Fórum dos Leitores

Cartas selecionadas para a edição impressa e portal estadao.com.br

O Estado de S.Paulo

13 Junho 2018 | 03h00

HUMOR NACIONAL

Pior agora?!

Soberbo o editorial O mau humor do brasileiro (12/6, A3). É a melhor descrição do comportamento da sociedade brasileira diante dos fatos correntes. Não gostar do presidente Michel Temer até se entende. Todavia não enxergar o que o governo atual promoveu é completa ignorância, independentemente de pesquisas indicarem que 72% acham que a situação do Brasil está pior agora. E o que dizer do governo de Dilma Rousseff? Era o melhor dos mundos? Infelizmente, a oposição é que merece esse porcentual, se levado em conta o interesse do País, que ela troca pela politicagem populista que nos quebrou. Será isso que a sociedade quer? Só o desinteresse e/ou a ignorância poderiam justificá-lo. Pobre País.

MARIO COBUCCI JUNIOR

maritocobucci@gmail.com

São Paulo

Lamentável cegueira

Realmente, não dá para entender como um homem que tirou o Brasil de sua maior crise, baixou a inflação a níveis nunca tão civilizados, conseguiu trazer os juros para patamares tão baixos, teve habilidade de negociar com o Congresso de modo a fazer reformas tão importantes – e foi tão sabotado em seu intento de fazer a mais importante delas, a da Previdência –, que tem observado sempre, com rigor, as regras democráticas... pode ser considerado o presidente mais impopular da História do Brasil. Que cegueira é essa? Mencionam o seu passado cheio de suspeitas de corrupção, como se os políticos mais bem situados nas pesquisas tivessem passado exemplar. Querem mudanças, mas não aceitam que Temer mexa em nada que lhes pareça retirar algum direito, mesmo que isso seja desmentido milhares de vezes. E assim, de incompreensão em incompreensão da realidade, tendem a eleger o que há de mais nefasto para conduzir o nosso país. E para complicar há um lado deletério da Lava Jato, que foi criar no povo a percepção incorreta de que todos são farinha do mesmo saco. Paradoxalmente, se Lula pudesse ser candidato, ainda o colocariam lá! Muitas pessoas citadas por delatores foram depois inocentadas e seus inquéritos, arquivados. Mas que importa para os procuradores e a Polícia Federal se a reputação de alguém vai injustamente para o ralo? E o que foi feito com Temer pelo sr. Rodrigo Janot, bem no momento em que estava prestes a aprovar a reforma da Previdência, dando como prêmio aos bandidos a liberdade total? É nessa ambiência confusa que um novo perfil de populismo emerge perigosamente. Pelo andar da carruagem, só temos a lastimar.

ELIANA FRANÇA LEME

efleme@gmail.com

Campinas

Resistência à reforma

Povo sem cultura é isto: por mais que o governo prove que as aposentadorias e pensões estão com os dias contados por causa do rombo da Previdência Social, se não for feita a reforma, ainda assim 81% dos entrevistados em recente pesquisa acham que do jeito que está ela não é deficitária...

URIAS BORRASCA

urias@mercosulrefratarios.com.br

Sertãozinho

Cair na real

Se não têm pão, comam brioches, frase famosa de uma sem-noção. Quando temos mais de 13 milhões de desempregados à míngua, quando o governo baixa juros, mas os bancos, não, desvendando um cartel financeiro cruel, pois não incentiva o trabalho; quando em horários de pico só se consegue tomar um ônibus, trem ou metrô depois de enfrentar longas filas; quando uma greve que deveria ser banal mostra a dependência do País de um sistema de transportes, quando postos aumentam o preço da gasolina e do álcool alegando desabastecimento e depois o baixam, mas a patamares superiores aos de antes da greve; quando supermercados aumentam o preço de alimentos seguindo a mesma regra dos postos, digam, em sã consciência: quem poderá estar de bom humor?

SERGIO HOLL LARA

jrmholl.idt@terra.com.br

Indaiatuba

Desconfiança

Mau humor ou desesperança? Seria insano se o brasileiro não estivesse tomado de desconfiança e mau humor com a política. Os políticos candidatos só mexem no angu em que se encontram. Não formulam programas, parecem temer perda de votos se defenderem programas e medidas necessárias, todas conhecidas. A mídia só aguarda os acontecimentos, mantém-se na nuvem abstrata acima do muro de onde piam os políticos medrosos. Então se faz de conivente com a situação que critica, sem provocar a articulação de medidas, projetos, programas.

HARALD HELLMUTH

hhellmuth@uol.com.br

São Paulo

CORRUPÇÃO

Unionista ou separatista?

Testemunha de defesa do encarcerado Lula da Silva, Fernando de Morais afirmou ao juiz Sergio Moro que ouviu do líder da banda U2 que somente o cidadão mais honesto do Brasil tem capacidade de unir brancos e negros, pobres e ricos, gordos e magros. Bono Vox demonstrou total ignorância se de fato fez essa declaração, lembrando que os responsáveis pela secessão no Brasil são justamente Lula da Silva e seus partidários. O artista deve desconhecer totalmente o “nós contra eles”. E o que dizer dos coxinhas e mortadelas?

J. A. MULLER

josealcidesmuller@hotmail.com

Avaré

Pena exemplar

O ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal, quer ouvir a Procuradoria-Geral da República antes de decidir sobre pedido dos advogados de Lula da Silva para suspender a prisão dele. Por justiça, deveria, sim, suspender a prisão pela condenação a 12 anos e um mês, para, imediatamente a seguir, ele ser condenado e preso, sem direito a nenhum tipo de benefício, a mais de 50 anos. Isso só para compensar os 14 milhões de brasileiros desempregados e respectivas famílias, que foram os principais prejudicados pelos desgovernos Lula e Dilma.

JOSÉ ROBERTO NIERO

jrniero@yahoo.com.br

São Caetano do Sul

PLANOS DE SAÚDE

Reajuste

Em atenção a cartas de leitores publicadas neste Fórum, a Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) esclarece que o índice máximo de reajuste dos planos individuais está em análise e deve ser divulgado este mês. Informações sobre o porcentual propagadas pela imprensa são especulativas, não oficiais. A ANS esclarece ainda que o índice de reajuste contém a variação dos preços dos insumos médicos e a variação da quantidade de utilização dos procedimentos, por isso esse porcentual não pode ser comparado ao índice de inflação.

GISELE AMARAL, gerência de Comunicação Social

gisele.souza@ans.gov.br

Rio de Janeiro

*

O ENCONTRO DE TRUMP E KIM

Donald Trump e Kim Jong-un se reuniram em clima de paz, sem ataques e ofensas. No Brasil, um debate entre Bolsonaro e outro candidato de esquerda pode acabar em duelo e morte, não dos candidatos, mas das "torcidas políticas organizadas". Democracia não é só liberdade de poder falar, organizar passeatas, manifestações contra ou a favor de políticos ou governo, sem cidadania nada disso é legítimo e respeitado. Ser brasileiro não é ter a certidão de nascimento provando, acima de tudo é ser cidadão, respeitar as leis mesmo estando só, guardar o papel de bala no bolso e descartar adequadamente, parece bobagem, mas faz toda a diferença o respeito que mora dentro do indivíduo. A distância que nos separa da Finlândia e Dinamarca é enorme, a mesma que separa os EUA e a Coreia do Norte, quem sabe começando não chegamos lá. Em outubro teremos as eleições, um exercício de cidadania e civismo, a chance de tirar o mau político e colocar no lugar gente honesta que promete apenas trabalho e não vantagens e obras faraônicas como estádios de futebol.

Luiz Ress Erdei gzero@zipmail.com.br

São Paulo

*

MÉTODO TRUMP

Há acordo quanto ao básico, e agora começa a discussão dos detalhes, que é onde moram os problemas. Desde Camp David entre Israel e os palestinos não havia evento tão fotogênico e tão inspirador. Aguardamos ansiosamente pelos próximos capítulos. Trump é alguém que não veio para manter o status quo. Sua forma de agir começa com o caos, mas objetiva chegar a um rearranjo mais adequado segundo o seu ponto de vista. Erra grosseiramente quem despreza a sua inteligência. O homem é um gênio e é muito difícil conseguir enxergar o que ele enxerga. Quem argumenta que seu objetivo é o caos, que ele não tem estratégia e que age por puro impulso, está se deixando levar pelas aparências e não entendeu a sua metodologia. Nenhuma destas três afirmações procede e, contudo, isto não significa que seu método irá trazer os resultados almejados pelo presidente americano. Jogam ao seu favor o peso da economia e do poderio norte-americanos. Jogam contra, os que estão satisfeitos com status quo e que não gostariam de mudá-lo. E também joga contra ele, o risco e a possibilidade de seu plano dar errado. Alguém que pretende mudar as coisas, caminha, via de regra, em terreno desconhecido. Ele arrisca muito e isto, um dia, pode lhe custar bem caro. 

Jorge Alberto Nurkin jorge.nurkin@gmail.com

São Paulo

*

O IMPONDERÁVEL

Com este encontro de Kim Jong-un e Donald Trump, cada vez mais parece que o mundo é dos "loucos".

Luiz Frid luiz.frid@globomail.com

São Paulo 

*

TRUMP E KIM

Comprovando o velho adágio de que "o impossível só dura o tempo de ser realizado".  Finalmente deu match o improvável e quase impossível encontro entre Donald Trump e Kim Jong-un em Cingapura. Viva, bravo!

J.S. Decol decoljs@gmail.com 

São Paulo

*

ENCONTRO HISTÓRICO

Trump e Kim finalmente se encontraram: os louros desse encontro, só mesmo o tempo dirá...

Virgílio Melhado Passoni mmpassoni@gmail.com

Jandaia do Sul (PR)

*

DESARMANDO A BOMBA

O encontro entre Trump e o "Little Rocket Man" ainda tem resultado incerto em longo prazo. Ainda assim, já é um gigantesco passo em direção à paz, frente a tudo o que já foi feito, até hoje.

Sérgio Eckermann Passos sepassos@yahoo.com.br 

Porto Feliz 

*

PRESSÃO 

Uma coisa que diminuiu a credibilidade e a capacidade de Trump em cumprir acordos, foi a ruptura unilateral de muitos acordos internacionais, com a justificativa do "America first". Sua recente ruptura do Nafta com o México e o Canadá, o acordo com o Irã, entre outros, o bate boca com o primeiro ministro do Canadá, entre outros, põe em dúvida a solidez de sua pessoa. Kim Jong-un poderá fazer surpresas a Trump se for como ele, numa reunião "teatro" com poucas probabilidades de resultados concretos, a não ser algo midiático de curto alcance. Se estivesse em Londres, faria algumas apostas sobre o evento em Cingapura.

Ulf Hermann Mondl hermannxx@yahoo.com.br

São José (SC)

*

PAZ

A imprensa internacional dá enorme espaço para o encontro entre o presidente Trump e o dirigente da Coreia do Norte, Kim Jong-un, considerado por muitos como ditador. E o objetivo é a desnuclearização da península coreana, onde pesquisas especiais criaram mecanismos nucleares que preocupam o dirigente do país que insiste em ditar regras ao restante do mundo. Mas permite que aliados mantenham seus arsenais nucleares. Como aceitar tais procedimentos. Evidentemente que não se trata de defender a postura norte-coreana, mas que seja usada para um efetivo desarmamento internacional. O mundo precisa de paz, sem imposições, mas com entendimento.

Uriel Villas Boas urielvillasboas@yahoo.com.br

Santos 

*

PESQUISAS: O PIOR PARA O BRASIL

Os governos Dilma e Lula destruíram a economia do País. Mas poucos conseguiram enxergar a desgraça que essa dupla provocou na vida do cidadão brasileiro. Mais fácil do que se informar é acreditar em mentiras tantas vezes pregadas por aqueles que se nada tem para contribuir, ludibriam a população com promessas nunca atingíveis. Temos um povo saudosista que vive do passado sem se dar conta de que um dia a conta chegaria como chegou. Falar que Temer é mal avaliado interessa às pesquisas, que têm seu foco principal em defender a volta do PT ao governo. Por que se justificaria essa vontade? Ora essa, muitas pessoas foram colocadas fora do governo e perderam sua "boquinha". Inclua-se aí sindicalistas, artistas que vinham sugando o dinheiro publico via Lei Rouanet e muita gente abrigada no grande guarda-chuva do serviço público, sem concurso e somente por indicação. Parlamentares, governantes, magistrados e altos funcionários não têm vergonha de aumentar os gastos públicos para seu próprio beneficio, mesmo durante uma das maiores crises de nossa história, após o desastre econômico combinado a uma corrupção sistêmica, e protagonizado por políticos e funcionários, com a aprovação ou a inércia do Judiciário. O governo Temer estava com Dilma, mas ao se tornar o presidente de fato foi em busca de salvar o País. Qual foi o primeiro obstáculo que surgiu apesar de ter constituído uma equipe econômica competentíssima? Esse sucesso incomodou o procurador Janot, que em defesa do PT tentou jogar Temer aos leões. Que se prendam e façam todos pagarem por seus crimes, mas prejudicar o País em nome de ideologia, aí já é falta de patriotismo. Dilma, que sofreu o impeachment, graças a uma manobra do ministro Lewandowski leva uma vida tranquila, não foi punida e continua gastando o seu, o meu, o nosso dinheiro. Portanto, acreditar em pesquisas é querer o pior para o Brasil. 

Izabel Avallone izabelavallone@gmail.com 

São Paulo

*

TORCIDA VERMELHA

Golpe e ó PT usar camisa vermelha no dia de jogo do Brasil. Aproveite e torce pra Suíça.

Moisés Goldstein mg2448@icloud.com

São Paulo 

*

COPA & POLÍTICA 

Na Rússia, seleção pronta e esperanças mil. No Brasil, vai-se indo, mas perspectivas ótimas: "Lulla" não faz a menor falta!

Ademir Fernandes standyball@hotmail.com

São Paulo 

*

LULA É PÁGINA VIRADA

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva é acusado de ganhar reformas e móveis em um sítio de Atibaia como pagamento de fraudes na Petrobrás, de ganhar imóveis da Odebrecht, em troca de contratos da petrolífera, de tentar evitar delação premiada de Nestor Cerveró, de fazer BNDES ajudar Odebrecht, em troca de palestras remuneradas, de comprar caças suecos, manter benefícios fiscais da Medida Provisória (MP) 627/2003 e de vender MP 471/2009 para as montadoras de automóveis. Portanto, os juízes Sérgio Moro e Vallisney de Souza Oliveira podem manter Lula na cadeia ainda por algumas décadas. Lula é página virada da política brasileira.

José Carlos Saraiva da Costa jcsdc@uol.com.br

Belo Horizonte

*

NINGUÉM SE HABILITA?

Querem saber o que está faltando na derrocada do "lulodilmopetismo"? Mártires.

Sergio Salgado de Oliveira ssoliveiramsm@gmail.com

Monte Santo de Minas (MG)

*

LULA E O PAPA

O PT e os aloprados seguidores de Lula da Silva são pródigos na enganação e adeptos da "mentira repetida mil vezes, torna-se verdade". Um advogado argentino tentou um encontro com o presidiário Lula com o objetivo de presenteá-lo com terço abençoado pelo papa. Os "petralhas", aproveitando a oportunidade alardearam que o Papa Francisco havia mandado um terço para o cidadão mais honesto que se tornou presidiário. Esse é o verdadeiro dezessete de janeiro!

José Alcides Muller josealcidesmuller@hotmail.com

Avaré 

*

O TERÇO DO LULA

Considerando o histórico do presidiário quanto à sua religiosidade e honestidade, fiquei em dúvida se o papa deu um terço ou 1/3!

Carlos Roxo roxo.sete@gmail.com

São Paulo

*

O TERÇO

Espero que o sr. "Lulla" pague pelo menos um terço de sua pena.

Marcos de Carvalho Costa marcos.50@uol.com.br

Sarapui

*

FAKE NEWS É COM O PT

Esse Partido dos Trabalhadores, sob comando de Lula e sua tigrada, não tem limites para blefar e plantar notícias falsas. A farsa, agora, é de uma história de um terço, ou rosário, que supostamente teria sido enviado pelo Vaticano, por ordem expressa do Papa Francisco, para Lula, e entregue em sua cela em Curitiba! Quando na realidade, foi um presente de um advogado argentino, Juan Grabois. Lógico que, não é pecado um membro de uma Igreja Católica entregar até para um criminoso, corrupto ou formador de quadrilha um rosário, já que, como a Bíblia nos ensina, todos são filhos de Deus... Embora não surpreenda, o escárnio é ver o PT, tentar envolver a figura honrada do Papa Francisco! Sinal que, "fake news", tem endereço: o PT... 

Paulo Panossian paulopanossian@hotmail.com 

São Carlos

*

SEM ÁLIBI

Contrariando as expectativas do advogado de Lula que esperava alguma solidariedade de Fernando Henrique Cardoso no depoimento prestado como testemunha do ex-presidente Lula ao juiz Sérgio Moro, FHC confirmou que jamais recebeu valores "por fora" como forma de pagamento de reformas de seus imóveis ou por palestras realizadas. Ele disse que é "tudo está declarado e normal" e completou: "Deus me livre que não seja". Mesmo diante da generosa proposta do magistrado de Curitiba, Lula não tem como provar a origem de suas palestras para ter alguns milhões desbloqueados por Moro. Adivinhem por quê?

Paulo R. Kherlakian paulokherlakian@uol.com.br 

São Paulo

*

TIGRADA PETISTA

Os ex-ministros da Fazenda, da época lulopetista, Antônio Palocci e Guido Mantega foram responsáveis pela dilapidação do País. Ora, um já se encontra atrás das grades e o outro está a caminho, pelo simples fato de "esquecer" de uma conta em banco fora do Brasil, com singelo US$ 1,3 milhão de dólares recebidos do propinoduto. Essa é a tigrada petista que desonrou o digno cargo que ocupavam. Logo, logo haverá outros mais!

Júlio Roberto Ayres Brisola jrobrisola@uol.com.br

São Paulo

*

ALGUMA COISA ESTÁ ERRADA

Um governo legítimo, iniciado após o impeachment da ex-presidente Dilma, responsável pela destruição do Brasil do Brasil pela má gestão, que conseguiu, em pouco tempo, melhorar as taxa de desemprego, diminuir os juros e a inflação, aumentar os investimentos produtivos, reerguer a Petrobrás, aumentar o desempenho do BNDES, Banco do Brasil e Caixa Econômica Federal (CEF), aprovar a reforma trabalhista e a aprovação do teto dos gastos, entre outras conquistas, é difícil acreditar que, segundo o Datafolha, 82% dos brasileiros consideram o governo do presidente Michel Temer ruim ou péssimo. O próprio editorial do "Estadão" (12/6, A3) dá relevo que "Temer restabeleceu o diálogo com deputados e senadores e, a partir dessa base criou condições necessárias para organizar as contas públicas e encaminhar uma importante agenda de reformas". Alguma coisa está errada nessa pesquisa ou o pesquisado está mal informado, porque, hoje, é possível dizer que graças ao esforço e a capacidade desta administração, houve uma recuperação econômica e o País saiu da recessão.

José Wilson de Lima Costa jwlcosta@bol.com.br 

São Paulo

*

TEMER CUMPRE SEU PAPEL BEM

O Brasil agora crítica o presidente Temer, e ficam dizendo que não há aprovação de seu governo. Justiça seja feita, Temer tentou melhorar o Brasil, mas um país onde sindicatos, esquerda atrasada tem controle do Legislativo, da Justiça, mídia, prova que ele tentou leis para melhorar o Brasil, não aprovadas, e os meios de comunicação falam da suposta rejeição, mas o povo foi às ruas e panelas para tirar a Dilma, não ele... E ele não se propõe ser populista, ele quis arrumar o Brasil, não estou dizendo que é santo, afinal é de partido promíscuo, e era vice do PT. Só se fosse idiota para achar que é puro, só o cara com a alma mais pura consegue enganar e manter seguidores, mas psicopatas exercem fascínio em tolos, isso desde sempre.

Roberto Moreira da Silva rrobertoms@uol.com.br

São Paulo 

*

O PODER EMANA DO POVO

A impopularidade de Temer está na exata proporção da clarividência dos eleitores brasileiros de escolherem seus governantes!

José Eduardo Bandeira de Mello josedumello@gmail.com 

Itu

*

AVESTRUZ

Falando de avestruzes, não podemos esquecer de que o sr. Michel Temer está exercendo seu mandato eletivo por uma contingência prevista em lei. Ele era vice-presidente da República. Só isso. Sinceramente, espero que a Polícia Federal retome o caso do sr. Michel. Não podemos mais deixar passar casos de políticos que fazem mau uso dos votos de seus eleitores. 

André Luiz stanleycorp@gmail.com

São Paulo

*

GOVERNANTE PRESO

A notícia de que um deputado catarinense condenado e preso continua no exercício do mandato sugere que o presidente da Câmara dos Deputados convoque uma sessão no presídio... Afinal, se a Constituinte de 1988 não teve êxito na proposta de estender o direito de voto aos presos, só falta transferir as sessões para uma penitenciária.

Nevino Antonio Rocco nevino_a_rocco@yahoo.com

São Paulo 

*

PRETENSÃO 

Rodrigo Maia vai cuidar da reeleição ao comando da Câmara (11/6, A6). Antes precisa ser eleito, mas pretensão é água benta...

Fausto Ferraz faustoferraz15@gmail.com

São Paulo

*

CRISTIANE BRASIL

PF faz buscas em endereços de Cristiane Brasil. O exemplo sempre vem do berço.

José Roberto Niero jrniero@yahoo.com.br

São Caetano do Sul

*

MEIRELLES

O candidato Henrique Meirelles apresentou-se no programa "Roda Viva" com a dignidade, competência e a tranquilidade características de um homem que merece a esperança dos eleitores. Soube ignorar as provocações dos medíocres de plantão, interessados em desacreditar o atual presidente da República e apresentou propostas realistas, como a manutenção do projeto de reforma da Previdência, que já negociado será mantido como está, a criação de um fundo específico para compensar as flutuações dos preços dos combustíveis e, principalmente, lembrou que a crise dos fretes está no fato de que, no governo anterior, foi estimulada a aquisição de caminhões para desovar os estoques dos respectivos fabricantes, resultando em mais caminhões do que fretes, bomba que agora estourou. Foi a melhor das entrevistas! Espero que continue no caminho do diálogo, adotado por Temer, preferindo um mau acordo a uma boa demanda, pois um acordo sempre pode ser revisto e melhorado, o que não ocorre com a morte daquele caminhoneiro idoso, vítima de uma pedra arremessada contra seu caminhão!

Arlete Pacheco arlpach@uol.com.br 

Itanhaém

*

COM CIRO E BOLSONARO

Com Ciro e Bolsonaro para o segundo turno, investimento fica no patamar zero!

José Carlos de Carvalho Carneiro carneirojc@ig.com.br

Rio Claro

*

FHC, MELHOR CALAR-SE 

Creio que o melhor para o País seria a mídia deixar de noticiar opiniões e sugestões de FHC, como essa última na qual demonstra simpatia para com Marina Silva, esquecido de que ela participou por cinco anos do governo Lula, marcado por uma corrupção tamanho família petista.  Ela saiu do PT magoada por sentir que Lula a ignorava. Melhorar seria FHC recolher-se a seus livros e palestras em vez de se meter no atual prelúdio da eleição para presidente, na qual se torna impossível destacar algum concorrente capaz de tocar o País. É bom não esquecermos de que FHC tem responsabilidades por boa parte da situação pela qual o País passa, porque quando ele desejou continuar presidente via reeleição, vendeu sua alma ao diabo indo a extremos para aprovar o projeto que era objetivo maior seu. Depois dele e graças sua ambição, veio Lula premiado com reeleição e também serviu para a Dilma, períodos que somados deram 13 anos de mando petista, que levaram o País a essa situação de descalabro, administrativo, econômico e social. Quando o Lula disse que FHC havia deixado uma herança maldita nós discordamos, mas hoje concordo, o petista foi uma herança maldita para o País. 

Laércio Zanini spettro@uol.com.br

Garça

*

ESPAÇO RESERVADO

Segundo noticiário recente, o Supremo Tribunal Federal (STF) contratou um espaço reservado para embarque de seus ministros no Aeroporto de Brasília. A facilidade funciona desde julho do ano passado e tem um custo anual de mais de R$ 300 mil. O pretexto oficial se baseia em argumentos de segurança, tendo em vista a notoriedade adquirida por seus membros após os julgamentos do mensalão e os casos relacionados à Operação Lava Jato. Os verdadeiros motivos que determinaram a iniciativa, no entanto, foram as hostilidades dirigidas a alguns nas aparições públicas, por razões ligadas à perplexidade originada em decisões esdrúxulas e parciais por eles deliberadas, verdadeiras agressões a uma sociedade vilipendiada por escabrosos atos de corrupção, e à agressividade originada no cansaço do povo que a própria presidente da Corte, Cármen Lúcia, certa vez identificou.

Paulo Roberto Gotaç pgotac@gmail.com

Rio de Janeiro

*

É MORAL?

Fiquei estarrecido quando li no "Estadão" que a média de servidores para cada um dos 11 ministros do STF é de 222 pessoas. Há trabalho para estes 2442 funcionários? Não é no mínimo imoral?

Ariovaldo J. Geraissate ari.bebidas@terra.com.br

São Paulo

*

TODO MUNDO DOIDO

O Brasil é muito louco, lei trabalhista destrói quem dá emprego, governo de esquerda é chamado de "progressista" e os de centro-direita de "conservador". O partido comunista diz que lutou e luta contra ditadura. E eu que sou "biruta"?

Roberto Moreira da Silva rrobertoms@uol.cim.br

São Paulo

*

INCOMPETÊNCIA PARA CRIAÇÃO DE LEIS

Que utilidade têm senadores, deputados e vereadores? Para criar leis, nenhuma. Uma minoria deles tem instrução suficiente para tão importante função. Criação de leis deve ser atribuída à juristas de alto gabarito. Qualquer cidadão ou grupo de profissionais, produtores, industriais, comerciantes etc. podem propor ao prefeito de cada cidade o problema ou o benefício que mereça a criação de uma lei e o prefeito encaminhará a demanda ao grupo de juristas do Estado (que não sejam políticos) para que debatam o assunto e, se for o caso, criem as respectivas leis. Caso a equipe estadual julgue inconsistente a motivação para a criação de alguma lei, o prefeito inconformado poderá recorrer à equipe de juristas federais, para esse fim criado. E, com a dispensa dos políticos, o Tesouro Nacional, penhoradamente agradece.

Carlos A. Silveira silvercharles silvercharles@uol.com.br

Boa Esperança (MG)

*

NOVO SALÁRIO MÍNIMO DO TRABALHADOR

É necessário incluir no salário mínimo mensal do trabalhador as férias, a gratificação de férias, o 13.º salário, o FGTS, a multa sobre o FGTS, o salário-família e o abono salarial. O salário mínimo mensal de 2020 seria aproximadamente R$ 1.550,00. O trabalhador deixaria de financiar terceiros via FGTS que lhe causa perda monetária e passaria a receber o seu salário mensal à vista, podendo assim administrar melhor sua parca renda laboral, evitando dívidas correntes e seus altíssimos juros. Doze dias de férias remuneradas ao ano e livre negociação de férias não remuneradas. Essa regra serviria a todos os assalariados.

Ney José Pereira neyjosepereira@yahoo.com.br

São Paulo

*

NARRATIVA DO ATRASO

A referenciada "malandragem do brasileiro" nunca foi saudável, nem quando entrou em campo. O cultivo dessa falácia custou caro ao País, pois a esperteza míope, de visão curta e eficácia duvidosa, contribuiu para banir a ética do espetáculo. No time do "jeitinho", os reservas caráter, trabalho, esforço e honestidade, foram ficando para trás e o esperado golaço do nosso futuro acabou nas mãos de um goleiro mais malandro do que capaz.

Ricardo Siqueira ricardocsiqueira@globo.com

Niterói (RJ)

*

GREVE DA ELETROBRÁS

Salvo melhor juízo, parece que a Justiça do Trabalho ficou magoada com a reforma da CLT. Dar uma multa de R$ 100 mil é algo ridículo, devia ser bem mais elevada, primeiro quanto ao nítido propósito político-ideológico e segundo, em face da interferência no cotidiano dos cidadãos das Regiões Norte e Nordeste, podendo repercutir em um apagão para o País. O único ponto que mereceria atenção da justiça trabalhista é pauta do acordo coletivo, que ainda esta em discussão entre as partes. Muito estranho esse mantra contra a privatização. Pior querer tirar um presidente que está no caminho certo em reduzir o tamanho da Eletrobrás. Falta pouco para o Brasil caminhar para uma Nação anarcossindicalista.

José Luiz Abraços octopus1@uol.com.br

São Paulo

*

AQUISIÇÕES DE MATERIAL PARA A SEGURANÇA DO RIO

Neste fim de semana li artigo de Manoel Peixinho, professor da PUC-Rio, que criticou a aparente inação do interventor de Segurança do Rio quanto a emprego dos prometidos recursos federais. Deveria, "ensinou" Peixinho, já ter esboçado os processos licitatórios e os contratos, eliminando os tempos mortos e executando o emprego da verba tão logo esta chegasse. Não lembro que cadeira o dr. Peixinho professa na PUC, mas qualquer militar que labuta na área financeira das Forças Armadas sabe que existe a figura da "expectativa do crédito" que permite a antecipação do procedimento, sem firula. É necessário deixar claro, entretanto, que a maioria das aquisições, no que tange o material permanente, não se encontra nas prateleiras. Trezentos veículos com as cores da Polícia, mil armas com brasão policial, munição com identificação da PMRJ não se materializam rapidamente. Não quero crer que tenha havido má-fé do professor, razão pela qual presto este esclarecimento julgando ser útil ao ensino na PUC. 

Paulo Roberto Santos prsantos1952@bol.com.br 

Niterói (RJ)

*

DEPREDAÇÃO NA USP

Em ano eleitoral aqui em São Paulo já se sabe que as ações daninhas de uma militância irracional se farão presente, mas não credito todos os danos havidos só a este segmento. Para mim é muito doloroso acompanhar os atos de vandalismo pela cidade, desde pichações em prédios e até em monumentos tombados, como agora, vendo a nova depredação do painel de vidro que rodeia parte da raia olímpica da USP, projetado para ser um elemento paisagístico muito bonito numa cidade marcada pelo cinza das construções. Precisa não ter com prometimento nenhum com esta cidade para levar adiante tais ações, e a única pessoa presa por ser flagrada roubando uma viga metálica que serve de suporte aos vidros do muro ainda recebe apoio de um representante dos Direitos Humanos que alega que ele está preso porque é pobre, e que sua prisão é injusta, haja vista que o objeto de roubo era pequeno, apenas uma viga metálica: este senhor tem uma visão limitada do problema, não é capaz de valorizar a obra no seu todo! Eu acho que mais e mais câmeras devem ser instaladas para prender estes vândalos e obrigar ressarcimento, já que na maior metrópole da América Latina o nível de civilidade e comprometimento está muito abaixo do esperado. 

Mara Montezuma Assaf montezuma.scriba@gmail.com

São Paulo

*

PROFESSOR AFASTADO

Li no "Estadão" de ontem (12/6, A14), que o reitor da Faculdade Zumbi dos Palmares afastou um professor porque este teria desentendido com um aluno que fumava maconha. É o Brasil de hoje. A minha sugestão: mande o professor embora e ponha o maconheiro para dar aula.

Carlos Alberto Ferreira carlos.alberto572@terra.com.br

Águas de Lindóia

*

OSHO

O "Estado" (11/6, A18) na seção "Comportamento", perdeu a oportunidade de contar quem foi Osho, apenas citando a magnífica série "Wild Wild Country", dando a entender que ele foi e continua sendo boa coisa a se seguir. Foi um megalomaníaco, que incitou crimes e ódio, acumulando bens terrenos, e tirando o corpo fora quando foi descoberto. Infelizmente, incautos e mal informados proliferam ontem, hoje e sempre, dando espaço a seitas que cegam e visam apenas lucro. Não é para menos que o Ashram do Osho, em Pune, está no booking.com com preços de resort de luxo. A verdade dói para quem não quer enxergar!

Elisabeth Migliavacca 

São Paulo 

*

'A VOLTA DOS MILITARES'

Recuperei meu otimismo ao ler "A volta dos militares" (11/6, A2), de Denis Lerrer Rosenfield e cumprimento o professor ao menos por três motivos: 1) Pela coragem de enfocar a volta dos militares ao governo, quando o discurso vigente só privilegia a "democracia" e denomina "ditadura" o poder dos militares; 2) Pelo conteúdo, didática, e leitura correta da vontade popular; e 3) Conhecimento do desenvolvimento ocorrido naquele período, nos setores da economia, educação, energia, saúde, segurança, etc. Ficou bastante claro no episódio da greve dos caminhoneiros, que o retorno dos militares é urgente e necessário, então o caminho é votar Bolsonaro.

João Ferreira Mota jfmota29@gmail.com 

São Paulo

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.