Fórum dos Leitores

Cartas selecionadas para a edição impressa e portal estadao.com.br

O Estado de S.Paulo

15 Março 2018 | 03h00

PODER JUDICIÁRIO

Barroso e a Constituição

O ministro Luís Roberto Barroso (STF) deve se achar acima de todos ao invadir a prerrogativa de legislar do Congresso e cassar o direito exclusivo do presidente da República de conceder indulto. Quando foi para anistiar o petista José Dirceu, condenado pela Lava Jato, o indulto natalino de Dilma serviu. Agora não serve mais? É porque os corruptos contemplados não são de sua predileção? Está só jogando para a plateia e atrapalhando o exercício do governo. Impeachment já!

WILLIAM N. GUIMARÃES GAMA

williamnazare.gama@gmail.com

Manaus

*

Infeliz da geração cujos juízes merecem ser julgados.

ELY WEINSTEIN

elyw@terra.com.br

São Paulo

*

Corrupção

A pedido dos advogados de Lula e Guido Mantega, a Segunda Turma do STF retirou das mãos do juiz Sergio Moro a condução das investigações a partir das delações de executivos da JBS. Parece que as coisas estão caminhando bem para ambos os réus...

ARTUR TOPGIAN

topgian.advogados@terra.com.br

São Paulo

*

Grevistas de toga

Bem lembrou ontem o leitor sr. Nilson Soares da Silva: nossa Justiça está em greve há muito tempo. Só que desta vez, já useira e vezeira em invadir competências alheias, como provam as incursões em matérias do Legislativo e do Executivo, o Judiciário resolveu invadir a competência dos nossos humoristas. E estes que se cuidem. Afinal, a anunciada greve de nosso “Judiciário sindical” em favor da manutenção de mordomias não éticas só pode ser piada. Ou acham suas excelências grevistas que alguém perceberá algum efeito da greve em sua fantástica “eficiência”? 

LAZAR KRYM

lkrym@terra.com.br

São Paulo

*

ELEIÇÕES

Digam ao povo que fui 

“Todos os compromissos que assumo, eu cumpro. (...) Não sou candidato a nada.” O empresário que se apresentou como gestor, e não como político, e com esse discurso venceu no primeiro turno a eleição para prefeito da nossa São Paulo, está de saída. Não só não vai cumprir o compromisso que assumiu, como também se mostrou, desde o início de sua gestão, candidato a tudo. Percorreu cidades brasileiras na busca de um lugar no pleito para a Presidência da República e, não obtendo êxito, regressou inconformado e já com o pensamento em outro cargo de grande importância: o de governador do Estado de São Paulo. Realmente o gestor não demonstrou nenhum apetite para administrar esta cidade, com tantos e tão graves problemas à espera de solução. Melhor seria que voltasse a gerir só os seus negócios. 

ANA LUISA GODINHO ARIOLLI

analuariolli@hotmail.com

São Paulo

*

Democracia?

Elegemos um prefeito que logo em seguida quer ser governador. Votamos num deputado que, de repente, vira secretário ou ministro. Até quando os eleitores serão enganados miseravelmente por esses políticos enganadores e inescrupulosos? Quando serão corrigidos esses absurdos deste nosso arremedo de democracia?

NELSON PENTEADO DE CASTRO

pentecas@uol.com.br

São Paulo

*

HONORÁRIOS

E privilégios

Todos os dias o brasileiro é brindado com absurdos de desperdício e apropriação indébita de recursos públicos. Conforme editorial de 13/3 (A3), os advogados servidores públicos, altamente organizados em suas entidades de classe, conseguiram o melhor de dois mundos: receber alto salário com benefícios ultragenerosos, como previdência especial, e agora também os famigerados honorários de sucumbência, a que tem direito a parte vencedora num processo e que constitui o grosso da remuneração dos advogados que militam no setor privado. Obtiveram isso com muito lobby entre congressistas traidores da Pátria. Ora, se esses servidores querem ficar ricos, vão para a iniciativa privada. Os honorários de sucumbência, sendo o Estado a parte vencedora, pertencem ao Estado, não a seus advogados. Esse revoltante corporativismo patrimonialista é crime de lesa-pátria! A cidadania terá de lutar muito para eliminar os benefícios das castas privilegiadas encasteladas no Estado, sugando o sangue da Nação. 

CELSO DAL SECCO

chdalsecco@hotmail.com

São Paulo

*

Hipótese inversa

Ao editorial do Estadão, que como sempre toca no âmago de mais um problema deste país de aproveitadores, eu acrescentaria: se a Eletrobrás tivesse perdido a causa, os advogados ajudariam no pagamento da sucumbência? Com a palavra os “digníssimos” legisladores e juristas.

JOSÉ GILBERTO SILVESTRINI

jgsilvestrini@gmail.com

Pirassununga

*

Dinheiro sujo

O artigo de Carlos Alberto Di Franco sobre os gordos honorários de advogados de criminosos ricaços, com dinheiro obviamente obtido nos próprios crimes, ou seja, geralmente dinheiro público (12/3, A2), precisa merecer toda a atenção. A profissão de advogado de defesa é essencial para a democracia, mas não é isenta de suspeita quando se beneficia de produto de crime. A OAB devia se manifestar e atuar a esse respeito.

ADEMIR VALEZI

valezi@uol.com.br

São Paulo 

*

EMPRESA ESPACIAL

Dissolução

Noticia-se que o governo federal acelera a dissolução da binacional Alcântara Cyclone Space, criada nos tempos de Lula e Dilma Rousseff para o lançamento do foguete ucraniano Cyclone-4. Um delírio de R$ 490 milhões! Tratou-se de uma forma de desafiar o “imperialismo americano”. O plano redundou em fracasso técnico e comercial. O passivo com os credores brasileiros já alcança R$ 130 milhões. E há ainda o ônus da ruptura do tratado com a Ucrânia. Eis uma portentosa enrascada financeira, diplomática e jurídica.

WALTER GONÇALVES

wg@mls.com.br

Rio de Janeiro

*

CORREIOS

Eficiência postal

Em fins de fevereiro recebi dois cartões de Natal, um da Alemanha e outro dos Estados Unidos. Só para comprovar a eficiência do serviço postei uma carta no dia 6 de março em Curitiba, da agência dos Correios situada na Avenida Getúlio Vargas, a uma quadra de onde moro, para a minha casa, na mesma via. Chegou anteontem. Sem comentários.

BEATRIX NOGUEIRA BEHN

beatrixbehn@yahoo.com

São Paulo

*

'LULLA' E O FOGO AMIGO

A notícia do "Estadão" (14/3, A7) dando conta que "Lulla" lançará, na sexta-feira (16/3), o livro "A verdade vencerá" é prova de que, em primeiro lugar, "Lulla" não está nem um pouco preocupado com o Brasil ou com os "cumpanheiros", tanto é que agora ele faz comentários sobre o empenho de Dilma Rousseff no período do impeachment, além de reverências a Michel Temer. Este homem, que não sustenta em pé o que fala sentado, pensa que a maioria do povo brasileiro é ignorante e que ele tem condições, segundo sua "cumpanheira" Gleisi, de tentar voltar ao poder. Faz-me lembrar da cena de Mussolini e Claretta Petacci, sua amante, pendurados de cabeça para baixo, em 28 de abril de 1945, quando foram fuzilados em praça publica. Por sua vez, não bastasse o filme, agora '"Lulla" lança um livro. Esse já é um conhecido meio sórdido utilizado pelos nazistas - engendrado por Goebbels, ministro da propaganda na Alemanha Nazista - para iludir o povo. Aliás, o autor do livro, Juca Kfouri, comunista de carteirinha só poderia fazer uma biografia tendenciosa de seu chefe mor. Com certeza "A verdade vencerá" e o chefe maior será preso, já que a prisão é o mal menor na vida de "Lulla".

Claudio Mazetto cmazetto@ig.com.br   

Salto 

*

INOCÊNCIA & LITERATURA

Inocente? Escritor? Mais do que ninguém, o que nunca sabe de nada, pelo menos deveria saber que a verdade sempre vence...

Ademir Fernandes standyball@hotmail.com 

São Paulo

*

ESCRITOR?

Esse nosso País é surreal. De uma hora para outra o ignaro Lula, que se vangloria por não gostar de ler, que nunca estudou, mentiroso contumaz e preguiçoso por natureza, escreve um livro relâmpago. Só pode ser brincadeira. Se apropriar de trabalho intelectual é crime. Depois que fraude vier à tona, não vá dizer que o livro não é seu. Era o que faltava para integrar a putrefata biografia desse impostor.

Carlos Benedito Pereira da Silva carlosbpsilva@gmail.com 

Rio Claro

*

DE AUTORIA DO DEMIURGO DE GARANHUNS 

A certeza de ser preso nos próximos dias é tamanha que o demiurgo de Garanhuns se propôs em lançar um livro sobre sua lastimável trajetória. Para quem tem dificuldade em falar o português e criticar o seu "poste" Dilma, é um grande passo. O que não se faz quando está na mira da Justiça, não é Lula? 

Júlio Roberto Ayres Brisola jrobrisola@uol.com.br 

São Paulo

*

EU TAMBÉM

"Eu estou pronto para ser preso", afirma Lula em livro. E eu estou pronto para visitá-lo na cadeia.

Moacyr Rodrigues Nogueira moaca14@hotmail.com 

São Paulo

*

ATÉ QUE ENFIM...

Lula admite finalmente estar pronto para ser preso. O Brasil inteiro está no aguardo...

Luiz Frid luiz.frid@globomail.com 

São Paulo 

*

PRISÃO DE LULA

Já que em seus delírios de grandeza se comparou até a Jesus Cristo, Lula deve se preparar, agora em abril, para enfrentar o seu calvário...

Nivaldo Ribeiro Santos nivasan1928@gmail.com 

São Paulo

*

SEM TÍTULO

Não consegui encontrar um título para a mais absurda situação criada pela ministra Cármen Lúcia, presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ao receber, em caráter privado, uma das partes, no caso a defesa, do processo a ser instaurado naquele tribunal visando concessão de habeas corpus provisório para Lula, que já foi condenado em primeira e segunda instância em processo por corrupção passiva. Mesmo que, na reunião, a ministra tenha mantido a posição de não pautar o processo de concessão do habeas corpus, ela acabou por colocar em dúvida sua imparcialidade, tanto a pessoal e quanto principalmente a funcional. Ela deveria ter, no mínimo, convocado outro ministro para testemunhar o que foi tratado na reunião. E que tal se ela, numa tentativa de safar-se dessa situação considera incomoda, convidar a outra parte do processo para elaborar sobre o que foi tratado com o advogado da defesa.

Flávio Bassi flavio-bassi@uol.com.br 

São Paulo 

*

STF

O problema do País não é o de ter muitos marginais e quadrilheiros na política, mas sim o de tê-los soltos e livres. A leniência é desvio ético e moral que parece agradar e ter o apoio de boa parte da população. Rigidez e compostura cívica parecem não vicejar nos trópicos. Que o diga o decano do STF, que consta estar propenso a "dar uma mãozinha" para resgatar Lula de sua merecida pena.

Mário Rubens Costa costamar31@terra.com.br   

Campinas

*

GLEISI HOFFMANN

Estranhas as noções de democracia, de normalidade democrática, política e institucional, de constitucionalismo, de trânsito em julgado judicial, de moralidade, de história e de senso do ridículo da presidente do PT, Gleisi Hoffmann. Em uma mensagem postada no "Facebook", a senadora, ao admitir a iminência da prisão do ex-presidente Lula, parece ou estar confusa ou simplesmente tresloucada. Parou no tempo. Arregalou os olhos. É a única iluminada e sabedora da verdade dos fatos, diferentemente de todos os que não comungam de suas conclusões tão óbvias. Porém, ao ainda incitar a revolta e resistência às decisões e poderes do Estado Democrático de Direito, essa senhora comete um crime; e de crimes e criminosos já estamos por demais fartos.

Marcelo Gomes Jorge Feres marcelogferes@ig.com.br  

Rio de Janeiro

*

CORRUPÇÃO

Se corrupção epidêmica, que ceifa milhares de vidas, não for crime hediondo, então não sei o que pode ser. 

Carlos Villanova villanovacac@hotmail.com  

Porto Alegre

*

ISSO É A NOSSA 'SELIC'

Foi muito feliz e inteligente, além de providencial a divulgação e esclarecimento comparativo no "Estadão" (13/3, A9) solicitada e elaborada pela Fiesp/Ciesp, que mostra claramente o absurdo da "agiotagem" praticada pelos bancos e instituições financeiras no Brasil, de comum acordo e em conluio com o governo. Esclarecendo que uma pessoa qualquer que depositar R$ 100 na caderneta de poupança, após dez anos terá R$ 198,03. No entanto, se esta mesma pessoa utilizar os mesmos R$ 100 no cheque especial, após os mesmos dez anos estaria devendo nada menos que R$ 4.394.136,97. Que tal, algum comentário?

Angelo Tonelli angelotonelli@yahoo.com.br 

São Paulo 

*

'MATEMÁGICA'

Ao ver o anúncio de página inteira da Fiesp no "Estadão", tomei a liberdade de usar o neologismo do saudoso Joelmir Beting. Não vale a pena entrar no mérito dos números com uma abundância de algarismos significativos - possivelmente válidos no caso da caderneta de poupança. Afinal há aplicadores pacientes. Quando o assunto é cheque especial, o número gerado 4.xxx.xxx.xx não tem sentido nenhum. Ninguém é suficientemente insano para deixar uma conta "pendurada" no cheque especial, por definição um pronto-socorro concebido para uma situação de emergência, não para um prazo de dez anos. Sem contar que os bancos empregam taxas de juros diferentes, cujo impacto vai à esquerda da vírgula deste "estudo definitivo". O anunciante deve ter usado o juro médio informado pelo Banco Central. Nenhum gerente de banco continuaria empregado se deixasse uma dívida de R$ 100 alcançar tais níveis; haveria renegociação. É claro que existe uma diferença enorme entre os juros nas duas pontas e não era preciso um anúncio desse tipo para explicitar o que todo mundo sabe.

Alexandru Solomon alex101243@gmail.com 

São Paulo

*

RECUPERAÇÃO DE ESTATAIS

Recuperação de empresas estatais que não conseguem viver dos bens e serviços que produzem e prestam, dependendo de repasses do Tesouro Nacional para fechar suas contas? Só há uma solução: privatização nelas!

Sergio Salgado de Oliveira ssoliveiramsm@gmail.com 

Monte Santo de Minas (MG)

*

POR QUE NÃO?

É visível a todos que querem ver a enorme trama dos maus políticos, grandes empresários e até de boa parte da mídia brasileira para sugarem os recursos da União em total prejuízo do País e da população brasileira. Por que não se unem em prol do Brasil para alavancar os nossos progressos e tornar este país um dos mais desenvolvidos do mundo? Temos tudo no solo brasileiro para conquistar este objetivo, este é um país com todas as riquezas encontradas em seu solo, falta-nos apenas honestidade, patriotismo e responsabilidade no ato de administrar as causas públicas. Por que não a união dos citados para o bem da Pátria e do seu povo?

Benone Paiva benonepaiva@gmail.com 

São Paulo

*

POLÍTICAS PÚBLICAS

Já foi o tempo em que a dignidade era um valor perene a ser honrado, hoje o Estado ensina como desconsiderá-la por necessidades políticas.

Francisco José Sidoti fransidoti@gmail.com 

São Paulo 

*

DINHEIRO PÚBLICO

Desperdício de dinheiro público foi com a compra de votos para não ser julgado.

Moisés Goldstein mgoldstein@bol.com.br 

São Paulo 

*

QUE TAL O 'BOLSA VOTO'? 

Já que o presidente Temer estuda aumentar o valor do Bolsa Família acima da inflação, justamente em ano de eleição, e para desvincular o nome ao governo do PT, procura sugestões de nomes. Que tal "Bolsa Voto"? Não podemos nos esquecer de que também o MDB (antigo PMDB) surfou na onda dessa bondade, sem nunca exigirem contrapartida da população e assim conseguiram triplicar o número de municípios governados pelo partido. Mudaram as moscas, mas a carniça continua a mesma!

Beatriz Campos beatriz.campos@uol.com.br 

São Paulo

*

CORRA STF, CORRA!

Romero Jucá está sendo julgado pelo STF por corrupção passiva e lavagem de dinheiro. O ex-ministro do Planejamento é acusado de receber R$ 150 mil da Odebrecht para reduzir as alíquotas do PIS e Cofins via medida provisória. Jucá coleciona 14 processos no STF e foi mencionado na delação de Cláudio Melo Filho, ex-executivo da Odebrecht. Segundo Cláudio, o parlamentar colaborava aprovando emendas no Congresso Nacional para beneficiar a empreiteira. O lento STF está cozinhando Jucá em fogo brando desde o final de 2016. É preciso retirar a poeira debaixo do tapete urgentemente.

José Carlos Saraiva da Costa jcsdc@uol.com.br 

Belo Horizonte

*

VALEU MINISTRO BARROSO 

Conforme noticiado pelo "Estadão" (13/3, A6), o ministro Luís Roberto Barroso decidiu por conta própria estabelecer regras para a concessão de indulto presidencial a presos, ou seja, não poderão ser beneficiados os condenados pelos chamados crimes de colarinho branco, como corrupção, lavagem de dinheiro e tráfico de influência. Embora ele não esteja autorizado nem pela Constituição nem pelas leis, o seu decreto manifesta claramente "A vontade popular" (14/3, A3), pois o infeliz decreto do presidente Temer se destina a beneficiar investigados e condenados por envolvimento em esquemas de corrupção, em que até ele próprio é investigado. A sociedade brasileira agradece de coração ao ministro Barroso por ser um dos mais ativos porta-estandartes contra a corrupção e na defesa da operação Lava Jato. Valeu ministro Barroso!

Edgard Gobbi edgardgobbi@gmail.com 

Campinas

*

STF ACERTOU UMA

Parabéns, ministro Luís Roberto Barroso. Faça justiça, sem casuísmo.

Claudio Juchem csjeduca@gmail.com 

São Paulo

*

GILMAR... SEMPRE ELE

Ao conceder decisão liminar concedendo habeas corpus contra a execução de prisão depois de condenação em segunda instância, o ministro Gilmar Mendes confirma que ele só segue uma linha filosófica germânica quando lhe convém politicamente. Na Alemanha, condenado em primeira instância não fica indo a restaurante chique e passeando na praia como se nada tivesse acontecido. O que dirá condenados em segunda instância.

Oscar Thompson oscarthompson@hotmail.com 

São Paulo

*

HONORÁRIOS MILIONÁRIOS

Penso que esses honorários milionários recebidos por advogados, principalmente de políticos notoriamente corruptos, nunca foram questionados simplesmente porque todo mundo sabe de onde provém esse dinheiro. Porém, reclamar para quem? Ou para quê?

Marisa Bodenstorfer baica53@googlemail.com  

Alemanha

*

REDES SOCIAIS E ELEIÇÕES 

O diretor de comunicação e marketing da Fundação Getúlio Vargas, Marcos Facó, entende que "redes sociais não têm o poder de eleger ninguém". E explica minuciosamente suas razões. O que me chamou atenção foi a resposta que deu à questão sobre a importância do tempo de propaganda no rádio e TV. Disse ele, noutras palavras, que o nível de educação eleitorado brasileiro ainda é muito baixo, razão pela qual a palavra falada destes meios mais "antigos" de comunicação são ainda muito mais "convincentes", que o trabalho desenvolvido em redes sociais. Aqui ainda achamos que as redes sociais se destinam a "proteger" o político impopular, o deixando protegido de vaias, gritos paneladas, etc.. As críticas, nas redes sociais, são menos corrosivas às campanhas eleitorais, ou ao próprio político em exercício, como se dá com Michel Temer e em maior medida com Trump. De certa forma, as redes sociais têm várias e importantes funções. O blog "O Antagonista" tem dado furos que vão parar no Jornal Nacional (JN). Mas é ele - o JN - quem de fato influi no resultado do pleito, claro, aqui tomando o JN como exemplo da mídia televisiva. Ademais, as fake news são mais comuns nas redes sociais. Às vezes nascem e morrem lá. 

Andrea Metne Arnaut andreaarnaut@uol.com.br 

São Paulo

*

CIRO E MARINA, O INVERSO ATÉ PODE SER

Ciro Gomes (PDT) está delirando. Só isso explica sua tentativa ao pensar em Marina Silva (Rede) para vice em sua candidatura à Presidência! Se fosse o inverso, talvez ela até aceitasse. E mesmo assim ainda seria duvidoso. Ciro, assim como Rodrigo Maia (DEM), talvez possa liderar votação em seu Estado, mas nacionalmente não é ninguém.

Laércio Zanini spettro@uol.com.br 

São Paulo

*

DORIA GOVERNADOR

Todo apoio às candidaturas de Doria (PSDB) para governador, em dobradinha com Alckmin (PSDB) para presidente... São Paulo começa a irradiar sua cultura a todo o Brasil. E nós, paulistanos natos, acima de tudo somos paulistas!

Gilberto Dib gilberto@dib.com.br 

São Paulo

*

AÉCIO, O HONESTO

A quebra de sigilo do ainda senador Aécio Neves (PSDB) comprova que ele é a segunda alma mais honesta do País, atrás apenas do ex-presidente Lula. A evolução patrimonial de Aécio mostra que sua mãe e sua irmã deveriam ser presas por crimes de sonegação fiscal, ocultação de patrimônio, entre outros. 

Mário Barilá mariobarila@yahoo.com.br

São Paulo

*

POBRES DOENTES DO SUS

O SUS vai ofertar mais 10 terapias alternativas, que se somam aos já existentes 19 procedimentos complementares como noticiou o "Estadão" (13/3, A15). Não há nenhuma comprovação científica de eficácia dessas práticas. O que acontecerá certamente, é que os doentes, não conseguindo marcar consultas rapidamente pelo SUS (na medicina convencional) procurarão solução nestas práticas alternativas. Desse modo, o diagnóstico correto e a terapêutica adequada serão assim, ainda mais protelados, com consequências imprevisíveis, mas potencialmente muito graves. É um verdadeiro estelionato! 

Luigi Vercesi luigiapvercesi@gmail.com 

Botucatu

*

TERAPIAS ALTERNATIVAS 

Quem serão os terapeutas? Por exemplo, na imposição de mãos, quem vai impor as mãos no paciente? Algum

médico reconhecidamente ético?

Fausto Ferraz faustoferraz15@gmail.com 

São Paulo

*

IMPORTAÇÃO DE SARAMPO

Temos um alto número de pobres e desempregados que dependem de um sistema de saúde praticamente falido. Agora, num ato humanitário abrimos as portas aos venezuelanos que fogem da fome, porém que trazem em suas bagagens, além de miséria para somar com as nossas, doenças. Parece que sou um ser sem coração e que se recusa a receber nossos vizinhos como irmãos. Nada disso, se nós não temos dinheiro para tratar de nossos doentes, portanto, o que iremos oferecer a eles? Talvez dar a eles algum alívio. Mas importar doenças como o sarampo, poliomielite e outras tantas que já conseguimos debelar de nosso solo é estupidez. O governo tem planos para mandá-los para São Paulo, então me pergunto: onde irão morar?

Wilson Matiotta loluvies@gmail.com 

São Paulo

*

REMUNERAÇÕES DE CORONÉIS 

Explica-se a altíssima remuneração que vem sendo constatada na Polícia Militar (PM), mais especificamente no posto de coronel. É praxe nos Estados, os governadores concederem cargos em comissão para coronéis da ativa, em vários setores. O fazem para agradar a cúpula da PM, bom controle da tropa, bem como para promoção política. Ocorre, que ao contrario do que acontece no governo federal, basta um oficial desses ficar por um mês num desses cargos, para levar o valor da retribuição do mesmo, permanentemente. Assim sendo, se a média bruta mensal normal de um coronel PM for de R$ 17 mil e o cargo em comissão, R$ 10 mil, ele já passará para R$ 27 mil; e se depois passar por outros cargos (cargos não atinentes a função policial militar), acumulará mais ainda, tendo até de haver o abate-teto constitucional. Na área Federal, ao deixar o cargo comissionado, o titular perde a retribuição. Teria de haver uma PEC, proibindo essa prática nos Estados e municípios, prevenindo futuras na área Federal. Seria o mesmo se os três Comandantes das Forças Armadas acumulassem permanentemente a retribuição dos cargos às suas remunerações, proventos ou que quem servisse na Presidência da República mantivesse as gratificações do posto após deixaram as atividades especificas.

Heitor Vianna P Filho bob@intnet.com.br   

Araruama (RJ)

*

E SANTA TEREZA?

E Santa Tereza? O que acontecerá com este bairro histórico e abandonado do Rio de Janeiro? Os trilhos do bondinho estão em petição de miséria, os calçamentos das ruas esburacados, as casas sem manutenção. É um espaço tão lindo, bucólico, com lembranças dos séculos passados, atração de turistas estrangeiros e nacionais que está dominado por bandidos e vagabundos. Os artistas que desfrutam deste pedaço do Rio antigo sobrevivem em locais imundos e perigosos. Os bondinhos circulam precariamente e não atingem toda a área determinada pelos trilhos. A cidade está sitiada, em grande parte, devido ao abandono de espaços que não merecem ser desprestigiados pelos governos corruptos e predatórios.

Mário Negrão Borgonovi marionegrao.borgonovi@gmail.com

Rio de Janeiro 

*

CAPITAIS = MÁFIAS

O Brasil teve duas capitais dedicadas ao crime e "desadministração": rio de janeiro e brasília (minúsculas). Os Três Poderes cobram altos impostos para roubar a maior parte. Essas cidades não saem do noticiário, que informa que há máfias de drogas, sociedades com construtoras para receber porcentagens dos sobre preços, adendos aos já altos salários aos de colarinho branco. E o salário mínimo sumiu porque não tem colarinho, nem roupas, é pelado e esfomeado. 

Mário Dente eticototal@gmail.com 

São Paulo

*

MORRE STEPHEN HAWKING

A humanidade perdeu um homem extraordinário, cuja vida foi dedicada à física teórica e à cosmologia. Quis o destino e as forças cósmicas que nascesse exatamente no dia dos 300 anos da morte de Galileu Galilei (1564-1642) e partisse justamente em 14 de março, quando se comemora o aniversário de nascimento de Albert Einstein (1879-1955). O nome de Stephen Hawking ficará eternamente gravado por sua enorme contribuição à ciência. Seu livro "Uma breve história do tempo" é de enorme importância para a divulgação científica. Seus ensinamentos são uma luz que seguirá brilhando no universo.

Luiz Roberto da Costa Jr. lrcostajr@uol.com.br 

Campinas

*

O ESTUDIOSO DO TEMPO E ESPAÇO

Stephen William Hawking nos levou além, muito além do que a carcaça humana sugere ou significa - a fragilidade no limite. Nascido em 8 de janeiro de 1942, exatos 300 anos após a morte de Galileu, morreu no mesmo dia do nascimento de Albert Einstein (14 de março de 1879). Parece, e é, no tempo, monumental moldura para o gênio que desafiou a ELA, sigla com significado oposto a suavidade e beleza: a degeneração massacrante produzida pela Esclerose Lateral Amiotrófica. Nele apenas um dedo e os olhos se mexiam, voluntariamente. Stephen Hawking nos levou aos buracos negros do cosmos, buracos que ao explodir liberam partículas e radiação. Em cadeira com rodas, ele nos levou ao berço e ao túmulo das estrelas, simultaneamente. 

José Maria Leal Paes tunantamina@gmail.com 

Belém

*

FOI GÊNIO INQUESTIONÁVEL 

Não é somente pela genialidade e contribuição científica que Stephen Hawking já há muito tempo faz parte da história da humanidade, mas principalmente pela contraposição entre a doença física severa e debilitante que o acometeu desde jovem e sua capacidade, força de vontade e inteligência inquestionáveis. Hawking seguramente sofreu pela doença, mas não se deixou abater por ela. O físico britânico é um magnífico exemplo de superação e demonstra cabalmente como portadores de necessidades especiais podem ser produtivos para a sociedade, desde que haja apoio familiar, investimento em mobilidade e políticas inclusivas. O Brasil avançou muito neste sentido, mas ainda há um longo caminho a percorrer. 

Luciano Harary lharary@hotmail.com 

São Paulo

*

E UM EXEMPLO DE SUPERAÇÃO

Hawking foi, sem dúvida, o físico mais famoso de nossa geração. Vivia a matemática que se encontra atrás da física como poucos. Se por um lado sua contribuição para o desenvolvimento da física em si foi limitada, seu exemplo de superação continuará sendo uma fonte de inspiração para todos.

Jorge Alberto Nurkin jorge.nurkin@gmail.com 

São Paulo

*

ESPÍRITO EVOLUÍDO

Mais um espírito evoluído que deixa o calhambeque de um corpo remendado. Como epitáfio, cuidou bem da carcaça, mas do que a maioria. 

Ariovaldo Batista arioba06@hotmail.com   

São Paulo 

*

O MAIS INTELIGENTE DO MUNDO

Morreu Stephen Hawking, aleijado, cadeirante e homem mais inteligente do mundo! 

Paulo Sérgio Arisi paulo.arisi@gmail.com 

Porto Alegre

*

MORRE BEBETO DE FREITAS

Merecidas e oportunas todas as referências em homenagem ao grande esportista Bebeto de Freitas. Sua atuação foi decisiva não só na formação de atletas de vôlei, mas, sobretudo, na evolução da estrutura do esporte em nosso País, até então de conceito apático, elevando-o a potência mundial, chegando a conquistar medalhas olímpicas e títulos mundiais. Acrescente-se, outrossim, a contribuição decisiva para a popularização do vôlei como esporte de massa e sua divulgação extraordinária proporcionada pelo narrador esportivo Luciano do Valle, carinhosamente chamado de Luciano do Vôlei. Sem dúvidas uma dupla notável no caminho do vôlei Nacional.

Luís Álvaro Gonçalves luisalvaro@uol.com.br 

Presidente Prudente

*

'COMO VIVER SEM CRIADOS'

Concordo plenamente com o conteúdo da coluna de Roberto Damatta (14/3, C5), que leio semanalmente e aprecio muito. Apenas me senti incomodada com a frase da "dona da casa" feminista e emancipada. Essa colocação abriga o arraigado conceito da obrigação da mulher cuidar da casa. As mulheres feministas e emancipadas que conheço e (não têm "criadas") dividem as tarefas domésticas com seus maridos. Ou, quando moram sozinhas (e descobrem que cuidar só de si é simples), arrumam elas mesmo suas coisas contando, eventualmente, com a ajuda de "cleaning ladies", exatamente como nos USA. Aquelas que não conseguem viver sem as "criadas" podem ser qualquer coisa, menos feministas.

Ivany Yara de Medeiros ivanyaram@yahoo.com.br 

São Paulo

*

BARANGAS APENAS JOGADORES DE CLUBES

Torço pelo hexa na Rússia. Sei que a guerra dos seis jogos na Copa é árdua e difícil. Mas em respeito a Gerson, Pelé, Rivelino, Zico, Ronaldo Fenômeno e Ronaldo Gaúcho, Garrincha, PC Caju, Zito, Nilton Santos e Tostão, entre outros craques eternos, me recurso a comentar sobre os novos convocados de Tite, para os dois próximos amistosos da seleção. Nessa linha, é com a alma sangrando que lamento, mais uma vez, a ausência de Paulo Henrique Ganso entre os convocados. Ganso é o ritmista que Tite deseja e sonha. Lamentavelmente não mereceu nenhuma chance. Incrível. Patético e triste. A bola e os torcedores exigentes, que amam o futebol inteligente, vistoso e objetivo, não compreendem a omissão de Tite. Tomara que ele não se arrependa. 

Vicente Limongi Netto limonginetto@hotmil.com 

Brasília

*

ARENA CORINTHIANS

A entrevista do sr. Luiz Paulo Rosenberg (14/3, A13) ilustra a falta de competência que vemos por todo o País, de quem tem algum cargo de liderança... Duas arenas? Fundos? Cotas? Naming rights? Marketing agressivo? Apenas um vazio de ações concretas. A realidade é que construíram um estádio caríssimo e não há recursos para pagá-lo. Essa história vai longe... 

Ricardo Algranti ricardoalgranti@uol.com.br   

São Paulo

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.