Cartas

SANÇÕES CONTRA O IRÃ

, O Estado de S.Paulo

13 Junho 2010 | 00h00

O grande diplomata

A ONU e os EUA tinham razão: mesmo sob ameaça de mais uma rodada de sanções, desta vez mais rígidas, contra o Irã, Ahmadinejad continuará enriquecendo urânio para fabricar sua bomba nuclear. Nada o intimida, nem mesmo o sofrimento a que submeterá seu povo. Sua obstinação em ter a bomba atômica sempre foi evidente, desde o início, quando proibiu inspetores da AIEA de desembarcarem no país. O advento de dois atores, brasileiro e turco, nesse teatro explosivo só colaborou para que o esperto Ahmadinejad conseguisse mais tempo para produzir o combustível de que precisa para ter seu brinquedinho de destruição em massa. Se, por todas as evidências, ele produzir sua bomba e, pior, usá-la contra Israel, como já deixou claro, o Brasil deve um imediato pedido de desculpas ao mundo por defender a insanidade de alguém que representa um perigo para a paz mundial. E aí, pergunto: por onde andará nessa altura o nosso rei Midas? Em Cuba, comemorando o sucesso de sua política externa? Ou na Venezuela, recebendo do déspota Hugo Chávez o Troféu Simón Bolívar?

PAULO R. KHERLAKIAN

paulokherlakian@uol.com.br

São Paulo

________________________________

Alternativas

Existem dois caminhos para evitar que o Irã tenha armas nucleares: a guerra ou a diplomacia. Quando as sanções se mostrarem inócuas, uma dessas duas alternativas passará a ser considerada seriamente. O Iraque e o Afeganistão que o digam!

OTÁVIO SHIMODA

otavioshimoda@hotmail.com

Registro

________________________________

TALEBAN

Barbárie e covardia

Um menino de apenas 7 anos foi executado após ser acusado por supostos membros do Taleban de ser espião dos EUA e do governo do sul do Afeganistão. O garoto foi arrastado para fora de casa e enforcado numa árvore do centro da vila onde vivia. O que dizer diante de tamanha monstruosidade? Como comentou o primeiro-ministro da Inglaterra, David Cameron, isso diz mais sobre o Taleban que qualquer livro, artigo ou discurso. Quando um pequeno indefeso tem a vida ceifada pela barbárie e covardia, como crer que seja possível a paz enquanto houver extremistas dessa natureza? Essa notícia é de dar muita dor no coração, muito medo de que tal tipo de seres humanos prospere na sua imensa destrutividade. E o mundo vai calar diante disso? Assinam-se petições de proteção aos animais, ao verde, aos ratinhos de laboratório, mas nunca vi uma petição exigindo a proteção dessas crianças indefesas no Afeganistão, cujo destino fica à mercê desses monstros fanáticos. Este caso, por si, não justificaria uma mobilização mundial? Ou será apenas mais um...?

ELIANA FRANÇA LEME

efleme@terra.com.br

São Paulo

________________________________

ELEIÇÕES

Eterna inspiração

A candidata Marina da Silva declarou na convenção do PV: "Lula foi e ainda é inspiração para mim. Eventuais desencontros jamais irão suprimir o encontro da construção dos sonhos." Por essa razão, não se pode crer quando ela diz que a eleição não será um plebiscito; os incautos poderão dar seu voto a ela, impossibilitando uma vitória de José Serra no primeiro turno, e então Marina apoiará Dilma Rousseff, o que me faz lembrar a grande torcida carioca: "Uma vez Flamengo, sempre Flamengo!"

CLÉA M. CORRÊA

cleacorrea@uol.com.br

São Paulo

________________________________

Plano B

Marina é o Plano B de Lula. Sua saída do PT soou pró-forma e ela jamais deixou de ser petista. Seu discurso de lançamento de candidatura só reforça essa conclusão.

M. CRISTINA DA ROCHA AZEVEDO

crisrochazevedo@hotmail.com

Florianópolis

________________________________

Uma ideia, um sonho

Quem sabe, em 1.º de janeiro, o Brasil tenha a primeira mulher, negra e de origem pobre na Vice-Presidência da República...

LUIZ NUSBAUM

lnusbaum@uol.com.br

São Paulo

________________________________

Marina, morena...

Grande erro de Marina dizer que quer ser a primeira mulher negra e de origem pobre a governar o País. Esse tipo de construção de mito já se provou um equívoco. Em São Paulo, cidade apontada por Lula como a capital da "zelite" mais preconceituosa, elegemos a então petista Luiza Erundina, nordestina e pobre. E daí? Nada, porque nada aconteceu. E também a petista Marta Suplicy, de origem nobre e paulistana. E daí? Aconteceu tudo o que não queríamos e que a memória dos cidadãos jamais esquecerá. Portanto, se Marina tem qualidades intelectuais e morais para ser eleita, que se apoie nelas, e não nesse discurso horroroso e pseudofeminista, coisa de gente preconceituosa, racista, terceiro-mundista.

MARA MONTEZUMA ASSAF

montezuma.fassa@gmail.com

São Paulo

________________________________

Candidatura Alckmin

Vai começar tudo outra vez: reclamações sobre pedágios, alegações de loteamento de cargos, etc. Mas o mais importante não vi até agora, ou seja, algum candidato que, uma vez eleito, consiga governar sem isso.

JOSE ROBERTO PALMA

palmapai@ig.com.br

São Paulo

________________________________

PESQUISAS

Previsões e profecias

Mesmo entre os que ainda acreditam na estatística como ciência exata, sua decepção se reflete nas cartas aos jornais. O recente resultado das eleições na Colômbia, já que ficou distante o episódio Brizola no Rio de Janeiro, é exemplo significativo. Não obstante, lições se tiram dessas pesquisas, que nunca revelam por onde andaram os seus auscultadores, nem se sabe estatisticamente qual o porcentual de pesquisados que realmente revelam o seu pensamento. Nem por isso se porá em dúvida a seriedade das instituições que preveem ou os que, com títulos de cientista político, fazem profecias, em boa parte frustradas pelos fatos posteriores. Mas pareceu-me importante saber que os beneficiários dos planos sociais do governo, quer os que se dedicam ou não ao ócio, em expressivo porcentual não pretendem atender à apenada (por cinco vezes) indicação do presidente à sua sucessão. "Quando outubro chegar", quem viver verá.

JAIRO P. GUSMAN

jairogusman@gmail.com

São Paulo

______________________________________

"Lulla tanto queria uma cadeira no Conselho de Segurança (CS) da ONU que acabou nos arranjando um lugar no Eixo do Mal"

AGNES ECKERMANN / PORTO FELIZ, SOBRE O APOIO AO IRÃ

agneseck@yahoo.com.br

"Se é com esse Itamaraty lullopetista que o Brasil pretende assento permanente no CS,

vai esperar sentado..."

A. FERNANDES / SÃO PAULO, IDEM

standyball@hotmail.com

"Viola e saco são artigos cujo preço certamente vai subir. Depois da ONU, a procura deve aumentar"

GILVAN DE M. GUEDES PEREIRA / SÃO PAULO, IDEM

gilguepe@uol.com.br

______________________________________

VOCÊ NO ESTADÃO.COM.BR

TOTAL DE COMENTÁRIOS NO PORTAL: 1.150

TEMA DO DIA

Desmate será livre em 90% dos imóveis

Novo Código Florestal em discussão na Câmara pode isentar 90% das propriedades rurais do País

"Os agricultores sempre vão querer mais e com a desculpa de que isso tudo é para o desenvolvimento da economia."

RODRIGO SOUZA

"Basta de utopia. Esta é a nossa verdade e necessidade. Todos devem entender que a legislação atual é arcaica."

EDIVALDO MALAGUTI

"O projeto não passa de uma riquíssima base para o debate em busca do denominador comum dos interesses em choque."

WALTER REIS LOPES

______________________________________

Cartas enviadas ao Fórum dos Leitores, selecionadas para o Estadão.com.br

FICHA LIMPA

O TSE decidiu que o Ficha Limpa já vale nesta eleição. E como a esperança é a última que morre, vou acreditar que em breve teremos um Congresso Nacional e um Poder Executivo dignos desse nome, já que, como dizem, Deus é brasileiro.

Macmiller Ribeiro macmilleribeiro@gmail.com

São Paulo

________________________________

PFL

Se o antigo Partido da Frente Liberal (PFL) não tivesse mudado a sigla para DEM, hoje teria o melhor slogan nesta campanha eleitoral: Partido Ficha Limpa...

Sergio d"Ávila samvilar@uol.com.br

São Paulo

________________________________

MEDIDA MORALIZADORA

Compartilhando o esforço do Congresso Nacional, o TSE prolatou uma decisão de grande alcance cívico-moralizadora na política brasileira, determinando a aplicação da chamada Lei da Ficha Limpa no próximo pleito eleitoral . Esta decisão também vem homenagear os eleitores brasileiros que, por meio de uma subscrição de mais de 5 milhões de assinaturas, solicitaram às Casas Legislativas a apresentação de tal projeto moralizador da política nacional.

Os Poderes Legislativo, Executivo e Judiciário, quando querem, trabalham, harmoniosa e independentemente, a favor do Brasil!

Antonio Brandileone, abrandileone@uol.com.br

Assis

________________________________

FICHA LIMPA.

o superior tribunal eleitoral (STE), compartilhando com o esforço do congresso nacional, prolatou uma decisão de grande alcance cívico-moralista na política brasileira, determinando a aplicação da chamada ''lei ficha limpa'' no próximo pleito eleitoral .esta decisão também vem homenagear os eleitores brasileiros que, por meio de uma subscrição de mais 5 milhões de assinaturas, solicitou às casas legislativas-câmara dos deputados federais,originariamente e senado federal, a apresentação de tal projeto moralizador da política nacional.

Os poderes legislativo,executivo e judiciário, quando querem, trabalham harmoniosa e independentemente, a favor do Brasil!

Antonio Brandileone

ASSIS SÃO Paulo

________________________________

CANSOU

O Tribunal Superior Eleitoral cansou. Cansou de apanhar, cansou de ser desmoralizado por Lula e, num ato de bravura, decidiu que a Lei da Ficha Limpa já vale para as eleições de outubro deste ano. Infelizmente, os fichas-sujas, num último suspiro, conseguiram, com a mudança do texto no Senado, que os políticos condenados antes da sanção da lei em 4 de junho passado poderão concorrer. Mas um grande passo foi dado para a moralização política do nosso país.

Victor Germano Pereira victorgermano@uol.com.br

São Paulo

________________________________

NEM TUDO ESTÁ PERDIDO

A Lei da Ficha Limpa já está valendo. Esperamos que ela realmente eleve o nível dos nossos governantes, para que o povo brasileiro, que iniciou todo o processo, possa desfrutar de um Estado forte e eficiente na prestação de serviços.

José Eduardo Zambon Elias zambonelias@estadao.com.br

Marília

________________________________

A LEI É O BASTANTE?

Alguns políticos estão tentando confundir os eleitores, dizendo que ter ficha limpa é sinônimo de ser ético. Como sempre, aproveitam das leis que sempre deixam uma brecha para escapar. Eu acho que os órgãos de ética deveriam dar mais informações à população, para que esta não seja enganada novamente. Pois o candidato pode, por exemplo, ter colocado amigos em cargos comissionados, parentes, trabalhar em outro Estado, receber vários salários, ter vários cargos que não condizem com sua capacidade profissional, etc., e isso não seria ético nem moral.

Reginaldo de Paula reg.paula@hotmail.com

Campinas

________________________________

CARUNCHO NACIONAL

A Lei da Ficha Limpa foi aprovada, vale a partir destas eleições. Mas um ilustre senador da República achou por bem alterar a lei para atingir somente os corruptos a serem condenados futuramente, e não para os já condenados atualmente.

Não seria o caso de se perguntar ao senador qual foi a sua grande inspiração, ou melhor, a motivação para providenciar tal alteração em benefício daqueles réus, ao prestar esse desserviço à ética, à sociedade e ao País?

O presidente do Senado instalou uma comissão para avaliar a legislação eleitoral como ''caótica e dispersa'', e o Congresso deverá produzir um texto que organize ''todo o emaranhado legal''.

Conforme muito bem lembrou o presidente do TRE-SP, não seria o caso de perguntar ao presidente do Senado a razão de este não haver nomeado juízes eleitorais, corregedor ou presidente de tribunais eleitorais para compor tal comissão?

Estaria aí uma das raízes do jeitinho brasileiro, o caruncho, o vírus de nossas leis, e um desserviço à ética na política?

Sebastião Pereira jardins@oadministrador.com.br

São Paulo

________________________________

FICHA IMUNDA

Avaliar a Lei da Ficha Limpa é bem simples: se não pegar nem um ficha-imunda como o Maluf, fomos enganados.

Paulo Eduardo Ribeiro

São Paulo

________________________________

PERGUNTAR NÃO OFENDE

Quem participou de sequestro, mesmo no passado, está no ''ficha limpa''?

Paulo de Souza Cavalcanti paulo_souza_cavalcanti@ig.com.br

Ribeirão Preto

________________________________

NELSON MOTTA

Ao ler o bom artigo de Nelson Motta (11/6), fiquei pensando como é incrível e lamentável o fato de os brasileiros terem se acostumado com o mau uso do dinheiro público. Achamos tão normal essa prática, que não só os mais cínicos, como boa parte da população acha que as mulheres ainda não roubaram (ainda, veja só) tanto quanto os homens, dado o pouco tempo de poder nas mãos delas. Teríamos que começar a pensar em mudar a mentalidade do eleitor, urgentemente, antes que lei de ficha limpa alguma consiga contornar esse cenário.

Maria do Carmo Zaffalon Leme Cardoso mdokrmo@hotmail.com

Bauru

________________________________

PROVÉRBIO RUSSO

''Não adianta dar banho em porco que ele volta para o chiqueiro.''

Parabéns por a Lei da Ficha Limpa incluir os tradicionais fichas-sujas, isto é, aqueles que sujaram suas fichas antes, confiando que poderiam ficar tranquilos, protegidos pela ''imunidade'' deles... Agora, ao contrário, estão comprometidos pela novíssima Lei da Ficha Limpa, que inaugura, ao oposto da fajuta imunidade parlamentar, a comprometedora ''sujidade parlamentar''! Valeu, Justiça Eleitoral! Continue assim!

Sagrado Lamir David david@powerline.com.br

Juiz de Fora (MG)

________________________________

QUERO UM PAÍS ÉTICO!

Agora dá para votar, só falta uma agulha no palheiro! Vamos ter um País mais ético, um País decente!

Cecilia Miklos Dale ceciliamdale@hotmail.com

São Paulo

________________________________

AINDA É POUCO

A lei que estabelece que os candidatos tenham ficha limpa (sem processos ou condenações, etc.) é ótima, mas ainda é pouco! Todos os candidatos, antes de concorrerem aos cargos desejados (independentemente de diplomas), deveriam passar por testes de português, matemática, conhecimento geral e específico. Assim como acontece com os servidores públicos de carreira que prestam concurso! Os aptos são aprovados e os melhores, empossados! É um método de moralizar as instituições do Executivo e Legislativo. Pois é perceptível a falta de preparo ou inteligência de muitos políticos em relação à importância do cargo! Na verdade, isto acontece em todo o País! A sociedade em geral deveria exigir a lei da decência! Conclusão: ficha limpa, sim, mas com pessoas, no mínimo, instruídas (eu tô errado?).

Alex Tanner alextanner.sss@hotmail.com

Sumaré

________________________________

SEM RESPOSTA

No Estadão de 8/6, um leitor fez a pergunta se a Lei da Ficha Limpa valerá também para Dilma.

O PT não dará resposta alguma.

Sendo assim, digo que vale aquele dito: ''Para os amigos, tudo; para os inimigos, a lei''.

Tanay Jim Bacellar tanay.jim@gmail.com

São Caetano do Sul

________________________________

IMPUNIDADE E CAIXA 2

O presidente do TRE de São Paulo, Walter A. Guilherme, disse que está descrente da extinção de uso de caixa 2 no período eleitoral (11/6, A11). Melhor seria se esse magistrado afirmasse que essa prática somente recrudesce porque a Justiça Eleitoral não tem sido implacável com os muitos políticos e partidos que cometem este grave ilícito.

Exemplo recente, o do mensalão do PT, principalmente quando o Duda Mendonça confessou em plena audiência no Congresso Nacional que recebeu por fora, e depositados em paraísos fiscais, R$ 10 milhões pelos serviços prestados à campanha do Lula.

E o que todos brasileiros esperavam não aconteceu: o impeachment do presidente. Os outros parlamentares do PT que receberam altas somas na boca do caixa do Banco Rural não sofreram penalidades e ainda, como se agraciados, puderam se candidatar e se reelegeram, nas barbas do TSE.

Esta é a grande verdade. As leis existem e, neste caso, tem prevalecido a impunidade. Infelizmente...

Paulo Panossian paulopanossian@hotmail.com

São Carlos

________________________________

A CAMINHO DO VOTO FACULTATIVO

Se passar também pela Câmara o mesmo projeto aprovado na semana passada no Senado, o eleitor que faltar à votação e não justificar sua ausência deixará de pagar multa e sofrer penalidades. É o começo do caminho para o voto facultativo, hoje uma tendência mundial, praticado em 205 países, neles incluídas as nações mais desenvolvidas do mundo, enquanto o obrigatório vigora em apenas 24. No Brasil, a sociedade civil movimenta-se pela sua extinção, como forma de aprimoramento do processo eleitoral

Chegou a hora de substituir o cabresto do voto obrigatório, instituído no Brasil em 1932, pela liberdade do voto facultativo e consciente. Nessa nova situação, os partidos e a própria Justiça Eleitoral teriam a tarefa de convencer o eleitor a praticar o voto como um direito, e não por obrigação. Partidos e candidatos ficariam com a tarefa de fazer suas propostas e com elas ganhar o voto daquele que já decidiu ir às urnas. Os que não votassem não sofreriam sanções, mas estariam moralmente impedidos de reclamar ou questionar as atividades dos governos e parlamentares, pois não participaram do processo de sua escolha.

A democracia já temos. Agora falta retirar o entulho representado pelo voto obrigatório...

Dirceu Cardoso Gonçalves aspomilpm@terra.com.br

São Paulo

________________________________

DEBATES

Dona Dilma declarou: ''Vou ganhar os debates.'' Não resta a menor dúvida de que, pelo menos por alguns dias, essa grandiosa, patriótica e histórica frase terá repercussão em grande parte da imprensa brasileira, que há muito está a soldo do governo federal e agora virou caixa de ressonância da candidatura presidencial petista. Espero que até o final da campanha eleitoral sons fisiológicos, pouco sociais, não ganhem eco na referida mídia.

Humberto de Luna Freire Filho hlffilho@gmail.com

São Paulo

________________________________

SABATINAS E DILMA

Será que a desistência de Dilma de participar de sabatinas e entrevistas tem a ver com o regime do Irã? Lá mulheres só podem aparecer acompanhadas de homens e não podem se manifestar. Já que Lula acredita que o regime de Teerã é uma ''democracia'', deve estar copiando essa ''democracia'' por aqui. Cuidado, mulheres, a burca vem aí!

Francisco da Costa Oliveira fco.paco@uol.com.br

São Paulo

________________________________

ASSESSORES DE IMPRENSA

Difícil a missão da jornalista Helena Chagas, que passa o seu dia a contestar o que se publica contra a sua chefe, Dilma Rousseff.

É igual à de Adilson Laranjeira, assessor de imprensa de Paulo Maluf.

Devem estar altamente remunerados para desperdiçarem os seus talentos nesse trabalho burocrático de explicar o que, muitas vezes, está bem próximo do inexplicável.

Ronaldo Gomes Ferraz ronferraz@globo.com

Rio de Janeiro

________________________________

O PRÓXIMO PASSO

O aparelhamento político de um país é isto: obrigar o partido do governo - e os que o apoiam - a fazer ''tudo o que o mestre mandar'', como nos jogos da infância conhecidos como ''boca de forno''. Na gíria política essa etapa é conhecida como a ''preparação do terreno''.

Nas preliminares da atual disputa eleitoral, foi assim no Rio Grande do Sul e em Minas Gerais. E está sendo, agora, por meio do que a cúpula do PT chama de ''negociações em andamento'', no Paraná, no Pará e no Ceará. Acaba de ser assim também no feudo dos Sarneys (que, tudo indica, já feudalizaram até mesmo o STF), onde foi imposta verticalmente a candidatura de Roseana Sarney à militância do (PT) do Maranhão (Estadão A4, 11/6).

Como sói acontecer, o próximo passo é o aparelhamento do Estado, como Nação, aí será a ditadura, quando, então, é imposta a vontade de um homem só: Lula! Se eleita Dilma, ela abdicará para que Sua Majestade, Luiz Inácio, primeiro e único, assuma o trono. Em 1964 foram as forças conservadoras, a Igreja Católica e a Marcha das Senhoras Católicas que chamaram as Forças Armadas para assumir o poder. Agora subjugadas, essas mesmas Forças Armadas, comandadas pelo ministro da Defesa, Nelson Jobim, estão aptas a aprovar o que as ''bolsas-esmola'' de todos os matizes prepararam: a armadilha do golpe.

Embora pouco, ainda há tempo para que evitemos que o Brasil venha a ser mais uma república bolivariana... E por isso temos nossa arma: o voto!

João Guilherme Ortolan guiortolan@gmail.com

Bauru

________________________________

MIOPIAS E CARAS

O deputado Domingos Dutra (PT-MA) acha que ''o PT está se vendendo ao Sarney''. Poderia perguntar ao governador do Rio, Sérgio Cabral, se ele deve ter tido o mesmo sentimento quando o Lulla falou para ele (Sergio) dormir tranquilo em relação aos royalties para o Estado do Rio. Em Minas a campanha não é diferente. A diferença é: quem é petista acha que Lulla deve estar para o PT assim como as pessoas do PT realmente estão à disposição para Lulla. Mas, não.

As pessoas petistas até estão para Lulla, mas Lulla, está para... o poder.

Flávio Cesar Pigari flavio.´pigari@gmail.com

Jales

________________________________

COMPETÊNCIA

O ex-ministro da Justiça, e criminalista de primeiríssima cepa, Márcio Thomaz Bastos, já defendeu a megaconstrutora internacional Camargo Corrêa (R$ 15 milhões de honorários), a dona da Daslu (R$ 1 bilhão de sonegação fiscal) e livrou a cara de muitos mensaleiros. Para coroar sua brilhante carreira, só falta ser um defensor exitoso do presidente Lula na Justiça Eleitoral.

Conrado de Paulo conrado.paulo@uol.com.br

Bragança Paulista

________________________________

ESTAMOS NA FILA

O presidente Lula da Silva ainda não concedeu o aumento de 7,72% aos aposentados porque só o fará próximo das eleições... Afinal, ele sabe que os aposentados também votam!

Virgílio Melhado Passoni mmpassoni@gmail.com

Praia Grande

________________________________

CADÊ AS NOTAS DO ENEM 2009?

Já estamos no mês de junho de 2010 e o Ministério da Educação ainda não divulgou as notas das escolas no ENEM/2009 (Exame Nacional do Ensino Médio). Será que isso não é uma forma de proteger as escolas medíocres e os governos que não investiram na Educação?

Os brasileiros têm o direito de conhecer o desempenho das escolas, principalmente em um ano eleitoral, tanto para avaliar o que foi feito quanto para cobrar compromissos dos candidatos.

Mauro Alves da Silva, coepdeolho@yahoo.com

São Paulo

________________________________

HUMILHAÇÃO

Nunca tive muita simpatia pelo Alckmin, mas vendo as humilhações que ele tem que passar para chegar ao governo paulista, fiquei solidário, pois eu já passei por isso. Como funcionário do governo, terceirizado, fui humilhado por um funcionário comissionado, mas como eu precisava do trabalho tive que ficar quietinho. Nós sabemos que quem manda é ele, o Serra. Os jornais relatam que toda a sua campanha política depende do Serra, Como pode um candidato a governador não ter voz ativa na sua própria campanha? Será que vale a pena tanta humilhação? Vale pra mim por dois salários mínimos, imagine para ele, quantos salários....!

Anderson Aparecido dandersonaparecido@yahoo.com

Hortolândia

________________________________

RECEITA FISCALIZA OS 66 MIL MAIS RICOS

Eu sugiro que a Receita comece fiscalizando seus próprios fiscais. É claro que não vai encontrar nada em nome deles, mas poderiam fiscalizar parentes, amigos, etc.

Em segundo lugar, os contribuintes que moram de locação de empresas com sede no exterior.

Em terceiro, senadores, deputados federais e estaduais, governadores, prefeitos, ou seja, políticos em geral, sem esquecer os parentes, amigos, etc.

Podem fiscalizar os mais ricos, mas o cara, além de ser rico, tem que ser burro se continuou sonegando Imposto de Renda.

Ronaldo José Neves de Carvalho rone@roneadm.com.br

São Paulo

________________________________

ELEIÇÕES 2010

Em outubro próximo vamos votar para escolher presidente da República, senadores, deputados federais e estaduais e ainda governadores de estado. No Brasil, as paixões sempre se sobrepõem à razão e os eleitos comportam-se de maneira fisiologista e egoísta. São poucos os que veem a política como algo nobre e belo. Não sei se o Brasil continuará as mudanças de Lula.

Só sei que o povo sofre com a falta de saúde e educação. Votar bem é dever de quem ama seus filhos e netos.

Paulo Roberto Girão Lessa paulinhogirao@uol.com.br

Fortaleza

________________________________

QUANTO VALE A MARCA?

Fato curioso no ranking da Interbrand a ausência da marca Vale. Com todo o respeito para os critérios da Interbrand, que conseguiu avaliar com precisão até a quinta casa o valor das marcas, e para os últimos colocados nessa classificação, aonde foi parar a marca do gigante da mineração? Isso sem falar em Telesp, Pão de Açúcar, etc.

Alexandru Solomon asolo@alexandru.com.br

São Paulo

________________________________

Justiça terrena

Representando uma instituição com a credibilidade seriamente abalada, o papa pede desculpas formais ao Papai do Céu, mas nós, cidadãos normais e de mente saudável, temos obrigação de exigir punição para os pedófilos. As autoridades e a sociedade têm que entender que não adianta os superiores afastarem esses celerados da Igreja. Nas ruas e no ócio, esses criminosos continuarão a extravasar sua tara, a caçar suas vítimas, a navegar por sites pornográficos e a colecionar milhares de fotos indecentemente explícitas com menores.

Mesmo que saibamos, por pesquisas, que há predadores sexuais mais asquerosos, como pais biológicos, padrastos e avós, a pedofilia que grassa na Igreja não é menos condenável. As vítimas desse crime hediondo devem, judicialmente, sangrar o cofrinho da Igreja. Assim, ela não conseguirá sentar sobre anos e anos de descuido e negligência na seleção e formação do clero, seja por Hetero ou por Homossexuais, mas mentalmente insanos e deformados.

Flavio Marcus Juliano opegapulhas@terra.com.br

São Paulo

________________________________

BELA ATITUDE

O mesmo papa que perguntou, ao entrar em Auschwitz, onde estava Deus naqueles dias, hoje frente a 15 mil sacerdotes, pede perdão pelos crimes hediondos cometidos por seus pares. Que frutifique esse tipo de atitude.

Luiz Nusbaum, lnusbaum@uol.com.br

São Paulo

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.