Fórum dos Leitores

Cartas selecionadas para a edição impressa e portal estadao.com.br

O Estado de S.Paulo

09 Março 2018 | 03h00

GERAÇÃO PERDIDA

Sem esperança

Pesquisa do Banco Mundial (Bird) recentemente divulgada mostra que mais de metade da juventude brasileira, cerca de 25 milhões de seres humanos, está excluída do fluxo econômico do País, em decorrência, entre outros fatores, de uma educação falha, perversa, na medida em que nega o acesso de qualidade a grande parte da população, e desconectada da realidade nacional. Nada mudará, no entanto, enquanto tal fundamento, necessário, porém não suficiente, ao desenvolvimento, continuar a ser usado pelos políticos como bandeira na busca de votos e negligenciado depois das eleições.

PAULO ROBERTO GOTAÇ

pgotac@gmail.com

Rio de Janeiro

Lamentável o resultado do estudo do Banco Mundial de que a educação falha e desconectada dos nossos jovens é a principal causa do desemprego que esta geração sofre. Não é sem razão que o mantra da educação de qualidade, sempre repetido e nunca efetivado, é o mais eficiente caminho para a solução das nossas fragilidades, até mesmo da violência urbana, que tanto está assustando a sociedade brasileira, incluídas as elites governamentais e da iniciativa privada, muitas delas responsáveis por tal fragilidade. 

JOSÉ DE ANCHIETA N. ALMEIDA

josedalmeida@globo.com

Rio de Janeiro

Futuro ameaçado

Além de só 43% da população acima de 25 anos concluir o ensino médio, boa parte não sabe Português e Matemática básica.

MARIA LUCIA RUHNKE JORGE

mlucia.rjorge@gmail.com

Piracicaba

Sem estudo e sem trabalho

Ao contrário do Brasil, os países desenvolvidos sempre viram a educação como uma ferramenta imprescindível para o seu desenvolvimento. Já aqui o que se vê é muita conversa pra boi dormir quanto ao futuro da educação, este e todos os governos anteriores não trataram o problema como deveria ser. E, assim, mais da metade dos jovens ou não concluiu ou nem sequer cursou o ensino fundamental e, em consequência, a taxa de desemprego, cuja média nacional é de 8%, já atingiu 20% entre os jovens. O cenário educacional no País não condiz com o gigantismo da sua estrutura nem com as dotações orçamentárias do Ministério da Educação. Nessa área fundamental, as coisas andam a passo de cágado sedado ou de caranguejo mutilado... 

JAIR GOMES COELHO

jairgcoelho@gmail.com

Vassouras (RJ)

PRIVATIZAÇÃO

Venda da Petrobrás

No Dia Internacional da Mulher fomos brindados com um brilhante, corajoso e inteligente artigo de Elena Landau (A2) propondo a venda da Petrobrás, algo que, se tivesse sido feito há 20 anos, nos teria poupado bilhões. Parabéns às mulheres!

CELSO FRANCISCO ALVARES LEITE

celso@celsoleite.com.br

Limeira

Por que não?

A respeito do excelente e esclarecedor artigo de Elena Landau Privatizar a Petrobrás? Por que não?, sim, sim, sim! Idem para Banco do Brasil e a quase totalidade das demais empresas estatais, tanto federais, como estaduais e municipais!

LUIZ LEITÃO DA CUNHA

luizmleitao@gmail.com

São Paulo

ELEIÇÕES

Maia candidato

O atual presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, lança-se candidato à Presidência do Brasil. Vai perder. E o pior Congresso Nacional que já tivemos o desprazer de conhecer terá um deputado reeleito a menos. Deus é mais!

BEATRIZ CAMPOS

beatriz.campos@uol.com.br

São Paulo

Objeto de desejo

Está havendo uma banalização do maior cargo da Nação, a Presidência da República. São muitos candidatos. Tudo bem que qualquer brasileiro pode candidatar-se a esse posto, mas desde que tenha competência para tal. A continuar assim, se não fosse a urna eletrônica, teríamos a volta do Cacareco, e ganharia de lavada, como voto de protesto, resultado da indignação do povo brasileiro diante de tantos descalabros de muitos políticos lá no Planalto Central.

ALVARO SALVI

alvarosalvi@hotmail.com

Santo André

Puxadinho

A candidatura do líder do MTST, Guilherme Boulos, irrita os demais pré-candidatos do PSOL (8/3, A10). Chegou a hora de verificar se o PSOL é um partido ou mero puxadinho do PT, pois Lula mandou e lá foi Boulos se filiar à legenda, apesar dos protestos, e se lançar candidato presidencial nesta eleição.

ULF HERMANN MONDL

hermannxx@yahoo.com.br

São José (SC)

VIOLÊNCIA DO MST

Ataque ao ‘Globo’

Mais um ataque covarde, agora ao parque gráfico do Globo, na Baixada Fluminense. O MST e demais movimentos que participaram desse vandalismo não conhecem outra forma de expressão que não seja a violência, as agressões físicas e verbais, o linguajar chulo, a revolta inconsequente. Atos grosseiros de quem não merece crédito. O ataque a um jornal revela a alma do MST e da esquerda mercenária, em manifesto desprezo pela imprensa livre e pela democracia.

MÁRIO NEGRÃO BORGONOVI

marionegrao.borgonovi@gmail.com

Rio de Janeiro

Terrorismo

Inadmissível! Um ato literalmente terrorista, seguindo a cartilha de Lula do “nós contra eles”. Esses vândalos, armados até com facões, picharam paredes, danificaram móveis, tentaram até atear fogo num totem com o nome da empresa. A situação só não foi pior porque esses cumpanheiros foram impedidos de entrar no parque gráfico. Congresso e Judiciário não podem ficar assistindo a essa barbárie como se fosse uma manifestação popular democrática. Senão, quando da provável prisão de Lula, vão fazer coisa pior.

PAULO PANOSSIAN

paulopanossian@hotmail.com

São Carlos

Impunidade

Essa invasão, ontem, do Globo é mais uma atuação fora da lei do MST, acostumado à impunidade nos dois últimos decênios. E atingiu o máximo da desfaçatez, demonstrando que não existe lei para ele. Pichar, destruir bens e direitos merecem as punições legais cabíveis, para que tais transgressões não se repitam. É a certeza de impunidade que leva o MST a agir assim.

JOSÉ CARLOS DE C. CARNEIRO

carneiro.jcc@uol.com.br

Rio Claro

LULA É PÁGINA VIRADA

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva foi condenado pelo juiz Sérgio Moro, na primeira instância e também foi condenado na segunda instância por três desembargadores. Lula não obteve o habeas corpus no Supremo Tribunal de Justiça (STJ). Lula teve a sua chance de governar o Brasil por oito anos e desperdiçou os seus dois mandatos, envolvendo-se em esquemas ilícitos. O ex-metalúrgico ficou deslumbrado com tanto dinheiro e ficou amigo dos empresários e banqueiros poderosos. Lula é página virada na política brasileira. O Partido dos Trabalhadores teve um desempenho péssimo nas eleições de 2016. Provavelmente esse resultado se repetirá nas próximas eleições. Tchau Lula, tchau PT.

José Carlos Saraiva da Costa jcsdc@uol.com.br

Belo Horizonte

*

LULA UM CRIMINOSO COMUM

O “Estadão” (7/3) fez bem destacar a manchete “Regra do Orçamento exigirá mais R$ 100 bi do governo”, e não, o resultado do julgamento, diga-se sóbrio, dos magistrados do STJ, que negaram habeas corpus ao formador de quadrilha Lula da Silva.  Este farsante, apesar de ser um ex-presidente desta República, pela sua falta de respeito as nossas instituições e ao povo brasileiro, deve ser considerado como um criminoso comum, que sem piedade assaltou as nossas estatais, e ainda ajudou a quebrar a nossa economia. De tal forma que, nestas condições, jamais em tempo algum seria merecedor de um espaço tão nobre e destacado na capa do “Estadão”. Já que, este “camelô” da politica brasileira, como falso líder e estadista que foi só vendeu ilusão ao povo tupiniquim! E agora, está próximo de contar seus dias em algum presídio deste país...   

Paulo Panossian paulopanossian@hotmail.com

São Carlos

*

LÍRIOS DO CAMPO

Todo mundo roubou nos governos do PT, menos os dois lírios do campo: o Lula e a Dilma!

Eugênio José Alati eugenioalati13@gmail.com

Campinas

*

SANTA INOCÊNCIA

Se acreditarmos em Lula, ele está sendo condenado em todas as instâncias da Justiça por excesso de inocência. 

Ely Weinstein elyw@terra.com.br

São Paulo

*

A QUEM PERTENCE

Prezado dr. Sepúlveda Pertence, este processo condenando Lula e que vem sendo referendado  por unanimidade em nossos tribunais, após ser dado ampla e total liberdade de defesa ao paciente (réu), inclusive à sua, o mesmo não lhe “Pertence”. O referido julgamento pertence ao brasileiro honesto, trabalhador e cansado deste “lulopetismo” que nos destruiu. Pertence aos milhões de desempregados, àqueles brasileiros que fecharam seus comércios, que não são corruptos e que assistem dia a dia o crescer da insegurança, do desânimo, da frustração e principalmente de sua revolta com tudo que está aí. Pertence à Justiça, esta ferramenta democrática e valente que tanto é vilipendiada pelos pares que o sr. defende. Este processo pertence aos jovens brasileiros futuro desta Nação que assistirão a condenação dos verdadeiros culpados. E, finalmente, pertence à nossa incansável mídia, incluindo nosso “Estadão”, que com liberdade de expressão tão importante na democracia, aliás, liberdade esta também combatida por aqueles aos quais o sr. defende. Pertence, dr. Sepúlveda e sei que o sr. também o é, aos homens de bem.

Claudio Baptista clabap45@gmail.com

São Paulo

*

PLACAR

STJ 5 x 0 Lula. Agora só falta o STF ratificar a decisão unânime e justificar ser chamado de Supremo. #lulanacadeia já, sem mais delongas. Basta!

J.S. Decol decoljs@gmail.com

São Paulo

*

NINGUÉM CONSERTA

Que cena patética ver um advogado octogenário, que foi ministro do STF, capengando num tribunal para defender um ex-presidente enlameado até a medula! O que o Zanin fez, nenhum outro conserta. E o que o Lula fez, nenhum advogado consegue defender.

Elisabeth Migliavacca

São Paulo

*

ACORVADADOS 9 x DEMIURGO 0

Desafiando e menosprezando o Poder Judiciário, o demiurgo de Garanhuns, Lula da Silva, afirmou com todas as letras e em alto e bom som que o Judiciário estava “acovardado”. A resposta, não tardou e nem falhou: “nove a zero”. Está bom ou quer mais, Lula? 

Júlio Roberto Ayres Brisola jrobrisola@uol.com.br

São Paulo

*

PREPARAÇÃO

Antes de ir a pé para Curitiba, recomendo que Lula providencie uma meia sola caprichada.

Roberto Twiaschor rtwiaschor@uol.com.br

São Paulo

*

Cheia de obscuridades é a alma mais honesta nunca antes vista na história neste país.

José Roberto Niero jrniero@yahoo.com.br

São Paulo

*

PENA DE MORTE

Imaginem se houvesse pena de morte no Brasil! Até os “renomados” juristas decidirem sobre a execução da pena, o condenado morreria de velhice.

Mario Ghellere marinhoghellere@gmail.com

São Paulo

*

DAR UM TEMPO

Vem mês, vai mês. Vem semana, vai semana. Penso de que o assunto esgotou-se. Os tribunais e a mídia em geral, têm destinado grande parte do tempo ao julgamento do “ex”. Imagino a quantidade de dinheiro é gasto, nesses tribunais, cujos ministros, todos, bem produzidos, manifestam seu voto com milongas e delongas. Há ministro saudando o defensor, teceu loas ao conhecido advogado, amigo pessoal do réu. Mais um aquinhoado com verba gigantesca. Passou a hora, esse assunto esta esgotado, vamos dar um “tempo”, ninguém merece!

José Perin Garcia jperin@uol.com.br 

Santo André

*

DIFERENÇAS

Enquanto no Brasil há necessidade de quatro tribunais para tentar impedir a prisão do ex-presidente, o que não deve acontecer, pelos crimes que cometeu, na Venezuela e Cuba já estaria preso, mesmo sem julgamento.

José Wilson de Lima Costa jwlcosta@bol.com.br

São Paulo

*

ROMARIA NO STF

Intermediado pelo ministro Ricardo Lewandovski, os “notáveis” do PT como a ré Gleisi Hoffmann, o indiciado Jaques Wagner, o suspeito Gilbertinho e defensor de Dilma, José Eduardo Cardozo percorrem os gabinetes dos juízes do STF buscando meios de salvar o cidadão mais honesto do Brasil, já condenado por órgão colegiado por unanimidade. O sr. Lula da Silva já deve estar cansado de recorrer e perder nos diferentes tribunais e, deve estar chegando à conclusão de que é hora de correr para fora do País.

José Alcides Muller josealcidesmuller@hotmail.com

Avaré

*

A DESENVOLTURA DO DELITO

Do frango ao presidente, no Brasil de Brasília quem não é suspeito, investigado ou condenado, contaminado está. Quebrem-se todos os sigilos, qual nova patifaria criminosa nos surpreenderá? Verticalizado, o crime corrompe a base da pirâmide. Não haverá exército suficiente para a varredura saneadora: a miséria moral é o próprio poder; a miséria material esmaga 13 milhões de desempregados potencializada com 13 milhões de analfabetos. Desgraçadamente para a consciência social e para a História, a República dos párias da Pátria confronta a dos filhos da Pátria dos supersalários, dos auxílios-moradia e quejandos. Armas e tiros não curam sociopatias. Porto paulista, mala paulistana, cofos baianos com R$ 51 milhões, cargueiro alemão com 5 milhões de dólares são pedras do xadrez onde rei e peão se nivelam na desenvoltura do delito. A malha de becos e lages da Rocinha de algum modo reproduz o labirinto e o luxo de gabinetes da Praça dos Três Poderes.

José Maria Leal Paes myguep23@gmail.com

Belém

*

BRASIL

Rocha Loures diz que não tem nada a esconder, só uma mala recheada com R$ 500.000! Piada de mau gosto!

Rodrigo Echeverria rodecheverria73@hotmail.com

São Paulo

*

PROTELARIZAÇÃO

A advocacia vem sofrendo as nefastas consequências da protelarização e do desprestígio, pelo inchaço e pela concorrência aviltante. Por isso é decepcionante ver a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) envolvida em expedientes nebulosos para livrar o corrupto Lula da cadeia, ao invés de cumprir seu papel institucional com zelo. Os combalidos advogados estão órfãos de representação, mas, pelo visto, corrupto “genocida” que mata seus concidadãos pela desumana roubalheira de dinheiro público, não.

Túllio Carvalho tulliocarvalho.advocacia@gmail.com

Belo Horizonte

*

MENSAGEM AO ELEITORADO

O “Estadão” publicou (7/3, A6) duas figuras contrastantes de grande projeção nacional: o governador do Estado de São Paulo Geraldo Alckmin e o ex-presidente do Brasil, Luiz Inácio Lula da Silva. Ambos candidatos ao cargo de presidente da República. O governador paulista é competente, honesto e elogiado pelas suas realizações. Em contra partida, o ex-presidente, que deixou o País numa crises sem precedentes. Finalmente, o eleitor brasileiro terá a chance de mostrar se amadureceu politicamente. Deus salve o Brasil!

José Millei millei.jose@gmail.com

São Paulo 

*

PESQUISA?

Sempre disse e sustentei que há algo de muito, mas muito errado mesmo com os institutos de pesquisa no Brasil, mormente quando envolvem questões eleitorais que não raramente quando se contam os votos se mostraram erradíssimas e aí vem uma desculpa envolvendo uma “matemágica” qualquer ou pior, pondo a culpa no eleitor em uma “mudança de opinião” na última hora! Eu estava na Itália quando destas últimas eleições e me espantei ao saber que por lá as “sondaggio” ouvem entre 80 mil a mais de cem mil pessoas quando aqui são 1.500 ou no máximo 3 mil pessoas, e o país lá tem menos gente que o Brasil! Não conheço 80 mil pessoas por óbvio, mas em meu dia a dia também não conheci até agora uma única pessoa desde que decidi perguntar em quem votarão para presidente que me diga que votará em Lula da Silva e pergunto isto a muitos, todos os dias... O contrário ocorre, que não votarão nele (Lula) de jeito nenhum, mas muitos me dizem que votarão em Jair Bolsonaro. Portanto não posso acreditar na pesquisa da tal CNT (porque cargas d´agua uma confederação de transportadores encomenda pesquisas?) que Lula possua mais de 30% de intenções de votos na estimulada (quando nomes são apresentados ao pesquisado em uma folha) ou 18% na espontânea. Novamente, há algo de muito errado aí, outra vez, novamente, de novo, again... As urnas dirão a verdade (espero)!

Paulo Boccato pofboccato@yahoo.com.br

Taquaritinga

*

DA IMPUNIDADE 

Os ministros podem libertar vários bandidos, mas estarão para sempre encarcerados na sua decisão.

Ademir Fernandes standyball@hotmail.com 

São Paulo

*

PERDAS E GANHOS

Informa o “Estadão” que 52% da atual geração de jovens está com o futuro comprometido devido ao desprezo pelos estudos e, mais, pelo engodo do governo com seus decretos e portarias que só facilitam o abandono do interesse pelas escolas desde o fundamental. A Educação no Brasil deveria seguir os padrões de países desenvolvidos. Mas informa, ainda, o “Estadão” que a salvação da lavoura, novamente, está nas mãos do agronegócio, que aponta para um superávit de mais de R$ 1 bilhão. E vai seguindo a procissão.

Jair Coelho jairgcoelho@gmail.com

Vassouras (RJ)

*

A CARA DO BRASIL

Um caso simples de mero assassinado fratricida, é objeto de decisão do STF, cuja relatoria está por conta do conhecido juiz petista Dias Toffoli. Essa é a cara do Brasil, pior nem não se precisa.

Ariovaldo Batista arioba06@hotmail.com 

São Bernardo do Campo

*

AVANÇOS E REFORMAS

A notícia vinculada no “Estadão”, sobre a criação de áreas de proteção gigantes, dá a dimensão dos avanços do Brasil em questões relevantes (como nunca visto antes), que são preocupações de pessoas ímpares na compreensão dos avanços da humanidade, pelo tempo que se dedicaram e se doutoraram a temas universais! Sylvia Earle, de 82 anos de idade, é uma delas. Temer age na surdina, e a imprensa responsável, não comprometida com ideologias “baratas”, divulga com seriedade as ações desta interinidade política em que vivemos. Parabéns, Michel Temer! Que Raquel Dodge, e tantos outros, como Edson Fachin, que se intrometem açodadamente em seus atos, até mesmo inconstitucionalmente, buscando obstruir os avanços nas reformas, tenham em mente que o Brasil é maior do que imaginam.

Carlos Leonel Imenes leonelzucaimenes@gmail.com

São Paulo

*

PROTEÇÃO AMBIENTAL

A criação de duas áreas de proteção marinha é fácil, não interfere com interesses de congressistas e será festejada pela publicidade do governo. O Brasil precisa proteger da mesma forma as regiões de manguezais para proteger a fauna marinha, além de combater a poluição dos rios e a emissão de dejetos plásticos no mar. Que se cobrem tais ações no mesmo ato.

Harald Hellmuth hhellmuth@uol.com.br 

São Paulo

*

CONSTITUINTE JÁ!

O Brasil precisa de uma reforma constitucional urgente para produzir, principalmente, três resultados: 1) Desconstitucionalizar tudo que seja conjuntural; 2) Fazer profunda reforma do Judiciário, delimitando seus poderes. Nós temos que ser governados pela Constituição e pelas leis, não pela vontade dos julgadores. E mais: os membros dos tribunais não poderão ter o direito de veto que hoje possuem por meio dos pedidos de vista; 3) Fazer a reforma política, incluindo redução drástica da quantidade de parlamentares. Seria oportuno eleger os constituintes já nas próximas eleições. Conhecendo, porém, os parlamentares brasileiros, sabemos que isso não irá acontecer. Portanto, precisamos mesmo é de um ditador virtuoso para promover e “inspirar” a Constituinte. Como “o poder corrompe absolutamente”, a virtude é incompatível com a ditadura.  Conclusão: estamos no mato sem cachorro.

Wagner Tavares de Goes wag2@terra.com.br

São Paulo

*

Gol de placa do leitor José Carlos Saraiva da Costa no “Fórum dos Leitores” (6/3) quando chama Romário de “inexpressivo senador” que sonha em ser governador do Rio de Janeiro. Cruz credo. Os cariocas não merecem tamanho castigo. Romário é peixe fora d’água. É exemplo marcante de parlamentar omisso e obscuro. Romário promete festa inesquecível para lançar sua pré-candidatura. Na plataforma de realizações e feitos marcantes do senador, é destaque a matéria de “O Globo” relatando negócios escusos de Romário. Mostrando como Romário oculta patrimônio para fraudar credores. Não se sabe se a polícia foi convidada para o lançamento da pré-candidatura do senador.

Vicente Limongi Netto limonginetto@hotmail.com

Brasília

*

SEGURANÇA

Se os órgãos de segurança tivessem a organização dos criminosos, com certeza estaríamos vivendo outro momento.

Luiz Frid luiz.frid@globomail.com

São Paulo

*

INVESTIGAÇÃO INCOERENTE

É mais do que certo que Michel Temer pode apresentar seus extratos bancários límpidos e isentos de verbas decorrentes de corrupção, tanto que quer ele próprio demonstrar a sua situação. Assim, parece que a investigação já conduziu ao nada, porque a prova documental requerida pela Procuradoria-geral da República (PGR) a nada resultou, a não ser a comprovação da inocência do presidente Temer. Foi bom para ele, porque, ao deixar a Presidência, ficará livre de demais incômodos processuais. Diz o ditado popular que quem é muito apressado come cru. Ainda lhe resta o argumento de que rasgaram a Carta Magna quanto a essa investigação extemporânea (artigos 83/86 da Carta Magna). Se houve corrupção, o produto já deve ter voado para muito longe!

José Carlos de Carvalho Carneiro carneiro.jcc@uol.com.br

Rio Claro

*

CANDIDATO CHUCHU

Embora não seja especialista em marketing, creio que os tucanos estão perdendo excelente oportunidade de divulgarem seu candidato frente às provocações petistas. O termo “chuchu” era uma expressão antiga utilizada para denominar algo bom e bonito como: “Bom pra chuchu”, “a menina é um chuchu” e “chuchu beleza”. A hortaliça chuchu se encontra no mato e nas serras, e o melhor de tudo é que não é preciso roubar para tê-la. Ela se dá bem com tudo, exceto com coisa podre. É resistente às alterações climáticas, como a política brasileira, é uma excelente fonte de vitaminas, boa para perder peso e baixar o colesterol, e nossos políticos estão bem gordinhos. Também elimina toxinas, e talvez auxilie nas toxinas políticas. O melhor chuchu é o verde, uma das cores de nossa bandeira, e não vermelha. Vermelho é o pimentão, gostoso no começo e indigesto após consumido! Como vemos a natureza é como a política! 

Jose Rubens de Macedo Soares joserubens@jrmacedo.com.br

São Paulo

*

AVISO

Um aviso aos presidenciáveis: fazer campanha em cima da falta de segurança pública e enchentes nas capitais não elege mais ninguém. O povo não suporta mais ouvir a mesma ladainha há mais de 50 anos. Outra coisa, culpar os governos anteriores também não cola mais, uma vez que todos os possíveis e atuais candidatos já estiveram em governos passados... Depois de tanto apanhar, o povo, o eleitorado brasileiro, irá valorizar o homem, o cidadão, vai querer saber do seu passado, do seu histórico de homem público, vai querer saber ao lado de quem ele andou pelos últimos anos, vai destrinchar seu currículo de cabo a rabo. Já calejado, não irá comprar gato por lebre... Por isso, governador Alckmin, se cuide, esse negócio de querer explorar a segurança pública em campanha já caiu de moda. Sem contar que o eleitorado não  esqueceu  que  o  senhor e seu partido já estão no governo há mais de 20 anos.  

Arnaldo de Almeida Dotoli arnaldodotoli@uol.com.br 

São Paulo

*

ADMINISTRAÇÃO INOVADORA 

Numa prova que o novo na política pode solucionar velhos problemas na administração pública, o prefeito de São Paulo, João Doria (PSDB), logrou blindar uma parte da população da cidade das deficiências na segurança pública. Por decreto publicado no diário oficial de sábado, o prefeito concedeu proteção policial a ex-prefeitos e às suas famílias por um ano após o término do mandato. Os munícipes beneficiados ¬– poucos por enquanto, admite-se – deverão ter seu número elevado em abril, quando o próprio Doria pretende renunciar ao cargo para ser candidato ao governo do Estado. Dos ex-prefeitos alcançados pela medida, é sabido que o deputado federal Paulo Maluf (PP-SP) irá declinar da proteção, em seu caso desnecessária, por morar em local especialmente temido pelos criminosos.

Sergio Saraiva Ridel sergiosridel@yahoo.com.br

São Paulo

*

COMPLEXO DE PRESIDENTE

Ante tantas aspirações políticas do prefeito João Doria, a administração da cidade ficou para segundo plano, o que as reportagens dos órgãos de imprensa nos mostram diariamente. Passou então a veicular nos meios de comunicação propaganda alardeando atividades de uma esmerada manutenção da cidade. Um bom exemplo é o que trata do asfaltamento da cidade. Na propaganda, vários “populares” afirmam a boa qualidade do novo asfalto a ser utilizado pela Prefeitura. Uma das testemunhas afirma ser um asfalto para durar 40 anos, o que estranhei. E, consultando o comunicado de 16/11/2017, da Secretaria Especial de Comunicação, constatei que o novo edital para fornecimento de asfalto exige durabilidade de oito anos, bem longe dos 40 anos alardeados na propaganda. Desde o início de seu governo, o prefeito vem alterando as denominações de órgãos da administração Municipal, adaptando-os à semelhança da presidência da República. Assim, o gabinete do prefeito passou a denominar-se Casa Civil, a secretaria das Finanças em secretaria da Fazenda, etc.. E, no último sábado, publicou o decreto n.º 58.117, que alterou as funções da assessoria Policial-Militar da Prefeitura, com uma inovação impar em seu artigo 4.º inciso I, letra d, a saber, “organizar e dirigir os serviços de segurança pessoal do ex-prefeito, de seu cônjuge e filhos, pelo período de um ano, a partir do término do exercício da função de Prefeito, desde que esse termino não decorra de cassação de mandato”. Mais adiante o decreto explicita que essa segurança será limitada ao máximo de quatro policias militares. Ora, como nenhum de seus antecessores terá direito a tal segurança, dado o tempo decorrido ele, que pretende renunciar ao cargo, para se candidatar a governador do Estado passará a gozar dessa regalia. Abominável, pois é um decreto em causa própria, e pior, para uma mordomia imoral, imitando outra imoralidade dada aos ex-presidentes da República. Quanto mais um prefeito se dedicar em assuntos banais, menos irá preocupar com os reais problemas da cidade.

Gilberto Pacini benetazzos@bol.com.br

São Paulo

*

CEGOS E ESTRÁBICOS

Porque não privatizar a Petrobrás? Ótima e elementar pergunta! Porque o que ela sofreu de impacto pelos operadores corruptos capitaneados pelo PT e sua corja de bandidos é a maior prova de que privatizada, além de dar lucro, não iria acontecer este assalto, esta verdadeira invasão de canalhas nunca antes vista numa estatal que comprou o poder com seu dinheiro e ainda perdeu bilhões com negociatas impensáveis. E pior ainda tem petista fanático e cego dizendo que nada aconteceu, mas claro, se esquecem de olhar seus bolsos, tipo Gleisi Hoffmann. Elena Landau, nota dez! Você tocou fundo em algo que muitos hipócritas dão uma de cegos e estrábicos.

Antonio Jose Gomes Marques a.jose@uol.com.br 

Rio de Janeiro

*

ENTREGAS DOS CORREIOS

Até quando teremos que conviver com a ineficiência dos Correios na entrega de boletos bancários e contas a pagar em geral? Tais documentos têm nos chegado após o vencimento. E nós, nos sujeitando a paga-los com atraso, com acréscimo de taxas/multas/juros. Será que os dirigentes responsáveis não sabem o caminho para corrigir esta situação?

  

Adib Hanna adib.hanna@bol.com.br

São Paulo

*

EUA X EUROPA

Quem vai ganhar essa guerra comercial? Em minha opinião, os EUA perdem de lavada, mas vão recuar. Pena que o Brasil está perdendo uma grande oportunidade de dar uma enquadrada nos EUA também. Mas quem nasceu para vira-lata, jamais chegará a pastor alemão. 

Maria Carmen Del Bel Tunes carmen_tunes@yahoo.com.br

Americana 

*

ROUBANDO SONHOS

Tenho um sítio, há mais de vinte anos, na região de Cotia (SP), bairro Caucaia do Alto/Tijuco Preto. Local agradável, que mantemos com sacrifício, aonde nos reunimos nos fins de semana, filhos, parentes e amigos para descansar e manter o grupo próximo e a amizade sempre revivida. Porém, domingo, 4/3/18, às 18h, quando já havíamos saído, tendo ficado no local o caseiro e seus familiares, um grupo de cinco assaltantes, com capuz, armados de revolveres, espingarda e facas invadiu o local, espancaram o caseiro, aterrorizaram sua família e roubaram seus pertences. Lá ficaram por 4 horas, sem que houvesse qualquer lógica para permanecerem por tanto tempo, pois já não havia o que roubar, a não ser aumentar o sofrimento deste pobre grupo de vítimas. Resumo da ópera: certamente não voltemos ao sítio, o grupo está alarmado, o lazer descontraído não é mais possível. Os caseiros, originários da Bahia e conosco há muitos anos, querem partir, estão amedrontados, com toda razão. Boletim de ocorrência feito na delegacia de Cotia, alguma esperança que ainda se possa fazer justiça, no momento atual do Brasil, nenhuma esperança de aqui poder viver e criar seus filhos em paz. Em poucas horas roubaram nossos sonhos, deixando-nos com um sentimento amargo de uma enorme desesperança.

Roberto G.

São Paulo

*

INSCRIÇÃO

Venho utilizar este meio de comunicação para relatar problema ocorrido. Era 00:05h do dia 8/3 e não consegui concluir a pré-inscrição. O prazo para conclusão era até dia 08/03 para os selecionados na primeira lista de chamada. Os erros se alternam, ao informar: o valor da sua prestação é inferior a R$ 50, valor mínimo permitido para financiamento com recursos do Fies. Agora, se você indica o valor no campo: valor da semestralidade a ser cursado com desconto R$: * (que é obrigatório), o sistema apresenta a mensagem de erro: “O valor de entrada do campo valor a ser financiado no semestre a ser cursado com recursos do Fies não faz parte dos valores esperados”. Já incluir o valor total do semestre, depois inclui apenas os valores constantes nos campos: despesa mensal de operacionalização do financiamento de R$ 41,10. Mensalidade do seguro prestamista de até R$ 5. O MEC não se pronuncia, o mínimo que deveria fazer era regularizar o sistema e prorrogar o prazo para os ingressantes. Decepção.

Alexandre Carvalho ale.carpt@hotmail.com

São Paulo

*

8.º FÓRUM MUNDIAL DA ÁGUA

Sobre o Fórum Mundial da Água eu gostaria que não fosse esquecido que os rios que cortam a capital paulista e a carioca também são águas. Acho louvável a criações das reservas marinhas, mas águas do nosso convívio diário estão sendo negligenciadas e mal tradadas sem o menor pudor, como se isso fosse o único modo possível. Limpar um rio não deveria ser tão impossível assim. Desrespeitar o meio ambiente é uma clara demonstração de atraso e descaso.

Sandra Kompier Abib sandraabib@yahoo.com.br

São Paulo

*

A MULHER MAIS IDOSA DO BRASIL

Neste mês em que se comemora o dia Internacional da Mulher, apresentamos um dos maiores exemplos de vida. É a dona Filomena Maria da Conceição, que acaba de completar 118 anos, alagoana nascida em União dos Palmares, em 6 de março de 1900. É uma das pessoas mais idosas do mundo e reconhecidamente a mulher mais idosa do Brasil. Mora em Douradina, noroeste do Paraná, com uma filha e netos. Seu maior sonho é reencontrar uma filha, Maria José Martins, que não vê há aproximadamente 63 anos. O nome do pai da filha é José Sebastião Martins. A que está desaparecida morava em Juazeiro do Norte, Ceará, e depois se mudou para Exu, Pernambuco; tinha naquela época 13 anos. Dona Filó morava em União dos Palmares, Alagoas e tinha seis crianças. Separou-se do marido com quem vivia desde os 15 anos e que era muito violento, e veio para o Paraná com quatro crianças em um caminhão pau-de-arara, deixando duas filhas com o marido. Nunca mais se casou. Conseguiu reencontrar uma das filhas após 59 anos com ajuda da internet. Primeiro morou em Rondon, noroeste do Paraná, e logo depois se estabeleceu em Douradina, onde mora. Durante todos os anos de serviço foi trabalhadora rural. Mas nada impediu a aposentada de ser feliz e manter as forças para reencontrar uma das filhas em 2015, que havia ficado com o ex-marido. Filomena havia passado mais da metade da vida longe da filha caçula Josenilda Martins. Agora ela tem esperança de encontrar a mais velha. “Imaginamos que ela resida no Estado de Pernambuco, fiquei sabendo que ela já morou muito tempo em Juazeiro do Norte”, falou o neto sobre a vó.

Rogério De Souza Pires sorriso.psi@hotmail.com 

Umuarama (PR)

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.