Fórum dos Leitores

.

O Estado de S.Paulo

18 Julho 2017 | 03h07

CRISE E CORRUPÇÃO

Golpe dos fundos de pensão

Quando, já no início do primeiro governo do PT, o sr. Luiz Gushiken foi guindado à posição de responsável pelo setor, estava desenhado o caminho mais óbvio para encher as burras do partido e seus aliados com dinheiro fácil, difícil de ser rastreado: a gestão dos fundos de pensão. E quando se diz que se tratou de má gestão eu afirmo que não: foi gestão fraudulenta. Um sistema criado para dilapidar o patrimônio dos trabalhadores por meio de investimentos propositalmente mal feitos e receber propina dos beneficiários. Gushiken foi presidente do Sindicato dos Bancários por muitos anos e conhecia toda a mecânica de funcionamento e as diversas maneiras de conseguir dinheiro difícil de ser rastreado. Foi tudo programado.

GERALDO BANASKIWITZ

geraldo.banas@gmail.com

São Paulo

Parasitas

Excelente o editorial Mais uma conta amarga do PT (17/7, A3), que mostra o modus operandi do “ético” PT e seus partidos parasitas, como PSOL, PCdoB e Rede Sustentável, quando no poder. Além dos fundos de pensão das empresas estatais, também assaltaram a Petrobrás e ainda afundaram o País. Só a cumpanheirada e países como Bolívia, Equador, Venezuela, Cuba e alguns da África se deram bem. Ou seja, viramos país de “Primeiro Mundo”, emprestando dinheiro a rodo e com juros quase inexistentes. E esses partidos, que adoram sair gritando “fora Temer” – o qual foi eleito legalmente, juntamente com Dilma Rousseff –, não dizem uma única palavra acerca do procedimento do PT e suas falcatruas. Quer dizer, de democratas eles não têm nada!

ANTONIO JOSE G. MARQUES

a.jose@uol.com.br

Rio de Janeiro

Delação de Palocci

Assim que vier à tona o Brasil ficará sabendo quem está por trás do golpe contra o presidente Michel Temer e as instituições democráticas. Tudo indica existir um conluio entre empresas privadas e o staff maior do PT, pelo qual a máquina pública foi aparelhada para garantir todo tipo de roubalheira do dinheiro do povo. Resta-nos aguardar as eleições para ver se o povo aprendeu a separar o joio do trigo.

URIAS BORRASCA

urias@mercosulrefratários.com.br

Sertãozinho

Abismo

A última coisa que o Brasil precisa é ter na Presidência da República alguém de índole esquerdista, messiânica, anacrônica, vingativa, mal-humorada, ressentida, prepotente, debochada, dissimulada e nebulosa. Tal pessoa afundaria ainda mais a Nação brasileira, provocando convulsão social e um retrocesso que nos levaria ao mesmo patamar desumano de Cuba, Venezuela e Coreia do Norte. Todo eleitor sabe bem qual é o candidato que tem esse perfil e se nele votar estará cavando seu próprio abismo.

TÚLLIO MARCO S. CARVALHO

tulliocarvalho.advocacia@gmail.com

Belo Horizonte

Sem-vergonha

Que país é esse?! Desconto de 99% na multa de imposto atrasado e prazo de 240 meses para pagar (Refis), emenda constitucional para que candidato não possa ser preso oito meses (!) antes da eleição, pagar só 50% do valor subestimado de terra devoluta, e assim por diante. Nada justifica essas propostas. Os deputados perderam a vergonha na cara.

MINORU TAKAHASHI

minorinhotakahashi@hotmail.com

Maringá (PR)

Dinheiro mal gasto

Sabemos que não está sobrando dinheiro em lugar nenhum, muito menos no governo, que tem cortado investimentos em tudo quanto é área: segurança, saúde, educação, etc. Aí ficamos sabendo que os ex-presidentes gastam dinheiro pra valer, sem se preocupar com nada! Afinal, não está saindo do bolso deles, não é? Como é que aquela senhora que se intitulava “presidenta” tem a cara de pau, o desplante de gastar mais de R$ 500 mil em viagens para si e para seus assessores? Aliás, para que ela precisa de assessores? E se ela não sabia nem falar (pensar, então, nem se fala) enquanto ocupou o cargo máximo do País, o que falaria mundo afora, agora que é um zero à esquerda? Ora, nós estamos pagando para que ela e seus acólitos viajem pelo mundo para falar mal do Brasil, para dizer que foi “gópi” sua saída do governo, como se não tivesse existido o impeachment. Está na hora de mudar tudo. Não é possível que fiquemos quietos com mais essa imoralidade. Algum dia vamos ser um país respeitado ou continuaremos sendo isso que vemos todos os dias nos noticiários?

MARIA TEREZA MURRAY

terezamurray@hotmail.com

São Paulo

‘Gripe’ sueca

Semanas atrás a Índia desistiu de uma opção de compra de mais de cem caças Rafale ou Gripen, optando pela licença de fabricação dos F-16 modernizados e licenciados pela Lockheed Martin. Assim a sueca Saab perdeu um de seus poucos e vultosos negócios. Na semana passada o presidente francês e a chanceler alemã anunciaram o início de projeto e fabricação conjunta de um novo caça para atender a toda a União Europeia (UE). Com isso a grande esperança de venda do caça Gripen à UE ficou também totalmente prejudicada e pode ser sido um golpe mortal no projeto. Isso vem comprovar que a Saab não está com essa bola toda e seu caça, cujo protótipo, ainda bastante preliminar, fez recentemente apenas um voo de galinha, parece não ser uma boa opção de mercado. Falando de Brasil, temos de levar em conta que a probabilidade de ter havido propina nessa compra mal avaliada e extremamente nefasta é muito grande. Está-se tornando cada vez mais provável que esse contrato poderá tornar-se um abacaxi muito maior e mais prejudicial do que a compra da refinaria de Pasadena.

ULYSSES FERNANDES NUNES JR.

ulyssesfn@terra.com.br

São Paulo

GESTÃO DORIA

‘Semáforos e buracos’

Com relação ao editorial do Estado de 14/7 (A3), gostaria de chamar a atenção para o fato de que a grande maioria dos buracos na cidade de São Paulo tem origem na seguinte situação: existem nas ruas, sob o leito carroçável, numerosas redes subterrâneas instaladas pelas empresas concessionárias de água e esgoto, eletricidade, telefonia, etc.; o acesso a essas redes é feito por tampões de ferro fundido instalados nas vias. Quando necessário, a Prefeitura executa o recapeamento dessas ruas mediante a colocação de uma camada de asfalto de cerca de 12 centímetros, cobrindo todo o leito carroçável – e os tampões. Então, quando uma concessionária precisa acessar o poço ou a rede subterrânea, quebra a camada de asfalto sobre o tampão. E na maioria das vezes ela não regulariza a tempo o nivelamento desse tampão com o novo nível da rua, causando um degrau. E grande quantidade de buracos.

PAULO DE ANDRADE MARCONI, engenheiro

pmarconi8@yahoo.com.br

São Paulo

“Dilema de Lula sobre seu próximo destino: Atibaia ou Curitiba?”

VIDAL DOS SANTOS / GUARUJÁ (SP), SOBRE O FUTURO DO PRIMEIRO EX-PRESIDENTE CONDENADO POR CORRUPÇÃO

vidal.santos@yahoo.com.br

“Pode um condenado, em pleno discurso eleitoral (?), afrontar o Poder Judiciário do jeito que o inominável vem fazendo? O que estão esperando para enjaulá-lo?”

GUTO PACHECO / SÃO PAULO, IDEM

jam.pacheco@uol.com.br

Cartas selecionadas para o Fórum dos Leitores do portal estadao.com.br

ORGANIZAÇÃO CRIMINOSA

A "Emenda Lula" proposta pelo deputado Vicente Cândido (PT-SP) mostra que não apenas aqueles que usam dinheiro de Caixa dois, ou propina para suas campanhas ou para enriquecimento próprio devem ser banidos da vida pública. Aqueles que protegem os corruptos, viabilizando a legislação que impeça que se averiguem denúncias ou que impeçam que sejam presos ou ainda que indultem condenados, são tão corruptos e nefastos à democracia como os outros. Uns não existem sem os outros.  Fazem parte da mesma organização criminosa.

Ely Weinstein elyw@terra.com.br

São Paulo 

*

EMENDA LULLA!

Só o fato de os petistas articularem a tal "Emenda Lulla", que blinda candidatos até 8 meses antes das eleições, impedindo-os de serem presos, nos dá a certeza de que, na condenação do ex-presidente Lulla por corrupção, cai por terra o tal "julgamento político", como insistem dizer. É confissão de culpa mesmo. Qual deputado ou senador louco de pedra apoiará tal desfaçatez justamente às vésperas de uma reeleição? 

Beatriz Campos beatriz.campos@uol.com.br

São Paulo

*

INCOERÊNCIA OU ESPERTEZA?

Francamente, não entendo o Lula e seus seguidores. Ou, melhor, entendo: continuam os de sempre. Afinal, quem elegeu o Temer? Como se batem, agora, pelo "Fora Temer". Falam da calamitosa situação do País. Ora, não foram eles que a criaram nos 13 anos "malditos"? E agora vem a nova fase deles de "paz e amor". Não foram eles que inventaram o "nós e eles"? É isso: continuam fazendo de tudo para continuar enganando os desinformados, os incautos e os "inocentes úteis" de sempre.

José Gonçalves etuley@uol.com.br

Ribeirão Preto

*

'BESSIAS'

O deputado petista garantirá a notoriedade, se vier a ser aprovada sua 'Emenda Lula'. Nem precisará de marqueteiro, bastará 'emendar' seu nome com o 'Bessias', seguindo o exemplo do chefe da Silva. 

Luiz C. Bissoli lcbissoli46@gmail.com

São Paulo

*

PROPOSTA VERGONHOSA

A mudança do Artigo 236 do Código Eleitoral, proposta pelo deputado petista Vicente Cândido, que proíbe a prisão de candidatos até oito meses antes da eleição - em substituição aos atuais 15 dias - fora o fato de ser ridícula e risível, tem um significado muito claro e simples: do jeito que está, a classe política brasileira, salvo raríssimas exceções, não representa nada nem ninguém. E ainda faz chacota do povo. 

Luciano Harary lharary@hotmail.com

São Paulo

*

SUGESTÃO

Deputado Vicente Cândido: que tal a seguinte redação para a emenda Lula "Fica vedada a prisão de qualquer candidato, cujo nome comece com a letra "L", que, embora tramasse tudo, não saiba de nada e que é considerado honesto demais para ser o dono, declarado ou oculto, de propriedades no litoral ou interior do País"?

Omar El Seoud ElSeoud.USP@gmail.com

São Paulo

*

INÍCIO DO SÁBADO

Como faço há muitos anos, sábado é o meu dia preferido para ler calmamente o Estadão, mas confesso que está ficando difícil. Como dizia um saudoso amigo e colega assassinado há anos, senão vejamos: a manchete, por si, já machuca, "Petista articula 'Emenda Lula', para blindar candidatos" e no texto o sr. Vicente Cândido (PT-SP) afirma que a emenda representa "nossa arma contra esse período de judicialização da política". Como se pode permitir que asneiras dessa grandeza sejam proferidas?  No estado democrático de direito, todos podem falar o que quiser, dirão alguns, mas, meu Deus, não há limites para tanta asneira? Judicialização da política ou condenação de safados e ladrões do dinheiro público? Por que não acrescentar, assassinos indiretos pelo comprometimento brutal da economia do Estado, fruto de tanta ganância, que poderia ser dirigida à falida saúde pública nacional? Meus amigos, não há como evitar, lendo essas manchetes, o uso dos "omeprazol e semelhantes" da vida, mesmo sabendo que eles podem causar tantos males à saúde, como, aproveitando o momento, fratura óssea, arritmia cardíaca, doença renal crônica, entre vários outros. 

Pedro Renato Chocair  pedrochocair@yahoo.com.br

São Paulo

*

CANDURA & FALTA DE VERGONHA

Só mesmo um desavergonhado petista poderia propor uma lei impedindo punição de bandidos.

Ademir Fernandes standyball@hotmail.com

São Paulo

*

ABERRAÇÃO

É uma aberração o projeto do deputado Vicente Cândido (PT-SP), relator da Reforma Política na Câmara, que dá um salvo conduto de oito meses aos candidatos às eleições. Essa ideia demonstra com clareza que o propósito desse partido, PT, jamais foi dirigido para o bem do povo brasileiro, que falsamente alegam proteger. Para beneficiar o ex-presidente Lula, pouco se importam em permitir que estupradores, assassinos, membros de associações criminosas e os mais variados bandidos ganhem todo esse período de salvo conduto, pois bastará que sejam investigados por tais delitos, inclusive com condenação em primeira instância, para se candidatarem  para qualquer cargo, somente para evitar a prisão.

José Wilson de Lima Costa jwlcosta@bol.com.br 

São Paulo 

*

EMENDA LULA

Conforme noticiado, o deputado Vicente Cândido (PT-SP) incluiu no seu relatório na Comissão de Reforma Política a alteração no Artigo 236 do Código Eleitoral, que proíbe a prisão de candidatos 15 dias antes do pleito. Essa nova regra (passando para 8 meses) chamada "Emenda Lula", beneficiaria não só o ex-presidente Lula, bem como os políticos investigados pela Polícia Federal (PF). Em suma, o deputado Vicente Cândido é um exemplo de como o poder é fascinante e mesmo embriagante e que a população brasileira se exploda. 

Edgard  Gobbi edgardgobbi@gmail.com

Campinas 

*

NASCEU MORTA

A 'Emenda Lula', criação do deputado Vicente Candido (PT-SP), já nasceu com o umbigo roxo. Podem enterrá-la! 

Maria Carmen Del Bel Tunes carmen_tunes@yahoo.com.br

Americana

*

VERGONHA 

O deputado PeTralha Vicente Cândido incluiu, no relatório da Reforma Politica, artigo para blindar o ex-presidente Lulla da Silva , já condenado por nove anos e meio de prisão, bem como para impedir a prisão dos demais políticos corruPTos,  nas próximas eleições em 2018 . Lamentável , espúria  e  ardilosa esta ação, que visa unicamente proteger os que , nos últimos quatorze anos, fizeram parte da quadrilha gananciosa e corruPTa da política nacional , em detrimento do Povo brasileiro. Temos de ir para as ruas protestar novamente contra essa quadrilha, que só quer se alojar no poder para proveito próprio e continuar atacando sorrateiramente os cofres públicos. Acorda, Brasil!

Antonio Carelli Filho palestrino1949@hotmail.com   

Taubaté

*

AS URNAS VÃO DECIDIR

Quem pode decretar meu fim é o povo! Aguarde, Lulla, se você não estiver fora do jogo em 2018, o povo se encarregará disso nas urnas, não duvide!

Washington Domingues Quintas washingtonimov@uol.com.br

Mogi das Cruzes 

*

HERANÇA MALDITA

Com o assalto desencadeado pelo lulopetismo nos últimos 13 anos de gestão, que levou ao vermelho empresas antes lucrativas como a Petrobrás, os Fundos de Pensão, entre eles Petros,  Funcef, Postalis e Previ, do Banco do Brasil, a pergunta é: por que o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, nunca apontou nem sequer o dedinho para apurar o roubo e o rombo que estava em curso diante de sua face, tendo como vítimas especialmente trabalhadores aposentados e a sociedade em geral, que terá de pagar caro pela gestão fraudulenta dessa organização que se instalou no Planalto em 2003.  É uma afronta o silêncio de Janot diante de tantos crimes cometidos por esses que ainda  sonham em voltar ao poder para transformar de vez nosso País numa Venezuela. Com a palavra, o procurador.

Paulo Kherlakian paulokherlakian@uol.com.br

São Paulo

*

UM CRIMINOSO NA PRESIDÊNCIA?

Como Lula, um criminoso, pode ser candidato à Presidência?

Eugênio José Alati eugenioalati13@gmail.com

Campinas

*

LULA CONDENADO

"De 'Minha Casa Minha Vida", o triplex de Lula no Edifício Solaris, sob a zeladoria de Sérgio Moro, passou a "Meu apartamento, meu jazigo".

Roberto Twiaschor rtwiaschor@uol.com.br

São Paulo

*

NO BRASIL, O CRIME COMPENSA

O maior ladrão e criminoso está solto, livre e pronto para sua continuar carreira no crime!  E quem está tentando pôr a casa em ordem, depois de treze anos de assaltos, corre o risco de ser preso! Absurdo dos absurdos!  Senhores juízes, cuidado com as consequências desse absurdo! O Brasil exige ordem e progresso!

Annikki Lehto-Gomes Pirjo pirjoannikkilg@gmail.com

São Paulo

*

OS MOTIVOS DO ATRASO BRASILEIRO

Finalmente o Brasil fica sabendo por que todos os esforços e todo o dinheiro direcionado para despoluir a Baía de Guanabara não trouxeram os resultados esperados: Eduardo Cunha comandava o esquema de desvio de dinheiro do Cedae. Em 15 anos o roubo chegou a R$ 2 bilhões. Longe de ser uma exceção, a atuação de Eduardo Cunha é a regra na política brasileira, basta ver o recebimento das malas de dinheiro do crime organizado pelo presidente da República, Michel Temer, e pelo presidente do PSDB, Aécio Neves. Todos os líderes dos principais partidos políticos estão envolvidos até a alma no desvio voraz e sistemático de dinheiro público. Temer, Lula e Aécio são responsáveis diretos pela ruína da Nação, só não estão na cadeia porque gozam de imunidade parlamentar. Os três deveriam ir presos na mesma cela, juntamente com Eduardo Cunha e os outros membros da gigantesca quadrilha criminosa que destruiu o País. 

Mário Barilá Filho mariobarila@yahoo.com.br

São Paulo 

*

TORNOZELEIRA EM FALTA

Por que está faltando tornozeleira eletrônica para os presos? Desconfio que, como começou a aumentar o número de políticos presos, resolveram restringir as verbas para a compra deste apetrecho...

Odilon Santos

Marília 

*

AÉCIO NEVES

Com efeito, diante da gravidade e do acúmulo de denúncias contra o senador licenciado Aécio Neves (PSDB-MG) - nove (!) inquéritos até agora -, é imperioso que o PSDB promova de pronto a escolha de seu novo presidente efetivo. O que estão esperando, o 10.º processo?!

J.S. Deco decoljs@gmail.com

São Paulo

*

POLITICAGEM 

Partidos de centro vendendo sua consciência/voto aos de direita que fazem qualquer coisa para permanecer no poder, inclusive usar dinheiro e cargos públicos, além de propor anistia às dívidas de grandes corporações e oferecer parte da floresta Amazônica à bancada ruralista.  Partidos de esquerda propondo mudanças na lei para beneficiar companheiros ameaçados de prisão.  Todos juntos denegrindo o Ministério Público e parte do Judiciário que procura levar o Estado de Direito a todos, independentemente de classes. Enquanto isso, servidores públicos estaduais entram em filas para receber comida, já que não recebem salários de um Estado financeiramente quebrado, que apenas se beneficiou de construções de estádios e arenas para o desvio de dinheiro e para o pagamento de propinas que envolvem quase todos os palacianos e legisladores na única coisa que todos parecem concordar. Alguém realmente se importa com o País?

Juliano Zulatto julianozulatto@gmail.com

São Paulo

*

VERBAS PARA DEPUTADOS

Não entendo por que tanta polêmica por parte da imprensa em relação à liberação de verbas para deputados, em meio à crise política! Muito melhor que haja essa distribuição de recursos para os deputados, mesmo que apoiem o presidente Temer, pois essas verbas são para emendas de parlamentares para obras e projetos das bases eleitorais dos congressistas, e não direcionadas ao bolso dos mesmos! A mídia cria uma falsa imagem de que as verbas vão para as contas bancárias dos deputados, e não para projetos e obras! Para essa mídia, quanto pior para o País, melhor! Vergonhoso!

Lauro Fujihara laurofujihara@gmail.com

Araçatuba 

*

JUSTIÇA SOLTA ADVOGADO ASSASSINO

Ninguém suporta mais leis que beneficiam assassinos. O mais recente exemplo, indigno, deplorável e revoltante, é o do advogado (ou marginal ao volante?) que matou o comissário de bordo. O irresponsável dirigia feito maluco em São Paulo. Fugiu sem socorrer a vítima. O procedimento é manjado: Prendem o patife por 24 horas, para disfarçar, e o soltam em seguida, depois de pagar fiança. Esta Justiça torpe e frouxa, com irresponsáveis como este advogado, humilha o Brasil e os cidadãos de bem. A impunidade é um tapa na cara das pessoas honestas e trabalhadoras.   Outro deboche são os argumentos surrados de sempre do juiz livrando a cara do cretino: tem endereço fixo, não tem ficha policial e não causa perigo à vida das pessoas.  Seria cômico se não fosse ridículo, absurdo e patético.

Vicente Limongi Netto limonginetto@hotmail.com

Brasília

*

SEGURANÇA PÚBLICA

O assassinato de quase uma centena de policiais no primeiro semestre do ano, os tiroteios, as balas perdidas e outras desgraças, mostram o clima de guerra no Rio de Janeiro. São Paulo não é tão grave, mas também vive a insegurança que se espalha por todo o País. O mais perverso é que o combustível da criminalidade é alienígena. As armas de guerra hoje em poder dos criminosos e as drogas vêm pelas fronteiras desguarnecidas. Brasília tem cortado as verbas de custeio das polícias encarregadas do controle fronteiriço e rodoviário. Com as forças federais menos ativas na prevenção, a carga de trabalho aumenta para as polícias estaduais, que recebem os efeitos da chegada das mercadorias ilegais. Por falta de investimentos, a população morre vítima das balas perdidas e as polícias com seus policiais sucumbem pela falta de recursos para realizar bem seu trabalho. A crise brasileira é muito mais do que os grandes escândalos de corrupção e dos desvios de dinheiros pelos políticos. Ela se faz presente na vida de todos os brasileiros e carece de amplas medidas que vão muito além das reformas trabalhista, previdenciária e política que o governo hoje tenta implantar.

  

Tenente Dirceu Cardoso Gonçalves cardosodirceu34@gmail.com

São Paulo

*

VIOLÊNCIA URBANA NO RIO

O incremento da violência urbana no Rio, com assaltos que agora não tem hora nem local para ocorrer, é emblemática da grave crise que vivemos. Urge o aumento do sistema de policiamento nas ruas da cidade, até que sejam equacionadas as outras crises que vive o País como um todo, causadores desse tsunami de sofrimento que nos atinge por esse imenso Brasil. 

José de Anchieta Nobre de Almeida josedalmeida@globo.com

Rio de Janeiro

*

APENAS RETÓRICA 

O vice-governador do Estado do Rio, Francisco Dornelles, assume interinamente a governança do Estado em razão da licença médica do governador Luiz Pezão. Sua primeira declaração foi "a situação da segurança no Rio é calamitosa". Bem, sr. Dornelles, disso todos sabem, inclusive o recém-nascido. O que a população quer saber é: o que será feito? Dizer que juntamente com o secretário de Segurança o senhor pretende superar esta situação é apenas retórica. Tem verba para a Segurança? Não. Tem efetivo que atenda a população? Não. Como vai ser então?

Panayotis Poulis ppoulis46@gmail.com

Rio de Janeiro  

*

UBER E CONCORRENTES REGULAMENTADOS

Foi minorada a concorrência desleal aos taxistas e disciplinada a atuação do transporte individual por aplicativos de internet (inaugurado pelo Uber e ampliado por outros do mesmo tipo) na cidade de São Paulo. Regulamentação da Prefeitura paulistana torna o serviço organizado, equitativo e mais seguro para o passageiro, mediante o cadastramento, a inspeção dos veículos, o seguro contra acidentes, cursos obrigatórios, atestados de antecedentes criminais, Todos hão de lembrar que o Uber forçou sua entrada em serviço sem qualquer autorização, com apoio da população, diga-se de passagem, mas evidentemente carecia de normas públicas. Por isso foi impedido de atuar em várias partes do mundo e em outras cidades brasileiras. São Paulo é exemplo de que todos podem ser beneficiados pelo novo serviço, mediante regulamentação eficaz.

Ademir Valezi adevale@gmail.com

São Paulo

*

REFIS

As matérias sobre o Refis, reeditado eternamente para beneficiar grandes devedores, ignoram que são também verdadeiras via crucis para quem é pequeno devedor de órgãos públicos, como, por exemplo, do INSS. Ao tentar quitar o atraso de pouco mais de um ano de contribuição de minha empregada doméstica, eu me deparei com formulários, cálculos e outras burocracias, que são as mesmas exigidas das grandes empresas, que devem milhões em tributos das mais diversas origens. Fiz tudo sozinha e paguei com regularidade até a 24.ª parcela da dívida, de um total de 30 meses, ao contrário das grandes empresas que costumam ter departamentos inteiros para tratar com a burocracia do governo.

Não consegui pagar a parcela considerada vital para o reconhecimento da dívida com a Receita Federal, simplesmente porque, ao contrário de todas as outras 23 Darfs emitidas e pagas eletronicamente, esta não vinha com o código de barras! Ignorante da possibilidade de fazer seu pagamento eletrônico, mesmo sem o código impresso, e sobre forte pressão de um diagnóstico de câncer agressivo, caiu na penúltima barreira da corrida de saltos e obstáculos que a Receita cria para o simples cidadão. Em uma pausa do meu tratamento contra o câncer, devidamente informada para a RF, estou tentando resgatar o que já paguei e fui orientada a encaminhar um processo para cada parcela quitada, que certamente vai ser devolvida em prazo a perder de vista, enquanto a dívida com o INSS permanece aberta, atrasando a aposentadoria da minha antiga funcionária. Além disso, estou sujeita às sanções reservadas para quem tem dívida ativa com a União!  Por favor, incluam esses aspectos na próxima vez que abordarem o uso do Refis, usado como mais um instrumento de negociatas, em prejuízo ao contribuinte honesto que quer estar em dia com suas obrigações.

Eli Serenza eserenza@gmail.com

São Paulo

*

AVAL PARA GRÁVIDA ATUAR EM LUGAR INSALUBRE

Escárnio a declaração do relator da Reforma Trabalhista, o deputado Rogério Marinho (PSDB-RN). Apresenta como "modernização da lei trabalhista" o "aval para grávida atuar em lugar insalubre"! (Estadão). Um retrocesso na contramão da história e uma afronta. Devia escutar a advertência do Papa Francisco aos legisladores e governantes: "Não falte entre as vossas prioridades uma atenção privilegiada para com o trabalho feminino, assim como a assistência à maternidade, que sempre deve tutelar a vida que nasce e quem a serve quotidianamente. Tutelai as mulheres, o trabalho das mulheres!" (Discurso na Praça São Pedro. Roma, 7/11/2015). 

 

José Oscar Beozzo jbeozzo@terra.com.br

São Paulo

 

 

Mais conteúdo sobre:
Fórum dos LeitoresBrasil

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.