Cartas - 31/07/2011

CENSURA

, O Estado de S.Paulo

31 Julho 2011 | 00h00

Dois anos

É demais! O Estadão "velho de guerra" ainda sob censura, já há 730 dias. Isso é uma verdade exposta para que todo o público sinta a apatia do Supremo Tribunal Federal sobre o caso. Formulo uma indagação: estarão também sob censura os srs. Ministros?

ANTONIO CARLOS DELFIM

acdelfim@hotmail.com

Presidente Prudente

_________________________________________

Julgamento do mérito

Há 730 dias o jornal O Estado de S. Paulo continua sob censura, proibido de publicar notícias referentes à Operação Boi Barrica e ao envolvimento de Fernando Sarney. Por causa dessa decisão da Justiça estamos desinformados, perdemos o nosso direito à informação por causa da própria Justiça, que nos deveria garanti-lo. Se nenhuma instituição brasileira é a guardiã da Constituição, que garante a liberdade de imprensa, a quem recorrer, ao povo nas ruas? O que será que ocupa tanto assim os juízes para não julgarem o mérito da ação? A população quer saber, srs. Juízes!

ALBERTO NUNES

albertonunes77@hotmail.com

Itapevi

_________________________________________

Celeridade processual

Quando é que vai valer para o Estadão o princípio da celeridade processual, previsto na Constituição da República? Seu artigo 5.º, no inciso LXXVIII, diz o seguinte: "A todos, no âmbito judicial e administrativo, são assegurados a razoável duração do processo e os meios que garantam a celeridade de sua tramitação".

OSWALDO TREVISAN, professor de Direito Constitucional

oswaldotrevisan@gmail.com

Cornélio Procópio (PR)

_________________________________________

Ato de força

O Estado está sob censura há 730 dias sem que se julgue o mérito da matéria. O absurdo da situação revolta os seus leitores. Por isso gostaria de saber se fatos relativos à Operação Boi Barrica - ou seja, à atuação do empresário Fernando Sarney, filho dileto de José Sarney, presidente do Senado - poderiam ser relatados por pessoas que têm conhecimento das operações proibidas de ser citadas pelo jornal. Ou melhor, se tais fatos poderiam ser expostos, ou denunciados (se for o caso), e encaminhados para publicação no Fórum dos Leitores. Acredito ser possível, pois quem está sob censura é o Estado, e não os seus leitores, que têm o direito constitucional de levar ao conhecimento do público tudo o que sabem e desejam contar, seja neste Fórum, seja na forma de matéria paga. Creio ser esse o caminho para arrombarmos as porteiras dessa violência contra o País, que tem a sua democracia manchada quando são atingidos os poderosos do momento. Lendo no jornal os fatos narrados por leitores, quem sabe, assim, os membros do Judiciário se apressem, pondo fim a esse ato de força que humilha e desonra o Brasil.

DOMINGOS PEROCCO NETTO

dperocco@ig.com.br

Itatiba

_________________________________________

Precedentes perigosos

Imaginemos os perigosos precedentes que essa decisão sobre a censura ao Estadão pode trazer para um país onde a democracia ainda engatinha. Lembremo-nos sempre - e não nos esqueçamos jamais! - dos livros queimados em Berlim. Lembremo-nos sempre das valiosas conquistas democráticas. Lutemos pelas liberdades duramente conquistadas, inclusive as de expressão e de manifestação do pensamento. Lutemos para que a Constituição federal seja cumprida!

ALEXANDRE PONTIERI

apontieri@yahoo.com

Brasília

_________________________________________

LULA E A MÍDIA

Propaganda oficial

Já que a imprensa séria não se vende, Lula, mais uma vez, defendeu a ideia de que se joguem rios de dinheiro em publicidade do governo, para se contrapor às notícias ruins, que, segundo ele, têm mais espaço na mídia. E chegou a declarar que o povo acaba sabendo apenas o que os outros querem que ele saiba. Mas faltou dizer: "E não apenas o que nós queremos que ele saiba". Esta é a síntese, desde que Lula assumiu o poder: entupir o povo com a imagem idealizada de um grande governo, que não se vai importar se a imprensa noticiar exatamente o contrário. Que se dane a ética! Que importa se é mentira? O que interessa é o que está plantado na cabeça do povo. Nisso ele tem razão. Apesar dos enormes escândalos em seus dois governos, ele conseguiu passar incólume por eles com astronômicos índices de aprovação popular.

RONALDO GOMES FERRAZ

ronferraz@globo.com

Rio de Janeiro

_________________________________________

Culpa da imprensa...

Lula insiste em culpar a imprensa pelos escândalos que brotam como "nunca antes neste país". Por que a mídia lhe dá tanta cobertura?

EMIDIO DIAS CARVALHO

dias.carvalho@uol.com.br

São Paulo

_________________________________________

Hora de protestar

Está na hora de os brasileiros começarem a protestar contra a administração petista, responsável por vários escândalos que agridem a ética e os nossos valores democráticos - sendo o mais grave e escandaloso o conhecido mensalão. Estamos vivendo uma grande crise ética. O dinheiro do contribuinte - que deveria ser empregado na educação, na saúde, na melhoria de estradas, portos e aeroportos, que estão sucateados, com graves consequências para a sociedade - vai para o bolso dos que atuam no governo, com a certeza da impunidade. Onde estão os nossos representantes no Congresso Nacional, para impedirem tanta desfaçatez? Onde está o PMDB de Ulysses Guimarães? Estão traindo o povo brasileiro, representando tão somente os interesses desse (des)governo e se locupletando.

JOSÉ WILSON DE LIMA COSTA

jwlcosta@bol.com.br

São Paulo

_________________________________________

CRISE AMERICANA

Papel pintado

Lá por 2006, nas páginas do Estadão, o sr. Paul Krugman alertava que os dólares dos títulos da dívida pública que o governo dos EUA estava vendendo à China, ao Brasil, aos emergentes, etc., eram apenas papel pintado, que tinha o mesmo valor do dinheiro de brinquedo daquele joguinho de crianças chamado Banco Imobiliário. Isso, dito dois anos antes do início da crise, foi visto como alarmismo. Agora parece que em 2 de agosto a profecia de Krugman se realizará. E o Brasil do PT terá acumulado papel pintado como nunca antes "neçe" país.

LUIZ HENRIQUE PENCHIARI

luiz_penchiari@hotmail.com

Vinhedo

_________________________________________

"Que democracia é essa que cala a imprensa em benefício dos poderosos? Será contágio do vizinho venezuelano, amigo da corte tupiniquim?"

TURÍBIO LIBERATTO / SÃO CAETANO DO SUL, SOBRE OS DOIS ANOS DE CENSURA AO "ESTADÃO"

turibioliberatto@hotmail.com

"Delenda censura! Monstro horrendo, informe, ingente (apud Virgílio, "Eneida")"

JAIR GOMES COELHO / VASSOURAS (RJ), IDEM

jairgcoelho@gmail.com

_________________________________________

VOCÊ NO ESTADÃO.COM.BR

TOTAL DE COMENTÁRIOS NO PORTAL: 901

TEMA DO DIA

Senado dos EUA barra acordo da dívida

Impasse no Congresso norte-americano agrava crise da dívida federal e do déficit orçamentário

"A economia americana está em frangalhos e dizem que o Brasil só cresce por causa do crescimento econômico mundial."

JULIO LOPES

"Obama vai protagonizar o primeiro calote da dívida soberana do governo dos EUA em toda a história,"

ROBERTO FREITAS

"Com o déficit crescendo, é matematicamente impossível retroceder, a menos que cortes dolorosos sejam feitos."

ED ANTONIO

_________________________________________

Cartas enviadas ao fórum dos leitores, selecionadas para o estadão.com.br

 

 

 

 

QUE INVEJA! QUE EXEMPLO!

 

 

 

 

 

 

A Inglaterra, que sediará as Olimpíadas de 2012 em Londres, já está com mais de 90% das obras concluídas e sendo testadas, exatamente um ano antes do evento.

Tendo sido qualificada como a melhor preparação para Olímpiada até hoje, pelo COI. Melhor ainda, as obras custarão R$4,5 bilhões a menos do que o orçado. Enquanto isso, em um país tropical, as obras para a Copa do Mundo de 2014 estão engatinhando e as das Olimpíadas estão no papel. Das superfaturadas obras para os Jogos Pan-americanos de 2007, pouquíssimo será reaproveitado, praticamente tudo terá que ser reconstruído. O pior, a exemplo desses Jogos Panamericanos, são os inúmeros "aditivos" e reajustes feitos nas obras que, quando concluídos custando o dobro do orçado, são "dignas" de elogio. Há casos que os reajustes são estratosféricos. Senhores e senhoras responsáveis pela Copa do Mundo e pelas Olimpíada, tenham uma forte inspiração de seriedade, dignidade e planejamento, ao menos, vinda do "Velho Mundo".

 

 

 

 

 

 

 

Edison Roberto Morais ermorais@uol.com.br

São Paulo

 

 

 

 

 

 

_________________________________

 

 

 

 

 

 

EXECUTIVA DA COPA

 

 

 

 

 

 

Como se não bastassem todas as acusações da prática de corrupção e suborno que pesam contra o presidente da CBF, Ricardo Teixeira, agora vem a público o fato de sua filha, Joana Havelange, trabalhar como executiva no comitê da Copa de 2014, no Brasil. É claramente um caso de nepotismo, praticado por Teixeira, já que a CBF e o comitê organizador da Copa não são dele. Ficam algumas perguntas no ar : qual o salário que ela está recebendo por esse trabalho ? E o seu salário é pago com dinheiro público ou privado ? Se o Brasil não fosse o país da impunidade, Teixeira já teria sido afastado da CBF há anos e responderia na Justiça Criminal pelas diversas acusações que lhe são feitas pela imprensa brasileira e mundial. Mas, como estamos no Brasil, deixam a raposa tomar conta do galinheiro e fica tudo por isso mesmo, sem nenhum tipo de punição ou castigo. Lamentável.

 

 

 

 

 

 

 

Renato Khair renatokhair@uol.com.br

São Paulo

 

 

 

 

_________________________________

 

 

 

 

 

 

O ILUSIONISTA

 

 

 

 

 

 

 

 

Acho que o Lula assistiu muito o filme e tentou passar pro povo brasileiro a ilusão de que estamos caminhando pra riqueza.Seu Lula para com isso, você só cuidou da casca do Brasil. Tente retirar o miolo e você vai ver que o buraco é mais embaixo. Explique a respeito da Telefonia. Você vive de conveniência e os que conseguem enxergar não caem no seu truque.Eu quase caí , mas tenho a qualidade de discernir as coisas. E tem mais: a respeito dos estádios da Copa e dos aeroportos,deem mais prioridade à saúde Somos emergentes e não ricos.

 

 

 

 

 

Sonia Maria Salzano Gentil soniasalzano@gmail.com

Descalvado

 

 

_________________________________

 

 

 

 

 

 

 

 

EXÉRCITO PAU-BRASIL

 

 

 

 

 

 

 

Tive um inesperado encontro com um jovem amigo meu que acabara de sair do serviço militar, aqui em Curitiba. Escutando seu relato não pude deixar de sentir desamparo. As armas, fuzis, metralhadores são ultrapassadas e possuem muitos materiais bélicos sucateados. Ele ria quando mencionava a hipótese de uma guerra. O nosso é exército é de chumbinho. E ainda tem políticos estúpidos que enchem os pulmões para dizer que o Brasil é uma potência. Um eufemismo idiota desses babacas que deixam totalmente desguarnecido um dos territórios mais cobiçados do planeta. Qualquer sociedade civilizada estaria se armando. Mas o discurso de país pacífico e alegre contaminou o povo. Somos um bando de bobalhões esperando o circo se fechar.

 

 

 

 

 

 

 

Luiz Fabiano Alves Rosa fabiano_agt@hotmail.com

Curitiba

 

 

 

 

_________________________________

 

 

 

 

 

 

 

 

BRASIL E PALESTINA

 

 

 

 

 

 

Sobre o reconhecimento do Estado da Palestina pelo Brasil, saliento que sua legitimidade é a mesma do Estado de Israel, existente desde 1948 por aprovação da ONU, e até hoje não reconhecido por vários de seus vizinhos. Entendo que uma política externa imparcial e democrática, nesse tema, deva ser correlata ao mútuo reconhecimento dos dois estados, em fronteiras seguras para ambos, e apagamento de reivindicações agressivas. Agradeço a publicação. Cordialmente.

 

 

 

 

 

 

Luiz Felipe da Silva Haddad lfdsh@uol.com.br

Niterói (RJ)

 

 

 

 

 

_________________________________

 

 

 

 

 

 

ASILO POLÍTICO

 

 

 

 

 

Em conformidade com a atitude acolhedora contraditória de nossos líderes, não será surpresa se o "cara", para ocupar espaço na imprensa, causar reboliço durante vários dias, propuser uma iniciativa surpreendente. Estará perfeitamente, de acordo com recente retrospectiva, dentro do espírito estapafúrdio, reunir a mídia para, numa entrevista inédita e sensacionalista, sugerir "asilo político" ao terrorista norueguês. Propor o acolhimento e oferecer cidadania brasileira ao injustiçado perseguido político Anders Breivik. Caso aconteça, como sua sugestão é uma ordem, dentro em breve Breivik estará aqui conosco para o resto da vida.

 

 

 

 

 

Humberto Schuwartz Soares hs-soares@uol.com.br

Vila Velha (ES)

 

 

 

 

 

_________________________________

 

 

 

 

 

ATIRADOR DE OSLO

 

 

 

 

 

 

 

 

 

A propósito do noticiado atirador de OSLO, membros da extrema direita italiana condenaram a violência no massacre perpretado pelo insano BREIVIK, contudo, defendem suas teorias inspiradoras contidas no seu Manifesto, dentre elas, a expansão do ISLAMISMO na Europa. Na certa, o transloucado Breivik referiu-se a assustadoura TAXA DE FERTILIADE dos muçulmanos em toda a União Europeia de 8.1 contra somente 1.38 dos nacionais com uma estimativa de 50 milhões de muçulmanos hoje na UE e dentro de 20 anos chegará a 104 milhões. Atrbui-se ao ditador KADAFI a declaração de que" dentro de 15/20 anos a U.E será "conquistada" pelo ISLAMISMO sem o emprego de nenhuma espada".

 

 

 

 

 

 

 

 

 

José Ávila da Rocha peseguranca@yahoo.com.br

São Paulo

 

 

 

 

_________________________________

 

 

 

 

 

 

TERROR? ONDE?

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Terrorismo sempre nos causará espanto e revolta. Bem, nem sempre. No Brasil de hoje, o terror assola em meio à impunidade. Desde as estradas, passando pela falta de educação e saúde dignas de um país emergente - no caso, submergente; entre noticiários entremeados de conselhos culinários, sobre estética corporal e de auto-ajuda, sem que os maquiadores das farsas e mau uso do dinheiro público (caso das verbas públicas para estádios que pouco se sabe de seu uso pós-copa mundial) sejam denunciados e questionados sobre suas associações a empresas participantes de licitações por algum deles mesmos avaliada. Como nos estarrecermos com o terror Norueguês, taleban, egípcio ou da Al-Qaeda? Por conta de tantos desmandos, mata-se e morre-se muito mais neste país embalado em manjadas cantilenas de mandantes e ex-mandantes desde as esferas municipais até as federais. Acostumar-se a este terror é que me causa espanto e revolta. E os "caras-pintadas" sob o comando de um estudante profissional, pelo que parece.

 

 

 

 

José Jorge Ribeiro da Silva jjribeiros@yahoo.com.br

Campinas

 

 

 

 

_________________________________

 

 

 

 

 

 

 

CRIME AO VOLANTE

 

 

 

 

 

 

A tal "Lei Seca", foi feita para ser frouxa e inóqua ante a voluntariedade do embriagado (ou drogado) de aceitar o não o teste do bafómetro ou o exame? Uma lei com contra-lei. Fazer o teste ou não fazer? Eis a questão! É mais uma "lei de faz de conta", de tanta liberdade que passa da liberalidade à libertinagem permissiva. Quem pode pagar a multa paga, e quem não pode, simplesmente não paga, e continuam a delinquir e a debochar da lei e da vida dos outros. Seria um alívio para os pais dos homicidas do trânsito e de suas vítimas, se houvesse um pouco mais de seriedade nesta "lei de faz de conta", para pegar os infratores. Porque não a obrigatoriedade do teste do bafômetro ou exame no ato? Já que o infrator perdeu parte de seus direitos, já que este deliberadamente resolveu ficar fora de sua capacidade mental plena? Por que o Estado não assume o seu direito de examiná-lo coercitivamente? Que tal condenação de 6 meses de trabalhos forçados aos que forem pegos dirigindo bêbados ou drogados, como fazem alguns países sérios? Quanto a "trabalhos forçados", os das classes sociais menos favorecidas, já estão acostumados aos trabalhaos pesados mesmo. Quanto aos das classes sociais mais favorecidas, não precisa ser "trabalhos forçados" em construção de estradas na Amazônia ou em pedreiras não. Estes poderiam trabalhar em obras assistenciais nas favelas, na limpeza de ruas da cidade, na saúde junto à limpeza dos hospitais públiicos ou junto na limpeza das placas de propagandas dos postes e muros da cidade limpa, etc. E quanto aos assassinos, homicidas bêbados ou drogados do trânsito, equiparação de seus crimes a crimes hediondos. Ou seja, sem direito a habeas corpus ou fiança para não aguardarem o julgamento em liberdade. Pois, mesmo sabendo do risco, estes assumiram a responsabilidade pela ocorrência, o dirigirem bêbados a mais de 100/150 kms. por hora, pelas estradas, principalmente pela madrugada pelas ruas das cidades, após sairem de suas baladas ( embriagados ou drogados), vitimando inocentes. Talvez com isso, diminuam as ocorrências fatais e as notícias diárias de tais homicídios que acabam tanto com a família do criminoso, quanto com a família da vítima. Os pais de futuros criminosos e de futuras vítimas, penhoradamente agradecem. Foi muito oportuno na reportagem " Internação Forçada aos Usuários de Drogas" OESP C.1- 29.07.11. Onde foi muito esclarecedor ler a opinião de alguns mestres a respeito. Não seria exagero pedir a opinião do Ministério Público, Associação de Juízes, Psicólogos e psiquiatras, Defensor Público, Alguns mestres da UNIFEST com relação à fragilidade e inoquidade da "Lei Seca", e o que poderia ser feito paras torná-la mais séria e funcional, e mais compatível para fazer face à criminalidade de embriagados no trânsito?

 

 

 

 

 

 

 

 

Sebastião Pereira jardins@oadministrador.com.br

São Paulo

 

 

 

 

 

_________________________________

 

 

 

 

 

 

 

 

CÓDIGO DE ÉTICA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO

 

 

 

 

 

 

 

Depois de reveladas relações entre o governador Sergio Cabral e empresas beneficiadas por contratos e dispensas de licitações com o governo do estado a inusitada reação foi a edição de um Código de Ética para avaliação e até definição de de um aumento do valor de presentes que podem ser aceitos por funcionários públicos. Até agora não houve qualquer notícia sobre os responsáveis por apurações e de como o cidadão pode acompanhar os resultados das apurações que,teoricamente, foram estabelecidas pelo "Código de Ética".

 

 

 

 

 

 

 

Jair Rosa Duarte jair_rosaduarte@yahoo.com.br

Rio de Janeiro

 

_________________________________

 

 

 

 

 

 

 

REDES SOCIAIS

 

 

 

 

 

 

Cumprimento o jornal pela matéria "A liderança do século 21", no caderno de Empregos de 24/7. Posso dizer que foi a primeira vez que me preocupei com o fato de eu detestar Orkut, Facebook, Twiter etc., pois o texto mostra a tendência de que o futuro girará em torno desses conceitos e não só na área de entretenimento, mas também na profissional. Parabéns ao jornal e ao autor Paulo Buchsbaum, cujas obras bibliográficas são fantásticas e que acompanho há tempos.

 

 

 

Ricardo Sidi sidi@ffernandes.adv.br

Rio de Janeiro

 

 

 

 

 

 

 

 

_________________________________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

ESTADÃO PME

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Parabéns ao Estadão pelo novo site de Pequenas e Médias Empresas, que indiscutivelmente estimula a profissionalização e maior acesso a informação aos pequenos empresários, somente assim eles conseguirão progredir em um ambiente de forte concorrência externa, dólar baixo, carga tributária elevada e com os maiores juros do mundo.

 

 

 

 

 

Roberto Saraiva Romera robertosaraivabr@gmail.com

São Bernardo do Campo

 

 

 

 

 

 

 

_________________________________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

CIÊNCIA

 

 

 

 

 

Escrevo sempre que posso, pois herdei de meu pai, que era catalão essa facilidade e esse gosto pela leitura e pela escrita. Sou também, assídua leitora do jornal " O Estado de São Paulo " , e o que muito me chamou a atenção, no jornal do dia 26/7, foi uma nota sobre Cientistas pedem regras para pesquisa. O assunto em pauta se refere a um grupo de pesquisadores da Academia Britânica de Ciências Médicas, cujo nome de Martin Bobrow mais se destaca, suscita a hipótese de, através de células tronco, chegar ao cúmulo de pretender que animais irracionais possam, um dia, pronunciar palavras, ou mesmo, falar... Esse assunto, ao meu ver, está querendo chocar gregos e troianos - será que eles não tem mais nada, além desse passatempo inverossímil, a fazer pela humanidade e deixar os pobres animais sossegados no seu canto, no seu ninho, no seu território, porque, se DEUS os fez assim, mudos, somente se prevalecendo de ruídos para se entenderem entre si, porque agora, por falta de o que fazer, do que inventar, vão querer converter animais em robôs, ou então colocá-los num circo para que ofereçam um grande espetáculo, para galhardia de muitos e desalento para outros. Na verdade, comparando-se á fidelidade do reino animal, o ser humano tem muito ainda, a se aperfeiçoar- tanto na integridade, doçura e honestidade. Portanto, ao invés de alguns cientistas, ao meu ver, exibicionistas, deixarem em paz os pobre animais, da maneira como DEUS os fez, voltarem suas experiências com células tronco ou outra qualquer , no empenho de fazer o melhor para toda a humanidade, principalmente para os surdo-mudos, num verdadeiro gesto de altruísmo e solidariedade a fim de saírem de uma vida vazia, silenciosa e angustiante.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Rosa Espuny Serai rosaespuny@gmail.com

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

_________________________________

 

 

 

 

AMAZÔNIA

 

 

 

 

 

A criação da reserva indígena Raposa Serra do Sol teve quatro grandes culpados. Os prejudicados foram os brancos que viviam em paz, e produzindo na região, os índios, que hoje se encontram na indigência e, principalmente, o país, que ficou com suas fronteiras escancaradas, completamente vulneráveis aos traficantes de drogas, contrabandistas de armas para dentro do país, e de riquezas minerais para fora. O primeiro grande culpado foi Lula, que assinou o decreto criando-a. Tarso deu tudo de si para que se concretizasse a desgraça. O STF não fez nada para evitar a tragédia. O papel de Lula explica-se pelo limitado conhecimento. Tarso, devido a seu maldito fanatismo comunista. O STF não tem desculpa, por desrespeitar a Constituição Federal. E, por fim, o Congresso, que cruzou os braços, e não fez nada para evitar que a tragédia acontecesse. Da Funai, não há nada a comentar. Não passa de um sorvedouro do dinheiro público, marcado pela corrupção. Não podemos esquecer as dezenas de ONGs que atuam abertamento na região amazônica, sem qualquer fiscalização, muitas delas trabalhando a favor de grupos estrangeiros. De qualquer forma vamos perder a Amazônia, ou com a ONU decretando-a patrimônio da humanidade, ou pela tomada das grandes potências estrangeiras.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Conrado de Paulo conrado.paulo@uol.com.br

Bragança Paulista

 

 

 

 

 

 

 

 

_________________________________

 

 

 

 

O POVO É QUEM PAGA

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Petrobrás vai importar gasolina, e o povo é que vai pagar a conta?

 

 

 

Cícero Sonsim c-sonsim@bol.com.br

Nova Londrina (PR)

 

 

_________________________________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

FRAGILIDADE DA FISCALIZAÇÃO

 

 

 

 

 

 

 

A ótima matéria "Aneel aperta fiscalização nas concessionárias" (22/7, B9), complementada pela "Annel vai emprestar fiscais para SP monitorar empresas" (28/7, B12), ambas de Renée Pereira, demonstram a fragilidade da estrutura de fiscalização que o Brasil dispõe para monitorar os serviços executados sob o regime da concessão. Num país com as dimensões continentais do Brasil, com centenas de empresas - particulares e estatais - atuando na área, é humanamente impossível que um orgão centralizado em Brasília possa realizar o seu serviço com um mínimo de eficácia. A primeira matéria deixou claro que a agência está nas mãos dos fiscalizados (fornecimento de dados) e totalmente dependente da boa vontade das Secretarias Estaduais. Falta-lhe presença descentralizada no interior do País e independência técnica, financeira e política para agir sem depender de governos estaduais. Poderiam estes, com isenção, por força de frágeis convênios, fiscalizar suas próprias empresas, como CESP, CEMIG, COPEL ... ou as federais FURNAS, ELETRONORTE, CHESF, etc?. Claro que não! O nosso País é muito grande e as necessidades e exigências dos consumidores díspares região por região. Ou se delega, de fato, as funções das agências reguladoras à entidades regionais independentes (como ocorre nos EUA) ou que se proceda então à sua descentralização por regiões ou bacias hidrográficas com Conselhos integrados por representantes da sociedade local com poderes e autoridade para fiscalizar, multar, decidir sobre caducidades e outorgas de concessões, regulamentar, fixar tarifas, etc. sem a necessidade de se uniformizar nacionalmente os procedimentos e regras. Tudo isso demonstra, não que os serviços sob o regime da concessão seja ruim, mas que o Brasil não se preparou devidamente para a privatização dessas atividades monopolísticas. Esta crise setorial - preços abusivos com baixíssima qualidade - pode ensejar a oportunidade para as urgentes reformas que o País necessita nessa área. A hora é boa: temos uma presidente que conhece o assunto e que tem demonstrado que age mais por atos do que por palavras.

 

 

 

 

Nilson Otávio de Oliveira noo@uol.com.br

São Paulo

_________________________________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

MAIS UMA HERANÇA DE LULA

 

 

 

 

 

 

 

Evo Morales prometeu negociar com a Petrobras, mas mandou o exército ocupar suas instalações. Chávez prop?s contribuir com a construção da refinaria de Pernambuco, e pelo visto, xavecou a todos nós, pois ainda não colocou um centavo. Pelo visto este é o comportamento de todo "bolivariano" que se preza. Todo cuidado é pouco.

 

 

 

 

 

 

Luiz Nusbaum lnusbaum@uol.com.br

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

 

_________________________________

 

 

 

 

 

 

ADVERTÊNCIA OPORTUNA

 

 

 

 

A carta de quinta-feira no Fórum dos Leitores do Estadão, da sra. M. Cecília Naclério Homem, é um verdadeiro libelo acusatório contra nossos visinhos e sócios do Mercosul, Uruguai, Paraguai e Argentina, que estão praticando contra o nosso Brasil verdadeiro crime de falsidade ideológica e estelionato internacionais, nos vendendo produtos chineses como produzido em seus países, para burlar a sobretaxa imposta pelo nosso governo à importação de produtos chineses, para que a china se beneficie criminosamente, das vantagens do livre comercio entre as nações que compõem o inútil Mercosul. Não há necessidade de se acrescentar uma vírgula na exposição articulada pela aludida leitora. Mas há a necessidade moral e patriótica do governo brasileiro mandar o nefando Mercosul ás favas. Será que não existe um tribunal internacional para julgar e condenar este tipo de delito? O Tribunal de Haia não é competente para isso? Enfim, essa m... do Mercosul só existe para dilapidar a economia do Brasil?

 

 

 

 

 

 

 

 

Antonio Brandileone abrandileone@uol.com.br

Assis

 

 

 

 

 

 

_________________________________

 

 

 

 

 

 

 

SECESSÃO NUNCA MAIS

 

 

 

Ingênuos regridem ao século 19 da história americana, achando que republicanos e democratas atuais ainda estão apegados à dicotomia norte-sul.

 

 

 

 

 

Sergio S. de Oliveira ssoliveira@netsite.com.br

Monte Santo de Minas (MG)

 

 

 

 

 

 

 

_________________________________

 

 

 

 

 

 

CRISE NOS EUA

 

 

 

 

 

 

Que sirva de lição ao políticos brasileiros o que esta acontecendo nos EUA. Por intransigência estão levando o pais a ruína.Já pensaram quanto já desvalorizou o dólar, a vaidade de querer mostrar que é maior do que é, esta levando a uma crise internacional, sem saber o quanto vai desvalorizar ainda mais a moeda do pais,a falta de empregos etc.. Tudo isso na verdade porque as elites americanas não concordam com as medidas da seguridade social, auxílio às classes menos favorecidas, com direito a previdência social. Observa-se o egoísmo de achar que só tem direito a saúde quem paga a previdência particular. Parece que a maioria dos políticos de lá tem atitudes semelhantes aos daqui....

 

 

 

 

 

 

Reginaldo de Paula reg.paula@hotmail.com

Campinas

 

 

 

 

 

 

_________________________________

 

 

 

 

 

 

PAPO FURADO

 

 

 

 

Seria melhor que o Guidinho ficasse calado, começa falando como seu antigo chefe, enrolando todos os assuntos, que está preparado pra tudo que der e vier, e a informação ao lado do repórter informando que o dólar despencou e que a inflação vai aos píncaros, a inadimplência começa a incomodar, mas ele continua afirmando que tudo vai bem. A quem ele quer enganar? Quais são as medidas econômicas preventivas que ele está tomando? E do que está se prevenindo?

 

 

 

 

 

 

 

Luiz Carlos Cunha luiz.cunha@terra.com.br

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

 

_________________________________

 

 

 

 

MANTEGA E O DÓLAR

 

 

 

 

 

 

"Zzzzz... vou intervir contra a desvalorização do dólar... zzzzz... olha que agora vou mesmo... zzzzzzz". Será que não dá para ter um ministro da Fazenda mais ligado na realidade? Mais pontual nas atitudes técnicas? Francamente, só podia ser do PT.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Antonio Carlos de Souza Queiroz Cardoso Filho acardoso@acardoso.com

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

_________________________________

 

 

 

 

 

 

 

EDUCAÇÃO

 

 

 

Sou aluno de Economia e bolsista do Insper. Como mostrado no caderno ".edu", bastante importante é a mobilização das faculdades públicas e privadas em busca de recursos através de doações e fundos endowment. Pena que esse debate seja visto com tanto preconceito. Na realidade, não vêem que sem a iniciativa privada, ou a doação de ex-alunos, prática amplamente difundida no exterior, as instituições sofrem para financiarem seus fundos de bolsa, atrair bons professores, e fomentar pesquisa. No Brasil, onde há tanto descaso das autoridades públicas à educação, essa se mostra uma boa solução. Sou grato a esse tipo de iniciativa, pois sem o incentivo da bolsa jamais poderia frequentar uma faculdade de tão excelente nível.

 

 

 

 

 

 

 

Diego Ferrante da Silva diego.ferrante@hotmail.com

São Paulo

 

 

 

 

 

 

_________________________________

 

 

 

 

 

 

 

DILMA E O PODER CRÍTICO

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Curiosa a declaração de Dilma Roussef sobre seus propósitos para a educação do país. Segundo ela, durante lançamento do ‘Ciência Sem Fronteiras’, o foco da educação será na área de ciências exatas. Pois bem, pode até existir uma fundamentação de engrenar o Brasil num patamar diferenciado do atual, porém cada vez mais a população é levada a pensar sem contestar, a conceber ideias incapazes de mudar a atual conjuntura política. Novamente e por ser uma área mais rentável em termos financeiros, a condição de ser crítico é assunto avesso ao sistema político atual. E que venham os presos para as ruas, pois o investimento em C&T pode beneficiar nossa segurança. Seria melhor investir na educação para, assim, diminuir gradativamente a violência e gerar mais lucros para um futuro próspero.

 

 

 

 

Nome: Luiz Felipe T. Erdei luizferdei@gmail.com

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_________________________________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

O GOVERNO CONTINUA VACILANDO

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

A presidente Dilma Rousseff precisa tomar medidas de austeridades para evitar que o temeroso dragão da inflação volte. Pelos registros mais recentes do IPCA, a inflação brasileira estourou de maneira indiscutível o teto da meta fixada pelo governo. Boa parte dessa inflação que esta aí com os preços subindo todo dia, incluindo os combustíveis foi gerada em decorrência da irresponsabilidade do ex-presidente Lula da Silva, que incentivou a população a gastança desenfreada e o que vemos hoje são milhares de inadimplentes que não conseguem pagar suas dividas contraídas em razão do alto número de prestações contraídas entre 2009/10. Se o governo continuar teimando em não fazer o ajuste fiscal as coisas só tendem a piorar. Em abril o acumulado ficou em 6,51% na ocasião, o ministro da fazenda Guido Mantega, tentou ludibriar os incautos, com a alegação de que sendo o teto de 6,50%, só seria ultrapassado quando subisse acima de 6,59%. Era apenas uma tergiversação, claro, que perde toda base agora, quando o IBGE anuncia que o IPCA acumulado dos últimos 12 meses ficou em 6,71%. A verdade é que o governo vem sendo cada vez mais negligente no tocante ao combate a inflação há mais de dois anos. Nos seis meses de governo Dilma Rousseff, que manteve Mantega na fazenda, prossegue a mesma dificuldade de enfrentar um dos focos maiores - talvez o maior - da inflação. Que é a gastança desenfreada governamental com a folha salarial. Nos anos de 2009 e 2010 em função da aposta de Lula na eleição de sua ministra Dilma, os gastos do governo dispararam, contribuindo de maneira decisiva para o descontrole no combate a inflação. Algo que persiste até agora com a valorização de área do real. É pra se lamentar, originárias do ministério da fazenda ou do banco central as medidas tomadas até aqui não tem feito a inflação ceder. Pelo contrário, os eventuais recuos são paliativos, enquanto a tendência de elevação continua a todo vapor podendo chegar á dois dígitos no final do ano. Por outro lado a presidente tem afirmado que o combate a inflação é prioridade número 1, enquanto seu ministro da fazenda afirma que a prioridade número 1 é o câmbio. Durma-se com esse barulho. Enquanto eles não chegam a uma decisão a renda do trabalhador está sendo engolida pelo dragão da inflação.

 

 

 

 

 

 

Turíbio Liberatto turibioliberatto@hotmail.com

São Caetano do Sul

_________________________________

 

 

O DESVIO DE INFORMAÇÕES

 

 

 

 

 

 

 

 

É verdade. O governo, em vez de cumprir o seu dever legal de informar o cidadão sobre suas atividades, se transveste de agência de propaganda e de promoção, mascarando realidades. Caso clássico o do uso veicular do álcool combustível, ufanado descaradamente pela mídia oficial (Proálcool) como o responsável pelo advento dos motores automotivos flex, dando a nítida impressão de que foram os brasileiros os seus idealizadores. Pura balela! O Brasil não é, atualmente, nem o maior produtor nem o maior exportador de álcool etílico ou anídrico. No quesito tecnologia, para variar, continuamos bem atrás dos EUA, pioneiro em pesquisas científicas que permitem a obtenção otimizada de álcool utilizando-se resíduos, não só de cana como de cereais, através do processamento da celulose neles contida. Como se diz em Minas, aqui só se conta papo, sô!

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Sergio S. de Oliveira marisanatali@netsite.com.br

Monte Santo de Minas (MG)

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_________________________________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

CENSURA, 2 ANOS

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Hoje completam-se 2 anos da implantação da inconstitucional censura ao nosso "Estadão". Vergonhoso para a Nação não é apenas esse fato. Também inaceitável é a falta de manifestação do TJ do Distrito Federal, indispensável para que o mérito da censura seja julgado. Até quando teremos que esperar que os excelentíssimos ministros desse colegiado acordem e substituam os pijamas pelas togas, indumentária necessária para que se manifestem? Não seria de bom alvitre que a manifestação ocorresse no próprio dia 1º de Julho? Seria uma data propícia e significativa para presentear o Estadão e toda a sociedade brasil eira, ávida por ter de volta o direito à informação sobre atos ilícitos de governantes inescrupulosos.

 

 

 

 

 

 

 

 

Roberto Twiaschor rtwiaschor@uol.com.br

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_________________________________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

EU ME INDIGNO

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Com muita frequência não me indigno o suficiente, por vezes não me indigno de todo perante as grandes indignidades que deveriam indignar todas as pessoas honradas….." Palavras de George Tabori, escritor e teatrólogo húngaro, de quem me lembrei após a leitura de duas matérias no ultimo final de semana, a do Fernando Gabeira, " Em torno da indignação " no Estadão e a da Veja, na sua Carta ao Leitor, " Cadê a indignação? " , ambas, de alguma forma , cobrando da população brasileira, uma postura mais ativa , sair do entorpecimento atual e indignar-se frente a corrupção presente em todos os níveis da sociedade política, nós que pertencemos ao Brasil real, que estudamos, trabalhamos, pagamos impostos exorbitantes e muitas vezes não sabemos se voltaremos vivos quando saimos de casa, tal a absurda e crescente violência que nos cerca, além dos crônicos problemas na saúde e educação, itens tão exaustivamente repisados por essa corja de politicos nas épocas de eleições! Eu me indigno sim, talvez não tanto ou o suficiente, como já disse o escritor citado, mas minha indignação cresce a cada dia que passa. No artigo do Gabeira, o jornalista espanhol Juan Árias, do El País, pergunta por que os brasileiros não se indignam? Não sei a resposta, talvez fruto da nossa etnia, " ….venho de três raças muito tristes ", como dito pelo Vinícius de Moraes, ou então da sensação geral de impunidade, do mais básico do nosso dia-a-dia, de um simples cruzar um sinal vermelho, ou uma louca ultrapassada pela direita numa estrada até as bem estruturadas quadrilhas que hoje se instalaram nos municípios ( Campinas, onde moro é um recente exemplo ), governos estaduais, ministérios ( o dos Transportes, que tem um novo capítulo a cada dia) e sabemos de antemão que ninguém irá para as grades e se sobrar para alguém, será no finzinho da corda, como no episódio Palocci/Francenildo. O que fazer, como mostrar minha indignação? Com a ajuda do Quarto Poder, a imprensa, desde que livre e não comprometida? Publicarão meus protestos, indignação de um cidadão comum, desconhecido? Se acontecer e a todos que engrossarem essa fileira, talvez funcione. E o emergente Quinto Poder, as redes sociais? Também poderá funcionar mas quantos estarão dispostos a mostrar sua crescente indignação online? Mêdo, receio de ser perseguido? Ou por fraqueza mesmo? Fernando Pessoa, através do seu heterônimo Bernardo Soares um dia disse:" Não me indigno porque a indignação é para os fortes….Eu não sou forte, nem nobre, nem grande ". Seria isso?

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Juvenal Antunes de Oliveira Filho juva.antunes@gmail.com

Campinas

 

_________________________________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

SENADOR REQUIÃO

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Pelos rompantes desse Senador, que faz inveja aos mais broncos dos Jagunços existentes nos rincões do Brasil;como brasileiro,tenho vergonha de tê-lo como membro do Senado desta pobre República, eivada de políticos do seu jaez. Continue dando uma machão,até quando os seus eleitores-que devem ser todos indigentes mentais-continuar elegendo-o. Vai ser difícil aturá-lo por oito anos, arrotando bravatas, até encontrar um jornalista do seu porte físico ou mais forte para aplicar-lhe um corretivo e colocá-lo fora de combate.

 

 

 

 

 

 

 

 

Aparecido Longo de Souza cidlongo@terra.com.br

Itatiba

 

_________________________________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

VAI VOLTAR

 

 

 

 

 

 

 

Segundo tenho lido, o Sr. Renan Calheiros está se articulando para voltar comandar a instituição da qual ele foi vergonhosamente defenestrado, o Senado Nacional. Caso isso venha a se concretizar, desistirei de acreditar nesse país. É provável que muitos brasileiros farão o mesmo.

 

 

 

 

 

José Marques seuqram.esoj@bol.com.br

São Paulo

_________________________________

 

 

 

 

 

 

 

 

PARTIDOS EXEMPARES

 

 

 

 

 

 

 

O PMDB sendo conduzido por figuras fantásticas como: José Sarney, Jader Barbalho, Renan Calheiros, Michel Temer, Romero Jucá, Fernando collor, e muitos outros do mesmo nível, essse partido realmente reflete todos os interesses da Nação e do povo a que representam. Só superado pelo PT, partido que reune os exepcionais, a exência da política brasileira, exemplares na administração pública e no combate a destruidora corrupção e cabides de empregos. Pois, para isso, contam com grande figuras em seus quadros; José Genuino, Delubio Soares, Eduardo Suplicy, José Dirceu, Marta, Ideli Salvati e mais uma infinidade de craques da política brasileira. Com essas equipes, não é mais necessário pedir a Deus que salve o Brasil, eles já salvaram.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Benone Augusto de Paiva benonepaiva@yahoo.com.br

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

_________________________________

 

 

 

 

 

 

 

 

MARCO AURÉLIO GARCIA E AS FAXINAS

 

 

 

 

 

 

 

Marco Aurélio Top-Top Garcia, declarou : que as demissões no Dnit não causarão "caças às bruxas " no Paraná ; que o que ocorre não é uma "faxina" no PR, nem uma ação direta contra partidos; que "se houver problemas em qualquer partido ou em particular com o meu partido, o PT, eles serão averiguados sob critérios bastante republicanos". 1- É evidente que no Paraná não poderá haver caças "às bruxas" ...visto que as madames MIN do caso da rotatória de Maringá que teve acrescentado no orçamento da obra mais de R$ 10 milhões para a empreiteira Sanchez Tripoloni - apontou diretamente para a presidente Dilma e a ministra da Casa Civil Gleisi Hoffman, que receberam desta empresa respectivamente R$ 1 milhão (Dilma) , e R$ 510 mil(Gleisi) durante a campanha , além da ajuda providencial dada pelo ministro das Comunicações e consorte de Gleisi, Paulo MERLIN Bernardo, que fez as devidas apresentações entre as partes. 2-"Se houver problemas envolvendo o PT serão averiguados sob critérios republicanos...Ora, mas existem muitos , e neste caso específico, comprovado pelo TCU ! E Marco Aurélio Garcia dizer que eles serão averiguados com critérios bastante republicanos , dito por quem foi dito, chega a me dar arrepios na espinha...pois a res publica tanto pode significar literalmente "a coisa que é do povo" , como politicamente pode significar que há coisas que são de domínio público. E nunca, jamais...neste país a "res publica" foi tão espoliada pelas mãos ávidas de políticos inescrupulosos. Quanto aos escândalos do governo que chegam a ser de domínio público são rapidamente abafados pelo silêncio sepulcral do Planalto, e aí se pode falar de mutismo nos 3 Poderes. E do que eles não falam, passa a não existir!

Afinal, alguém viu o nome desta empresa Sanchez Tripoloni em jornal de papel?

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Mara Montezuma Assaf montezuma.scriba@gmail.com

São Paulo

_________________________________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

CAÇA ÀS BRUXAS

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Triste revelação faz o "secretário-geral da Presidência" Ministro Gilberto Carvalho, dizendo que Dilma não promoverá uma "caça ás bruxas", não entendendo a faxina aos demais Ministérios. Se esta declaração for verdadeira apenas a idéia de que a Presidente só se move com a estimulação da Imprensa se confirmará. Que essa insanidade não se concretize, muitos cidadãos brasileiros esperam que Dilma combata a corrupção começando pelos seus assessores diretos, como o fez com o Ministério dos Transportes.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Leila E. Leitão

São Paulo

 

 

 

 

 

 

_________________________________

 

 

 

REDUNDÂNCIA

 

 

 

 

"O que é ruim tem preferência no noticiário". Lulla que o diga.

 

 

 

 

 

A. Fernandes standyball@hotmail.com

São Paulo

 

 

 

 

 

 

_________________________________

 

 

 

 

 

 

 

 

PROPAGANDA ENGANOSA

 

 

 

 

 

Lula, só quem não te conhece é que te compra!

 

 

 

 

Virgílio Melhado Passoni mmpassoni@gmail.com

Jandaia do Sul (PR)

 

_________________________________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

BASTA DE BRAVATAS

 

 

 

 

 

 

 

 

Li, em 27/7, diversas cartas enviadas ao Fórum (todas excelentes), a maioria contendo acerbas críticas (todas procedentes) dirigidas ao senhor Luis Inácio Lula da Silva. Gostaria de apresentar mais algumas. O senhor Lula deve saber que atualmente ele não passa de um cidadão comum, igual a qualquer outro, e o fato de sua candidata ter ganho a eleição, não lhe confere o direito de se intrometer em negócios do Governo e ficar metendo o bedelho onde não é chamado. Contrariando a Lei Eleitoral, ele anda fazendo comícios pelo Brasil, perante alguns cumpanheiros (sic) desinformados, que aplaudem suas costumeiras bravatas. Não bastassem as estripulias que praticou durante os oito anos de seu governo, oficializando a corrupção e afagando os corruptos, agora se mete a fazer discursos demagógicos, como se fosse candidato a qualquer cargo. O pior de tudo, é que toda imprensa lhe dá cobertura. O que o senhor Lula deveria fazer, seria se recolher em seu apartamento em São Bernardo e curtir os netos, fazendo aquilo mesmo que ele recomendou ao saudoso Presidente Fernando Henrique Cardoso.

 

 

 

 

 

Adolfo Zatz dolfizatz@gmail.com

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_________________________________

 

 

 

 

 

 

 

GARIMPAR UM NOME FORTE

 

 

 

 

 

 

Plebiscito ou não? Eis a questão! É esse o dilema do PT. Lula e seu grupo acham que não devem mexer com isso e simplesmente indicar o nome, ou melhor, os nomes dos candidatos ao próximo pleito às prefeituras. Já José Dirceu e sua turma, acham que o plebiscito é fundamental para a escolha dos candidatos.Plebiscito ou não, a verdade é que aí já existe uma clara divisão de idéias. Quem vai vencer? Lula é claro.É candidatíssimo em 2014 e os atuais conservadores (os que querem a escolha via plebiscito) serão não só agora derrotados, mas mais à frente (2014) varridos para fora do novo grupo que já começa a ganhar terreno, com gente nova não só em idéias como tambèm em anos vivídos.O único velho e inovador é o próprio ex presidente que dará muito trabalho novamente com grandes chances de vitória. A oposição que se cuide e garimpem um nome à altura.

 

 

 

 

 

 

 

José Piacsek Neto bubapiacsek@yahoo.com.br

Avanhandava

 

 

 

_________________________________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

MALDIÇÃO

 

 

 

 

 

 

 

José Serra aponta grave crise no governo e prevê Lula em 2014. Meu amigo, se assim posso chamá-lo, nessa política suja, corrupta em que o País se afundou, essa pedra do jogo já foi cantada há tempo. A pergunta que se faz: a oposição nada fará nem vai se manifestar e tomar algumas atitudes ou providências para nós livrar dessa maldição?

 

 

 

 

 

Angelo Tonelli angelotonelli@yahoo.com.

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

_________________________________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

RICOS E POBRES

 

 

 

 

 

 

 

Os longos anos de aprendizado de Lula como líder sindical fizeram com que ele tenha sempre uma frase de efeito, sob medida, para o público da ocasião. Essa última "rico não precisa de governo", complementada por outra "rico quando entra no gabinete pede logo bilhão. O pobre quando entra quer respeito, dignidade, transporte...", ditas no Rio de Janeiro, em discurso ao lado de Cabral e Paes, mostra como ele adora dividir o povo entre ricos e pobres para exercer a sua demagogia. Ele cansa de bater na mesma tecla: rico é mau, pobre é bom. Será que o Lula gostaria que o Brasil fosse um País apenas de pobres? Como será que ele enquadra nessa divisão ele próprio, seu filho Lulinha, José Dirceu, Palocci e tantos outros companheiros que já ascenderam à condição de multi-milionários?

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Ronaldo Gomes Ferraz ronferraz@globo.com

Rio de Janeiro

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_________________________________

 

 

 

 

 

 

 

LULA CANDIDATO

 

 

 

 

 

 

 

Lula dá demonstrações inequívocas de que volta a ser candidato em 2014. Trata-se de uma excelente oportunidade para o povo brasileiro cobrar as inumeráveis malfeitos de seu governo, especialmente no campo da inépcia administrativa e da corrupção solta. Tudo depende de uma oposição capaz. Vê-se com bons olhos a aproximação entre Aécio Neves e Marina Silva.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Amadeu R. Garrido de Paula amadeugarridoadv@uol.com.br

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_________________________________

 

 

 

 

MEGALOMANIA

 

 

 

 

 

Só a megalomania de Lula para cogitar fazer a próxima copa aqui, num pais onde grande parte da população ainda sobrevive graças à caridade alheia.

 

 

 

 

 

 

 

Maria do Carmo Zaffalon Leme Cardoso mdokrmo@hotmail.com

Bauru

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_________________________________

 

 

 

 

 

 

 

BAILE FISCAL, VERSÃO 2011

 

 

 

 

 

 

 

Salta aos olho a informação de que o governo fluminense e a prefeitura do Rio de Janeiro repassaram R$ 30 milhões(!!!) para uma empresa vinculada a dois pesos -pesados da comunicação brasileira, a Rede Globo e a rede gaucha RBS, para realizar a festa do sorteio dos grupos pra as eliminatórias da Copa do Mundo, evento este marcado para acontecer neste sábado, dia 30 de julho. Dado os valores mencionados, o referido acontecimento poderá ser comparado, sem nenhuma chance de que se cometa alguma injustiça, ao histórico Baile da Ilha Fiscal, que teve lugar também na orla marítima da cidade de São Sebastião do Rio de Janeiro em 9 de novembro de 1899, nos estertores do regime monárquico , e que se constituiu numa nababesca confraria que reuniu a elite política, econômica, militar ( e é claro os bicões de sempre) a pretexto de oferecer uma recepção para a tripulação de um navio chileno. Dizem alguns historiadores que o tal evento foi uma espécie de canto do cisne para a Monarquia. Nestes tempos atuais onde a virtude é substituída pela malandragem mais espúria, duvido que o ‘baile’ deste sábado venha causar algum tipo de indignação na sociedade como um todo. Ao contrário, deverá ser objeto de palavras ufanistas a respeito da capacidade realizadora do povo brasileiro. Caso eu não esteja delirando, R$ 30 milhões(!!!) equivale ao acúmulo do prêmio de uma Mega Sena por pelo menos duas semanas consecutivas, pouco menos da metade do custo anunciado pelo governo de São Paulo para construir o ‘puxadinho’ para aumentar a capacidade do futuro estádio projetado para abrigar a partida inaugural da Copa do Mundo e para não ir muito longe neste exercício comparativo, cotada esta soma em dólar, seriam quase U$ 20 milhões, ou cerca de 12 milhões de euros, para a sacramentação de um evento que com muito boa vontade, terá uma hora de duração no que tange sua finalidade original e cujos eventos acessórios prevêem até a suspensão de vôos no aeroporto Santos Dumont enquanto a festa rolar. Ainda impressionado com os valores anunciados que serão debitados na conta dos contribuintes cariocas e fluminenses. Fico imaginando com meus botões que com esta quantia, talvez até mesmos os quatro senhores que ainda compõe a lendária Banda Rolling Stones se animassem em se reunir às pressas e cruzassem o oceano atlântico para uma apresentação ao ar livre, como o fizeram nas mesmas areias de Copacabana no começo e 2006, reunindo cerca de 1 milhão de pessoas. Seguramente seria mais proveitoso o emprego de tanto dinheiro . Não poderia começar de forma mais emblemática a parte oficial da bandalheira em que vai se transformando a realização da Copa do Mundo no Brasil.

 

 

 

 

 

 

 

 

Fernando Cesar Gasparini Phernando.g@bol.com.br

Mogi Mirim

 

 

 

_________________________________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

A COPA NÃO VALE TUDO ISSO

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Coitadinha da cidade maravilhosa! Só tem a Marina da Glória, para realizar a festa do sorteio dos grupos das eliminatórias da Copa de 2014. Realmente o Rio de Janeiro já não é mais o mesmo!

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Vanderlei Zanetti vanzanetti@uol.com.br

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_________________________________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

FECHAMENTO DO AEROPORTO

 

 

 

 

 

O que será que está por de traz dos eventos no RJ? É de se assustar com a hegemonia, de Roberto Teixeira e a Rede Globo, até o prefeito e governador tiveram que recorrer a eles. Para o sorteio dos jogos e cidades para as eliminatórias da copa de 2014, vão fechar o aeroporto Santos Dumont.É de admirar que ANAC, tenha liberado uma coisa desta, já pensou se acontece algum acidente por causa desta atitude impensada, quem será que vai responder, já não chega o custo de mais de 31 milhões dos cofres públicos? Pensávamos que só se fecha um aeroporto quando se oferece risco as pessoas, no caso de bombas, fumaça de vulcão ou acidentes climáticos.Não para um eventos festivo!

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Anderson Aparecido dandersonaparecido@yahoo.com

Hortolândia

 

 

 

 

 

 

 

 

_________________________________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

COPA DE LULA

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Só mesmo em nação de segunda categoria, que fecha aeroporto, para dar a largada, para um evento que unirá meliantes internacionais e nacionais. Após a Copa de 2014 no mundo civilizado haverá estudos , teorias e teses, de como conseguiram desviar bilhões de reais, euros e dólares na cara de quase 200 milhões de brasileiros, sem que ninguém fosse molestado.

 

 

 

 

 

 

 

 

José Francisco Peres França josefranciscof@uol.com.br

Espírito Santo do Pinhal

 

 

 

 

 

 

 

_________________________________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

REALIDADE DO "TREM POPULAR"

 

 

 

 

 

 

O trem popular que será estendido até o aeroporto de Cumbica servirá para embarque e desembarque de passageiros para a COPA 2014? Até parece que o governador Alckmin nunca viajou ao exterior e sabe que por lá é comum todos os passageiros que chegam a cidade usarem este serviço com toda segurança, sem medo de assaltos, para alcançarem o centro da cidade. Raramente utilizam o serviço de taxi por ser muito caro. Chegam carregados de dólares e ele pretende que o serviço seja popular? Esse trem não deveria se chamar "trem popular" e sim "trem dos trombadinhas"! Com certeza os trombadinhas irão agradecer o governador de joelhos, com os bolsos cheios de dólares. Será que o governador Alckmin é tão inocente assim a ponto de desconhecer a realidade da cidade de São Paulo e propor um serviço desses aos turistas desavisados?

 

 

 

 

Beatriz Campos beatriz.campos@uol.com.br

São Paulo

 

 

 

_________________________________

 

 

 

 

 

A FESTA DA FIFA NO BRASIL

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

É inacreditável ! A Fifa e os sócios brasileiros nos eventos da Copa de 2014, vão dar uma festança na chiquérrima Marina da Gloria, a pretexto da realização do sorteio dos grupos das Eliminatórias da Copa do Mundo. O preço dessa gastança vai ser de R$ 30 milhões, que será bancado pelo governo do Estado do Rio e pela prefeitura do Rio de Janeiro, o que é uma exigência da Fifa. Sempre é bom lembrar que o secretário geral da Fifa, Jeróme Valcke, disse que o preço da festa é responsabilidade dos brasileiros. Ele não deve conhecer os valores das obras realizadas por intermédio do Ministério dos Transportes aqui no Brasil. Como o dinheiro não é da Fifa, e eles são apenas sócios nos lucros, deixaram a coisa rolar. E olha que a Fifa queria ter o poder de controlar as licitações das obras da Copa do Mundo de 2014, cláusula que foi vetada pela Câmara. Os gastos com este sorteio da Copa do Mundo no Rio de Janeiro já nos fornecem uma boa introdução de qual vai ser o tamanho da gastança com verbas públicas até 2014. E isto virá sempre ancorado em várias desculpas, como: está em jogo a palavra e a capacidade de trabalho do povo brasileiro, e todo este esforço "patriótico" proporcionará muitos empregos, e melhores condições de vida para o povo com a construção das obras de infraestrutura nas cidades, e muitas outras fantasias. E para encerrar gloriosamente a lista de coisas absurdas e inacreditáveis que vão acontecer neste evento, a rede de televisão que tem exclusividade na transmissão de todo este show milionário, solicitou o fechamento por quatro horas do Aeroporto Santos-Dumont, para que o barulho dos aviões não atrapalhe a transmissão da festança. É inacreditável !

 

 

 

 

 

 

 

 

Wilson Gordon Parker wgparker@oi.com.br

Nova Friburgo (RJ)

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_________________________________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

NEYMAR

 

 

 

 

 

 

 

Depois do jogo Santos e Flamengo e no qual o Neymar deitou e rolou, ele já começou a ser chamado da oitava maravilha do universo. Calma! Eu gostaria de ter ele no meu time mas precisa aprender muito ainda de futebol, porque depois que o Flamengo empatou ele sumiu, aliás, o Ganso também, como acontece em todas as vezes que a situação enrosca. Quando ganhava fácil, deitar e rolar no adversário é a maior moleza principalmente com aqueles que não sabem marcar entrando "seco" no lance olhando a bola, quando é necessário olhar no olho do sujeito e aí toma drible a todo momento. Perguntem aos melhores marcadores do passado se não era assim que faziam e também, quando fazer falta, porque correr 30 metros atrás do adversário e deixar para derrubar só quando entra na área ? Marcador burro ! Jogador rápido e esperto, não se pode tratar assim e na Europa o Neymar vai sentir muito isso.

 

 

 

 

Laércio Zannini arsene@uol.com.br

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

_________________________________

 

 

 

 

 

 

FLAMENGO 5 X 4 SANTOS

 

 

 

Precisou o Neymar dar show, para despertar o artista que é o Ronaldinho.

Nelson Pereira Bizerra nepebizerra@hotmail.com

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_________________________________

 

 

 

PACOTES TURÍSTICOS

 

 

 

 

Nos pacotes turísticos que serão vendidos para a Copa 2014 e Olimpíadas Rio 2016, devem estar inclusos atrações nacionais bem autênticas, tais como, filas e desorganização em aeroportos, explosão de bueiros, "arrastões" em restaurantes, taxistas piratas, cracolândias em centros urbanos, esgotos e lixões a céu aberto, sobrevoos em queimadas na Amazônia, favelas prestes a desmoronar, tiroteios entre traficantes, milícias e policiais, estádios superfaturados, transporte público e trânsito caóticos, estradas com obstáculos contínuos de buracos (as sem pedágios) e nas pedagiadas tarifas abusivas, crianças mendigando em semáforos, prostituição infantil em praias paradisíacas, cidades desfiguradas pela extrema desigualdade econômica e a capital mundial da corrupção, a Brasilha da fantasia, enfim, tudo o que temos de mais exposto. Não haverá tapume, nem propaganda para esconder. E a fotomontagem para a campanha publicitária pode ser o Cristo Redentor com os braços para cima, como vários chargistas já ilustraram jornais mundo afora. Se tivéssemos resolvido tudo isto antes, então estaríamos preparados para fazer um evento para gringos e brasileiros ver. O esporte é um antídoto contra as drogas e o Brasil desperdiça sua oportunidade de preparar uma nova geração, com vistas principalmente para as Olimpíadas, mas por aqui, em todos os níveis de governo, estão mais preocupados em conquistar propinas milionárias do que incentivar atletas.

 

 

 

 

 

 

Sandro Ferreira sandroferreira94@hotmail.com

Ponta Grossa (PR)

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.