Fórum dos leitores

DILMA ROUSSEFF NOS EUA

O Estado de S. Paulo

28 Junho 2015 | 07h39

A presidente Dilma Rousseff deveria desembarcar nos Estados Unidos munida de um "habeas corpus" preventivo. Seria um desastre sem precedentes a presidente da República ser presa em território americano pela sua responsabilidade nos crimes cometidos na Petrobrás e que lesaram norte-americanos. Não se descarta a hipótese de confisco do avião presidencial para ressarcir os investidores lesados pelas ações criminosas da Petrobrás. O cerimonial da Presidência deve estar preparado. 

Mário Barilá Filho mariobarila@yahoo.com.br 

São Paulo

*

ASILO POLÍTICO

A coisa está tão ruim para a presidente Dilma Rousseff que é capaz de ela pedir asilo político para o Obama.

Luiz Frid luiz.frid@globomail.com 

São Paulo

*

GRANDE CONQUISTA DO BRASIL

Na sua viagem aos EUA, dona Dilma vai tentar convencer o Mc Donald's a servir mandioca frita na sua rede mundial de restaurantes.

Sergio S. de Oliveira marisanatali@netsite.com.br 

Monte Santo de Minas (MG)

*

VISITA DE ESTADO

Se em Português Dilma Rousseff fala tanta besteira, imaginem em inglês!

  

Robert Haller robelisa1@terra.com.br 

São Paulo

*

FALÊNCIA DA PÁTRIA EDUCADORA

A falência da Pátria Educadora está sacramentada quando a sua genitora reverencia a mandioca como uma das maiores conquistas do Brasil e, ato contínuo, cria uma nova espécie humana: "mulheres sapiens". O seu criador, Lula, tem orgulho de nunca ter lido um livro; já a criatura, Dilma, tem orgulho em falar sandices asininas. Brasil, sob o comando do "Equus brasilianus asinus" desde 2002.

 

Ataliba Monteiro de Moraes Filho ataliba@outlook.com 

Araçatuba

*

DISCURSO NOS JOGOS INDÍGENAS

Dilma expôs, na abertura dos Jogos Indígenas, sua grande cultura, principalmente histórica, como naquele discurso na Holanda a respeito da Amazônia, quando confundiu a floresta com um mero Estado. Nada novo sobre a sabedoria do "poste" presidente da República brasileira.

Ariovaldo Batista a rioba06@hotmail.com

São Bernardo do Campo

*

BOCA FECHADA

Dia do milho, saudação à mandioca, "mulher sapiens"... A "competenta presidenta de coração valenta" vai dizer o que em visita oficial aos Estados Unidos? Pelo amor de Deus, segurem a boca desta senhora, para nos poupar de mais vexames!

Aparecida Dileide Gaziolla aparecidagaziolla@gmail.com 

São Caetano do Sul

*

'DILMA SAPIENS'

Análise da trajetória da evolução do caráter e da capacidade administrativa ao longo da história de Dilma. Com a experiência adquirida no assalto ao cofre do Adhemar, em nome de uma suspeita causa, conseguiu que uma quadrilha composta basicamente pelos mesmos "cumpanheros" assaltasse o cofre avaliado entre os dez maiores do mundo, definidamente em causa própria. Com sua experiência na administração falida de uma lojinha de R$ 1,99, conseguiu colocar no caminho da insolvência uma economia situada entre as dez maiores do mundo. E o que dizer do povo que a elegeu como representante de sua espécie?

Edison Ribeiro Pereira edisonribeiro@hotmail.com 

São Paulo

*

MAL MENOR

Por incrível que possa parecer, os bilhões surrupiados pela quadrilha petista liderada por um certo "Brahma" foi um mal menor para o País. Maior e mais duradouro prejuízo foi causado pela incompetência manifesta na administração do Brasil. Nisso este pessoal é imbatível, afundariam até os Estados Unidos.

Luiz Henrique Penchiari luiz_penchiari@hotmail.com 

Vinhedo

*

APERTA-SE O CERCO A DILMA

As tais "esquerdas" estão, tal qual Lula, só cuidando de sua própria sobrevivência política. Quanto à atual ocupante do cargo de presidente da República, parece contentar-se em andar de bicicleta e fazer rápidos discursos desprovidos de conteúdo que faça algum sentido. Seja como for, os principais responsáveis pelo estado deplorável da vida nacional, a atual presidente da República e o ex-presidente da República têm garantido o que a maioria esmagadora da sociedade jamais terá: uma pensão nada desprezível de ex-presidente e funcionários a seus dispor, pagos por nós, para que continuem na mesma vida inútil. Quem está sob cerco apertadíssimo somos nós, cidadãos comuns, cumpridores de seus deveres. A imprensa em muito ajudaria se deixasse tais pessoas no merecido ostracismo. Isso, sim, porá fim a essas tristes figuras e quem sabe poder-se-á encontrar uma saída viável para a Nação.

 

Ana Lúcia Amaral anamaral@uol.com.br 

São Paulo

*

PALAVRAS 'DELLE'

Na semana passada, no Instituto Lula, "elle" disse: "Temos que definir se queremos salvar a nossa pele e os nossos cargos ou se queremos salvar o nosso projeto". Quer dizer o seguinte: e o Brasil que se dane.                                                                                                                                            

Hélio José Cury heliocury@gmail.com

São Paulo

*

'MEA CULPA'

 

Quando Lula critica o partido e Dilma Rousseff, dizendo que eles só pensam em cargos e empregos e que o PT precisa de uma revolução, ele se esquece de que o País precisa, sim, de uma mudança de rumo. E não adianta agora passar de bonzinho, pois no inferno está cheio destes que eram "bons". Hoje, o Brasil sofre de inflação, carestia, desemprego, falta de moradias, cortes de verba para os estudantes, mau atendimento na saúde, na educação, PIB humilhante, etc. Tudo isso por culpa de Lula e de Dilma. E agora não dá para acreditar que, se eles não salvaram o Brasil antes, o salvarão agora. Estamos vivendo esse reflexo dos dois, que só pensam no poder e no próprio emprego, enquanto o povo sofre o desgoverno. O que precisa é ser esclarecida a participação deles no mensalão, no petrolão, na Lava Jato, etc. Que a Suprema Corte entenda que, num país sério, não poderiam jamais passar impunes, eles e toda a corja: Collor, Maluf, Sarney, Renan, etc. O Brasil precisa andar!

  

Nelson Scatena nelson.scatena@hotmail.com 

São José dos Campos

*

AGENDA POSITIVA

A "presidanta" está investindo pesado para sair do "volume morto" da credibilidade. Para a gente, nós outros, a coisa vai ficando cada vez mais cara. O pior é que somos obrigados a vê-la na TV o tempo todo. Quanto dinheiro, via propaganda oficial, estão despejando na mídia sem vergonha? Mas a conta mais alta será ver a quadrilha recuperada, graças aos ignorantes que entram nesta falácia. Haja paciência!

Carlos Eduardo Stamato dadostamato@hotmail.com 

Bebedouro

             

*

O CAMINHO PARA 2018

Lula já começou a preparar seu caminho para 2018: está renegando a criatura (Dilma) ostensivamente e começou a criticar o PT. Próximo passo: iniciar um trabalho de catequização dos "fiéis" para a fundação de um novo partido, longe de toda a lambança em que o governo e o PT se afundaram. Temos de concordar com que o cara é um gênio (sem vergonha, corrupto, covarde e traiçoeiro). Mas sabe manipular o povão.

Geraldo Roberto Banaskiwitz geraldo.banas@gmail.com 

São Paulo 

*

ILUSIONISTA

Pego no mensalão, Lula, de comum acordo com seus principais parceiros e cúmplices no governo, entre eles José Dirceu, deu aquela patética entrevista em Paris dizendo que fora traído e, com essa jogada, bafejado por muita sorte, conseguiu safar-se, dar a volta por cima a ponto de reeleger-se, eleger e reeleger a sua criação, Dilma. Agora, com a vaca muito mais do que tossindo, indo para o brejo, Lula sente que precisa desvincular-se de um governo por ele inventado e avalizado, e começa a soltar duras críticas a Dilma e ao PT. Certamente, previamente combinado com a presidente e com os líderes do partido, com o claro objetivo de preservar-se para a sonhada eleição de 2018. A mesma estratégia usada com sucesso para escapar do mensalão. Será que o povo brasileiro vai cair de novo na conversa desse grande ilusionista?

Ronaldo Gomes Ferraz ronferraz@globo.com  

Rio de Janeiro  

*

CRIADOR E CRIATURA 

Quer dizer que o criador está fugindo da criatura, deixando-a soçobrar sozinha no barco em que ambos estavam? Mas o capitão não é o último a ter de sair?

 

Suely Sabbag ssbbag@hotmail.com 

São Paulo 

*

PULANDO DO NAVIO

Já houve quem dissesse que há pessoas capazes de tudo, mas tudo mesmo, pelo poder, entre estas vários políticos. Há quem diga: quer conhecer o caráter de uma pessoa? Dê-lhe poder. Acrescento: quer conhecer o caráter de uma pessoa? Tire-lhe a chance de reassumir o poder. Podem existir outros motivos para justificar os últimos pronunciamentos, posturas e atitudes do ex-presidente Lula? Ou será hipocrisia e caradurismo de se fazer de vítima e pronto?

 

Luiz Nusbaum lnusbaum@uol.com.br 

São Paulo

*

LULA SCHETTINO

Tal qual o comandante do navio italiano que afundou, Lula foi o primeiro a pular fora do barco, destilando críticas contra seu próprio partido e a presidente, ao perceber que seu projeto de poder baseado em corrupção, incompetência, mentiras e distribuição de bolsas não mais se sustenta. Nenhuma surpresa. Típico dele.

Paulo de Tarso Abrão ptabrao@uol.com.br  

São Paulo

*

AS CRÍTICAS DE LULA AO PT

Lembrando frase dita ao comandante Schettino: "Lula, vada a bordo, cazzo!". Não abandone o seu navio, que começa a fazer água por todos os lados, muito menos jogue a culpa dos desvios de ética e conduta do PT na militância. O PT é Lula tanto quanto Lula é o PT.

Claudio Juchem cjuchem@gmail.com   

São Paulo

*

OUTRAS PALAVRAS

Muito reverberaram na semana passada as declarações de Lula sobre as mazelas do PT e dos "cumpanhêros" que trocaram a "utopia" de antes por bons cargos e salários, mas, aparentemente, passaram despercebidas outras declarações suas, também de agora, a meu ver não menos polêmicas, relativas a assuntos internacionais. Sobre a Líbia, pontificou o chefão petista: "A morte do Kadafi é uma daquelas coisas que não tem explicação para a democracia. Porque a Líbia estava quieta, não incomodava ninguém...". Sobre o Iraque, não deixou por menos: "O Iraque tinha o Saddam Hussein. Por acaso o Saddam alguma vez causou algum problema? Para mim, nunca criou problema. Ele estava lá acreditando nas mentiras dele quando os americanos inventaram que era preciso invadir o Iraque". Confesso enorme dificuldade para entender como alguém, em sã consciência, consegue associar o nome do extinto ditador líbio Muammar Kadafi  a qualquer coisa que lembre "democracia", o que, de per si, deixa claro quão elástico é esse conceito na cabeça de Lula. Quanto ao Iraque, nosso "ex" descrê de que o extinto ditador Saddam Hussein tenha alguma vez causado "problema para alguém". Assim sendo, agora sabemos que a invasão do Kuwait (que precipitou a 1.ª Guerra do Golfo) foi algo irrelevante e os milhares que pereceram naquele conflito, causado exclusivamente pela volúpia expansionista de Saddam, nem devem ser levados em conta.  Tampouco as dezenas de poços de petróleo incendiadas pelo finado líder sunita devem ter causado alguma agressão ao meio ambiente... E que dizer do assassinato em massa de populações curdas, promovido por Saddam com a utilização de armas químicas, banidas pelas normas internacionais? Besteira, Lula deve pensar... Nada disso há de ter incomodado o "grande guia" do Partido dos Trabalhadores, ainda cultuado por milhões de patrícios brazuquinhas. Com gente assim dando as cartas na política brasileira, não é difícil de entender a razão de o Brasil estar, atualmente, no "volume morto".

 

Silvio Natal silvionatal49@gmail.com      

São Paulo

*

SÓ FALTA ENTERRAR

"Estamos no volume morto." Finalmente uma fala séria verdadeira e enfática do ex-líder dos dogmas da ética, se é que o foi, ex-líder do combate a maracutaia, se é que o foi, do salvador da Pátria e/ou descobridor do Brasil. Isso, visto que São Paulo é o túmulo do PT. Lula, finalmente, está certo, mais do que volume morto ele e seus seguidores adestrados estão num profundo e adiantado estado de putrefação. A pesquisa citada de Santo André e São Bernardo do Campo neste caso não mostra um momento factual, e, sim, um evento com característica de um verbo conjugado no presente perfeito. Isto é, começou ontem, está presente hoje e se perpetuará até o fim da decadente forma ideológica de perpetuação no poder. Então, já que as lacraias estão mortas, só falta enterrar.

Alencar Aparecido Rodrigues acquireskills@ig.com.br

Santa Bárbara d'Oeste

*

PROJEÇÃO

Lula, quando falou aos petistas que eles só pensam em cargo, emprego e em serem eleitos, ou seja, em terem poder, na verdade é seu subconsciente que pensa dessa forma. Em Psicologia, a isso se dá o nome de projeção. Freud explica muito bem! "Nunca antes na história deste país" vimos um partido e seu chefe tão desesperados e deprimidos.

 

Roberto Hungria angelinah13@bol.com.br 

Itapetininga

*

A REAÇÃO DOS SENADORES

Os senadores do PT fizeram uma lauda para defender Lula depois que o discurso do mesmo - em que ele colocou o seu partido, Dilma e ele mesmo no "volume morto" e disse que o PT se transformou num "velho e viciado no poder" - veio a público. Na defesa, escreveram os senadores, entre várias louvações, que criticar Lula (oposição, imprensa...) é uma ofensa ao País. Ofensa ao País é enganar o povo com falsas promessas, é empurrar uma pessoa sem competências para governar e querer implantar um regime bolivariano goela abaixo dos brasileiros, entre outros tantos danos na economia que estão tornando a vida do povo num inferno.

Leila E. Leitão

São Paulo

*

A TERRA QUE LHE CABE

 

Lula, agora é tarde para esbravejar sobre o vício de poder, ambição de cargos e salários. João Cabral de Melo Neto escreve: "É a parte que te cabe neste (seu) latifúndio... é a terra que querias ver dividida".

 

Honyldo Roberto Pereira Pinto honyldo@gmail.com 

Ribeirão Preto

*

LEMBRANDO CAZUZA

Mensagem para Lula, Dilma e meliantes do partido: tua piscina está cheia de ratos. Tuas ideias não correspondem aos fatos e o tempo não para. Vocês transformaram um país inteiro num puteiro e ganharam muito dinheiro. Vão embora e deixem o Brasil livre para progredirmos, sermos uma nação justa e buscarmos o caminho da ética.

 

André Coutinho arcouti@uol.com.br

Campinas

*

MACUNAÍMA

São impressionantes o oportunismo e a picaretagem do ex-presidente Lula (PT). Ele tem seus méritos e é inegável o avanço do País nos seus oito anos de governo. Porém, Lula é o principal responsável pelo fato de o PT ter traído seus ideais, jogado a ética no lixo e se tornado farinha do mesmo saco. Agora, que o PT e Dilma estão na berlinda, Lula tenta tirar o dele da reta, como se ele não tivesse nada que ver com o peixe. Lula é um autêntico Macunaíma, sem o menor caráter ou ética. Pelo poder, é capaz de se aliar com Deus e o diabo, sempre na base dos fins justificam os meios. Espero que a Operação Lava Jato vá em frente e que Lula seja denunciado, julgado e condenado pelos crimes cometidos. Ele e também os políticos corruptos do PSDB. Ninguém escapa e nós é que pagamos o pato.

 

Renato Khair renatokhair@uol.com.br 

São Paulo

*

O ÓDIO DOS RESSENTIDOS

O governo do PT roubou demais, segundo o ex-ministro Carlos Lupi. Acredito nele. A política econômica de dona Dilma arruinou o País e produziu inflação, desemprego, recessão e muita infelicidade. Aí vem a bancada petista no Senado falar bobagens como "sórdida campanha", "atitudes antirepublicanas e francamente antidemocráticas". A sórdida campanha é simplesmente a bronca de quem sofre as consequências de um governo corrupto e medíocre. Sórdido foi o que fizeram com a Petrobrás.

Cloder Rivas Martos closir@ig.com.br 

São Paulo

*

DESLUMBRADOS

Agora Lula está detonando com o próprio pessoal do PT e esquece que ele também é um lunático pelo poder - e isso também é cargo. Nesta vida da política, todos que lá estão são deslumbrados por cargos, de preferência bem remunerados.

Wagner Monteiro wagnermon@ig.com.br 

São Paulo 

*

COMO REERGUER UM PARTIDO CORRUPTO

Segundo Lula, a oposição no Brasil é da imprensa. Ele continua defendendo a regulamentação da mídia e fica incomodado com que nove famílias controlem o setor. Por 13 anos o PT controlou o Brasil e deu no que deu. As saúvas petistas acabaram com o País. Lula só vai se contentar quando a família Silva também controlar o setor. O que ele não atura é ficar de fora. Lula pregou uma revolução no PT. Na presença de Felipe Gonzalez, ex-primeiro-ministro da Espanha, Lula disse que o PT perdeu a utopia e que os correligionários "só pensam em cargo, em emprego, em ser eleito", em referência a cargos no governo federal e disputas eleitorais. Já passou da hora de Lula fazer uma reflexão e ver o quanto aumentou em seu governo o número de cargos de confiança. Isso tem um preço. Quem está no governo quer salvar sua pele, seu cargo. Quanto a salvar o projeto, aí já é demais. Gonzalez, a convite de Lula, veio ao Brasil falar sobre a experiência de seu partido ao se reerguer após denúncias de corrupção. Pelo visto, Gonzalez vai sair do Brasil aprendendo como ser corrupto sem ser alcançado pela Justiça, pois aqui é terra de ninguém.

Izabel Avallone izabelavallone@gmail.com 

São Paulo

*

HOJE EM DIA...

Ser petista é debochar da Nação!

Eugênio José Alati eugeniojalati@gmail.com

Campinas

*

PLURALIDADE

Acho importante o PT e os petralhas, mesmo diante de escândalos de proporções surreais e enriquecimentos absurdos de seus semianalfabetos "cumpanheiros", continuarem a ter adeptos. Afinal de contas, sem eles, onde o Brasil estaria? Seria no máximo um país com bom nível de educação, baixa criminalidade e esgoto 100% tratado! Muito sem graça!

Ricardo C. T. Martins rctmartins@gmail.com 

São Paulo

*

SEM FORO PRIVILEGIADO

Um "habeas corpus" preventivo pede que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva não seja preso na Operação Lava Jato. O sr. Maurício Ramos Thomaz, autor da solicitação, fez pedido semelhante para o ex-diretor da Petrobrás Nestor Cerveró. A Constituição da República Federativa do Brasil, no Art. 5.º, enuncia que "todos são iguais perante a lei, sem distinção de qualquer natureza, garantindo-se aos brasileiros e aos estrangeiros residentes no País a inviolabilidade do direito à vida, à liberdade, à segurança e à propriedade...". Dessa forma, como não tem foro privilegiado, Lula pode ser chamado a depor a qualquer momento. Durante o 2.º mandato do governo Lula, no período de 2007 a 2010, o lucro líquido da Petrobrás foi de R$ 120 bilhões e as maiores empreiteiras do País estavam participando de grandes empreendimentos da companhia, como Odebrecht, Andrade Gutierrez, Camargo Corrêa, Queiroz Galvão, OAS, IESA, UTC, entre outras que estão sendo investigadas na Operação Lava Jato.

 

José Carlos Saraiva da Costa jcsdc@uol.com.br 

Rio de Janeiro

*

COOPERAÇÃO

Em vez de pedir um "habeas corpus" preventivo, Lula nos faria um grande favor se cooperasse como todos os que dizem que estão cooperando e estão presos.

 

Moises Goldstein mgoldstein@bol.com.br 

São Paulo

*

INSINUAÇÕES MALICIOSAS

As doações ao Instituto Lula, do ex-presidente, feitas por alguns empreiteiros envolvidos nas investigações da Lava Jato provocaram insinuações maliciosas de alguns oposicionistas. E como eles vão se posicionar agora, diante da constatação de que também o instituto do ex-presidente FHC recebeu doações? É fato que o peessedebista não vê nenhum problema. É uma situação que mostra o comportamento oportunista de quem faz política sem a devida coerência.

Uriel Villas Boas urielvillasboas@yahoo.com.br 

Santos 

*

OKAMOTTO NA CPI

A grande maioria dos brasileiros não está entendendo a revolta de Lula com a iniciativa da CPI do Petrolão de convocar Paulo Okamotto, presidente do Instituto Lula, para depor. Se ele, Lula, tem tanta certeza de que todas as doações para o Instituto Lula e para a empresa dele estão dentro da lei, qual é a preocupação? Quem não deve não teme!

Angela Maria de Souza Bichi angela_bichi@hotmail.com 

Santo André

*

RENÚNCIA COLETIVA

O cerco está se fechando em torno de Lula, Dilma e do PT. Esta é a maior oportunidade para uma renúncia coletiva e uma autodelação superpremiada. Provem que querem o bem do Brasil e do seu povo. Confessem tudo. Expliquem aos brasileiros, principalmente aos mais pobres que tanto confiaram em vocês, por que não deu certo. Mostrem-lhes o caminho da virtude e da educação. Saiam de cabeça erguida por finalmente contribuir para o engrandecimento do País. A alternativa é pior, e está se aproximando. Aproveitem!

Gilberto Dib gilberto@dib.com.br

São Paulo

*

ADEUS À CLASSE MÉDIA

Tenho lido vários depoimentos de pessoas que estão sendo afetadas pela crise (criada pelo PT). São sonhos e esperanças que estão sendo jogados no lixo, pelo simples fato de terem acreditado em que finalmente o gigante tinha acordado. Mas, na verdade, foram enganadas pelas palavras fáceis de Dilma, Lula e cia. O grande pecado é que essa classe de pessoas que emergiu e experimentou o gosto doce do consumo da classe mais abastada agora tem de dar meia volta e retornar ao estágio inicial de sua vida. E aí é que reside o pior dos momentos. Como explicar aos filhos que aquele iogurte, os flocos de milho, o hambúrguer não poderão ser mais oferecidos tão amiúde como vinha sendo feito? O pior dos mundos é aquele em que, após experimentar o gosto doce do consumo, agora terá de mais uma vez ignorá-lo e ficar com ele somente na lembrança. Enquanto isso, a presidente anda de bicicleta importada e o seu guru desfruta de bons vinhos e charutos na sua cobertura e no seu triplex. Parabéns ao PT.

Ademir Alonso Rodrigues rodriguesalonso@uol.com.br 

Santos 

*

RESSACA?

Fale claro, ministro Joaquim Levy. O que estamos passando no Brasil não é exatamente uma "ressaca" dos reajustes de preços de energia elétrica e dos combustíveis, mas da administração irresponsável de nossa presidente Dilma Rousseff. Foi ela quem segurou esses preços para conter artificialmente um processo de inflação gerado por suas políticas populistas e equivocadas. Agora, teremos de pagar uma conta que não é nossa, e o ministro Levy sabe disso. Que ele não seja mais um a fazer discurso perverso para enganar o povo. 

Carlos de Oliveira Avila gardjota@gmail.com 

São Paulo

*

DOM JOAQUIM QUIXOTE LEVY

Como é possível no imaginário comum vislumbrar uma saída econômica para o Brasil com uma carga selvagem de impostos, encargos insuportáveis com uma injustiça trabalhista permanente, preços da energia e da gasolina nas alturas e a utopia de que subindo os juros se reduz a inflação? Preço se reduz com produção, que vai ficando distante da capacidade industrial do País. É simples: por exemplo, um tomate custa R$ 1,00 e, se a oferta for de dezenas, será muito menor. Aí o Congresso aprova um reforço de caixa para os milionários partidos totalmente incoerente com o ajuste fiscal. Só resta pedir ao caro ministro Joaquim Levy que saia deste universo, ou de fato a sua luta tem de ser com os que o cercam. 

 

Israel Sapiro isapiro@copel.com.br

São Paulo

*

PLANOS ECONÔMICOS E O LOBBY BANCÁRIO

Após duas décadas e meia, os planos econômicos Bresser, Verão e Collor I e II ainda estão sendo estudados pela nossa Justiça. Em qualquer país sério do planeta, isso já teria sido resolvido há muito tempo. Entretanto, no Brasil, o lobby dos bancos junto aos Poderes permanece firme e forte, numa clara intenção de dar o calote em milhões de poupadores que tiveram surrupiados seus rendimentos da poupança. Quem vencerá esta queda de braço? O poder econômico, sempre ativo e mal intencionado, ou os brasileiros que um dia acreditaram que se faria justiça com seu parco dinheirinho, conquistado à custa de muita luta? Quem viver verá.

Elias Skaf eskaf@hotmail.com 

São Paulo

*

RUMO AO BREJO

Para complicar totalmente, só falta ainda o STF julgar contra os bancos o processo da "poupança e os sucessivos planos econômicos". Aí vão o governo e economia para o brejo de uma só vez.

José Piacsek Neto bubanetopiacsek@gmail.com 

Avanhandava

Mais conteúdo sobre:
Fórum dos leitores

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.