Cartas

PROPAGANDA ANTECIPADA

, O Estado de S.Paulo

16 Maio 2010 | 00h00

Incongruências da Justiça

O PT e Dilma foram multados por propaganda eleitoral antecipada, desta vez, em dezembro. A punição veio cinco meses depois. Agora voltaram a incorrer no mesmo delito, pelo qual serão punidos, pelos meus cálculos, só em outubro, mês das eleições. Ou seja, nessa altura Lula terá alcançado seu intento de incutir no eleitorado o nome de Dilma, passando por cima da lei e fazendo terrorismo contra a oposição. E multas serão sua única punição. Tem alguma coisa esquisita com essa "justiça", que não é feita a tempo e horas nem encontra mecanismos para cercear a delinquência dos que zombam de nossas instituições. Lula deve estar morrendo de rir dessas multas.

MYRIAN MACEDO

myrian.macedo@uol.com.br

São Paulo

___________________________________________

Nelson Mandela

Se nossa Justiça não fosse tão morosa, teríamos sido poupados de ver a propaganda antecipada da turma da sra. Dilma compará-la a Nelson Mandela. Só no Brasil.

VANDER LINJARDI

vanderlinjardi@hotmail.com

Goiânia

___________________________________________

Infeliz a comparação com Mandela. Mas pior seria compará-la ao líder pacifista Mahatma Gandhi...

ANDRÉ DE TEIVE E ARGOLLO

a91argollo@gmail.com

Campinas

Vale-tudo

Diante do programa do PT de quinta-feira, talvez valesse conjeturar que, se Dilma for eleita, não dará a mínima importância às decisões judiciais ou fará malabarismos para driblá-las, pois incorreu na mesma infração pela qual foi multada há algum tempo (claríssima propaganda eleitoral antecipada). Parece que, para ela, transfigurada de mulher forte, ex-guerrilheira, em pura meiguice, vale tudo para chegar ao poder.

ENI M. MARTIN DE CARVALHO

enimartin@uol.com.br

Botucatu

___________________________________________

Lula x FHC

O presidente Lula e o PT, e agora também ministros de importantes pastas, como Fazenda e Planejamento, vêm reincidindo na desobediência à lei e desafiando a Justiça Eleitoral, recebendo apenas multas simbólicas de uma Justiça lenta e frouxa, principalmente quando se trata de poderosos. O TSE deixou o recurso da oposição para ser julgado depois da veiculação da propaganda, desconsiderando a "fumaça do bom direito", mesmo sendo público e notório que a lei seria desobedecida. E deu no que deu. A questão é mais grave, pois não se trata só de propaganda fora de época, mas de presidente e ministros utilizando a força do cargo na propaganda de uma candidatura que já vem sendo feita há quase dois anos de forma sistemática e, muitas vezes, até com recursos públicos. Por ferir a ética, isso tira da ex-ministra, se eleita, a autoridade moral imprescindível para o bom exercício da Presidência e representa um perigo para nossa recém-consolidada democracia. Fernando Henrique Cardoso, com quem Lula constantemente busca comparação, comportou-se em 2002 como um democrata de atitudes republicanas. Lula pode passar à História com essa mancha em sua biografia.

MÁRCIO M. CARVALHO

mmcoak@hotmail.com

Bauru

___________________________________________

Mentir pode!

Propaganda do PT: o Brasil vivia nas trevas até Lula chegar. A realidade: em 1996, segundo ano do governo FHC, a luz chegava a 76,9% dos lares brasileiros; no fim do seu governo, chegava a 90,8% - um avanço de 12,64% em seis anos; também em seis anos o avanço no governo Lula foi de 5,94% - menos da metade! Mistificação? Mentira? Pode. Tudo pode. Ainda mais se for para enganar as pessoas com pouca ou nenhuma informação, as mais simples e ingênuas. Será possível que ninguém percebe a crueldade que existe nisso?

M. CRISTINA DA ROCHA AZEVEDO

crisrochazevedo@hotmail.com

Florianópolis

___________________________________________

Vejamos algumas inverdades, para ser educada. Programa eleitoral do PT: com Lula e Dilma nunca houve racionamento. Vida real: em 2009 houve o maior apagão da História, 18 Estados atingidos, 60 milhões de pessoas sem energia, bilhões de reais de prejuízo, por incompetência total de Lula e Dilma. PT e Lula: Dilma teve a ideia do Luz para Todos. Vida real: Programa Luz no Campo, do PSDB, rebatizado por Dilma. PT e Lula: Dilma lutou pela democracia. Vida real: Dilma era guerrilheira, foi da VAR-Palmares e de outras organizações terroristas que lutavam para implantar o comunismo no Brasil. Dilma: Fizemos a Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF). Real: a LRF, implantada pelo governo FHC, foi duramente combatida pelo PT, que recorreu até ao STF contra ela. Lula: O Brasil começou em 2003. Nunca antes neste país houve alguma coisa boa. Real: o Plano Real começou em 1994, o PT e todos os seus partidários (Lula, Mercadante, Suplicy e muitos outros) o combateram fortemente, votaram contra e ainda vaticinaram a ruína do Brasil com o plano. Presidente do PT: "Nosso partido tem uma história de defesa intransigente da liberdade de imprensa." Vida real: durante o governo Lula, várias tentativas de cercear a liberdade da imprensa foram feitas (exemplo: Confecom), a última dentro do famigerado decreto do PNDH-3. Se fosse continuar, não teria fim. Essas são só algumas.

MARIA TEREZA MURRAY

terezamurray@hotmail.com

São Paulo

___________________________________________

Milagre

Em diversas entrevistas a candidata Dilma Rousseff foi questionada quanto à sua religiosidade. Em 2007 ela respondeu que tinha dúvidas se Deus existia ou não. Em 2010 ela disse: "Não tenho religião, mas respeito quem tem." Em maio sua religiosidade teve um surpreendente aumento. Afirmou: "Sou católica, quer dizer, antes de tudo cristã, num segundo momento, católica." Falou ainda: "Acredito numa força maior que a gente pode chamar de Deus." É o milagre das eleições, embora ficasse a dúvida se essa força maior seria Lula. Tomara que o palmeirense Serra não caia na tentação de, num segundo momento, virar corintiano.

JOÃO HENRIQUE RIEDER

rieder@uol.com.br

São Paulo

___________________________________________

DIPLOMACIA

Preliminares

Ahmadinejad e Lulla, a conversa em Teerã será "olho no olho". Tomara que não "pinte um clima". Atômico, claro.

A. FERNANDES

standyball@hotmail.com

São Paulo

___________________________________________

VOCÊ NO ESTADÃO.COM.BR

TOTAL DE COMENTÁRIOS NO PORTAL: 980

TEMA DO DIA

Ficha Limpa pode ir à votação nesta semana

Parecer sobre projeto deve sair na 4ª no Senado. Uma das polêmicas é de quando entraria em vigor

"Melhor é que fosse retroativo. Seria um gesto de que ainda há alguém que deseja mudar o quadro da corrupção nacional."

FERNANDO CARLOS REIS

"Temos que passar a política nacional a limpo! Só não é a favor quem tem algo a perder, ou melhor, a dever."

MARIO SILVA

"PSDB e PT têm bons motivos para se unir e sistematizar o Ficha Limpa independente de aprovação."

FERNANDO CORREIA

___________________________________________

Cartas enviadas ao Fórum dos Leitores, selecionadas para o Estadão.com.br

Brasil-Irã

Ao contrário do que acontecia anteriormente, o governo brasileiro é um destaque no cenário internacional. A atual visita do presidente brasileiro a vários paises tem o objetivo não apenas de manter contatos diplomáticos, mas de promover encaminhamentos que resolvam pendências como no caso da questão nuclear envolvendo o Irã. Que, por sinal, mostra a incoerência das grandes potências, coniventes com arsenais nucleares em países como Israel e Paquistão, mas impondo regras a quem não faz parte do grupo, como o governo iraniano. Não se podem aceitar algumas atitudes desse país em relação aos direitos humanos. Mas deve-se exigir o fim dos arsenais nucleares em todo o mundo. E mais, que as atitudes do governo brasileira sirvam de exemplo e incentivo para que outros países se empenhem pela paz de que tanto precisamos.

Uriel Villas Boas urielvillasboas@yahoo.com.br

Santos

___________________________________________

Pacifista do Século

Temos um presidente da República de multifunções, pois está agora embuido de ser o pacifista do mundo e, aproveitando o seu passeio pelo Irã, tentará uma conciliação improvável. Enquanto isso, nós, brasileiros, estamos cada vez mais à mercê de crimes, violência em ruas e escolas, drogas, sequestros relâmpagos, comerciantes sendo assaltados diariamente e até dentro de delegacia já não é possível se sentir seguro. Diz o ditado: primeiro a lição de casa bem feita e depois praticar atos com o que aprendeu.

Ademar Monteiro de Moraes ammoraes57@hotmail.com

São Paulo

___________________________________________

Viagem a Teerã

Objetivamente, presidente Lula; qual a sua opinião sobre a negação do Holocausto por parte de Ahmadinejad? Efeito da papoula?

Francisco José Sidoti fransidoti@terra.com.br

São Paulo

___________________________________________

Negociações com bandidos

Lula está a negociar com o ratinho do Irã em razão dos negócios que pode entabular com um governo ilegítimo. Um opositor do regime foi condenado à morte depois de um julgamento de sete minutos. Muitos foram torturados e mortos. As famílias não souberam das execuções. Jornalistas, blogueiros, defensores dos direitos feminimos e adeptos da religião bahai costumam ser mantidos em solitárias. Com gente desse tipo não pode haver conversa. Assim mesmo, o democrata Miguel Jorge, da Indústria e Comércio, fez que não sabia da opressão que sempre combateu. E o presidente Lula, que quer abrir mercados fora da Europa e dos EUA, e a qualquer preço, tripudia sobre seu passado e de seus parceiros vítimas da violência do Estado, e pouco liga para suas manifestas incoerências no plano internacional, em matéria de democracia. O próximo voto dos brasileiros não pode transigir com os valores do regime democrático que conseguimos conquistar a preços elevadíssimos.

Amadeu Roberto Garrido de Paula amadeugarridoadv@uol.com.br

São Paulo

___________________________________________

Lula e o Irã

À semelhança do Iraque de Saddam Hussein, o Irã de Mahmoud Ahmanidejad não tem armas de destruição em massa, mas à diferença do primeiro o segundo quer e pode vir a tê-las, não, porém, num futuro próximo e ameaçador. É provável que Saddam Hussein quisesse tê-las, mas carecia dos meios, submetido que estava a um embargo econômico aleijante e nos últimos tempos que precederam a criminosa invasão de 2003 a bombardeios quase diários da aviação americana e inglesa. Este desejo do Irã de desenvolver e possuir armamento nuclear é apenas natural para quem examinar com um mínimo de objetividade e isenção o país, a sua História relativamente recente e o entorno geográfico em que se insere. Possui uma das grandes reservas de petróleo de boa qualidade em terra firme ainda disponíveis, já foi alvo por causa disso do imperialismo ocidental como no episódio da derrubada de Mossadegh em 1953 num bem articulado golpe da CIA e do MI-5 britânico e é cercado por países que têm armas atômicas: Índia, Paquistão, Israel e EUA, este por meio de não sei qual das suas frotas que ronda os mares da região, sem contar as bases militares em terra na Arábia Saudita, no Kuwait, na ilha Diego Garcia. Como querer então que o Irã também não tenha a bomba? Isso só seria factível no contexto de uma desnuclearização total do Oriente Médio que teria de abranger Israel e as forças armadas americanas destacadas para a região. Não se trata de defender Ahmanidejad nem o retrógrado e ditatorial regime teocrático iraniano, mas sim um fato objetivo imposto por circunstâncias econômicas, históricas e geográficas. Qualquer que fosse o poder reinante em Teerã, a carta nuclear seria uma alternativa naturalmente cogitada em nome da segurança do país. Não acredito por isso em êxito do Lula no desafio que assumiu de fazer o Irã voltar atrás no seu projeto e aceitar o acordo proposto de desistir do enriquecimento de urânio em troca de recebê-lo de outros países enriquecido na medida suficiente para sua aplicação em fins não bélicos. Pode ser que haja um desfecho favorável, o bastante para que o governo trombeteie aqui, internamente, que a "Time" acertou sem querer quando atribuiu ao Lula o status de líder mais influente do mundo ao enumerá-lo em primeiro lugar na sua lista, mas será de curta duração, como o foi o acordo que chegou a ser anunciado no segundo semestre do ano passado. Em assuntos desta natureza, a História mostra que os interesses objetivos de um país falam mais alto.

Paulo Afonso de Sampaio Amaral drpaulo@uol.com.br

São Paulo

___________________________________________

Parabéns pelo Comentário

Parabéns, Alfredo Junior, pela fábula ''O REI BURRO'' (comentário online, 15/5), que hoje pode estar se tornando fato real em termos de política internacional. Quem sabe, outro assessor, que não seja ''marreco'', possa ainda alertar o rei burro, de orelhas pontudas e sorriso farto nos lábios, ou lágrimas, quando conveniente, sobre a existência do rio intransponível. Que lobos e chacais, mais astutos que os burros (na fábula, claro), não nos convençam da bondade que jamais teriam em momento algum. E que Deus nos proteja!

José Jorge Ribeiro da Silva jjribeiros@yahoo.com.br

Campinas

___________________________________________

Viagens de Lula

Esses giros do presidente Lula em redor do mundo têm alguns objetivos que, decididamente, não são de interesse do Brasil. Na verdade, o presidente Lula, com suas andanças pelo exterior, à véspera do término de seu mandato, busca dois objetivos estritamente pessoais: a) procura emprego em algum orgão internacional para após o término de seu mandato, eis que, não pretende ficar no ostracismo e a sua antiga profissão (torneiro mecânico) já não existe mais; b) pretende, também, nosso excelso presidente, na qualidade de defensor perpétuo dos famintos e da paz mundial, ganhar alguma medalhinha ( mesmo que seja de bronze), quiçá um prêmio Nobel, para adornar sua volumosa biblioteca em São Bernardo do Campo. É como vejo.

Álvaro Cavalcante Bezerra alvarobezerra@uol.com.br

São Paulo

___________________________________________

Lula critica EUA e diz que quer Irã igual ao Brasil

A coisa está mais do que obscura. Ser nação simpatizante do comunismo ditatorial, como o Brasil, o Irã já faz. Ser um Estado pesadão que esfola o povo, como o Brasil, o Irã também já faz Ser uma nação com bomba atômica, o Irã está procurando fazer, e o Brasil apenas ainda teve coragem e disposição para fazer. Acham que o Irã ''copiará o Brasil''?

Por outro lado, o que singifica o ''ultimato ao Irã''? Declarar guerra? Invadir? Lançar bomba atômica de ''aviso''? Isolar economicamente? ... No andar da carruagem, o tal Ahmadinejad está pouco se lixando para esse ''ultimato'', o que está mesmo é querendo tirar vantagem, mesmo que seja dos ''inocentes úteis'', como o Brasil do senhor Lula!!

A solução é simples, ponham Israel para resolver o problema com o Irã, e isso não levará nem sete dias!!

Ariovaldo Batista arioba06@hotmail.com

São Paulo

___________________________________________

Setor produtivo

Lula chega ao Irã defendendo a tese de que o setor produtivo deve ter prioridade sobre o setor financeiro, mesmo que a produção seja de artefatos nucleares...

Victor Germano Pereira victorgermano@uol.com.br

São Paulo

___________________________________________

Diálogo franco

O Brasil está correto em manter relações diplomáticas com o Irã, apesar dos urubus de sempre serem contrários. EUA e Israel, que se autodenominam ''comunidade internacional'', são os que mais reclamam da aproximação entre os dois países soberanos, pois, sem ter direito algum, querem falar em nome do mundo inteiro. Os senhores da guerra e atrocidades (EUA e Israel) devem seguir o exemplo brasileiro e tratar de procurar diálogo franco, sem imposições e usurpações descabidas como fazem há décadas e ainda culpam o Irã pelo terror internacional. Os terroristas de verdade estão nos governos dos EUA e Israel. Parabéns a Luiz Inácio e Mahmoud Ahmadinejad pela coragem, já que não se curvam aos interesses dos criminosos de fato.

Fernando Faruk Hamza botafogorio@bol.com.br

Rio de Janeiro

___________________________________________

Calos...

Mais um memóravel vexame do nosso (meu, não!) querido ''pequeno timoneiro'' Luiz Inácio, desta vez na Rússia. Nosso senso de vergonha já está cheio de calos.

M. Cristina R. Azevedo crisrochazevedo@hotmail.com

Florianópolis

___________________________________________

DIPLOMACIA AMADORA

Depois de o Brasil ter sido elogiado pelo presidente Medvedev pela sua partcipação na 2.ª Guerra Mundial contra o nazi-fascismo, Lula devolveu o elogio lembrando que na sua juventude condenou a URSS pela invasão do Afeganistão, em 1979. Se a Lei de Newton pudesse ser aplicada à diplomacia, poderíamos dizer que o tato diplomático do nosso presidente está na razão direta da sua massa educacional e na razão inversa da imagem do Brasil.

Roberto Castro roberto458@gmail.com

So Paulo

___________________________________________

Solução transgênica

Lulla tentará pacificar o Afeganistão com a Embrapa. Numa emergência, pode usar um transgênico, o MST.

A. Fernandes standyball@hotmail.com

São Paulo

___________________________________________

O "cara"

Obama não deve estar pensando mais em Lula como o ''cara'' devido à sua ida ao Irã ("Irritação", 14/5, A12). Ainda que o faça, deve estar colocando algum adjetivo após o ''cara''.

Alvaro Salvi alvarosalvi@yahoo.com

Santo André

___________________________________________

Acordo

Lula está certo! Ele tem 99% de chance de fazer o acordo que ele, Celso Amorim, Marco Aurélio Garcia, Samuel Pinheiro Guimarães e Ahmadinejad desejam, e 1% de chance de conseguir o acordo que os Estados Unidos e demais países sérios do mundo desejam.

Ronaldo Gomes Ferraz ronferraz@globo.com

São Paulo

___________________________________________

Presidente avoado

Na presente revoada, o "cara! deveria dar um pulinho até os confins da Finlândia para reivindicar o trono de SANTA CLAUS. Tipo físico exigido ele já possui. É só deixar crescer um pouco a barba. Carrega nas costas (do contribuinte brasileiro) um saco de distribuição ''bondades''. Que mais falta para provar que PAPAI NOEL é brasileiro?

Antônio Wuo wuo.antonio@gmail.com

Mogi das Cruzes

___________________________________________

Afundando a Venezuela?!

O comandante Hugo Cháves afirmou que o terremoto do Haiti foi provocado por um teste nuclear americano. A plataforma de gás e petróleo Aban Pearl afundou. Terá sido outro teste da marinha americana ou incompetência administrativa bolivariana?

Luiz Nusbaum lnusbaum@uol.com.br

São Paulo

___________________________________________

Facilitando

O Itamaraty precisa saber: ONG lança site dos tiranos. Assim poderá concluir a agenda internacional de Luiz Inácio Lula da Silva até o fim do mandato, sem que tenha cometido alguma injstiça ao deixar de incluir algum deles nas suas costumeiras e inúteis visitas.

Humberto de Luna Freire Filho hlffilho@gmail.com

São Paulo

___________________________________________

DILMA E MANDELA

O presidente Lula comparou Dilma Rousseff a Nelson Mandela no programa eleitoral do PT (13/5). Sem qualquer desdouro à biografia da sra. Dilma Rousseff e sem querer diminuir sua expressão política, acho a comparação despropositada, no mínimo, pelos seguintes fatos a respeito de Mandela. Deixo de citar os relacionados à sra. Dilma, pois estão divulgados em seu site e na imprensa. Mandela foi (e ainda é) uma figura carismática que lutou por dezenas de anos pela igualdade racial e liberdade política em seu país, mesmo durante os cerca de 20 anos que ficou preso. De longa data foi um ícone não apenas em seu país, mas em todo o continente africano e até mesmo em todo o mundo. Manifestações em todas as partes do mundo clamaram pela sua libertação. Realizou profundas transformações na África do Sul, embora algumas delas não tenham surtido o efeito esperado. Elegeu-se por seus próprios méritos e pelo seu carisma e por defender uma plataforma eleitoral de mudanças radicais em relação ao governo anterior. Ora, se levarmos a comparação ao pé da letra, Lula está promovendo uma candidata a presidente para fazer profundas mudanças em relação a seu governo? Isso seria negar alguns dos avanços que seu governo fez. Na minha ignorância não consegui identificar nenhum fundamento para essa comparação, salvo se for mais uma figura de retórica.

Edison Roberto Morais ermorais@uol.com.br

São Paulo

___________________________________________

Complexo de vira-lata

Existe algum problema que apenas um divã resolveria para os petistas. Que dificuldade têm em assumir suas próprias identidades, precisando de um espelho. Quando Zé Dirceu ainda apitava no governo, chegou a comparar Lulla a Moisés. Lulla já se comparou a Getúlio Vargas, Juscelino Kubitschek, vários líderes mundiais e espirituais. Agora Lulla, querendo alavancar a "Dillminha paz e amor", compara-a com o ex-presidente da África do Sul Nelson Mandela? Qual seria a semelhança? Pelo que conta a História, Nelson Mandela ficou preso por lutar pela igualdade de todos em seu país. Não pegou em armas, não foi guerrilheiro nem terrorista. Jamais participou de luta armada, apenas reivindicou os direitos dos negros como cidadãos. A única semelhança da Dillma com esse líder mundial é que ambos estiveram presos, mas nem isso pode ser comparado. Dillma ficou presa três anos por participar de guerrilha armada e Mandela 18 por lutar pela paz, o que lhe valeu o Prêmio Nobel da Paz. Qual será a dificuldade que os petistas têm para assumir a própria identidade e largar esse complexo de vira-lata?

Beatriz Campos beatriz.campos@uol.com.br

São Paulo

___________________________________________

PATÉTICO

Graças a Deus, falta pouco tempo para o deus Lula sair de cena, aí deixaremos de ouvir e ler tantas bobagens de um ser pra lá de populista. Dizer que tem um enorme poder de negociação de mais de 30 anos para justificar sua ida ao Irã, negociada pelos seus asteclas e patetas, Amorim e Garcia, é muita prepotência. O que ele fazia há 30 anos? Nada, além de jogar pedras no FHC, e agora faz exatamente tudo igual, e não admite críticas. Agora dizer no programa do PT (13/5) que compara a sra. Dilma ao sr. NELSON MANDELA, há 8 anos que não ouço nada de mais PaTético. Querer comparar históricos de um e de outro é de uma ignorância sem precedentes, mas, partindo de quem partiu, já não causa mais nenhuma surpresa.

Boris Ber boris.sp@stilecomercial.com.br

São Paulo

___________________________________________

Comparações

Lula compara Dilma a Mandela. Será que a África do Sul vai gostar desta comparação?

Gilberto Lima Junqueira glima@keynet.com.br

Ribeirão Preto

___________________________________________

Pretensão

Alguém do TSE viu a propaganda eleitoral do PT onde, exageradamente, nosso presidente Lulla, entre outros arroubos de seu (des)governo, compara sra. Dilma com sr. Nelson Rolihlahla Mandela, principal representante como ativista do movimento contra o ''apartheid'', Prêmio Nobel da Paz em 1993? É muita pretensão.

Paulo Natale Penatti paulopenatti@uol.com.br

Piedade

___________________________________________

A metamorfose de Dilma

A metamorfose que Lula deu a Dilma Rousseff é hilariante, é incolor, é inodora, é vazia, é absurda. Porque pretende dar vida a uma figura que nada representou para o nosso país, comparando-a a um símbolo tal como Mandela. A Nação sabe que Dilma é inexperiente em política, porque nunca foi nada a não ser guerrilheira. Nunca participou de uma eleição, nunca exerceu uma vereança, nunca foi prefeita, nunca foi deputada, nem estadual nem federal, nunca foi senadora. E quer ser presidente da República? Ora, içada por Lula ao governo, num passe de mágica ganhou o título de ministra. Conquanto alegue que lutou pelo País, que ''naquele momento tinha que usar as armas de que dispunha contra a ditadura'', é, a bem da verdade, bom que se diga que a luta recrudesceu por culpa dos movimentos armados que assaltavam e matavam. A população brasileira cumpria seu dever de cidadania indiferente, sem mesclagem com esses grupos. Nas entrevistas à mídia pratica-se a doutrina de que os militares foram os culpados por tudo o que ocorreu neste país. Entretanto, os militares brasileiros defendiam o País contra a implantação do comunismo russo, castrista e chinês, que financiavam esses grupos, dos quais Dilma Rousseff fez parte. Hoje, Dilma e Lulla são contra o controle da imprensa, dizem, mas tentaram com PNDH-3 cerceá-la, tentaram revogar a Lei de Anistia, tentaram ou ainda tentam dar poder de polícia aos fiscais da Receita para ''confiscar bens'' particulares sem passar pelo Judiciário. Hoje estão bonzinhos, mas, se ganharem as eleições, certamente retomarão todos esses temas absurdos. É ai que a porca torcerá o rabo. Vade retro, Satanás!

Alberto Nunes albertonunes77@hotmail.com

Itapevi

___________________________________________

Quanta besteira!

Querer comparar Dilma e Mandela é a mesma coisa que querer comparar Maradona e Pelé, Lulla e FHC, Nakagima e Schumacher. As únicas e vagas relações seriam: 1) Mandela foi presidente e ela sonha em ser presidente; 2) Mandela, injustamente, ficou preso 27 anos e ela bem que poderia se ausentar da política brasileira pelo mesmo período. Com total justiça, acredite!

Flavio Marcus Juliano opegapulhas@terra.com.br

São Paulo

___________________________________________

Respeito

Por favor, se não respeitam os brasileiros, respeitem Nelson Mandela! Antes, esse pessoal deve comparecer à TV e esclarecer muito bem quem roubou o cofre de Ademar de Barros e aonde foi parar o dinheiro.

José Roberto Cicolim jrobcicolim@uol.com.br

Cordeirópolis

___________________________________________

DILMA, MANDELA E FIDEL

Lula deve pensar muito, mas não raciocina coisa alguma, pois constantemente se desdiz, ficando o dito por não dito, e ninguém cobra nada. Quer dizer, compara Dilma Rousseff a Nelson Mandela (uma afronta), que foi preso por combater o governo e os rumos de seu país, mas condena os prisioneiros cubanos justamente por se rebelarem contra o governo e os rumos de seu país. Assim, são dois pesos e duas medidas, como seus adeptos e eleitores apoiam Lula e condenam o regime de Fidel, que, por sua vez, Lula apoia. É incoerência, ignorância ou confusão mental de ambas as partes?

João Roberto Gullino jrgullino@oi.com.br

Petrópolis (RJ)

___________________________________________

Decifra-me ou te devoro

Se, desgraçadamente, a mãe do emPACado, a Mandela de saias, for eleita, quem representará o País quando necessária a presença do chefe de Estado nos Estados Unidos, já que a ilustre figura (bem como suas múltiplas identidades ) está proibida de lá entrar devido à sua participação, juntamente com Gabeira & Cia., no sequestro do embaixador americano?

Renato Otto Ortlepp renatotto@hotmail.com

São Paulo

___________________________________________

É MUITA HIPOCRISIA!

Comparar dona Dilma a Nelson Mandela, para o ''gênio marqueteiro'', é achar que nós, brasileiros, somos desconhecedores da História contemporânea.

Deocilio Meira deociliomeira@hotmail.com

São Paulo

___________________________________________

Descaramento

É muito descaramento do presidente da República precisar apelar para a figura de um homem público que tem o respeito do mundo livre e democrático, como Mandela, para justificar o passado de sua indicada-candidata a substituí-lo no cargo que ocupa, como ele espera que aconteça.

O comportamento de um homem é medido pela sua vida pregressa. A confiança e o respeito não se impõem, são adquiridos. Portanto, a fala do ''seu presidente '' só poderá ter valor perante aqueles que não se atualizaram politicamente.

Mandela, ao que se saiba, lutou como pôde para libertar e conseguir a independência do seu povo. Para tanto ele não roubou nem assaltou ou sequestrou. Assim, a defesa misturada com propaganda política (condenada pelo TSE ), quando falou na televisão para todo o Brasil, cheirava mais a despeito por sua candidata não poder destruir o seu passado, registrado em ''dossiê'' arquivado e existente nos arquivos policiais. Condição bem diferente da de Mandela. Faltou ao respeito o ''seu presidente'' quando fez cortesia com chapéu alheio, usando a figura de um homem íntegro para tecer comparações, uma vez que nem as cabeças, felizmente, são iguais.

Alberto Caruso albertocaruso@uol.com.br

São Paulo

___________________________________________

Cartas enviadas ao Fórum dos Leitores e selecionadas para o Estadão.com.br de sábado (15/05/2010), que não foram publicadas por problemas técnicos

E QUEM LIGA?

O PT levou ao ar, na quinta-feira, uma propaganda eleitoral escancarada de Dilma Rousseff, com direito a Lula como apresentador. É ilegal, é claro. Mas quem liga para a ilegalidade, no País de Lula?

Bem, o TSE puniu o PT por propaganda ilegal, suspendendo seus programas no primeiro semestre... de 2011! É, lemos direito: 2011. É para rir? Deve ser, pois tem cara, cheiro e jeito de deboche.

M. Cristina da Rocha Azevedo crisrochazevedo@hotmail.com

Florianópolis

______________________________________

SERÁ ESTE UM PAÍS SÉRIO?

Depois da veiculação do vergonhoso programa político do PT, quinta-feira, dia 13 de maio, o TSE julga terem sido propaganda eleitoral ilegal inserções anteriores, igualmente vergonhosas, do Partido dos Trabalhadores. Um presidente da República que afronta as leis, um partido que desrespeita a cidadania, uma Justiça que sempre tarda. Mais algumas multas e a suspensão da propaganda política do PT em 2011!

Que país é este em que vivemos? Teria o general De Gaule razão ao afirmar que o Brasil não é mesmo um país sério?! Enquanto isso, no Senado, assistimos à velha estratégia do toma-lá-dá-cá, envolvendo a troca do Projeto Ficha Limpa pelo pré-sal. Infelizmente, temos pouco de que nos orgulhar!

Maria Coleta Oliveira mcoleta@terra.com.br

São Paulo

______________________________________

DESABAFO

Absurdo! Escandaloso! Falta de vergonha! No mínimo, é isso e muito mais o que o PT e Lula fizeram no programa político obrigatório. Se nem mesmo o presidente do País obedece às leis, por que haverá o povo de fazê-lo? Está lançada a temporada do vale-tudo para todos. Podem fazer o que quiserem, pois quem mais tem que dar o exemplo liberou geral (e não é de hoje). Espero que os cidadãos de bem percebam e deem a resposta que eles merecem.

Maria Tereza Murray terezamurray@hotmail.com

São Paulo

______________________________________

DESCARAMENTO

É inacreditável o que está acontecendo atualmente no Brasil. O programa do PT na televisão, quinta-feira, foi inteira e unicamente propaganda eleitoral de Dilma Rousseff. Se não houver uma severa punição por parte do TSE, se não houver uma considerável reação da oposição, não sei aonde vamos parar. Lula sabia muito bem o que dizia ao proclamar que o PT não iria perder as eleições. E já está tratando de fazer acontecer.

Cléa Maria Granadeiro cleacorrea@uol.com.br

São Paulo

______________________________________

QUERIA ENTENDER

Fiquei pasmo com o comercial do PT pró-Dilma, em que de repente ela aparece no vídeo e, orgulhosamente, vai falando que foi presa e torturada e lutou pela democracia. Ora, bolas, democracia nós já tínhamos, não seria necessário lutar por ela. Porém, em razão da interveniência dos aloprados, contra a vontade popular, que queriam levar o País para as garras do comunismo - e isto é tão claro que não cabe nem discussão -, aí vivemos um período de ditadura por causa dos militantes comunistas, que todos nós conhecemos, com nome e sobrenome. Um pessoal maluco que não acreditavam em CORTINA DE FERRO, onde o sr. Stalin matou quase 50 milhões. O sr. Mao matou aproximadamente 70 milhões de chineses, sem contar as barbáries do Leste Europeu. E hoje assistimos, estarrecidos, ao grande exemplo que a Coreia do Norte e Cuba dão ao mundo, e o caos do Chávez tentando levar a Venezuela para a mais profunda desgraça. Dona Dilma, a senhora foi presa porque roubou, sequestrou, assassinou sabotou, etc., etc. e etc. E com tudo isso a senhora está aí viva, e ainda reclama! De quê?

Ivan Bertazzo bertazzo@nusa.com.br

São Paulo

______________________________________

PROPAGANDA ELEITORAL

Lula e Dilma adoram mesmo desobedecer às leis. Como essa gente pode almejar a Presidência da República, se o primeiro ato é jurar respeitar e defender a Constituição e nem às leis eleitorais obedecem? O último programa do PT não passou de propaganda eleitoral pró-Dilma. E ainda têm coragem de criticar o presidente anterior (de quem Lula tem um ciúme doentio) e o candidato Serra. Gente desqualificada mesmo. Quanta infâmia.

Carlos Eduardo de Barros Rodrigues ceb.rodrigues@hotmail.com

São Paulo

______________________________________

DILMA EM NOVA YORK

"Em NY, Dilma será apresentada a investidores estrangeiros", informa a internet. Como uma "cidadã" que teria ajudado a organizar o assassinato do capitão americano Charles R. Chandler, entra tranquilamente no Estados Unidos? Gostaria de entender.

L. A. B. Moraes labmoraes@uol.com.br

Santos

______________________________________

DISCURSOS DA FOME

Lula conquistou o título de campeão mundial de combate à fome e a imprensa encolhe a notícia. Medo da oposição de falar em Lula ou pejo da imprensa de falar em fome? Numa das reportagens que abalaram a ditadura, o jornalista Eurico Andrade conta na revista "Realidade", na década de 1960, como era em Pernambuco: adultos e crianças ficavam cegos e loucos por causa da fome e morriam ressecados. Pesquisas diziam que brasileiros estavam ficando nanicos por subnutrição. O presidente Médici disse que construiu a Transamazônica para dar lar e terra aos pobres do Norte e Nordeste. Os gurus dos tempos em que as asas da liberdade não se abriam sobre nós enganavam, dizendo que primeiro era preciso fazer crescer o bolo para depois distribuir. Em sua caravana da cidadania, quando deu de cara com multidão de mulheres esquálidas com filhos esqueléticos nos braços, Lula jurou: vou fazer o Fome Zero. Insuficiente o atual discurso de José Serra, de combater a fome unicamente com a criação de empregos. Dilma Rousseff diz que vai ampliar a ação social do Estado. Discursos não enchem barrriga. Bolo na mesa, já.

Apóllo Natali infinitycybercafe@gmail.com

São Paulo

______________________________________

DILMA DEFENDE SEUS COMPANHEIROS ''ALOPRADOS''

Dilma afirma que ''a instituição Partido dos Trabalhadores não cometeu o crime, foram crimes pessoais". E continua explicando na entrevista à RBS, que o partido nada tem a ver com o que andaram fazendo José Genoino, o ex- presidente do PT, o tesoureiro Delúbio Soares e o Silvio Pereira, secretário-geral, e os demais petistas, de sua bancada e do governo. Até mesmo seu antecessor, José Dirceu, é aceito, mesmo tendo sido defenestrado do governo pelos possíveis crimes cometidos e que todos os brasileiros estão cansados de saber. A partir do momento em que o PT recupera a participação dos seus ''aloprados'' e os mantém no partido, inclusive aceitando que participem de sua festas, convenção e candidaturas, comete um crime muito mais grave, o da conivência. Realmente, é duro admitir que no partido que a lança candidata há uma ''quadrilha criminosa'', assim denominada pelo ministro do STF Joaquim Barbosa, quando enquadrou todos os mensaleiros petistas. Por sua últimas tacadas, Dilma, como candidata a substituir o Lula, continua ''viajando na maionese''.

Leila E. Leitão

São Paulo

______________________________________

CAUSANDO ENGULHOS

Toda vez que o líder do governo no Senado faz um pronunciamento, provoca engulhos na parcela politicamente consciente da população. A diferença desta vez é que a dose foi cavalar. O objetivo do governo, aliás, nauseabundo, é usar o projeto popular para pressionar a oposição a votar projetos do seu interesse. Conforme nos informa o Estadão de 13/5 (A7), o indigitado parlamentar declarou com todas as letras que o projeto de lei da Ficha Limpa não é assunto do governo, que vai tratá-lo normalmente e, se entender que deve aprová-lo com emendas, elas serão propostas. Ou seja, o governo que se diz popular pretende mandar para as calendas gregas o projeto da Ficha Limpa, com 1,3 milhão de assinaturas e o apoio da maioria esmagadora da população, não é assunto do governo. Sim, porque se os petistas conseguirem aprovar no Senado uma emenda sequer, o projeto deverá voltar para a Câmara dos Deputados e sofrer nova pressão para a sua rejeição, tendo à frente a bancada do PP, aliado do governo, sob a batuta do deputado paulista Paulo Maluf, procurado pela Interpol e interessadíssimo em que o projeto vá para o brejo. No mínimo, o líder do governo no Senado procura conseguir que o projeto não seja aprovado até a data-limite para que possa ter efeito a partir das eleições de outubro. Salvará, assim, todos os seus parceiros que têm contas a acertar com a Justiça e que se estimam em 25 % do Congresso Nacional, tais como os mensaleiros e os demais trambiqueiros. Ora, se o governo conseguir o seu intento, qual a explicação que a sua candidata à Presidência da República poderá dar aos eleitores? Porque se, como não cansa de dizer, representa a continuidade da situação, a conclusão lógica é que com ela estarão à vontade todos aqueles cujos endereços deveriam ser as penitenciárias, jamais o Parlamento nacional, assim como as Assembleias Legislativas e os governos estaduais. Enfim, vai continuar a bandalheira atual, já que o projeto Ficha Limpa não é do interesse do governo atual.

Gilberto Pacini benetazzos@bol.com.br

São Paulo

______________________________________

PROJETO FICHA LIMPA

Chegou a hora de fazer ''média'', afinal, político é político, até o nosso probo, digno e ilibado presidente do Senado aparece na mídia para pedir aceleração para a aprovação do projeto. Justamente agora que o atual (des)governo, que gastou sem controle, vai ter que cortar despesas em R$10 bilhões. São dois os motivos que nos levam a deduzir: 1) não será candidato em 2010, 2) porque devem ter ''limpado'' tudo, literalmente. Isto se não surgirem outros ''interesses'', então poderão aprovar o projeto ficha limpa.

Luiz Dias lfd.silva@uol.com.br

São Paulo

______________________________________

HISTÓRIA PARA BOI DORMIR

Mais uma história (do desgoverno do PT) para boi dormir: Elaboraram o projeto do Parque Nacional Altos da Mantiqueira, uma verdadeira reinvenção da roda que, se implantado, afetaria direta e indiretamente mais de 500 mil pessoas no estado de São Paulo, com desapropriação de propriedades rurais e urbanas em diversos municípios, desalojando famílias muitas vezes ali instaladas há mais de um século, tirando-lhes seu meio de sustento e gerando desemprego.

Até o momento, o resultado prático de tal medida tem sido ''apenas'' uma grande polêmica, além, é óbvio, do grande desperdício de dinheiro público com a elaboração do projeto e do imenso faturamento político por parte dos prefeitos dos municípios envolvidos.

Quarta-feira, não me surpreendi ao ver na TV o senador Mercadante, sabidamente especialista em revogar o irrevogável, tirando sua lasquinha e embarcando nessa canoa, dizendo em Pindamonhangaba (terra de Geraldo Alckmin) que conversou com o ''chefe'' e conseguiu a suspensão do tal projeto. Acredite quem quiser... Agora, só falta a Dilma também entrar nessa história.

Angela Caracik angelacaracik@terra.com.br

São Paulo

______________________________________

ESTRATÉGIA DA BENEVOLÊNCIA

Começa assim: o governo federal autoriza estudos preliminares sobre a implantação de um hipotético parque nacional, por exemplo, nos contrafortes da Serra Da Mantiqueira, ao longo do Vale do Paraíba. Um vazamento "inexplicável" alerta lideranças da região sobre as inúmeras desapropriações decorrentes de um pré-projeto em andamento. Rapidamente a notícia se espalha, originando movimentos que repudiam, severamente, a iniciativa do governo. Quando o "clima" esquenta, aparece um candidato ao governo do Estado, por exemplo, o senador Aloizio Mercadante, oferecendo-se para interceder junto às esferas competentes em favor dos proprietários de terras que poderão ser atingidos pelas desapropriações. Num último e heroico recurso, o senador "mediador" recorre diretamente ao magnânimo presidente da República, que, numa só penada, desiste, prontamente, do projeto, autorizando o seu imediato cancelamento. Aí, adivinhem quem sai na foto como arauto da boa nova?

Sergio S. de Oliveira ssoliveira@netsite.com.br

Monte Santo de Minas (MG)

______________________________________

SABE-TUDO

Lula diz que Serra está sabendo tudo (13/5, A8). Ele, em vez disso, prefere continuar não sabendo nada... Já vai tarde!

Gilberto Dib gilberto@dib.com.br

São Paulo

______________________________________

A ENORME DIFERENÇA

Ao ler o excelente "Pequenos grandes erros", de Nelson Motta, no Estadão de ontem (A10), fica-se meditando sobre a diferença oceânica que, no comportamento político, nos separa de outras culturas democráticas, no presente caso, dos Estados Unidos, onde um presidente da República (Bill Clinton), desfrutando de enorme popularidade e elevado conceito, perde prestígio e fica instável no cargo, em razão de uma escorregadela amorosa que praticou. Anteriormente, outro presidente (Richard Nixon), prestigiado por ter sido em seu governo que astronautas realizaram o primeiro pouso na Lua (1969), por ter dado fim à Guerra do Vietnã através de acordo com o Vietnã do Norte (1973), bem como por outras importantes decisões, viu-se forçado a renunciar à Presidência da República pelo risco de impeachment, por ter tentado desviar a investigação sobre a espionagem realizada na sede do Partido Democrata, adversário político (Escândalo Watergate). Os prezados leitores hão de convir comigo que é desnecessário, porque do conhecimento de todos, enumerar aqui os inúmeros fatos, graves e inconsequentes, ocorridos nestes últimos tempos em nosso país, que ressaltam nossa enorme diferença.

Fausto Rodrigues Chaves, faustochaves@uol.com.br

São Paulo

______________________________________

NELSON MOTTA

Cumprimento o Estadão pela merecida mudança de espaço para o mais novo e surpreendente cronista deste jornal, Nelson Motta. Eu o tinha mais como um especialista do meio artístico musical, mas assim que comecei a ler suas crônicas semanais no Caderno2, com textos limpos, concisos e interessantes, focados principalmente com brilhantes analogias nos temas atuais da política e da economia, logo vi que suas crônicas estavam em lugar errado. Agora no Caderno A, vou esperar suas crônicas para ler com igual interesse que leio também as dos demais articulistas que escrevem no Estadão, sempre com muita propriedade.

Rubens Muniz Ferraz rferraz4@uol.com.br

São Paulo

______________________________________

LULA X AHMADINEJAD

Se o Lula conseguir convencer o tresloucado a desistir de seu projeto bélico, dirá: "Nunca antes na história da humanidade houve alguém mais preparado que eu para ser o presidente do Mundo."

Caso ele não o convença a desistir dessa loucura, dirá: "Eu tentei e se não consegui, nem Cristo conseguiria."

Nesse momento ele estará se lançando como representante de Deus e o Filho do Homem estará correndo o risco de perder seu lugar ao lado direito do Pai.

João Menon joaomenon@terra.com.br

São Paulo

______________________________________

LULA DIZ TER 99% DE CHANCES DE CONVENCER IRÃ SOBRE PROGRAMA NUCLEAR

No mundo fundamentalista, o comunismo é apenas um tipo dele, todo acordo é possível, a questão é o cumprimento dele. A verdade não é o fundamento do fundamentalismo, cuja base é, de fato, a mentira. Até o acordo pode ser uma mentira, é assim que vem acontecendo desde que o mundo é mundo!

Há os que não acreditam, os que acreditam com um pé atrás, os que acreditam por convicção e os que acreditam por interesses oportunos e circunstanciais!

Claro que Lula está apenas tirando algum proveito circunstancial, no fundo, pouco interessa se assim ou assado! Daqui a pouco pensamos no efeito Orloff, seremos o Irã de amanhã?

Ariovaldo Batista arioba06@hotmail.com

São Bernardo do Campo

______________________________________

VISITA PRESIDENCIAL, NÃO PESSOAL

Presidente Lula, o senhor se propôs, no campo das relações exteriores, a uma atitude que, no mínimo, denota coragem. O senhor vai visitar um crápula e sanguinário ditador, que sugere varrer do mapa o Estado - independente, democrático e amigo - de Israel e aniquilar seu povo. Em nome de uma conciliação que, se conseguida, o que acho improvável, o tornará um dos maiores mensageiros da paz mundial. Caso sua tentativa resulte infrutífera, não permita que a dignidade e a honra da Nação brasileira sejam enxovalhadas.

Luiz Nusbaum lnusbaum@uol.com.br

São Paulo

______________________________________

JUIZADO DE PEQUENAS CAUSAS

É comovedora a preocupação do presidente da OAB-SP com o "direito" do cidadão de ter que pagar um advogado, na maioria dos casos, sem qualquer necessidade (Fórum, 14/5).

Aliás, o preclaro presidente faz bem jus a seu sobrenome, agindo como um "amigo d"Urso".

Já movi uma ação no Juizado de Pequenas Causas, sendo que a parte contrária contava com a assistência de um advogado.

Embora não houvesse exercido esse "direito", fui, assim mesmo, vitorioso na ação.

Já que o ilustre presidente se mostra tão preocupado no exercício do "direito" do cidadão, aqui vai minha sugestão: que a OAB selecione um grupo de advogados que tenham a mesma preocupação do presidente com o "direito" do cidadão, grupo esse que atuaria junto aos Juizados Especiais exercendo a advocacia pro bono, a quem assim o necessitasse.

Ney S. Monteiro neysm@estadao.com.br

São Paulo

______________________________________

ADVOGADOS

Que estranha maneira encontrou o sr. D"Urso para capitalizar mais rendimentos aos advogados, através da opinião da OAB, que dirige em São Paulo: tornar obrigatória a atuação de pelo menos um colega, pago, é claro, não importa por quem, nas pequenas causas em que o cidadão tem hoje o direito de agir por conta própria. Devem estar faltando clientes por aí.

Antonio do Vale adevale@uol.com.br

São Paulo

______________________________________

CARGA TRIBUTÁRIA BRASILEIRA

A secretária de Estado americana elogia nossa carga tributária. Hillary é hilária!

Geert J. Prange prange@sul.com.br

Paranaguá (PR)

______________________________________

EM TESE...

Em tese nada há de extravagante na receita de Hillary Clinton de alta carga tributária para o Brasil e demais países da América Latina. Com populações carentes de quase tudo, é, no mínimo, imoral que as nações em questão sejam parcas na realização de suas receitas. Frente às necessidades do País, no nosso caso, parece aceitável a carga tributária que temos. O que não se pode aceitar é o vergonhoso destino que é dado a parte ponderável dos tributos arrecadados. É contra isso que precisamos lutar.

Euclides Rossignoli euros@ig.com.br

Itatinga

______________________________________

FESTA COM DINHEIRO PÚBLICO

Lula alega não ter dinheiro para dar reajuste aos aposentados que recebem acima de um salário mínimo. No entanto, enviou um projeto de lei ao Congresso Nacional que prevê um auxilio mensal de até R$ 3,4 mil e um prêmio de R$ 100 mil aos jogadores que participaram das Copas do Mundo de 58, 62 e 70. O acinte não fica só aí, o prêmio de R$ 100 mil será isento de Imposto de Renda e da contribuição previdenciária e será estendido aos familiares em caso de morte do jogador. Lula demonstra não ter a menor sensibilidade para com aos trabalhadores que fizeram este país crescer ao longo dos anos. Espero que os deputados votem o projeto incluindo nele todos os aposentados que ganhavam abaixo do teto. Não estarão fazendo favor algum, e sim justiça. Atenção, eleitor, vamos ver se os parlamentares que foram eleitos estão no poder para representar as necessidades de seu povo.

Izabel Avallone izabelavallone@yahoo.com.br

São Paulo

______________________________________

PENSÃO PARA JOGADORES

A que ponto chegam a falta de comedimento e o aproveitamento político do excelentíssimo presidente da República, que nega legítimos direitos aos aposentados - tornando-se o inimigo número 1 dos idosos -, enquanto faz a farra politiqueira com o dinheiro público. Jogadores - que não são heróis, mas são endeusados pela mídia, parte da qual sobrevive à custa destes - já são privilegiados pelos salários astronômicos, na maioria das vezes incompatíveis com o seu talento e que por falta de controle de alguns, esbanjam desregradamente o que ganham. E somos nós, brasileiros que trabalhamos e contribuímos por décadas, que vamos sustentar esses privilegiados. Essa é a ótica distorcida, oportunista e insensível de um político em franca campanha eleitoral. Além de R$ 100 mil a cada titular e reserva, ainda pleiteia um auxílio de R$ 3.416 como pensão. Um despautério inconcebível! Esperamos que o Congresso tenha discernimento e adote uma postura coerente, rejeitando esse absurdo!

Hildeberto Aquino hildebertoaquino@yahoo.com.br

Russas (CE)

______________________________________

FLAGRANTE INJUSTIÇA

Quando o dinheiro vem fácil, fica fácil doá-lo a quem quer que seja. Os jogadores da Copa do Mundo de 58, 62 e 70 ganharam muito dinheiro, que à época se equipararia aos ganhos dos atuais jogadores. E como os de hoje gastaram o que podiam e não podiam, sem pensar no futuro. Hoje na miséria, como todos os aposentados do Brasil, vão ganhar de Lulla as benesses sem nunca terem contribuído para tal. Além da aposentadoria, serão isentos de recolhimento de Imposto de Renda, coisa que não é proporcionada aos aposentados que já contribuíram durante 35 anos e nunca ficaram isentos do Imposto de Renda. Qualquer dia, quando o País acordar, Lulla terá doado o Brasil sabe-se lá a quem. Quem deveria sustentar esses jogadores é a CBF, que nada de braçada em dinheiro público que vai parar no bolso de poucos. Se não tomarmos cuidado, essa farra acontecerá daqui a alguns anos também, porque os jogadores atuais são perdulários, farristas, trocam de mulher como trocam de roupa e pagam pensões milionárias. É justo para com quem paga tanto e recebe tão pouco?

Beatriz Campos beatriz.campos@uol.com.br

São Paulo

______________________________________

BANANA

A nova agora desse governo é premiar os jogadores - titulares e reservas - de Copas passadas com R$100 mil. Enquanto isso, nós, aposentados, ganhamos uma banana. Neste país nada é sério. Quanta injustiça!

Laert Pinto Barbosa laert_barbosa@ig.com.br

São Paulo

______________________________________

BOLSA-COPA

Estarrecida, leio que o "cara" enviou projeto de lei instituindo uma Bolsa-Copa para todos os jogadores das Copas de 58, 62 e 70.

Serão ''apenas'' R$ 100 mil para cada um deles ou para seus herdeiros.

Espero que seja apenas uma brincadeira de mau gosto - ou alguém está precisando urgentemente de uma internação por alienação mental.

Flávia de Castro Lima lgcastrolima@uol.com.br

São João da Boa Vista

______________________________________

SOLDADOS CONSTITUCIONALISTA

Foi assinado prêmio de R$ 100 mil e de pensão mensal de R$ 3.416.54 para os jogadores de 58 , 62 e 70 ou seus familiares. Jogadores são premiados, mas para os valentes soldados constitucionalistas de 1932, que lutaram para ter um Brasil livre, a vergonhosa pensão mensal é de R$ 450. Muitos deles eram menores de idade e havia mulheres que trabalhavam como enfermeiras. Lutaram com bravura, alguns morreram, outros voltaram feridos. Por que não dar o valor que eles merecem? Por que não premiá-los também e dar uma pensão mais digna, ao invés dessa miséria que recebem? Hoje eles estão com mais de 90 anos e os que morreram deixaram viúvas idosas. Por que não dar-lhes um fim de vida mais digno, visto que muitos estão passando necessidade? No Dia do Soldado Constitucionalista, aquela demagogia: discursos, condecorações, desfiles... O que adianta isso. se nem dinheiro para remédio alguns têm?

Neide Gumbis de Souza Belluco, professora aposentada neidebelluco@ig.com.br

Piracicaba

______________________________________

BOLSA FAMÍLIA ATÉ NO FUTEBOL!

Como todo corintiano, fiquei triste com a derrota para o Flamengo e a consequente desclassificação da Libertadores 2010, porém a maior tristeza foi com a escalação da seleção de Dunga. Deixar alguns craques de fora da equipe principal, como Ronaldinho Gaúcho, Ganso e Neymar, é uma afronta a todos os brasileiros. Daí nos vem à memória, o fiasco com a França, lá estava o Dunga no elenco dos jogadores, que posteriormente foi escolhido, estranhamente, para comandar a seleção brasileira, sem nenhuma experiência para tanto.

Na minha concepção, outro fiasco já está organizado, razão pela qual tantos jogadores que estão atuando no exterior, é que estão sendo chamados.

É uma pena, pois na Copa anterior a gente viu tantas pessoas humildes em frente de suas casas gastar seus poucos recursos para enfeitar as ruas, pintar o asfalto, as calçadas, nas cores verde e amarela, numa união fantástica de todas as torcidas e classes em geral. Daí, aquela decepção, não pela derrota, mas pela dúvida de que algo obscuro tivesse ocorrido.

Fico imaginando: será que não tem um Bolsa-Família dos Patrocinadores? Aliás, creio que devemos incluir a expressão Bolsa-Família no nosso dicionário, com os vários significados, ou seja, na compra de votos; no apoio a atividades terroristas do MST; no apoio a partidos políticos, PT e afiliados; no silêncio da maioria dos estudantes, através da UNE; na troca de benesses com empresários; nas diversas esferas do governo, Legislativo e Executivo, etc...

Temos também, a influência de outros países, como a França, onde Sarkozy sugere o abrigo a Batisti, criminoso condenado na Itália, e agora incentiva a união com o Irã, na contramão da maioria - por conta de quê? Será que não houve um Bolsa-Família da França ao PT para eleger o presidente?

Sem mencionar as estranhas lambanças com nossos vizinhos, na América Latina...

Com tantas adversidades, a gente imagina, até no futebol! Temos condições, no nosso Brasil, de montar várias equipes vencedoras, mas parece que o foco não é esse.

Como disse Martim Luther King, pior do que o brado dos bandidos e corruptos, é o silêncio dos honestos.

A minha singela parte talvez seja escrever para essa admirada coluna.

Waldir Cassapula waldir.cassapula@uol.com.br

São Paulo

______________________________________

''TÉCNICOS BANIDOS POR CASO DE DOPING''.

A imagem ''Fim da linha'', publicação do dia 13/5, me mostra a coragem de dois seres humanos diante da aplicação da lei, publicada no respeitadíssimo Estadão.

Vejo que existem duas realidades opostas dentro da interpretação dos fatos atuais no País, onde a injustiça social faz vítimas diariamente. A primeira realidade é composta por pessoas que não têm acesso à moradia própria, ao ensino fundamental, ao superior (todos estudam numa universidade pública?), rodovias péssimas das regiões Centro-Oeste ao Norte, atendimento médico público precário... A lista de injustiças praticadas pertence, principalmente, aos políticos.

Ainda nesta primeira realidade, existe o grupo de pessoas que tentam viver do esporte sem qualquer patrocínio/apoio financeiro e psicológico, do início ao final da carreira esportista, e são obrigadas a sacrificar o próprio corpo para lutar por um sonho brilhante.

Todos os esportistas desta nação merecem e são dignos de respeito!

Outra realidade vivem as pessoas desonestas e gananciosas, viciadas em dinheiro papel/metal, que preferem matar os ''pobres de fome'' para sustentar conta bancária, carros da marca BMW, viagem ao redor do mundo, inclusive a paraíso fiscal. Infelizmente, matam muitos para sustentar poucos; lei capitalista do forte contra o fraco. Estes ''pobres de fome'' são crianças desnutridas, vítimas da ''desordem sangrenta'' que reina na capital maravilhosa, Brasília. Quantas crianças estão na situação de risco no Rio de Janeiro, São Paulo, Bahia, Minas Gerais? Quantas destas crianças terão o direito à dignidade da vida usurpado por pessoas gananciosas? Quantas pessoas idosas, que chegam ao auge da vida, precisam ''mendigar'' nas portas das agências do INSS? Precisamos juntos contruir outro Brasil. Segundo minha interpretação de Jorge Amado, ''um país mais humano''.

Por que o físico Marcelo Gleiser, como tantos outros brilhantes, estão trabalhando nos Estados Unidos, Itália, Canadá e Inglaterra? Acredito que é porque qualquer cientista é tratado igual a inseto, barata; na verdade, qualquer profissional brasileiro, diante das políticas orçamentárias do Congresso Nacional. Pelo menos este inseto suporta grande carga de radiação nuclear.

Ficarei menos indignado quando todos os desonestos e gananciosos forem condenados e banidos da classe política, das empresas corruptas, dos departamentos públicos ineficientes, com o mesmo rigor aplicado pela Justiça Desportiva.

A aplicação de banimento por certo tempo, 5 a 10 anos, seria mais justa. Afinal, estes réus são heróis num país injusto.

Brasileiros, sejam conscientes! Vamos defender um país através da escrita. Não à violência!!

Tiago Vintem

Jundiaí

______________________________________

TRISTE CONSTATAÇÃO

Se o brasileiro fosse minimamente comprometido, interessado, atuante, envolvido com o sistema político nacional tal qual o é com e pelo futebol, certamente, teríamos muito menos políticos ladrões, corruptos e impunes, o que faria do Brasil um país infinitamente mais ético, decente, equânime, desenvolvido, enfim, muito melhor...

David Neto drdavidneto@uol.com.br

São Paulo

______________________________________

GENERAL ENZO PERI

Sem ordem judicial, ao arrepio da lei e rigorosamente igual ao estupro cometido contra os direitos do caseiro Francenildo, nada mais, nada menos do que seis oficiais do Exército Brasileiro, da ativa e da reserva, sendo destes três oficiais-generais, tiveram o seu sigilo violado criminosamente a mando do gabinete da Presidência da República, como foi comprovado por um jornalista de Brasília (Cláudio Humberto, ex-porta voz do governo Collor de Mello) e que mostrou, provando a verdade, em seu blog, a cópia do documento oficial solicitando tal investigação à Receita Federal.

O general Enzo Peri, comandante do Exército, chefe desses homens obedientes por dever de lei a não se expressarem publicamente, silencia quando seus oficiais são investigados sem a sua permissão ou a de um magistrado, silencia na defesa desses mesmos oficiais e silencia quanto à violação da lei civil constitucional que protege o sigilo fiscal e que a todos abrange, não fazendo distinção entre civis e militares.

Belo comandante este, que, humilhado pelos fatos, desmoralizado em sua autoridade e comando por uma ação que partiu do gabinete da Presidência, aparentemente não sabe o que se passa no próprio quartel e, sendo o último a saber, ainda assim não sai publicamente em defesa dos seus subordinados, sendo isso mais que sua prerrogativa de comandante-geral, na verdade, diante deste escândalo, um dever...

Para que o mal triunfe basta que os bons se calem!

Paulo Boccato pofboccato@yahoo.com.br

São Paulo

______________________________________

PNDH-3

O ministro do Superior Tribunal Militar (STM) e general de exército da reserva Valdesio Guilherme de Figueiredo aproveitou sua entrevista ao caderno "Prosa e Verso" do jornal O Globo para avisar. ''Se algum doido decidir se perpetuar no poder'', o Exército vai intervir. Terá sido essa declaração que fez Lula acordar e mudar o texto dos Direitos Humanos?

Luciana Lins lucianavlins@gmail.com

Campinas

______________________________________

CNBB

Ao pregar voto "pró-vida", condenando o aborto, lá vem a CNBB mais uma vez se metendo na política brasileira. Na atual situação em que se encontra a Igreja Católica (denúncias de pedofilia), isso é o equivalente ao "estupra, mas não mata" que já ouvimos.

Tiago Vinícius Matos matostv@hotmail.com

São Paulo

______________________________________

ABORTO

O artigo 128, II, do Código Penal, que trata do aborto necessário, prevê o aborto no caso de gravidez resultante de estupro, em seu inciso II, no caso em que a gravidez resulta de estupro e o aborto é precedido de consentimento da gestante ou, quando incapaz, de seu representante legal. Portanto, não é nenhum dogma, de quaisquer seitas religiosas, que irá suplantar o que está previsto em lei, porque na qualidade de mortais, a lei divina fica para o ''post-mortem'' de quem possa acreditar.

Conrado de Paulo conrado.paulo@uol.com.br

Bragança Paulista

______________________________________

BOICOTE ARGENTINO

As gôndolas dos supermercados e farmácias de São Paulo estão lotadas de produtos, principalmente de higiene, de produtos argentinos.

Agora o governo daquele país proibiu a importação de produtos brasileiros que tenham similares lá. Quer dizer: tudo.

Está na hora de nós brasileiros verificar nos rótulos dos produtos a sua procedência.

E claro, dar o troco aos ''hermanos''.

Haroldo Lopes aluisantos@yahoo.com.br

São Paulo

______________________________________

SUPERMERCADOS

Esta semana a Vigilância Sanitária encontrou problemas em supermercados de duas conhecidas redes. Essas grandes organizações têm feito o que o povo chama de ''criar fama e deitar na cama''. Na unidade de uma delas, situada perto de minha residência, no começo da Raposo Tavares, nota-se que grande parte dos empregados é terceirizada - na realidade, eles trabalham para os fornecedores. Os equipamentos são deficientes - mais de uma vez já comprei sorvetes descongelados ou, pior ainda, degradados por sucessivos congelamentos e descongelamentos. Seria interessante a Vigilância Sanitária visitá-los numa ''quarta-feira maluca'', quando são feitas várias ofertas especiais, como, por exemplo, cebolas semiapodrecidas. É interessante como certas palavras se tornam modismos. No momento, a moda é ''pontual''. A assessoria de imprensa de uma dessas redes até divulgou que seus problemas são ''pontuais'' - legal, né?

Nestor Rodrigues Pereira Filho rodrigues-nestor@ig.com.br

São Paulo

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.