Fórum dos Leitores

.

O Estado de S.Paulo

07 Setembro 2017 | 03h04

OPERAÇÃO CUI BONO

Dinheiro vivo

A Polícia Federal (PF) encontrou num apartamento ligado ao ex-ministro Geddel Vieira Lima (PMDB-BA), em Salvador, malas e caixas de dinheiro de deixar pobre com inveja. Para quem não anda com mais de R$ 10 na carteira, porque só paga contas com cartão de débito ou de crédito, é difícil de imaginar como e por que Receita Federal, Banco Central ou quem for de direito fiscalizar não acompanham quem saca tantos milhões em cash. Dinheiro vivo, só para corruptos.

BEATRIZ CAMPOS

beatriz.campos@uol.com.br

São Paulo

Como explicar?

A manchete correta ao lado da foto das malas e pacotes de dinheiro apreendidos pela PF (Estado, 6/9) seria: Encontrados dentro de um apartamento 5 escolas, 10 creches, 50 viaturas policiais e 5 UBS totalmente equipadas. Quem sabe assim as autoridades competentes colocariam o sr. Geddel atrás das grades, com direito a choro e “quero mamãe”.

LUIZ RESS ERDEI

gzero@zipmail.com.br

Osasco

Afronta ao Brasil

O volume de dinheiro encontrado em imóvel supostamente ligado a Geddel Vieira Lima é suficiente para mostrar a que ponto chegou o desrespeito dos políticos pelo povo brasileiro.

RICARDO C. SIQUEIRA

ricardocsiqueira@globo.com

Niterói (RJ)

‘Jacaré’

Não é à toa que o doleiro Lúcio Funaro alcunhou Geddel Vieira Lima de “jacaré”. R$ 51 milhões em dinheiro vivo? Não era para qualquer “boquinha”, não!

CLAUDIO JUCHEM

csjeduca@gmail.com

São Paulo

Coitado do Geddel, pediu um apartamento emprestado a um amigo para deixar os pertences do pai, falecido no ano passado. Algum ladrão passou por lá e roubou todos os pertences. Arrependido, voltou e deixou malas e caixas abarrotadas de dinheiro como forma de compensação...

ELY WEINSTEIN

elyw@terra.com.br

São Paulo

Lula culpou a falecida Marisa no caso do triplex e Geddel, agora, culpa o falecido pai no caso do apartamento. Corajosos!

ELISABETH MIGLIAVACCA

São Paulo

É a economia!

Agora entendi como estão segurando a inflação. Genial: estão tirando dinheiro de circulação! Geddel Vieira Lima é um mártir da economia.

FÁBIO C. DE CASTRO MISSIROLI

fabiomissiroli@yahoo.com.au

Ilhabela

CASO JBS

A ética de Janot

Tão seguro de seus atos, tão cheio de coragem e arrogância para acusar seus desafetos e tão rápido para liberar de qualquer punição os irmãos Joesley e Wesley Batista, Rodrigo Janot vem agora a público confessar que foi enganado pelos delatores da J&F e pelo seu ex-auxiliar na Procuradoria-Geral da República (PGR), como se fosse um ingênuo iniciante, e não um experiente profissional em final de carreira na PGR. Isso não nos convence, sr. Janot. Se antes havia dúvidas quanto à sua postura ética, agora, então...

NEIVA PITTA KADOTA

npkadota@terra.com.br

São Paulo

Desmoralização

Quem com áudio fere com áudio será ferido. A atitude nada republicana do procurador-geral da República só reforça nossa atrasada realidade de país não sério. O que nos vem à tona com as gravações das conversas dos executivos da JBS é um conluio entre quem por dever de ofício deveria ser um representante da lei e um bandido contumaz, que enriqueceu e se tornou poderoso colocando todo mundo no bolso, pois conhece as entranhas do poder e como ele funciona. Este é um país carcomido pela corrupção. E agora, Janot? Cadê as flechas que o senhor guardou para o final do mandato? Será que são para desmoralizá-lo?

LUIZ THADEU NUNES E SILVA

luiz.thadeu@uol.com.br

São Luís

Desserviço

O desserviço do procurador-geral da República contra o instituto da delação premiada não foi um acaso. Primeiro, quando aceitou, com grande açodamento, a denúncia de Joesley e Wesley Batista contra o presidente Michel Temer, a respeito de uma mala de dinheiro. Tentou claramente apear o presidente da República do cargo, uma vingança do PT pelo impeachment de Dilma Rousseff, mas não contava com a resiliência do velho político. Agora, mais uma vez, Janot trabalha contra as instituições republicanas ao pôr em dúvida a delação dos empresários da JBS. Desta forma, ele acaba por jogar suspeição sobre toda e qualquer delação que tenha sido feita ou a fazer na Operação Lava Jato, inclusive e principalmente as referentes aos processos a que responde o ex-presidente Lula, o padrinho que o entronizou na Procuradoria da República. Rodrigo Janot deveria ser alijado de seu cargo antes mesmo do dia 17 de setembro, por suspeita de distorcer e enodoar a Justiça brasileira colocando-a a serviço de suas próprias convicções.

MARA MONTEZUMA ASSAF

montezuma.scriba@gmail.com

São Paulo

Flechado

O cacique Janot andou comprando bambus de dois refinados picaretas. Consequentemente, as flechas fabricadas eram de péssima qualidade e tomaram rumos completamente inesperados. Algumas atingiram o próprio chefe da tribo.

LUIZ ANTÔNIO ALVES DE SOUZA

zam@uol.com.br

São Paulo

Janot sonhava em deixar o cargo nos braços do povo, com o peito estufado de vaidade. Com o escândalo revelado por ele mesmo, que desmoraliza a delação premiada, o procurador sai moribundo, flechado no coração.

VICENTE LIMONGI NETTO

limonginetto@hotmail.com

Brasília

PT

‘Quadrilhão’

Rodrigo Janot direcionou suas flechadas na terça-feira para a cúpula do PT, denunciando criminalmente vários membros do partido, inclusive Lula, chamado de “idealizador de organização criminosa” que saqueou a Petrobrás. Agora, uma nova organização integra as páginas policiais, ao lado de PCC, CV, etc.

J. A. MULLER

josealcidesmuller@hotmail.com

Avaré

“Isso é que se pode chamar de homem da mala!”  

ROBERT HALLER / SÃO PAULO, SOBRE AS MALAS COM R$ 51 MI ENCONTRADAS PELA POLÍCIA FEDERAL EM APARTAMENTO LIGADO AO EX-MINISTRO GEDDEL VIEIRA LIMA EM SALVADOR

robelisa1@terra.com.br

“Imaginem quantos bunkers idênticos ao de Geddel há Brasil afora...”

WASHINGTON B. ESTOYANOFF / SÃO PAULO, IDEM

wa.botella@me.com

Cartas selecionadas para o Fórum dos Leitores do portal estadao.com.br

VERGONHA

A notícia de que perto de R$ 52 milhões foram encontrados no apartamento de um amigo do nobilíssimo ex-ministro do 'golpista' Temer, mas também no do inominável e que fez parte do (des)governo do 'poste'  Dilma,  Geddel Vieira Lima, em prisão domiciliar - não por acaso  nas proximidades do 'bunker' -, é no mínimo chocante para os esfolados pagadores de impostos! Querem apostar que o cidadão vai dizer que não sabe de nada sobre o montante encontrado e pode até derramar algumas lágrimas? Pois bem, confesso: o dinheirinho é meu, podem mandar para a minha conta. Assim, a secretaria da Receita Federal vai, com muita razão, me chamar, tendo em vista que a venda de um carrinho velho gera convite para explicações! E, assim, 'la nave va': pescando peixinhos para alimentar as baleias!  

Aparecida Dileide Gaziolla aparecidagaziolla@gmail.com

São Caetano do Sul

*

O BUNKER DOS MILHÕES

É triste demais para nós, pobres e mortais brasileiros, vermos estampada na capa do "Estadão" (6/9) a foto do dinheiro roubado e escondido por Geddel Vieira Lima. Um país com tantas necessidades, com o desemprego maior de todos os tempos e cobrando impostos tão altos! Ontem, com a denúncia da quadrilha do PT, os áudios da JBS e essa foto do dinheiro, parece que chegamos ao fundo do poço. Mas será que esse poço tem fundo?

Angela Maria de Souza Bichi angela_bichi@hotmail.com

Santo André

*

EXAGERO MESMO

R$ 51 milhões. 51 é um porre de grana...

Ademir Fernandes standyball@hotmail.com

São Paulo

*

DOIS PESOS, DUAS MEDIDAS

No Brasil quem é flagrado com quatorze malas de dinheiro em espécie tem direito assegurado de ampla defesa, ao contraditório e apoio irrestrito de partidos políticos e advogados. Quem não tem nenhum dinheiro é alvo da Receita Federal e corre o risco de morrer em completo abandono pelo Estado.

Marcelo Gomes Jorge Feres marcelogferes@ig.com.br

Rio de Janeiro 

*

POSSÍVEL DESCULPA

O ex-ministro Geddel Vieira Lima não confia nas instituições para guardar seu dinheiro em bancos, essa deve ser a razão de guardar seu dinheiro em casa, ou haverá outros motivos? 

Arcângelo Sforcin Filho arcangelosforcin@gmail.com

São Paulo

*

AS FALSAS LÁGRIMAS DE GEDDEL

Dinheiro com procedência ilícita está jorrando em contas escusas e até em apartamento usado para  armazenar  o fruto do roubo  e  corrupção.... Foram  encontrados  mais  de  R$ 51  milhões guardados  em  malas  e  caixas  de papelão, num apartamento supostamente do ex-ministro Geddel Vieira Lima. Enquanto isso, a educação, segurança, emprego e a saúde pública  se encontram  completamente  abandonados, em  muitos  hospitais  públicos está  faltando  o  básico, como gaze e esparadrapo. E pensar que há poucos meses atrás, cheguei a sentir pena do ex-ministro, quando, chorando  copiosamente, se  dizia  inocente. Agora  a  pergunta  que  não  quer  calar:  o  que  nossas  autoridades  judiciais estão esperando para cancelar a prisão domiciliar a ele imposta e mandá-lo de vez para o xadrez?

Arnaldo de Almeida Dotoli arnaldodotoli@uol.com.br

São Paulo

*

MALA DE DINHEIRO

Quanta injustiça vemos na política de hoje. Coitados de certos políticos bons e até inocentes, como o Rocha Loures. Foi somente ele carregar a sua mala com um dinheirinho de esmolas, para levar cacetada de todos os lados. Dinheiro mesmo, abundante, é o do ministro Geddel! Quantas malinhas do Rocha Loures precisaria para transportá-lo?

Benone Augusto de Paiva benonepaiva@gmail.com

São Paulo

*

VACAS E VAQUINHAS

Se, de uma só vaca do Geddel a Polícia Federal (PF) ordenhou mais de R$ 51 milhões, calculem quantos litros obterão, quando encontrarem o "rebanho" da famiglia "Lula da Silva"? E ainda querem fazer "vaquinhas" para pagar a defesa do capo di tuttti capi...

Claudio Juchem cjuchem@gmail.com

São Paulo 

*

PROCURADOR MARCELO MILLER

O procurador Marcelo Miller, braço direito do ético e honestíssimo Janot, era muito duro com os delatores, mas com os corruptores, como os irmãos Batista, não. Ou seja, tinha duas caras, algo que em geral nossas autoridades têm, uma de durão na TV para mostrar alguma honestidade outra boazinha para fazer negociatas. Só cabe ao Janot mostrar que nada tem a ver com isso? 

Zureia Baruch Jr zureiabaruchjr@bol.com.br

São Paulo

*

ESBÓRNIA

A revolta é tanta que dói a cabeça. Nesse "paiff" ninguém assume suas responsabilidades e seus erros. Agora o "Enganot" quer jogar parte do desvario/esbórnia para o Supremo Tribunal Federal (STF). Ora, tenham paciência senhores homens públicos! A nossa acabou!

Elisabeth Migliavacca 

São Paulo

*

DÚVIDA CRUEL

Joesley Batista está lutando para salvar o próprio pescoço ou está ganhando dinheiro para salvar o pescoço do chefe do Mensalão e Petrolão? Aff, não estou entendendo mais nada. Para mim, lugar de bandido é na cadeia e Joesley não é o mocinho dessa história. Será ele, o "herói" que irá derrubar a Operação Lava Jato? Cenas do próximo capítulo. Estou torcendo para não me decepcionar com o final dessa novela.

Maria Carmen Del Bel Tunes

carmen_tunes@yahoo.com.br

Americana

*    

UM HOMEM HONESTO EM BRASÍLIA

     

Já imaginaram o grego Diógenes em Brasília, com sua lanterna, à procura de um homem honesto? Morreria procurando, inclusive na Procuradoria, onde conheceu o Marcelo Miller!

         

Paulo Sérgio Arisi paulo.arisi@gmail.com

Porto Alegre 

*

    

DEMOROU

Agora vê crimes, Sr. Janot? Definitivamente o senhor menospreza a inteligência do povo brasileiro!

Francisco José Sidoti fransidoti@gmail.com

São Paulo

*

MANCADA DE JANOT

A verdade de que o Joesley é um verdadeiro irresponsável, sem princípios começam a aparecer. O Janot foi um pouco precipitado, até inocente, ao engolir de primeira suas declarações. O Janot poderia encerar sua brilhante trajetória sem essa imagem que ficará manchada por esse escorregão.

Laert Pinto Barbosa  laert_barbosa@globo.com

São Paulo

*

DELATORES MENTIROSOS

Marcelo Odebrecht, criminoso, que delatou tanta bandalheira nos contratos com o governo, propinas, e muito mais, continua  encarcerado.  Mas Joesley, que confessou inúmeros crimes e atos perniciosos, que tomou inúmeros empréstimos com o BNDES com o aval dos petralhas, fez delação, e Janot lhe deu uma belíssima carta de alforria, em prejuízo de todos os brasileiros. Agora, com o surgimento de novas gravações que envolvem até ministros do STF, será que vai ser encarcerado?  E daí Janot?

Carlos Eduardo Barros Rodrigues ceb.rodrigues@hotmail.com

São Paulo

*

O FIM DE JANOT!

Depois dizem que "quem fala demais dá bom dia a cavalo". Pelo jeito, quem é "apressado demais" também! Só de ver a cara de constrangimento do procurador-geral da República, Rodrigo Janot, em rede nacional, afirmar terem encontrado um áudio de 4 horas de Joesley Batista e Ricardo Saud da JBS - entregues por descuido - comprometendo um monte de gente a sua volta, que vai do ex-procurador Miller a quatro ministros do STF, e armando um monte de arapucas para gravar corruptos, o que poderia anular provas, como aconteceu na Operação Satiagraha, mostra que ser apressado demais para fechar a delação dos Batistas, a ponto de deixá-los livres para usufruir em plena liberdade tudo o que amealharam com a corrupção, vai deixar Janot tão por baixo, que em vez de sair pela porta dos fundos, sairá pelo calabouço. Janot, just the end!

Beatriz Campos beatriz.campos@uol.com.br

São Paulo

*

SINGULAR

"O legado de Janot" - se eu pudesse, oferecia o texto ao Brasil todo e pediria duas vezes a leitura e um momento de reflexão.

Leandro Ferreira Da Silva leandroferreoradasolva@gmail.com

Guarulhos 

*

TUMULTO

Tudo começou com gravações que geraram denúncias contra o presidente da República e conferiram a empresários mafiosos privilégios incomuns. Novos áudios, no entanto, levam agora o procurador-geral da República, o mesmo que propôs as benesses aos delatores, a declarar publicamente que realizará investigações visando a rever os benefícios concedidos e a apurar referências desairosas contidas nas recentes revelações, envolvendo integrantes da própria Procuradoria e da suprema Corte. Acrescentou ele ainda que tudo até hoje apresentado continua válido. Como convencer a sociedade, porém, a pouco mais de uma semana de entregar o cargo, que o passado é intocável, quando o presente é anunciador de um futuro podre? Tudo muito confuso e tumultuado, um retrato de uma Justiça desordenada e esquizofrênica que, entretanto, segundo recorrente exortação da presidente do STF, Cármen Lúcia, deve gozar da confiança da população.

Paulo Roberto Gotaç pgotac@gmail.com

Rio de Janeiro

*

CRISE DA CRISE

Com as novas revelações apuradas pela Operação Lava Jato, o ano de 2017 está sendo um ano atípico, onde pouco se falou a não ser de corrupção.

Virgílio Melhado Passoni mmpassoni@gmail.com

Jandaia do Sul (PR)

*

FORA, JANOT!

Pelo bem do Brasil não é fora Temer, mas sim fora Janot e a prisão imediata dos Batistas e sua trupe de enganadores, que ajudaram a afundar o Brasil um pouco mais. O assessor do Janot se deixou corromper e, pior, apressou Janot de processar o Temer de forma nunca antes vista no País.

Antonio Jose G.Marques  a.jose@uol.com.br

Rio de Janeiro

 *

PÓLVORA NO VENTILADOR

Até 17 de setembro o procurador da República Rodrigo Janot vai jogar muita pólvora no ventilador da Lava Jato, mas vai se chamuscar também, não tenham dúvidas! 

José Roberto Iglesias rzeiglezias@gmail.com

São Paulo

*

FINALMENTE SE RENDEU

Parece que Rodrigo Janot se rendeu às evidências...

Luiz Frid fridluiz@gmail.com

São Paulo

*

FLECHAS VIRAM ALVO

A vida anda e o tempo não para. Assim como a pedra pode virar vidraça, a flecha pode virar alvo. Todo cuidado é pouco!

J.S. Decol decoljs@gmail.com

São Paulo

*

SEM CARÁTER

É para rir ou para chorar? Tici (a mulher do Joesley) disse que ele a conquistou pelo seu caráter!? Eu prefiro rir!

Elisabeth Migliavacca 

São Paulo

*

OUTRA INDEPENDÊNCIA

É dia 7 de Setembro. Vergonhosas delações que humilham o País, envergonhando a sociedade graças aos políticos que a própria nomeia seus representantes. Não parece que temos saída diante de tantas ocorrências. Dia a dia uma novidade, superando em número de crimes as anteriores. Envolvidos são milhares, incluídos empresários, se assim podem ser denominados, pois melhor seria se fossem tratados por cúmplices nos crimes praticados. Quantos milhões foram desviados! Na terça-feira R$ 51 milhões em dinheiro vivo foram encontrados. Mais que triste, indica uma endemia e leva a justificar o total descompromisso com a lei, da pequena infração ao mais terrível crime com a vida humana, como estamos exaustos de assistir. Precisamos de outra Independência!

Mario Cobucci Junior maritocobucci@gmail.com

São Paulo

*

NOVA INDECÊNCIA

Sete de setembro, dia de comemorar a Independência do Brasil, só essa frase, em si, é piada, tudo bem, na época foi importante,  afinal, Dom Pedro I  era um rei que fez muito mais pelo Brasil que qualquer outro governo republicano,  os governantes do século 21,  Lula e Dilma então nos destruíram,  somos  escravos de contas  e de um Congresso com uma oposição que não permite avanço,  não estão nem aí em relação ao sufoco financeiro dos cidadãos.  Agora sim seria bom se um monarca assumisse o Brasil e proclamasse a nossa independência dos políticos.

Roberto Moreira da Silva rrobertoms@uol.com.br

São Paulo 

*

INDEPENDÊNCIA DO BRASIL

Sete de Setembro de 1822, data que ficou conhecida pelo episódio do "Grito do Ipiranga". Queira Deus que no dia Sete de Setembro de 2018 nossa Pátria Amada esteja livre de pelo menos parte dos políticos corruptos que hoje sangram a Nação.

Virgílio Melhado Passoni

Jandaia do Sul (PR)

*

NADA A COMEMORAR

A Independência, apesar de seu significado perante Portugal, de quem deixamos de ser Colônia, não conseguiu com que a estrutura interna do Brasil mudasse. Para os pobres e para a classe média, tudo continuou como antes, com uma distribuição de renda perversa e desigual. Para os escravos, nada mudou até quase o final da Monarquia. A estrutura agrária contina exatamente a mesma. Mas a elite que deu suporte a D. Pedro I foi quem realmente se beneficiou. E até hoje na história do Brasil foram só as elites que apoiaram os detentores do poder que realmente se beneficiam e que continuam se beneficiando - abocanhando o principal do fruto do trabalho de todos os brasileiros. Esta é uma das grandes lições de nossa Independência.

Jorge Alberto Nurkin jorge.nurkin@gmail.com

São Paulo

*

A GRANDE ASPIRAÇÃO DO PT

Os petistas confirmam sua grande aspiração - querem que um corrupto suceda outro na Presidência da República!

Eugênio José Alati eugenioalati13@gmail.com

Campinas 

*

NÓS PAGAMOS A CONTA

Você já percebeu que pagamos uma fortuna por ano para manter um Tribunal com 11 ministros que só julgam processos da elite brasileira e de políticos corruptos e ladrões que ajudamos a eleger de quatro em quatro anos? Será que vale a pena manter esses senhores por décadas na Corte Suprema, se menos de 1% dos brasileiros sabem o que fazem ou são beneficiados por suas decisões, muitas vezes polêmicas, como são os vários casos julgados pelos senhores ministros sobre a Lava Jato que temos visto na internet, nos jornais, revistas, rádio e TV? Temos que acabar com essas excrecências do nosso Judiciário que só servem para poucos.

Turíbio Liberatto turibioliberatto@hotmail.com 

São Caetano do Sul

*

O BRASIL NO ESPELHO?

A frase do editorial do "Estadão" (3/9, A3), em "ninguém presta no Brasil",  segundo o barômetro de uma pesquisa recente, pode não ser uma referência apenas aos políticos, vai muito além e atinge todas as camadas da sociedade. Pura e simplesmente! 

?

José Marques seuqram.esoj@bol.com.br

Tatuapé

*

O BRASIL NO ESPELHO

É por editoriais como "O Brasil no espelho" que eu assino o "Estadão". O texto é sempre muito bem escrito e reflete a realidade do País. Traduz o que há de melhor em jornalismo escrito no País. Parabéns!

Jeane Capelli Pen jeanecapellipen@gmail.com

São Paulo

    

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.