Fórum dos Leitores

.

O Estado de S.Paulo

23 Julho 2017 | 03h00

CORRUPÇÃO

Fortuna descoberta

Ora, ora, ora, não é que a alma mais pura deste país, o retirante que continua pobre, é dono de uma fortuna de R$ 9 milhões?! Tão absurda fortuna será justificada como? Palestras? Só incautos, pobres de espírito, aproveitadores poderão comprar o blá-blá-blá que a petralhada vai divulgar, com ajuda da mídia esquerdista. Haverá algo mais? Em bancos estrangeiros? São perguntas que agora estão no ar.

ADEMIR ALONSO RODRIGUES

rodriguesalonso49@gmail.com

Santos 

Pobre de mentira

Depois de a Justiça achar e bloquear R$ 9 milhões depositados em dois planos de previdência privada em nome de Lula, seus advogados e o PT vão continuar insistindo na pobreza do “cara”?

OMAR EL SEOUD 

elseoud.usp@gmail.com

São Paulo

O capitalista

Roupas de grife, sapatos italianos, adega abarrotada de rótulos nobres, como um Château Petrus de R$ 10 mil, périplos aéreos principescos, atendimento no Sírio-Libanês, amigão de milionários. E agora aparece essa polpuda aposentadoria privada de R$ 9 milhões. Que raio de socialismo é esse? Vou contar tudinho pro Pepe (“necesito pocas cosas para vivir”) Mujica!

JOAQUIM QUINTINO FILHO

jqf@terra.com.br

Pirassununga

Só desenhando

Acho que alguém vai ter de desenhar para eu entender como é que o sr. Lulla, que trabalhou oficialmente por apenas oito anos, de 1964 a 1972, consegue ter em planos de previdência a bagatela de R$ 9 milhões. Talvez sejam fruto das famosas palestras que ninguém viu, complementadas por aqueles R$ 40 milhões da conta corrente na Odebrecht.

LUIZ ROBERTO SAVOLDELLI

savoldelli@uol.com.br

São Bernardo do Campo

Sem ele saber

Como não há notícia de o mais honesto ter acertado na loteria, talvez as empreiteiras amigas do milionário tenham feito os aportes em seu nome sem que ele, como de costume, soubesse.

ABEL PIRES RODRIGUES

abel@knn.com.br

Rio de Janeiro

Dinheiro vivo

Seriam parte dos R$ 9 milhões aqueles R$ 5,8 milhões que a mídia golpista acusou, em maio de 2008, terem sido sacados em dinheiro vivo dos cartões corporativos da Presidência?

CLAUDIO JUCHEM

cjuchem@gmail.com

São Paulo

Auditoria

Enfim, qual a origem desse dinheiro? Ele pagou Imposto de Renda? Se sonegou é crime! Mas é fácil conferir. Se quiserem eu confiro. De graça.

ALPOIM DA SILVA BOTELHO

alpoim.orienta@uol.com.br

São Paulo

Mais que o Clinton

R$ 9 milhões provenientes de palestras do palestrante que cobra “mais que o Clinton”. Interessante, depois que a Lava Jato enjaulou empresários e intermediários, as palestras (das quais não se viu nenhum filme, nenhuma foto) do Lula secaram. Nunca mais recebeu convites para expor seus vastos conhecimentos sobre “ideias gerais”. O Clinton continua palestrando.

MARCO CRUZ

mm.cruz23@gmail.com

São Paulo

‘Explicando o inexplicável’

O Estado de sexta-feira repercute a indignação da sociedade com o acordo de delação premiada celebrado pelo Ministério Público Federal (MPF) com o megacriminoso Joesley Batista, livrando-o de qualquer punição na esfera penal. Em Notas & Informações o jornal comenta o périplo do procurador-geral da República, Rodrigo Janot, pelos EUA tentando justificar o que o editorialista chama de “grotesco episódio”. Por sua vez, o desembargador aposentado Aloísio de Toledo César assina artigo com acerbas críticas ao desempenho de Janot e cita haver “evidências de que ocorreu (...) uma ação entre aliados com fim espúrio”. Também o advogado Leonidas Zelmanovitz opina com a mesma contundência e alerta para o risco de que a Procuradoria-Geral tenha cometido “infantilidade que pode pôr em risco toda a ordem constitucional”. O coro de repulsa à impropriedade do acerto conduzido pela Procuradoria está a exigir que sejam investigados e corrigidos seus eventuais equívocos. Sendo a defesa da ordem jurídica uma atribuição constitucional do próprio MPF, a palavra está com a nova procuradora-geral da República, Raquel Dodge.

SERGIO RIDEL

sergiosridel@yahoo.com.br

São Paulo

Grotesco

Além de custosos para o País, não sei qual é mais ridículo, se o road show do procurador-geral ou as “conferências”, catilinárias bolivarianas, de Dilma no exterior. A Janot ainda sobram bambu e arco - falta ferramental jurídico para fabricar novas flechas - e o açougueiro continua com o “mando de campo”.

PAULO M. BESERRA DE ARAUJO

pmbapb@gmail.com

Rio de Janeiro

Mal maior

A imunidade penal concedida por Rodrigo Janot a Joesley Batista, da JBS, mais do que inconcebível absurdo, é uma ofensa à inteligência de todos os que acreditam na Justiça do Brasil.

ROBERTO TWIASCHOR

rtwiaschor@uol.com.br

São Paulo

Paguem antes de fugir

Antes de ser autorizada a vender seu (na verdade, nosso!) patrimônio na Terra brasilis, a J&F deveria ser obrigada a quitar sua bilionária dívida com a Previdência e outras. O melhor mesmo seria destinar aos cofres públicos todo o dinheiro amealhado na venda de seus (repito: nossos!) ativos, como Alpargatas, Vigor, etc. Alô, dignos procuradores federais, vinguem-nos, um pouquinho que seja, e interponham pesada e contundente ação nesse sentido. Urgente!

KLAUS REIDER

vehseixas@gmail.com

Guarujá 

Fundo do poço

É, no mínimo, estarrecedor um presidiário da Papuda, o deputado Celso Jacob (PMDB-RJ), dar expediente na Câmara, exercendo o mandato como se isso fosse normal. E ainda receber a solidariedade dos colegas. Que eleitores esse presidiário representa? Esperamos que não esteja recebendo auxílio-moradia!

CARLOS STEFFEN

casteffen@terra.com.br

São Paulo

FORA, TEMER!

Por muito menos, em junho de 2013 teve início um protesto nacional gigante, quando o País rejeitou o aumento na tarifa de ônibus, em R$ 0,20 (de R$ 3 para R$ 3,20), praticamente paralisando o País, culminando em vandalismos e prisões. Voltaram atrás. O governo atual, sabendo que o povo brasileiro tem memória curta, na canetada, decreta aumento nos combustíveis em R$ 0,41. Ora, qual o principal custo da frota de caminhões e ônibus que movimento o País? Combustíveis, é claro! O governo perdeu o juízo e o povo precisa, urgentemente, voltar às ruas. Não dá mais para segurar, mesmo os que gritaram "fora, Dilma" vão soltar o grito "fora, Temer". Quem sobreviver verá!

José Carlos Alves jcalves@jcalves.net

São Paulo

REAJUSTE DOS COMBUSTÍVEIS

O aumento de impostos, que deveria ser a última opção para equilibrar as contas da União, foi, no entanto, a primeira providência tomada por um governo relapso e covarde, covarde por transferir aos cidadãos brasileiros a obrigação de pagar o pato, a galinha, o pavão, o ganso, o avestruz e o urubu, entre outras tantas aves criadas por governos corruptos.

Roberto Twiaschor rtwiaschor@uol.com.br

São Paulo

 

LÁ VEM O PATO

Nós vamos pagar mais impostos para que malas com dinheiro continuem circulando pelas ruas de bairros nobres de capitais brasileiras e, assim, vamos continuar alimentando a corrupção. Vamos ficar calados ou vamos protestar? Precisamos voltar para as ruas e pedir a saída de Temer e a mudança do Congresso, pois não adianta trocar apenas o presidente da República. Vem pra Rua, Fiesp e povo brasileiro, vamos nos unir e lutar por um país com menos impostos e mais serviços públicos de qualidade. Vamos expulsar os ratos que estão roendo os nossos impostos! 

Maria Carmen Del Bel Tunes carmen_tunes@yahoo.com.br

Americana

DESFAÇATEZ TOTAL

Na Argentina, na reunião de Cúpula do Mercosul, o presidente brasileiro, Michel Temer, não demonstrou preocupação com o aumento dos tributos e declarou que: "Vão entender, pois esse governo não mente". Habituados a todas as mentiras dos governos, acostumados com a desfaçatez dos políticos, o que nós entendemos, perfeitamente, é que a sociedade, que produz todas as riquezas do País, é a única a ser sempre chamada para tapar os buracos financeiros deixados pelas corrupções, descasos, ineficiências e descalabros dos governantes. E o que também entendemos é que, com a Lava Jato, todos os que mentiram e mentem vão ser desmascarados e, finalmente, presos.

Marcelo Gomes Jorge Feresmarcelogferes@ig.com.br

São Paulo

SANGUESSUGAS

Michel Temer acaba de decretar o aumento dos combustíveis, a fim de arrecadar R$ 10 bilhões para tentar salvar o ano e acaba prejudicando a população pagante. E os senhores deputados e senadores querem um fundo de R$ 4 bilhões para a eleição de 2018. Falta muita vergonha na cara, ninguém está pedindo de joelhos para que sejam candidatos, querem entrar ou permanecer no cargo porque a mamata é maravilhosa, é muita maracutaia com a proteção da imunidade parlamentar criada e votada pelos próprios. Não existe poder maior neste País do que o da Câmara dos Deputados. Ministros, presidente, vice, ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) são figuras decorativas, pois as leis que regem o País foram criadas por eles e por eles modificadas quando necessário!

Luiz Ress erdeigzero@zipmail.com.br

São Paulo

IMPERADOR TEMER

O Brasil parece um Império, como na história antiga, onde monarcas esborniavam à custa do erário público e, por consequência, aumentavam os impostos para manter o alto padrão de vida da classe soberana. Michel Temer, o dominador Barrabás imperador, ferra cada vez mais a vida do plebeu brasileiro, que vê suprimir a esperança por dias melhores. Majorar alíquotas para conter rombos dos cofres públicos é tripudiar com a moral da Nação!

Edinei Mello edinei.melo@hotmail.com

Campinas

ÉPOCA DE TIRADENTES?

Continuamos vivendo no tempo da Inconfidência mineira, onde o aumento de impostos só servia para a sobrevivência do sistema político. E tanto faz se é monarquia, democracia ou outra ia, de direita ou de esquerda, a população que trabalha que pague! Pelo jeito, o pato. Passou da hora de a população ficar de lado e só ser lembrada quando precisam de alguém que pague a conta e para votar nesses "representantes" do povo. Está na hora de chamarmos a nossa constituinte!

Teodoro Aranha tqaranha@icloud.com

São Paulo

TRISTE REALIDADE

Enquanto os deputados e senadores saboreiam jantares e jantares palacianos o povo padece na miséria!

Mara Herdade maraherdade@gmail.com

São Paulo 

PRA BOI DORMIR

Chega de discurso pra boi dormir, Temer!

Moisés Goldstein mgoldstein@bol.com.br

São Paulo 

A POPULAÇÃO ENTENDE SIM

Temer disse que população irá entender a alta de impostos. Ora, quando Temer começou a liberar emendas para quem quer que ficasse contra as denúncias, comprando aliados sem critério e a preço de ouro, os recursos teriam de vir de algum lugar. Não só entendemos como já estávamos esperando.

Jorge Alberto Nurkin jorge.nurkin@gmail.com

São Paulo

AUMENTO DE IMPOSTOS

O presidente Temer diz que a população compreenderá o aumento dos impostos. Mas, se em vez de aumentar os já escorchantes impostos para a "população" pagar, porque não desconta 10% por mês do salário dos políticos, juízes, desembargadores? Garanto que arrecadaria muito mais do que irá arrecadar com este aumento vil!

Artur Topgian topgian@terra.com.br

São Paulo

CAMINHO ÓBVIO

Aumentar o imposto sobre os combustíveis é o caminho mais fácil e óbvio para aumentar a arrecadação. Entretanto, o custo social disso é perverso, gera inflação e, por consequência, o desencadeamento de um processo que todos nós estamos cansados de ver e saber. Achava que o ministro da Fazenda fosse capaz de promover o crescimento do País, sem a utilização destas medidas desanimadoras para a população brasileira. Isso demonstra que Henrique Meirelles, como todos os outros que ali estiveram, não conseguiu fazer a lição de casa, como enxugar a máquina, cortando despesas e mexendo nos bolsos dos poderosos. Como sempre, a política atrapalhando a economia. Pobre Brasil!

Elias Skaf eskaf@hotmail.com

São Paulo

FALANDO EM AUMENTO DE IMPOSTOS

Será que os aparelhos espalhados pelo governo federal que embaralham vozes contra qualquer aparelho de gravação, etc. é à prova dos pensamentos da população brasileira? Eles já saem de nossas mentes criptografados, quem sabe chegando lá são audíveis?  "&&%%$%#@@#%%"!  

Beatriz Campos beatriz.campos@uol.com.br

São Paulo 

CONFUSÃO

Michel Temer está confundindo misturador de voz com misturador de interesses. 

Luiz Frid luiz.frid@globomail.com

São Paulo

NADA PODERIA SER PIOR

Um país não pode ser governado por um presidente da República acusado de corrupção que aumenta o preço dos combustíveis para poder subornar melhor os deputados que irão julgá-lo. Tem tanta coisa errada no que está acontecendo que não cabe aqui neste espaço. 

Mário Barilá Filho mariobarilafilho@me.com

São Paulo 

EXCESSOS DE TODOS OS TIPOS

Depois dos EXCESSOS, o RECESSO, a fim de que sejam preparadas as defesas e as acusações, especialmente por Lula e Temer. Enquanto isso, para aumentar as receitas, o governo aumenta o preço do combustível.

Diógenes Anthony Marcondes Antunes diogenes_sila@hotmail.com

São José dos Campos

TAPA NA CARA 

Quantas emoções! Joesley, flexas de Janot, emenda Lula, Refis Mandrake e o pesadelo ab aeterno do povo, denominado imposto! O gatilho a válvula de escape, o mecanismo de fuga do líder fraco que não ousa pensar. Incrível a sua força de arrecadação: R$10 bilhões a toque de caixa. Seduz qualquer ministro da Fazenda bem intencionado. Claro, em detrimento do povo. O velho tapa na cara do cidadão brasileiro. Ele sempre chega, não sabemos a hora nem o dia. Contraproducente, indecente e imoral até para quem é pró-governo, como eu. Popularidade? Pra quê!

Leandro Ferreira leandroferreoradasolva@gmail.com

Guarulhos

CÂMARA ARTICULA 'DISTRITÃO' 

O que o Brasil deveria articular é um CADEIÃO para todos estes corruptos, que defendem somente o próprio interesse.

José Roberto Niero jrniero@yahoo.com.br

São Caetano do Sul 

CIRCO

Já sabia antes de começar, como iriam terminar esses circos de julgamentos entre 'compadres'!. E o povo paga caro para esses "barnabés" simplesmente não fazerem nada para a Nação, além da corrupção que corre solta entre eles!

Ariovaldo Batista arioba06@hotmail.com

São Bernardo do Campo

CORRUPÇÃO

Dizem que alternância no poder é salutar para a democracia. No Brasil significa alternância de corruptos no poder. Há 14 anos somos governados pelos mesmos grupos (PT, PMDB, PSDB),   que transformou o governo num  asqueroso balcão de negócios, governando e legislando em causa própria. Vivemos numa ditadura camuflada, governada pela tirania dos corruptos.

Paulo Boin boinpaulo@gmail.com

São Paulo

TRAGÉDIA HISTÓRICA

Resumo da ópera de hoje no Brasil: PT e PMDB são duas organizações criminosas que fizeram o pior pelo País. Corrupção institucionalizada em todas as esferas de administração pública (federal, estadual e municipal) e empresas estatais. Barganhas com políticos mercenários, desvios de dinheiro para entidades parasitas (sindicatos, ONGs, artistas, etc.). Desvalorização do trabalho, da escolaridade, da meritocracia. Pregam o desrespeito ao Judiciário e às leis, causaram desemprego de 14 milhões. Associaram-se a empresários bandidos. PT e PMDB têm o que há de pior na sociedade. Sinceramente, são piores que os nazistas.

André Coutinho arcouti@uol.com.br

Campinas 

BLOQUEIO DE BENS

O bloqueio de bens e valores do ex-presidente Lula por determinação do juiz Sergio Moro é, sem dúvida, o melhor antídoto contra a peçonha da jararaca.

Eduardo Augusto Delgado Filho eadelgadofilho@gmail.com

Campinas

LULA À LA GREGA

Lula e seus "primeiros" R$ 9 milhões descobertos e bloqueados pela Lava Jato me faz lembrar de Midas, personagem mitológico grego que pediu a Baco (justo quem) que lhe desse o poder de transformar em ouro tudo o que tocasse. Assim foi que Lula passou de classe média baixa à elite em apenas 8 anos de governo, uma verdadeira loteria gorda em sua vida, que ele tratou de abocanhar ! Agora, como aconteceu com Midas, veio a cobrança da ganância desmedida, mas os petistas lamentam que Lula será asfixiado economicamente por Moro... um tipo de Cronos que com sua foice vai aparando, nos homens e nos "deuses", os excessos criados pelos pecados. Lula ainda me lembra os filósofos  peripatéticos espalhando e realimentando  seu velho discurso ao se manter  sempre em movimento pelo País, realizando um verdadeiro périplo nesta campanha eleitoral antecipada, que parece não incomodar em nada os juízes do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Uma espécie  de deuses no Olimpo planaltino!

Mara Montezuma Assaf montezuma.scriba@gmail.com

São Paulo 

JÁ DEU!

Os petistas ainda não perceberam que estão demais na sala!

Eugênio José Alati eugenioalati13@gmail.com

Campinas 

TERROR NACIONAL

A violência dominou o País. Não existem lugares seguros. Evidentemente que no Rio de Janeiro há muito tempo o terror é mais frequente. Os homicídios batem recorde ano após ano, as vitimas são de todos os sexos e idades. Recentemente uma grávida foi atingida na barriga por uma bala e o bebê nasceu paraplégico.  Menino de 16 anos morre em assalto. Menina de 13 anos morre por bala perdida dentro da escola.  Mulher grávida foi atropelada por ladrões que roubaram a bolsa, a mulher perdeu o bebê. Médico é baleado nos arrastões/roubos nas principais avenidas e túneis cariocas.  Enfim, os tiroteios estão em todos os cantos do Rio, lá não tem área "pacificada", difícil é saber onde é mais violento! Os criminosos são de todas as idades e os mais jovens são os mais cruéis. Enfim, este país está desgovernado e abandonado! No Congresso, "casa de leis", estão preocupados outros "crime$$$". Reflexão: viver e sobreviver nos dias atuais deriva de muita sorte! Ou fé? Pois é!

Alex Tanner alextanner.sss@hotmail.com

Sumaré 

O AR DE SÃO PAULO SEM INSPEÇÃO VEICULAR

O término da inspeção veicular em São Paulo foi resultado de alguma irregularidade de contrato, alegou na época Haddad e sua equipe do PT.  Para reforçar a decisão, alegaram que as outras cidades da Região Metropolitana não tinham controle sobre a qualidade da emissão dos veículos e que por isso a diferença de qualidade do ar na cidade de São Paulo com a inspeção veicular era pouca. Haddad diminuiu a velocidade dos veículos, o que compensou, mas seguindo a mesma linha a diminuição foi só na cidade de São Paulo, portanto as emissões nas cidades vizinhas permaneceram as mesmas. Falaram também que as ciclovias iriam ajudar a melhorar o ar, uma espécie de compensação entendi eu. Dos 400 km de ciclovias entregues até mesmo os cicloativistas concordam que pelo menos 100 km não serve para nada, isto numa cidade com mais de 17.000 km de vias pavimentadas. O número de ciclistas nas ruas cresceu, mas pouco ou quase nada representa nos índices de poluição. Mobilidades ativas, não motorizadas, fazem parte do futuro de qualquer cidade, ninguém duvida, mas deve ser planejada dentro de um contexto muito maior que inclui a qualidade das emissões veiculares, ou todos, incluindo ciclistas, vão ter problemas respiratórios cada dia mais graves. A inspeção veicular deixada por Kassab teve seu fim decretada por Haddad, que pode ter tido suas boas razoes, inclusive legais, mas não deixou de ser uma decisão de campanha, populista, típica do PT, que afeta gravemente a saúde de toda a população paulistana. Vide o esgotamento de alguns remédios para tratamento das vias respiratórias (não gripe).

Arturo Condomi Alcorta arturoalcorta@uol.com.br

São Paulo

NEYMAR

Não sei se Neymar será transferido para o PSG, onde irá ganhar mais alguns milhões de euros, mas é lamentável que ele use sua imagem como garoto propaganda de marca de cerveja. Neymar deveria ser exemplo de postura e conduta para seus fãs, jovens e, sobretudo, crianças. Pelé, com todo seu prestígio, sempre se manteve alheio a esse tipo de comércio deplorável. E é exatamente por essa razão que só há um Pelé.

Vera Portolano veraportolano@uol.com.br

São Paulo

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.