por não sediar o International Broadcast Center, o centro de mídia do Mundial de 2014, que será instalado no Rio de Janeiro, a Municipalidade paulistana deixará de arcar com R$ 40 milhões na montagem de estrutura temporária no Anhembi, que havia sido o local escolhido. A Fifa, em mais um de seus decretos, exige que o local esteja disponível no período de janeiro a agosto de 2014, o que leva à consideração de que entre R$ 60 milhões e R$ 80 milhões a Prefeitura perderia por não poder dispor do local durante todo esse período. A CBF estima que a Copa atraia 5 mil jornalistas e, evidentemente, nem todos ficarão hospedados em São Paulo, nem mesmo durante todo o evento. Porém muito mais desastrosa, a se somar aos valores acima, seria a perda de centenas de milhões de reais, em receitas nos meses que antecedem e sucedem a Copa, com feiras e congressos de negócios realizados no complexo do Anhembi, com a vinda de dezenas de milhares de visitantes e seus gastos com estadia, locomoção, alimentação, etc..

Parabéns a São Paulo pela "perda" que só representa ganhos para os paulistas e paulistanos. Agora só falta oficializar que nenhum centavo oriundo de recursos públicos será colocado em estádios, em especial se forem privados.

 

 

Oswaldo Colombo Filho, economista colomboconsult@gmail.com

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

CARNEIRO

São Paulo vive e viverá sem a Copa do Mundo, que apenas beneficiará meia dúzia de milionários, que nos brindarão com uma cesta básica, do tipo estação de metrô e... que mais? Se for para melhorar a vida das pessoas, desenvolver as cidades, que se faça a Copa na terra de Sarney, que é um Estado miserável, na terra de Collor, igualmente miserável, e em mais 20 e tantos Estados ávidos por um pão com manteiga. Sr. ministro Orlando Silva, São Paulo não é "carneiro de Panúrgio".

 

Jorge Peixoto Frisene jpfrisene@zipmail.com.br

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

LULA E CBF EXPÕEM SÃO PAULO AO RIDÍCULO

 

 

São Paulo, disparada a maior cidade e o maior centro de futebol do Brasil, corre o risco de ficar sem a Copa das Confederações e a Copa do Mundo por um capricho do ex-presidente, que quer dar ao seu time um estádio que ele nunca teve a capacidade de construir. Excluíram o Morumbi, que já abrigou 150 mil pessoas. Enquanto isso, outros centros muito menores, como Natal, Brasília, etc., terão seus estádios e, agora vem o ministro dos Esportes e diz que a responsabilidade é do governo do Estado! E o povo paulista? Como sempre, nada reclama, só paga! Como será que vão explicar isso lá fora?

 

 

Ricardo Nobrega cnc.eng@terra.com.br

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

CHEIRO DE PROPINA

Os governantes de São Paulo antes diziam em alto e bom som que não colocariam recursos públicos em estádios paulistas visando à Copa do Mundo, principalmente no Morumbi. Porém agora eles vão colocar todos os recursos no estádio do Corinthians. Então, agora pode... Nós pagamos impostos para construção de escolas, hospitais e saneamento básico, e não para construção de estádio particular. Aí tem cheiro de propina e votos para eleição futura, quem viver verá

 

 

Ricarte Sandoval ran.sandoval@yahoo.com.br

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

FALAÇÃO

Se o governo de São Paulo e a Prefeitura da capital fossem comandados pelo PT, temos a certeza de que o estádio seria construído com dinheiro público e ainda receberia aplausos. Como Alckmin e Kassab são da oposição e não pretendem colocar dinheiro público no estádio, o ministro Orlando Silva fica deitando falação e procurando jogar a população contra os governantes.

 

 

Anibal E. V. Fillip

 

Santos

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

BRASIL NO PREJUÍZO

 

A noticia na página E4 (Esportes) do Estadão de ontem é, no mínimo, estarrecedora. Fifa e CBF lucram e Brasil paga os prejuízos, se conseguir pagar.Ou seja: o povo brasileiro está condenado a contrair uma dívida que sobre ela jamais opinou, além de arcar com as consequências de um possível vexame internacional. Como sabemos que somente aqueles mais ousados, determinados e criativos é que movem o mundo, por isso mesmo indevidamente chamados de excêntricos ou até mesmo de loucos, o governador de São Paulo e demais autoridades paulistas, incluindo membros dos Poderes Executivo e Legislativo, deveriam usar dos recursos democráticos para tentar isentar-se desse desastre que se avizinha. Recorram aos tribunais das instâncias maiores de nossa Justiça e peçam algo como uma "medida cautelar", discutindo-se posteriormente o mérito numa ação principal, para que o povo paulista fique isento do pagamento dos prejuízos que a realização da Copa 2.014 provavelmente trará. Pode não ser este o caminho, mas seria uma manifestação inegável de inconformismo de São Paulo com a ruína iminente que certas autoridades de egos infláveis e incontroláveis nos criaram. Loucura por loucura, ao menos que o povo de São Paulo mostre que não está conformado em assumir dívidas que não criou.

Roberto Cursino Benitez benitez.gimenez@hotmail.com

São José dos Campos

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

VEXAME HISTÓRICO

 

 

 

Não há problema algum em renunciar a um erro, que parece estar corroborando-se dia após dia: o fato de o país ser sediar a Copa do Mundo de 2014. As obras estão extremamente atrasadas, a maior cidade do País já foi privada de eventos importantes, como ser palco do IBC e realizar jogos da Copa das Confederações. Parece-me que o Brasil seguirá o caminho da Grécia na Olimpíada, ao invés do fantástico desenvolvimento que obteve Barcelona em 1992, quando sediou as Olimpíadas. É melhor desistir enquanto há tempo do que passar vergonha perante as lentes do mundo todo.

 

 

Paulo Eduardo Palma Beraldo paulo.eduardo10@hotmail.com

Bauru

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

LIGA DOS CAMPEÕES

Venceu o Barcelona: 3 x 1 contra o Manchester, no Estádio de Wembley, em Londres. Será que os nossos dirigentes de futebol assistiram ao jogo até o fim, inclusive as comemorações? Que espetáculo, que exemplo, que organização, que disciplina e respeito aos jogadores e torcedores! Quando teremos a volta do melhor futebol do mundo e espetáculos organizados, decentes, sem guerra de torcidas, sem violência, sem invasões, sem depredações e vandalismos? Como os maus exemplos das nossas "autoridades" mudam para pior o comportamento das pessoas, quando deixaremos de ser arrogantes e prepotentes, para termos a decência e a honra de volta? Conseguiremos realizar a Copa do Mundo em 2014? Uma grande oportunidade de mostrarmos ao mundo do que somos capazes, sem decepções.

 

Luiz Dias lfd.silva@uol.com.br

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

FUTEBOL

Assisti pela TV ao jogo de futebol no sábado Manchester x Barcelona e pude apreciar uma aula de verdadeira civilidade entre dois países. O jogo foi disputado dentro de um clima que me causou inveja. Quando o nosso futebol voltará a ser como antigamente? Quando teremos juízes imparciais e uma transmissão mais escrupulosa, como a da Inglaterra, em que a TV não mostrou o invasor do campo, claro, para não dar publicidade as coisas erradas? E o jogo, sem jogadas violentas, com grande respeito aos contendores?

2014 está chegando. Que cheguem mais organização, mais respeito, cidadania e melhor compostura, já que me parece ter-se perdido todo o nosso grande futebol.

Antonio Carniato Filho antoniocarniato@gmail.com

Santa Rita do Passa Quatro

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

COMO SERÁ 2014?

Vi na mídia como ficarão nossos belíssimos e caríssimos estádios de futebol.

Lembrei-me, então, do choro emocionado de Lula e seus colegas ao saberem do resultado do sorteio: aí, eu chorei!

Chorei pela saúde e pela educação já falidas.

Chorei pela miséria do nosso povo desdentado.

Como estarão em 2014?!

 

Laila Curi Gebara lailacuri@uol.com.br

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

CARÊNCIAS

 

Enquanto houver carência nas áreas de saúde, segurança, educação... não quero nenhum centavo dos impostos que arrecado financiando estádio.

 

 

Angelo Antonio Maglio www.rancholarimoveis.com.br

Cotia

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

DATA

 

O Corinthians ainda continua com o problema de data para o Itaquerão. Agora é saber a data em que vai terminar...

Marcelo de Moura mdemoura@globo.com

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

CAMISA GRENÁ

É vergonhoso ver um clube centenário como é o Corinthians se tornar refém de seu Departamento de Marketing e usar camisa grená (ou roxa), no lugar das tradicionais camisas branca ou alvinegra. Os clubes deveriam saber que não se mexe nas cores da sua camisa, sua bandeira e seu hino, que são um verdadeiro patrimônio imutável e eterno, fazem parte da sua própria essência e identidade. Hoje, em nome do marketing e do lucro, grandes clubes, como o Corinthians, estão se despersonalizando e perdendo a sua identidade, em evidente desrespeito aos seus torcedores e à sua história.

 

 

Renato Khair renatokhair@uol.com.br

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

DESCARACTERIZADO

Só faltou a estrela do PT na estranha camisa vermelha do Corinthians. Infelizmente, a recíproca não é verdadeira. Ou seja, enquanto os corintianos levantam a bola do Lula, em troca o ex-presidente dá um chapéu na Fiel e abandona sua promessa de ajudar o clube na construção do Itaquerão...

Paulo Panossian paulopanossian@hotmail.com

São Carlos

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

FIM DA RELACOM

 

Mais uma empresa fecha as portas no Brasil. Agora foi a vez da multinacional sueca Relacom, que atendia a Telefônica e a TIM. Certamente Palocci não lhe deu consultoria.

 

Izabel Avallone izabelavallone@yahoo.com.br

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

PALOCCI

O PT prometia outra coisa antigamente, e não essa onda de escândalos que ocorre atualmente, com tendência a aumentar cada vez mais, devido à impunidade ("CGU resiste a apurar denúncia contra Palocci", 30/5, A4).

Até quando o povo de nosso país vai suportar tanto descaso por parte de nossos pseudosgovernantes?

 

Alvaro Salvi alvarosalvi@hotmail.com

Santo André

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

QUEM APOSTA?

Chegou à Procuradoria-Geral da República o ofício remetido por Antônio Palocci com as explicaçõse solicitadas pelo procurador Roberto Gurgel a respeito do astrofísico enriquecimento do ministro, ocorrido na velocidade da luz. Após análise, Gurgel pedirá ou não abertura de inquérito contra Palocci. Existe um detalhe importante que a sociedade precisa saber. O mandato do chefe do Ministério Público expira em julho próximo e a indicação do novo titular é prerrogativa da presidente. O atual poderá ser mantido no cargo. Porém, sabendo que o Palácio do Planalto é um balcão de negócios, pergunto: o procurador Antonio Gurgel está disposto a não ser reconduzido o cargo?

 

Humberto de Luna Freire Filho hlffilho@gmail.com

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

CLIENTELA

 

Na minha opinião, deveria ser feita uma rigorosa auditoria nas contas dos clientes da consultoria do Palocci, porque quem procura ajuda de um cidadão desse nível tem as piores intenções possíveis.

Fernando Fenerich ffenerich@gmail.com

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

NATUREZA DO ESCORPIÃO

 

Em defesa do Palocci, há a história daquele escorpião que pediu a uma rã que o atravessasse por um pequeno lago com a promessa de não picá-la! Mas chegando do outro lado picou-a! Perante a indignação da rã, o escorpião retrucou: "Não fique surpresa, é da minha natureza picar!" Assim são os petistas, eles não têm culpa, é da natureza deles se locupletarem das coisas públicas! Os verdadeiros culpados são os que, à semelhança das rãs, acreditam neles!

 

Eugênio José Alati eugeniojosealati@yahoo.com.br

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

CASA CIVIL

 

Eu tenho um sobrinho que quer ser ministro da Casa Civil. Ele tem 20 anos, diz que só precisa arrumar um padrinho ou uma madrinha lá no Planalto. Não vai precisar trabalhar, só assinar as papeladas e esperar o dinheiro cair em suas mãos. Ele acha que em quatro anos vai estar muito rico. Na Mega Sena ele nem joga mais, porque é uma coisa incerta, mas ele vai conversar com os "cumpanheiros" para ver se consegue falar com o ex ou com a atual. Mas se conseguir vai estar feito por um bom tempo, e blindado com o apoio dos "cumpanheiros".

José Inacio de Queiroz zezinhoqueiroz@yahoo.com.br

Andradina

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

NOVA SÚMULA DO TST

 

Minha esposa entrou com uma reclamação trabalhista contra empresa em que trabalhou, por causa de pagamentos rescisórios e cálculos de horas extras não pagos, não corrigidos, mal feitos (qualquer aluno de encargos trabalhistas saberia fazer). Além de a empresa ser viciada em tais atos.

Em primeira instância, ouvidas as testemunhas, a juíza, aparentemente, considerou que haveria um acordo e com isso ganho de causa. Porém, até para a advogada da empresa, a causa, da empresa, estaria perdida.

Mas 15 dias depois da data em que a referida Justiça havia marcado o dia da sentença, a juíza deu como improcedente!

Pergunto ao TST: se todos os cálculos estavam errados, e afirmo com propriedade, se as testemunhas afirmaram a favor da minha esposa, por que a juíza deu como improcedente a ação, com isso sendo favorável à empresa?

Em segunda, para esta nova súmula, será que não está na hora de fazer uma "reciclagem" de juízes?

Além disso, minha esposa ficou queimada no mercado de trabalho, porque perdeu as chamadas referências!

Escrevo isso com respeito, mas também como desabafo de um brasileiro que vê para onde pesa a balança!

 

Maurício Avellar de Azevedo Marques mzlmauricio@yahoo.com.br

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

CIGARROS

Os fumantes brasileiros foram duramente penalizados com aumentos significativos após a crise mundial de setembro de 2008. O ministro Mantega, com sua cara de pau de sempre, deveria agora reverter esses aumentos, já que a situação voltou à que era antes da crise.

A única saída para muitos fumantes foi se abastecer no mercado paralelo para continuar com esse vício que muitos gostariam de não ter. Está claro, como atesta matéria veiculada pela Souza Cruz (29/05, A19), que esses aumentos e impostos absurdos do governo já estão conduzindo o povão a um clamor popular imprevisível.

Presidenta Dilma, está na hora de começar arrumar a casa e dar um refresco para o povo.

 

Vasile Yachimciuc vasile@estadao.com.br

Osasco

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

31 DE MAIO - DIA MUNDIAL SEM TABACO

Os jovens são os principais consumidores dos cigarros saborizados. O tabaco é mortal em todas as suas formas e disfarces.

O Brasil está fechando o cerco aos cigarros aromatizados. Assim como nos Estados Unidos e no Canadá, que barraram sua comercialização no ano passado, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) vem analisando a composição desses produtos e trabalha para comprovar a tese de que eles incentivam o consumo precoce, inclusive entre crianças, e causam mais dependência. O passo seguinte é pedir a proibição da venda no País. Hoje, eles são encontrados por aqui nos mais diversos sabores, do tradicional menta, passando pelo de cereja (o preferido das garotas), até chocolate e baunilha. E as novidades não param de chegar. Há um mês, a Souza Cruz lançou um com cápsula de mentol no filtro, que, ao ser apertada, libera o sabor. O jovem é atraído pelos aromas variados e vai se tornando dependente. Ainda há poucos estudos sobre os saborizados, mas já se sabe que quem os consome fuma mais do que os adeptos do tradicional, eis que o gosto da nicotina é camuflado.

Pesquisa feita entre 2002 e 2005 pelo Instituto Nacional do Câncer (Inca), com a Universidade Johns Hopkins (EUA), revelou que 44% dos estudantes brasileiros entre 13 e 15 anos que fumam regularmente preferem os aromatizados. A pesquisa ouviu 13 mil alunos de 170 escolas de dez capitais brasileiras. Os cigarros com sabor são uma alternativa para atrair novos fumantes.

Os sabores são a arma mais poderosa para facilitar a dependência, já que derrubam as barreiras do gosto amargo e do cheiro forte do cigarro. Vencidos esses impactos, a nicotina faz o resto, que é viciar. A menta, por exemplo, tem poder anestésico, que ameniza a irritação na garganta, e o chocolate, por sua vez, é um broncodilatador, aumentando a absorção da nicotina pelo organismo.

Os fumadores incomodam os não fumadores. Fumar não é apenas um problema dos fumadores.

Cada vez mais autoridades governamentais estabelecem regulamentos que protegem o não fumador. Tem havido uma maior conscientização dos indivíduos sobre o ar que se respira, não só em casa, como nos ambientes de trabalho e locais públicos.

Deve-se fazer mais, estimulando locais de trabalho, escolas, unidades hospitalares e outros setores da sociedade a desenvolverem uma política de proteção ao não fumador em ambientes fechados.

 

Antônio Dias Neme antonio.neme@superig.com.br

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.