Fórum dos Leitores

FUGINDO DA JUSTIÇA

O Estado de S.Paulo

18 Fevereiro 2016 | 02h55

O ‘cara’

Quer dizer, então, que o “cara” e a ex-primeira dama foram salvos na bacia das almas no último minuto da prorrogação – para usar uma metáfora futebolística, que ele tanto adora – com uma liminar concedida pelo conselheiro do CNMP Valter Shuenquener de Araújo, a pedido do cumpanheiro Paulo Teixeira? Só esperamos que no resultado final desse jogo não haja virada de mesa.

GIOVANI LIMA MONTENEGRO

giovani.limamontenegro@gmail.com

São Paulo

Santa inocência...

Estranho alguém entrar com liminar solicitando o adiamento da audiência para provar a inocência do depoente...

CRISTIANO WALTER SIMON

cws@amcham.com.br

Carapicuíba

Questão de ordem

Por que será que o homem “mais honesto” do Brasil vive fugindo da Justiça?

LUÍZ FRID

luiz.frid@globomail.com

São Paulo

Réu confesso

Os Da Silva (tornozeleira à parte) têm de entender que fugir do testemunho, em última análise, é ser réu confesso.

MARCOS CATAP

marcoscatap@uol.com.br

São Paulo

O sr. Lulla, que se diz paladino da moral e da ética em nosso país (pobre de nosso país...), apenas confessou que não tem como explicar o que é inexplicável. Essa fuga do depoimento a que estava intimado, arquitetada pelos brilhantes advogados que o cercam, provavelmente também bancados pelos “amigos”, deixa-nos a certeza de que para essa camarilha the game is over.

ARIOVALDO MARQUES

arimarques.sp@gmail.com

São Paulo

Cumpra-se a lei

O cancelamento dos depoimentos de Lula e sua esposa, para esclarecer suposta ocultação de patrimônio relativa ao tríplex no Guarujá, só fez acirrar os ânimos e demonstrar que a tentativa de postergar e trazer confusão aos julgamentos, investigações ou depoimentos é chover no molhado, porque eles serão realizados, mais cedo ou mais tarde. Os promotores já adiantaram que vão tentar reverter o cancelamento para que possam “cumprir o objetivo de apurar os graves fatos envolvendo pessoas que se consideram acima e à margem da lei, algo que não pode ser subtraído da honesta sociedade civil brasileira”. Bingo! Creio que a turma do PT podia ter passado sem essa, porém faz tudo para transtornar as corretas movimentações da Justiça. Essa vergonhosa atitude diante de evidências, fatos e obviedades, para ganhar tempo, vai nos deixando desgastados e enojados. Afinal, são evidências, fatos e obviedades! Que a lei se cumpra de uma vez por todas!

MYRIAN MACEDO

myrian.macedo@uol.com.br

São Paulo

Patrimônio sob suspeita

Sobre o sítio em Atibaia e o tríplex no Guarujá, disse o ex-presidente Lula: “Não aguento mais falar disso”. Então, não entendi o motivo de ele ter solicitado adiamento de seu depoimento a respeito desse assunto. Já poderia ter resolvido tudo ontem.

MARCELO L. Z. BERNABE

zbernabe@hotmail.com

São Paulo

Chicana

Se o Lula não aguenta mais falar sobre esse assunto, menos ainda o povo brasileiro, que esperava ansiosamente que ele e sua esposa dessem explicações convincentes e esclarecedoras sobre o apartamento no Guarujá e o sítio em Atibaia. Mas parece que por não ter nada a dizer e agindo tal e qual Eduardo Cunha, por intermédio de um pau-mandado ele se utilizou de uma chicana para postergar seu depoimento ao Ministério Público de São Paulo. Quem cala consente!

CELSO NEVES DACCA

celso dacca@gmail.com

Sao Paulo

Pixuleco

Quem não aguenta mais tais assuntos na mídia somos nós. O “pixuleco” não compareceu ao depoimento no Fórum Criminal, mas enviou seus militantes e black blocs para agressões e derramamento de sangue. A questão não é ter complexo de vira-lata, é ser vira-lata (com todo o respeito à espécie canina). Se ele fosse uma alma “onesta”, não teria mais de 20 advogados. Sua batata está assando!

CELSO DE CARVALHO MELLO

celsosaopauloadv@uol.com.br

São Paulo

Guerra de torcidas

O estopim está aceso, queira Deus que apareça alguém que consiga apagá-lo.

VIRGÍLIO MELHADO PASSONI

mmpassoni@gmail.com

Jandaia do Sul

Convite

Quando será que Lula, a convite do juiz federal Sergio Moro, vai visitar José Dirceu, João Vaccari Neto e outros grandes amigos de longa data?

HUMBERTO SCHUWARTZ SOARES

hs-soares@uol.com.br

Vila Velha (ES)

Amigos?!

Lula não tem amigos. Ele tem é cúmplices.

DIONYSIO VECCHIATTI

dio.vecchiatti@terra.com.br

Valinhos

Quero ser Lula

Acho que um dos principais estragos causados por Lula ao Brasil, em sua passagem pela política nestas últimas quatro décadas, é que um dia, quando se indagar a uma criança mais esclarecida o que ela quer ser quando crescer, responderá algo mais ou menos assim: “Eu quero ser um Lula. Ele tem amigos que o deixam morar de graça, por anos, em suas casas. Ele ganha muitos presentes. As pessoas asfaltam as estradas e instalam antenas de celular perto do sítio que não é dele. As empresas pagam horrores para ouvi-lo falar. Ele tem ótimos advogados, que competem para atendê-lo sem cobrar. Ele tem muitos companheiros que, recebendo em pagamento apenas o transporte e um sanduíche de mortadela, topam ficar protestando o dia inteiro por ele, debaixo de sol, durante a semana, sem precisar trabalhar”. Quando isso acontecer, saberemos que qualquer esperança de que o Brasil um dia integre a comunidade civilizada de nações estará perdida.

LUIZ AUGUSTO MÓDOLO DE PAULA

luaump@yahoo.com.br

São Paulo

Jornalismo investigativo

Já foi descoberto quem fez a cozinha do sítio em Atibaia. Pergunto: quem fez a adega?

IVO DE ALMEIDA PRADO XAVIER

ivoaprado@terra.com.br

São Paulo

Cartas selecionadas para o Fórum dos Leitores do portal estadao.com.br

 

TRÂMITES INFINITOS

 

Enquanto Eduardo Cunha (PMDB-RJ) tentava no Supremo Tribunal Federal (STF) fazer seu processo voltar ao início, o Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP) deferia pedido liminar suspendendo os depoimentos de Lula e Marisa Letícia sobre o tríplex do Guarujá. Como se vê, no Brasil, existe tanta manobra entre a verdade e a mentira que o final dos tempos chega muito antes dos devidos esclarecimentos.

 

Ricardo C. Siqueira ricardocsiqueira@globo.com

Niterói (RJ)

 

*

FUGA

 

Liminar suspende depoimento de Lula. Absurdo! Por acaso a liminar também prevê autorização para viagem ao exterior?

 

Maria Lucia Ruhnke Jorge mlucia.rjorge@gmail.com

Piracicaba

 

*

O AUTOR

 

Deputado Paulo Teixeira (PT-SP) é o autor do requerimento que pediu a suspensão do depoimento de Lula. Vou confessar, nunca ouvi falar dele nem de onde veio. Mas nele eu não voto, aliás, no PT nunca mais.

 

Mara Mendes maraherdade@gmail.com

São Paulo

 

*

MEDO

 

Uai, o “homi” mais honesto deste país conseguiu uma liminar para não depor sobre o tríplex do Guarujá. Ficou com medo, Lula?

 

Milton Bulach mbulach@gmail.com

Campinas

 

*

A LIMINAR DE LULA

 

Para quem se diz inocente, para que a liminar?

 

Robert Haller robelisa1@terra.com.br

São Paulo

 

*

TROPA DE CHOQUE

 

Se contra fatos não há argumento, foi lamentável o conselheiro Valter Shuenquener de Araújo ter boicotado a grande oportunidade de Lula provar que é a vivalma mais honesta do Brasil, suspendendo o seu depoimento de quarta-feira, 17/2. A menos que Lula não tenha argumentos! Será que, além de Rodrigo Janot, Shuenquener também faz parte da “tropa jurídica de peso” que Lula contratou para provar sua inocência?

 

Carmela Tassi Chaves tassichaves@yahoo.com.br

São Paulo

 

*

DEPOIMENTO CANCELADO

 

Como assim a “alma mais honesta” do País, Lula, fugiu de enfrentar o promotor Cassio Conserino? Assinou a culpa.

 

Tania Tavares taniatma@hotmail.com

São Paulo

 

*

QUEM DEVE TEME

 

Afinal, a “alma mais honesta” do Brasil, mesmo com uma equipe de advogados enorme e cara, está com medo de enfrentar o Ministério Público Estadual de São Paulo, porque realmente está devendo. Ou teve alguma palestra para dar ontem em alguma construtora amiga?

 

Antônio Carelli Filho palestrino1949@hotmail.com

Taubaté

 

*

O TRÍPLEX

 

Por que será que a “alma mais honesta” deste país está fugindo do depoimento sobre o tríplex, se o apartamento não é dele nem da sua família?

 

Silvio Leis silvioleis@hotmail.com  

São Paulo

 

*

ATÉ TU, CNMP?

 

A suspensão do depoimento de Lula pelo Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP) faz crer que quase todas as instituições no Brasil estão dominadas pelo maquiavélico e corrupto Partido dos Trabalhadores (PT). São poucos os “heróis da resistência”, como o juiz Sérgio Moro e o promotor Cassio Conserino. O projeto de poder do PT no Brasil representa o ápice do “marxismo cultural”, gestado pelo diabólico italiano Antônio Gramsci (1891-1937), que pode ser assim resumido: destruir a família, a economia, a imprensa livre, a oposição, o sistema educacional, o Ministério Público e todas as demais instituições, inclusive as legislativas e judiciárias, e, a partir dessas ruínas, promover um encastelamento perpétuo no poder. O CNMP está criando um corvo que um dia lhe comerá os olhos.

 

Túllio M. Soares Carvalho tulliocarvalho.advocacia@gmail.com

Belo Horizonte

 

*

QUEM NÃO DEVE...

 

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva se nega, a qualquer custo, a responder às questões relativas ao sítio por ele “frequentado” em Atibaia, bem como o tríplex no Guarujá e a suposta compra de medidas provisórias em seu governo. Fez o presidente do PT, Rui Falcão, voltar atrás quando este agendou esclarecimentos no tal “conselho consultivo” e orientou Dilma Rousseff a defendê-lo sem argumentar (?!), idem para o PT. Na manhã de ontem, quando o ex-presidente deveria prestar esclarecimentos no Fórum Criminal da Barra Funda sobre o tríplex, eis que uma liminar o salvou desta. Afinal, que irá dizer a defesa de Lula? Contra fatos não há argumentos. Fica cada vez mais intrigante imaginar o cenário das eleições em 2018: como alguém que não consegue esclarecer a posse de um sítio ou de um tríplex poderá se submeter a um debate presidencial? Já faz certo tempo que Lula só se expõe diante de público comprado, para fazer monografia. Quem não deve não teme... O Brahma tem motivos para ter medo da Justiça? Evidente que a pergunta é meramente retórica.

 

Elias Menezes elias.natal@hotmail.com

Nepomuceno (MG)

 

*

TEMPO

 

Depoimento de Lula adiado, podemos esperar uma mentira um pouco mais elaborada...

 

Walter Tranchesi Roriz wtroriz@hotmail.com

São Paulo

 

*

‘AMARELECEU’, É?

 

Aguardávamos, com ansiedade, o depoimento do casal Silva ao Ministério Público. Mas, milagrosamente, um pau-mandado conseguiu interromper – por hora – a “perseguição” à “alma mais honesta” do País. A questão não é o depoimento do inominável – ele iria fazer-se de vítima, como sempre, o coitadinho. O problema seria a ex-primeira-dama, a mudinha: já imaginaram quando ela abrisse a boca, o que poderia aparecer? Logo, foi melhor “amarelecer”, pois não?

 

Aparecida Dileide Gaziolla aparecidagaziolla@gmail.com

São Caetano do Sul

 

*

PROTESTOS PRÓ-LULA

 

Os “Marisinhas” (traídos, mas alegres) foram lá ao Fórum da Barra Funda ontem e levaram borrachadas.

 

Nelson Pereira Bizerra nepebizerra@hotmail.com

São Paulo

              

*

BRIGA DE TORCIDAS

 

Os fatos ocorridos ontem no Fórum da Barra Funda, onde Lula iria prestar depoimento sobre o caso do tríplex no Guarujá, demonstram que, se Lula não fez a transposição do Rio São Francisco, opôs brasileiros contra brasileiros. Pode-se prever no que vai desaguar o “nós” contra “eles”...

 

A.Fernandes standyball@hotmail.com

São Paulo

 

*

INFERNO

 

A cena ontem diante do Fórum da Barra Funda, em São Paulo, foi dantesca: um bando de capetas vestidos de vermelho infernizando as pessoas.

 

Mario Antonio Rossi mario_rossi@uol.com.br

São Paulo

 

*

ELE NÃO AGUENTA MAIS

 

Lula diz que não aguenta mais falar sobre o tríplex do Guarujá nem sobre o sítio em Atibaia. Que tal, então, vir a público e contar a verdade, sem embromação? Certamente, o ex-presidente não tem coragem, pois, caso contrário, não precisaria contratar advogados a peso de ouro nem seria preciso que a presidente da República viesse de Brasília a São Paulo de avião, com despesas bancadas pela população brasileira, para tentar ajudá-lo nas desculpas esfarrapadas. O País com um sem-número de problemas que dependem de sua “incompetência” e ela foge dos problemas reais para emprestar apoio a um senhor envolto em inúmeros negócios nebulosos.

 

Luiz Roberto Savoldelli savoldelli@uol.com.br

São Bernardo do Campo

 

*

FARTOS

 

Se Lula está cheio com a sua situação, imaginem nós, em especial, que nem sequer votamos nele? Chega...

 

Laert Pinto Barbosa laett_barbosa@globo.com

São Paulo

 

*

O ASSUNTO DO MOMENTO

 

Lula não aguenta mais ouvir falar de tríplex e de sítio em Atibaia. Acontece que ele, Lula, é o zika da política nacional.

 

Julio Cirelli jcir@uol.com.br

São Paulo

 

*

A CARAPUÇA DA CORRUPÇÃO

 

A partir do momento em que o PT vem a publico pedir ao povo que mude de assunto, ele está mostrando que não quer ver os quadrilheiros condenados e, ao mesmo tempo, está vestindo a carapuça da corrupção. O que esta turma do PT está querendo é que a mentira vença a verdade...

 

Salésio Hames salesiohames@bol.com.br 

Guaramirim (SC)

 

*

COISA DE MILAGREIRO

 

Diante de acusações de peso relacionadas ao tríplex do Guarujá e ao sítio de Atibaia, Lula utiliza terceiros na sua defesa, como o Instituto Lula, sua persona jurídica. Por quê? Ora, para poder desmentir o que outros dizem. Por que não se defende? Defender o indefensável é coisa para milagreiro, e Thomaz Bastos já não está mais neste mundo. Como explicar a “genialidade” dos filhos do ex-presidente, que só foi revelada ao mundo após a sua eleição em 2002?

 

Jair Nisio jair@smartwood.com.br

Curitiba

 

*

RESPOSTA CABAL

 

Segundo o Instituto Lula, o ex-presidente e seus advogados preparam uma resposta cabal sobre a situação do sítio em Atibaia. Cabal é a admissão de culpa implícita na solicitação de adiamento do depoimento dele e da esposa. Afinal, se para nós, mortais, quem não deve não teme, qual é o receio do homem mais honesto do País?

 

Luciano Harary lharary@hotmail.com

São Paulo

 

*

A ANTENA DE LULA

 

O grande estadista ético Lula, o ex-presidente orador, disse que não usa telefone celular? Então a empresa Oi instalou uma antena de celular no valor de R$ 500 mil a 150 metros do sítio em Atibaia por quê? E os parasitas do PT ainda defendem o ex-presidente! Quando Lula cair, vai ser difícil segurar a coisa. Será que foi Fernando Henrique Cardoso que pediu para instalarem a torre, para quando fosse lá ao sítio também? Afinal, amigos antigos brigam, mas devem ter muita coisa em comum.

 

Antonio Jose G. Marques a.jose@uol.com.br

Rio de Janeiro

 

*

NO CÍRCULO DE LULA

 

Aproveitando a amizade e a ingenuidade do sr. Lula da Silva, políticos inescrupulosos, funcionários de alto escalão, empreiteiros de obras públicas e outros mais, por anos a fio, dilapidaram os cofres da Nação via Petrobrás, no que hoje é considerado o segunda maior caso de corrupção do mundo. Isso tudo sem que nada fosse conhecido do pobre e inocente Lula. Para traidores deste naipe, pena máxima. Com a palavra, o sr. presidente do PT.

 

J. A. Martins dp@ralombardo.com.br

Campinas

 

*

PROVAS

 

O presidente nacional do PT, Rui Falcão, insiste em defender o indefensável e claramente culpado ex-presidente Lula. O acumulado de provas que envolvem tanto o sítio de Atibaia quanto o apartamento do Guarujá é mais do que suficiente para banir o ex-presidente do cenário político nacional, juntamente com todos os seus aliados e ministros puxa-sacos.

 

Arnaldo de Almeida Dotoli arnaldodotoli@hotmail.com

São Paulo

 

*

LULA PRECISA EXPLICAR

 

O presidente do PT, Rui Falcão, declarou na reunião do conselho consultivo do partido que o ataque a Lula é um ataque a todo projeto de Nação que se assente na busca de justiça, igualdade, liberdade, inclusão. Colocação apelativa e rasteira, que não convence mais nem a militância do próprio partido. A questão é que Lula precisa explicar, se é que existe explicação, as evidências gritantes que existem contra ele. Se ele não aguenta mais falar nisso, o povo também está cansado da ladainha enfadonha do PT.

 

Luciano Harary lharary@hotmail.com

São Paulo

 

*

ATAQUE À DEMOCRACIA

 

Em declaração na mídia o sr. Rui Falcão, presidente do PT, disse que querer investigar e apurar o que o ex-presidente Lula fez e continua fazendo de errado em setores importantes de nossa economia é um ataque claro às instituições democráticas. Vamos deixar aqui bem claro que ataque à instituição democrática é deixar o povo sem saúde, sem segurança, sem emprego, com inflação galopante, sem esperança de dias melhores e pagando tributos os mais altos do mundo, e ainda ter de assistir a este governinho do PT enviando R$ 1,8 bilhão para o Haiti, construindo o metrô de Caracas, na Venezuela, construindo o Porto de Mariel, em Cuba, perdoando dívida do Equador, entregando subsidiária da Petrobrás para a Bolívia, e isso sem falar de 4 mil médicos cubanos que recebem R$ 2.700,00 no Brasil nós pagamos R$ 10 mil para Cuba por seus serviços. Está mais do que na hora de fazer uma investigação a fundo no PT e escancarar de vez a podridão deste partidinho vendilhão da Pátria.

 

Urias Borrasca urias@mercosulrefratarios.com.br

Sertãozinho

 

*

RALO ABAIXO

 

As grandes “conquistas sociais” do sr. Lula da Silva não precisaram mais que de um par de meses para ir pelo ralo abaixo. A falada “nova classe C” voltou a ser D e E em menos de dois meses, senhores. Essa é a realidade.

 

M.Cristina Rocha Azevedo crisrochazevedo@hotmail.com

Florianópolis

 

*

APARELHO DE ESTADO

 

Na última manifestação em defesa de Lula, Rui Falcão, presidente do PT, traído por sua previsível lógica petista, acusou “setores do aparelho de Estado capturados pela direita”. Corretíssimo o presidente do PT. Não, claro, pelo sentido esdrúxulo da frase, mas sim pelo uso do termo “aparelho”, que nos tristes tempos da ditadura militar era utilizado para se referir a um grupo de militantes cujo objetivo, mediante a utilização de atos criminosos, era a destruição do governo. E não é que conseguiram? Foram, aliás, bem além. Graças ao PT e seus aliados, o Estado se tornou hoje um imenso aparelho tomado por militantes com enorme poder de destruição por meio de atos criminosos.

 

Lazar Krym lkrym@terra.com.br

São Paulo

 

*

INDIGNAÇÃO

 

Continuo indignado com a corrupção nas estatais brasileiras; com a incompetência no combate ao mosquito transmissor da dengue e do zika; e com a falta de confiança na economia e na política. Agora, fico indignado com os superssalários pagos no serviço público. Tem gente no governo que chega a ganhar R$ 185 mil por mês. Tem gente que ganha acima do teto constitucional, de R$ 33.700,00/mês. Pois é, a minha indignação é tamanha que sinto vontade de vomitar quando vejo, toda hora, os políticos da situação quererem fazer a reforma da Previdência. Desculpem-me, é por isso que cada vez mais as pessoas estão indo embora do Brasil!

 

José Martin jolumar1950@gmail.com

São Paulo

 

*

A REPÚBLICA DOS PRIVILÉGIOS

 

Num dos momentos mais críticos das finanças públicas, ressurge a questão dos superssalários. Revela-se que o simples cumprimento da norma constitucional que limita os salários do funcionalismo a R$ 33,7 mil mensais (o que ganha o presidente do Supremo Tribunal Federal) economizaria R$ 10 bilhões por ano, o equivalente ao que o governo pretende arrecadar com a recriação da CPMF. Procuradores do Ministério Público Federal recebendo R$ 62 mil, funcionários do Superior Tribunal de Justiça com mais de R$ 100 mil mensais e outros disparates como procuradores de órgãos públicos que, depois de recebidos salário e gratificações em vantagens do cargo, ainda gozam a sucumbência dos processos onde atuaram em nome da administração. É a República dos privilégios. A Constituição, como Lei Maior, deveria ser rigorosamente respeitada. Não há razão para alguém – não interessa quem e onde esteja – ganhar dos cofres públicos entre três e quatro salários mínimos por dia, enquanto boa parte da população ganha apenas um por mês e, muitas vezes, menos do que isso. É certo que todos os titulares de superssalários têm uma boa justificativa legal para o valor elevado. Mas ela não pode prevalecer, em nome da democracia, da economia e até da moral. Afinal, também é constitucional o princípio de que todos são iguais perante a lei. Cadê a igualdade?

 

Dirceu Cardoso Gonçalves  aspomilpm@terra.com.br

São Paulo

 

*

TORTURA NUNCA MAIS!

 

Essa prática odiosa nunca morre. Os Poderes Executivo e Legislativo insistem em torturar os contribuintes e os que trabalham e pagam impostos neste Brasil nosso de cada dia. A Presidência da República e os nossos parlamentares, ambos especialistas em tortura, parecem querer aplicá-la em 200 milhões de brasileiros. Esclarecendo: querem voltar com a CPMF e fazer a enésima reforma da Previdência. Somos torturados diariamente com as alegações de que “é para o bem do País”, que “precisa ser feito” e que “é preciso encarar”. A CPMF seria fazer com que o contribuinte, que já está insuportavelmente “pendurado” no “pau de arara” do pagamento de impostos, tenha de suportar mais uma CPMF. Não dá mais para aguentar, vamos arrebentar. A reforma da Previdência seria impingir nos trabalhadores mais um “choque elétrico”. Isso porque só de pensar que vão mexer mais uma vez nas regras, aumentando mais uma vez a incerteza, a dúvida, aquele que está para se aposentar ou que está no meio do tempo etc. entra em pânico e começa a tremer de medo. É claro que estes assuntos são importantes e precisam ser discutidos. Porém não agora, quando a Presidência da República está com a espada do impeachment apontada sobre a sua cabeça e o Parlamento está com a espada da cassação e outras coisas mais graves apontadas sobre a cabeça de alguns de seus integrantes, ou, pior ainda, de alguns de seus líderes. Num clima destes, não há espaço para uma discussão serena que esses assuntos impõem. Sempre vão pairar as dúvidas sobre “em que termos foram selados os acordos” ou “em que condições foram aprovadas as medidas”. O clima será de total desconfiança e revolta. O Brasil precisa de competitividade: vem mais um imposto do naipe de uma CPMF, que é fácil de arrecadar, que somente repõe a arrecadação que diminuiu exatamente por ter sido criado, pois diminui os negócios ao deixar nossa indústria ainda menos competitiva. O Brasil precisa de trabalhadores que saibam exatamente quais são as regras para sua aposentadoria: aí vem uma reforma da Previdência que somente enxerga o lado da matemática financeira e/ou interesses políticos impublicáveis, deixa de lado a Justiça que comanda a mente humana e, depois, precisa fazer outra reforma para corrigir a bobagem feita anteriormente, pois a matemática e a política foram atropeladas pela realidade da Justiça. E tudo isso feito num clima de total descalabro moral por que passam o Executivo e o Legislativo, que não inspiram a menor confiança de que vão fazer a coisa certa. Não é hora de discutir esses assuntos. Isso é tortura. Tortura nunca mais!

 

Salvador Bordieri Neto sbordierineto@gmail.com

Sorocaba

 

*

UMA CPMF PARA MIM

 

Pois é, “presidenta” Dilma, eu também já cortei muitas despesas, mas o meu orçamento não está fechando, pois a inflação está corroendo o meu salário, que não foi corrigido até o momento. Já que o governo está de acordo com o aumento da alíquota da CPMF para que haja distribuição de recursos também entre Estados e municípios, será que poderiam aumentar um pouquinho mais e me incluir no rateio do valor arrecadado? Na época de Guido Mantega no Ministério da Fazenda, não vencia comprar pó de arroz para maquiar os números. Atualmente, haja óleo de peroba para tanta cara de pau.

 

Maria Carmen Del Bel Tunes carmen_tunes@yahoo.com.br 

Americana

 

*

APELAÇÃO ABJETA

 

É inacreditável que um ministro de Estado tenha feito o pronunciamento que fez o ministro da Justiça, ao declarar que “a CPMF é importante para conter avanço do Aedes”. E disse mais: “Temos de ter uma conscientização de que, neste momento que o Brasil vive, a aprovação desse tributo é muito importante. Nós não temos outra forma de produzir recursos para desenvolver atividades como esta”, referindo-se, claro, ao mosquito. Foi uma apelação abjeta, que não cai bem a um ministro de Estado. O País não precisa da CPMF para combater o mosquito. Quem precisa desesperadamente é o governo, para tentar consertar as consequências de todas as maracutaias efetuadas, tanto aquelas que afundaram as finanças da Petrobrás quanto outras realizadas para esconder a realidade da nossa economia, para não atrapalhar a reeleição do pior governo que tive de aguentar em minhas sete décadas de existência. O governo pode muito bem remanejar verbas destinadas a outras despesas menos importantes. Enquanto a presidente não mudar radicalmente o seu modo de agir, a aprovação da CPMF é um verdadeiro crime de lesa Pátria. E, se os congressistas ousarem aprová-la, certamente terão sua carreira política fadada ao fim. O atual governo não tem moral de pedir um aumento de carga tributária para a população, enquanto não cortar as suas despesas – o que acaba de adiar mais uma vez – e reduzir o número indecente de ministérios e funcionários comissionados. Também cabe lembrar que a presidente não impediu que os congressistas aprovassem um aumento imoral da chamada verba partidária, cuja única finalidade é encher os bolsos de partidos políticos nanicos que não representam ninguém e muito menos uma ideologia, qualquer que ela seja. Uma declaração desse naipe, em meio ao risco de uma epidemia perigosíssima, tentando o convencimento pelo medo, é definitivamente imoral.

 

Gilberto Pacini benetazzos@bol.com.br

São Paulo

 

*

DÉCADAS DE ABANDONO

 

De acordo com as declarações da presidente Dilma de que o Brasil está “correndo atrás de décadas de abandono da questão do saneamento” e de que “nos últimos tempos, nós fizemos mais saneamento do que nunca na história deste país”, concluo: só faltam mais 13 anos para o Brasil ter 100% de coleta e tratamento de esgoto, sem contar 100% de domicílios com água tratada. Engana, que o povo gosta!

 

José Gilberto Silvestrini jgsilvestrini@gmail.com

Pirassununga

 

*

BLÁ BLÁ BLÁ

 

Se marketing e blá blá blá fossem inseticida, o Aedes aegypti já teria sido erradicado há muito tempo.

 

Eduardo A. Delgado Filho e.delgadofilho@gmail.com

Campinas

 

*

SANEAMENTO MORAL

 

É do conhecimento de todos ser o nosso país um esgoto a céu aberto. Porém, o problema de maior gravidade é a ausência de saneamento moral dos políticos que infestam o Congresso Nacional, governos e prefeituras. Não existe repelente que acabe com esta classe vergonhosa.

 

Vitorio Pasqual soldano@uol.com.br

São Paulo

 

*

INACREDITÁVEL

 

Enquanto o País se desdobra no combate ao Aedes aegypti e tenta evitar o avanço da epidemia de zika vírus, dengue, etc.; enquanto o Brasil sofre com a falta de diversas vacinas e com novo surto de H1N1; enquanto se anuncia o “zika day” com a participação de diversos ministros, claro sinal de querer aparecer na mídia, a “gerentona” autoriza, em edição extra do “Diário Oficial” da União, o licenciamento de seu ministro da Saúde, Marcelo Castro, para que possa votar, na Câmara dos Deputados, no novo líder do PMDB da Casa, que é da sua turma. Enquanto outros ministros, que deveriam estar tentando salvar o Brasil de uma catástrofe econômica, vão fazer jogo de cena na Saúde, o ministro da pasta vai fazer política. Dá para acreditar? 

 

Éllis A. Oliveira elliscnh@hotmail.com

Cunha

 

*

O MINISTRO SUMIU!

 

Com o aval da presidente Dilma Rousseff, o ministro Marcelo Castro resolveu voltar a ser deputado federal temporariamente. É para poder votar no deputado Leonardo Picciani, aliado na votação contra o impeachment de Dilma Rousseff. Suas responsabilidades diante dos surtos de vírus de dengue, zika e chikungunya, que estão ameaçando a população e abalando a imagem do Brasil, ficam para trás. Crise? Que crise?

 

Omar El Seoud ElSeoud.USP@gmail.com

São Paulo

 

*

O MINISTRO E O VOTO

 

Não se pode mesmo ter esperança num governo que permite que seu ministro da Saúde (“atchim!”) se afaste do cargo, em meio a uma grave epidemia, para garantir um voto a mais na bancada do Congresso. Descaso com a sociedade, irresponsabilidade costumeira. Salve-se quem puder! Estamos pagando um preço alto demais para viver no “paraíso” das belas praias, do samba e do carnaval.

 

Elisabeth Migliavacca elisabeth448@gmail.com

São Paulo

 

*

LICENCIADO

 

Ainda bem que a nossa guerra é contra a zika. Já imaginaram o ministro do Exército se licenciando para votar no Congresso?

 

Moises Goldstein mgoldstein@bol.com.br

São Paulo

 

*

ELEIÇÃO NA CÂMARA

 

Os deputados do PMDB na Câmara devem escolher entre Hugo Motta (amigo de Eduardo Cunha) e Leonardo Picciani (amigo de Dilma Rousseff). 

 

Milan Trsic cra612@gmail.com

Ribeirão Preto

 

*

QUEM PAGA O ADVOGADO?

 

O presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha, tem um ótimo advogado de defesa. Quem paga os honorários do sr. Marcelo Nobre? Cunha é acusado de ter recebido dinheiro desviado da Petrobrás. Só falta descobrirmos que o seu advogado também recebe indiretamente dinheiro sujo de corrupção da estatal.

 

José Carlos Saraiva da Costa jcsdc@uol.com.br

Belo Horizonte

 

*

TÍTULOS NOTÁVEIS

 

Diz Lula que, se a economia não se recuperar até junho, o povo não mais defenderá este governo. E o magistrado Sérgio Moro comunicou ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) que tem provas de recebimento de propinas por parte do PT nas eleições. Juntando as duas, tem-se o seguinte resultado: o lulopetismo se encontra em completo desespero pela perda do apoio popular e por mais desmoralizações com a confirmação de propinas advindas da Petrobrás para o caixa de campanha da agremiação partidária. Assim, o governo atual e o anterior estão mergulhados no poço da amargura, aberto pela corrupção durante anos. O lulopetismo chora. Mas não seriam lágrimas de crocodilo?

 

José C. de Carvalho Carneiro carneirojc@ig.com.br

Rio Claro

 

*

PROPINA PARA DOAÇÕES ELEITORAIS

 

No mesmo dia da reunião do Conselho Consultivo do PT (15/2), em que  o presidente do PT, Rui Falcão, afirmava que o partido se manifestaria contra uma série de atentados ao Estado Democrático de Direito ocorrida durante as investigações da Operação Lava Jato, o juiz federal Sérgio Moro informava que tinha provas mais que suficientes do direcionamento no esquema da Petrobrás para doações eleitorais registradas e não registradas para vários partidos. No caso do PT, há  provas concretas de um suposto repasse de R$ 4 milhões via o tesoureiro do partido, João Vaccari Neto, já condenado a 15 anos de prisão. Pelo visto, as preocupações no Planalto estão aumentando gradativamente, e o caso do impeachment da presidente Dilma poderá voltar à tona novamente.

 

Edgard Gobbi edgardgobbi@gmail.com

Campinas

 

*

O FIO DA MEADA

 

Depois da Medida Provisória (MP) 703, assinada pela presidente Dilma no apagar das luzes de 2015, a deixa exposta a investigações, porque libera as “empreiteiras de culpa em caso de corrupção”. Pela lógica desta MP, todas as empresas nacionais que estiverem inadimplentes, sem condições de cumprir com seus compromissos, apenas os proprietários e diretores deverão responder pelas dívidas, deixando com que as empresas com cadastro limpinho continuem a solicitar todo tipo de empréstimos e negócios, como se ela fosse uma empresa sadia. Fora que essa MP terá total aprovação no Congresso. É o mesmo que jogar doce na boca de criancinha. Mas estaremos de olho e queremos o nome de todos os que a aprovarem. Aí basta a Polícia Federal puxar o fio da meada!

 

Beatriz Campos beatriz.campos@uol.com.br

São Paulo

 

*

CASSAÇÃO

 

Se o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, não vê gravidade para cassar o mandato de Dilma Rousseff, mesmo diante de tantas evidências, quem tem de ser cassado é ele.

 

Fernando Fenerich ffenerich@gmail.com

São Paulo

 

*

JANOTAGENS

 

Primeiro, foi no mínimo falta de educação protocolar ao não mencionar em solenidade um representante de um dos poderes do Legislativo. Indesculpável. Problemas pessoais resolvem-se no papo ou no tapa. Segundo, a omissão quanto à denúncia e inconstitucionalidade dessa nojenta medida provisória para proteger os financiadores do PT. Coragem, procurador!

 

José Luiz Tedesco wpalha@terra.com.br

Presidente Epitácio

 

*

DESCONFIANÇA

 

Começo a desconfiar do procurador-geral da República, Rodrigo Janot. Afinal de contas, ele está a favor do cumprimento das leis e da nossa Constituição ou também está a serviço deste governo corrupto e nefasto? Suas últimas manifestações assustam.

 

José Roberto Iglesias rzeiglesias@gmail.com

São Paulo

 

*

AMARELOU

 

Sobre o pedido de arquivamento de ação contra Dilma e Temer, ôôôô, o Janot amarelou!

 

Wilson Cassio Cavazzani cavazzani@hotmail.com

São José dos Campos

 

*

ESCLARECIMENTO

 

Sérgio Moro, a Polícia Federal e o Ministério Público têm o dever de esclarecer à opinião pública se é verdade ou não o depósito feito por Rosemary Noronha em 2012 de € 25 milhões (isso mesmo, 25 milhões de euros) no Banco Espírito Santo na cidade do Porto, em Portugal. Pelo que se diz, está tudo documentado, fácil de rastrear, pois foi contratado um carro-forte para o transporte do aeroporto ao banco. Se for verdade e o dinheiro tiver procedência legítima, no mínimo, houve evasão de divisas de R$ 110 milhões. E quem sabe não seria consequente de achaque à Petrobrás?

 

Humberto Schuwartz Soares hs-soares@uol.com.br

Vila Velha (ES)

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.