Fórum dos Leitores

MUNDIAL DA FIFA

O Estado de S.Paulo

25 Maio 2014 | 02h06

Brasil, mostra a tua cara

Mostra as tuas carências. Ao descerrar as cortinas para dar início ao espetáculo da Copa do Mundo, abre o palco para mostrar as tuas mazelas. Mostra ao mundo do que és um verdadeiro campeão.

NIVALDO RIBEIRO SANTOS

nivasan1928@gmail.com

São Paulo

Ordem e ingresso

A partir desta semana, República Federativa da Fifa.

SERGIO S. DE OLIVEIRA

ssoliveira@netsite.com.br

Monte Santo de Minas (MG)

Segurança só no torneio

Foi noticiado que o ministro da Justiça vai garantir a segurança durante a Copa contra as manifestações e o vandalismo. Serão 13 mil policiais nas 12 cidades-sede devidamente treinados para lidar especificamente com manifestações. Também haverá uma ação integrada com as 12 cidades com a operação do Centro Integrado de Comando e Controle Nacional, no Palácio do Planalto. Em Brasília funcionará o centro responsável por receber informações e coordenar os trabalhos nos Centros Integrados de Comando e Controle Regionais nas cidades-sede. Perguntamos: por que o ministro só faz isso para a Copa? Por que não executa essa eficiente estratégia para combater o crime organizado e reduzir a violência nessas 12 cidades e em muitas outras que vivem um clima de guerra civil, com mais de 50 mil homicídios a cada ano? É muito estranho esse descaso e omissão do governo com a segurança no dia a dia dos cidadãos.

ARI GIORGI

arigiorgi@hotmail.com

São Paulo

Saudades das Copas...

Nas anteriores a euforia do povo começava bem antes do evento. Era uma alegria só. Bandeiras, louvores, vivas, entusiasmo geral vivendo uma expectativa contagiante. Hoje me pergunto: onde está essa euforia? Onde está aquela esperança de o Brasil conquistar a cobiçada taça e nos tornar, a nós, brasileiros, felizes, altivos e renomados mundo afora? Nunca, em quase um século, vivemos tanta insegurança e nostalgia. Em lugar de esperança, o medo que se alastra. Em lugar da alegria, a tristeza pelo que ainda possa acontecer, uma vez que os protestos avançam, a desordem se espalha e não há autoridade capaz de coibi-la. Nosso receio é que os visitantes de fora (do mundo inteiro há os comprometidos com a Copa) desistam em cima da hora e nos deixem a ver navios, cheios de dívidas, de caríssimos estádios ociosos e, sobretudo, pretendendo justificar nossas falhas. Sem dúvida, a Copa se realizará. Apesar dos pesares, ela se pronuncia. Espera-se, pelo menos, que o grito de alegria do brasileiro possa ainda vibrar, alvissareiro, provando aos nossos filhos e netos que ainda há salvação para um "país abençoado por Deus e bonito por natureza". E que eles possam também viver esse grande evento, tornando-o inesquecível.

RUTH DE SOUZA L. E HELLMEISTER

rutellme@terra.com.br

São Paulo

Herança de Lula

Com tantos problemas internos postergados e nunca solucionados, foi um erro o País sediar a Copa do Mundo. Agora temos de nos conformar e, sobretudo, recepcionar bem e respeitar os estrangeiros, demonstrar que amamos o Brasil e adoramos o nosso futebol, mas em outubro, nas eleições, repudiar a generalizada corrupção.

HUMBERTO SCHUWARTZ SOARES

hs-soares@uol.com.br

Vila Velha (ES)

Manifestações contra

Qual é o objetivo? Se for protesto por milhões do dinheiro público gastos inutilmente, sem quase nenhuma contrapartida ou legado para o que de fato a população necessita, então deveriam fazer um protesto #NÃO VAI TER ELEIÇÃO, pois igualmente se gastam milhões a cada dois anos sem nenhuma contrapartida e, muitas vezes, o legado é muito menor do que se tinha antes... A diferença é que com o #NÃO VAI TER COPA apenas parte dos políticos está preocupada, ao passo que com o #NÃO VAI TER ELEIÇÃO todos os políticos ficariam muito preocupados.

MAURÍCIO BARBIERI

mauricio.barbieri@coopsp.coop.br

Santo André

A razão da revolta

A Copa tornou-se a forma mais fácil de entender como o governo Dilma Rousseff (PT) está sendo danoso para o Brasil. O evento foi uma iniciativa demagoga visando a inebriar os brasileiros pela nossa forte ligação com o futebol. Porém a execução foi desastrosa. Os projetos foram atrasados para criar o clima de "emergência" necessário a encobrir desvios em múltiplos e desnecessários estádios superfaturados. A isso se somou a incompetência na execução e o mau uso dos recursos públicos de forma geral, assim exibindo com nitidez o grande equívoco que foi trazer esse evento para o mal preparado Brasil de obras inacabadas. Não tivemos os avanços necessários de infraestrutura e continuamos com deficiências graves em saúde e educação. Para qualquer um ficou fácil perceber que quem está lucrando com a Copa não é a população, que permanece com fortes carências. Os brasileiros são amantes do futebol, mas não são burros.

CARLOS DE OLIVEIRA AVILA

gardjota@gmail.com

São Paulo

Choque de realidade

Vai ter Copa! Como os protestos contra a sua realização ocorreram tardiamente, e não lá em 2007, quando o Brasil foi escolhido para sediá-la e talvez se pudesse reverter essa escolha, só nos resta torcer para que o evento não nos envergonhe perante o mundo. Torcer, também, para que o nosso povo tenha um choque de realidade e se convença de que não é por causa da Copa que nos estamos tornando um país mais pobre, improvisado, inseguro e carente dos serviços mais básicos, e sim pela roubalheira que nossos políticos corrompidos praticam e subtrai R$ 69 bilhões por ano dos cofres públicos. E torcer, mais ainda, para que nas próximas eleições nosso povo vote em pessoas mais éticas e competentes, que resgatem a nossa dignidade, ponham as ideologias de lado para atender às reais necessidades da Nação, sem aumento de tarifas, impostos e da inflação, pois é isso que o Brasil precisa e merece.

ADRIANO LUCHIARI

afluchiari@bol.com.br

Americana

Quem fala o que quer...

"Se o Brasil não estiver pronto para a Copa, volto a nado da África" - afirmação arrogante de Lula há quatro anos. Lula deve estar se programando, com aulas de natação no mar, pois terá de vir a nado voltando da África. Quem manda prometer o que nunca cumpriu? Desejos de boa travessia!

LEILA E. LEITÃO

São Paulo

*  

AS ELEIÇÕES MALDITAS

O título acima parece um paradoxo em um país que se diz democrático, mas o que assistimos nesses dois últimos dias em nossa cidade em relação aos transportes públicos foi tudo menos democracia. E só no período da tarde dessa quarta-feira é que os meios de comunicação nos forneceram a causa de tanto absurdos. Foram as declarações do secretário dos Transportes da Prefeitura e as declarações dos secretários da segurança pública e o das comunicações, em que suas contradições bisonhas escancaram o porquê que os baderneiros tiveram tanta liberdade para privar cerca de 2,5 milhões de paulistanos dos transportes públicos, ou seja, a política orientando os nossos governantes, tendo em vista que já se encontram em plena campanha eleitoral, bem antes da data permitida pela legislação. E só chegaram ao entendimento quando foram levadas ao público as picuinhas eleitorais. E quem teve oportunidade de assistir ao vivo e a cores às agruras de pessoas idosas caminhando com dificuldade pela vias desertas de ônibus, bem como aqueles que esperaram meses por uma consulta nos postos de saúde e perderam por falta de condução, deve estar pensando seriamente se não irá anular seu voto. Sim, porque todos os governantes, sem exceção, só agem para conseguir sua reeleição ou se eleger para outro cargo público, inclusive inundando as TVs com propaganda pública paga, para fazerem autoelogios, disfarçados de utilidade pública.

Gilberto Pacini

benetazzos@bol.com.br

São Paulo

*

GREVES ATRAPALHANDO A COPA

Parece que o "pão e circo" que o PT queria dar ao Brasil proporcionando a Copa 2014 virou tormento, já que os sindicatos e os grupos individuais viram nesse evento moeda de troca para melhoria de vida. Quando a presidente Dilma disse que para se reeleger "faria o diabo", mal sabia ela que o diabo já estava se cercando de outros pretendentes. O País está parando com tantas greves e reivindicações para nenhum diabo botar defeito! Agora nem chamando o "Deus Lula"!

Beatriz Campos

beatriz.campos@uol.com.br

São Paulo

*

FIM DA GREVE

Sindicatos anunciaram que a greve em São Paulo acabou. Ainda bem, a paciência da população paulistana já tinha acabado faz tempo.

Virgílio Melhado Passoni

mmpassoni@gmail.com

Jandaia do Sul (PR)

*

MOTORISTAS E COBRADORES

Se os trabalhadores, não respeitando o acordo do seu sindicato, quisessem protestar, deveriam deixar livres as catracas, mantendo as linhas de ônibus em atividades normais, prejudicando as empresas, e não os usuários, que em nada poderiam colaborar. Assim, não iriam impedir aqueles que desejassem trabalhar!

José Erlichman

joserlichman@gmail.com

São Paulo

*

LULA

Alguém precisou avisar o ex-presidente Lula que estava ocorrendo uma greve dos rodoviários em São Paulo e outras cidades. Afinal, ele nunca sabe de nada! Mas, convenhamos: ele some toda vez que ocorre algo que o desagrada. À população só resta seguir o conselho do Lula: ir ao trabalho de jegue!

José Milton Galindo

galindo52@hotmail.com

São Paulo

*

‘O PROFETA’

O profeta Lula recomendou: o povo deverá andar a pé, de bicicleta ou de jegue, por que andar de metrô é uma babaquice. E dois dias após o povo paulista, principalmente os eleitores do PT, obedeceu literal e mansamente.

Nelson Pereira Bizerra

nepebizerra@hotmail.com

São Paulo

*

TRISTE REALIDADE

Vimos, ao acompanharmos a greve dos ônibus, a aberração, o verdadeiro assassinato da língua portuguesa por parte dos representantes dos sindicatos. O que podemos esperar desses semianalfabetos, plágios do líder, criados pelo PT? Pudemos ver nas mãos de quantos incapazes estão colocando o nosso pobre país.

Laert Pinto Barbosa

laert_barbosa@globo.com

São Paulo

*

CONTRADIÇÃO

O Partido dos Trabalhadores vive uma contradição interna. Enquanto não eram governo, os petistas doutrinaram os milhares de trabalhadores como, quando e onde fazer greves para reivindicar seus direitos. Agora que são governo eles são obrigados a sustentar as greves, a dialogar e afagar os grevistas, ao mesmo tempo em que sofrem as consequências funestas das mesmas. O Brasil é uma criança mal educada com pais ausentes e permissivos. Falta autoridade, falta aplicação de leis, falta regulamentar os direitos e respeitar alguns princípios. Tudo isso nos remete a um desejo de maior de autoritarismo e disciplina. Caso contrário, estaremos caminhando rapidamente para o perigo de nos transformarmos nos lobos de Hobbes em nome de uma pseudoliberdade de pensamento e ação.

Regina Ulhôa Cintra

regina.cintra@yahoo.com.br

São Paulo

*

BRILHANTE CONCLUSÃO

Os petistas e seus aliados chegaram à conclusão de que será pela corrupção e pela incompetência que se logrará o bem da nação!

Eugênio José Alati

alatieugenio@gmail.com

Campinas

*

COMPARAÇÕES

Há uma verdade absoluta e indiscutível que devemos reconhecer. Toda população tem medo, receio e incertezas no que diz respeito a ações e atitudes do Primeiro Comando da Capital (PCC) e do Comando Vermelho (CV). Porém, na realidade, eles não são mais perigosos ou mais bandidos que os atuais políticos dos partidos que apoiam o PT e do próprio petelulismo corrupto no poder que nos assola.

Angelo Tonelli

angelotonelli@yahoo.com.br

São Paulo

*

DEPUTADO ÍNTIMO DO PCC

O PT sempre inovando! Não bastassem as íntimas ligações do partido com governos déspotas como do Irã, Cuba, Venezuela, etc., agora para nossa indignação tem no deputado estadual petista Luiz Moura, um intermediário de alta confiança para tratar de questões da cidade de São Paulo, com membros da facção criminosa, o PCC. E talvez se valendo dos 12 anos que passou na cadeia por roubo, esse deputado Moura, não se sabe se a mando do próprio prefeito, participou de uma reunião em março deste ano com 13 membros da cúpula do PCC, incluindo, aí, um ladrão de bancos fugitivo da Justiça para tratar dos possíveis ataques que seriam feitos contra os ônibus da cidade. Essa situação nos remete aos tristes episódios do período de 2006, meses antes das eleições majoritárias também para governador em que o Estado de São Paulo viveu momentos da alta tensão e criminalidade, exatamente patrocinados por esta facção criminosa: PCC! E era clara, evidente que aquela ação de terrorismo urbano poderia ser de interesse de algum partido político. Infelizmente, esse é o nocivo legado desta era petista, em que também um ex-advogado do partido, hoje ministro do Supremo, o Dias Toffoli, acaba de autorizar a liberação da prisão de um deputado do Mato Grosso, pego na operação Ararat, da Polícia Federal, e com mais de 100 processos nas costas! E outro ministro do STF, recém indicado pelo Planalto, o Teori Zavascki que também ,sem explicação convincente, tira da cadeia o ex-diretor da Petrobrás, Paulo Roberto da Costa, talvez o mentor da possível quadrilha criminosa que a PF presume existir dentro da estatal de petróleo. E é assim que caminha esse Brasil! Além de um quadro econômico mais do que estagnado.

Paulo Panossian

paulopanossian@hotmail.com

São Paulo

*

MINISTRO STF

Para ser ministro do Supremo Tribunal Federal há necessidade de notório saber jurídico e conduta ilibada. Será?

Luiz Frid

luiz.frid@globomail.com

São Paulo

*

DÚVIDA CRUEL

As estatísticas dos institutos seriam impecáveis se tudo o que nos ronda nessa "desgovernança" é deplorável? Temos a lamentar desde as estradas federais em péssimo estado, aos aeroportos que foram prometidos em números redondos a 800 até 2014 e agora alguns poucos incompletos tem puxadinhos de lona e até goteiras, a economia um desastre com dados maquiados ou inflados com "botox" monetários, a Copa um verdadeiro desperdício de dinheiro, entre outros problemas mais graves como a segurança, por que então as estatísticas estariam perfeitas? Oh, dúvida cruel!

Leila E. Leitão

São Paulo

*

QUEM ‘APROVA’ DILMA

Na última pesquisa de avaliação do governo e de intenção de votos feita pelo Ibope, entre os dias 15 e 19 de maio, chamou minha atenção a revelação de que a presidente Dilma está melhor entre: a) os eleitores acima de 55 anos; e b) os que estudaram pouco (até a 4ª série do curso fundamental). Não seria de todo temerário inferir que parte significativa dos entrevistados acima de 55 anos seja aposentada e receba salário mínimo (SM), que tem sido reajustado acima da inflação. A maioria dos entrevistados com ganho de até um SM (51%) considera a administração Dilma boa/ótima. Esses que dizem "aprovar" o governo, na verdade, mal sabem o que está acontecendo no País e nem sabem onde ficam coisas como "déficit fiscal" ou "conta corrente do balanço de pagamentos". Estão, isso sim, "aprovando" o assistencialismo estatal e os caraminguás que entram no próprio bolso pelo populismo eleitoreiro do governo do PT. Outro dado é que o governo é mais bem avaliado em regiões mais dependentes como Norte/Nordeste (44% de ótimo/bom). Fica claro, assim, que Dilma: a) em termos gerais, é mais bem avaliada por analfabetos, semianalfabetos ou, na melhor das hipóteses, pessoas com baixo nível de estudo e de informação; e b) por quem é claramente dependente de políticas assistencialistas (bolsas e aumentos reais do SM). Na outra ponta, perdeu a paciência quem tem boas condições de aferir a qualidade da gestão Dilma. São os que têm ensino superior e melhor nível de renda, e, consequentemente, mais acesso à informação e ao conhecimento. Em suma, quem sabe das coisas, pensa com a cabeça e não depende do governo. Dá cartão vermelho a Dilma Rousseff. Simples assim.

Silvio Natal

silvionatal49@gmail.com

São Paulo

*

DEMOCRACIA E ELEIÇÕES

Apesar do pessimismo de alguns ("a democracia é o pior dos regimes inventados, exceto todos os demais"), a democracia é a única solução viável para as nossas tradicionais vulnerabilidades. As pesquisas eleitorais que mostram a tendência de nosso eleitorado servem para que todos os candidatos se adéquem aos anseios da população, coisa só possível na democracia que, com todos os problemas, felizmente agora vivenciamos

José de Anchieta Nobre de Almeida

josedalmeida@globo.com

Rio de Janeiro

*

O SUICÍDIO POLÍTICO

Foram atrás do programador Pedro Guadalupe que agora trabalha para o PT, já que desenvolveu o perfil da presidente no Twitter "Dilma Bolada". Assessores do Aécio o procuraram por R$ 500 mil para trocar de lado. Que vergonha. Será que não tem gente no PSDB para fazer isso? Cogitam, como o vice do Aécio, o banqueiro Henrique Meirelles, que foi presidente do Banco Central no governo do Lula. Para sair na rua, ele leva 30 seguranças, não sei por que, pois é um simples mortal. Como ele vai estar no meio do povo? Que fique onde está no, PSD do Kassab que apoia a Dilma e que saiu da Prefeitura de SP com aprovação de 23%, de mal a pior prefeito que SP teve. Aécio, você está mal assessorado. Me chame que eu arrumo isso aí para nos livrar desse governo corrupto que ai está.

José Pedro Naisser

jpnaisser@hotmail.com

Curitiba

*

O CASO ALSTOM

A notícia de que Robson Marinho, investigado no caso Alstom, em São Paulo, ocorrente no governo de Mário Covas, vendeu por R$ 7 milhões um imóvel de sua propriedade, consoante os promotores do caso, é um indício veemente de que há culpa em cartório, porque a venda poderia ter sido feita para se fugir de eventual bloqueio de bens. Então, é de se perguntar se o bloqueio já não deveria ter sido requerido e concedido pelo Poder Judiciário? Como diria o caboclo paulista: fechou a porteira depois que o gado escapou. Na verdade, não só os malfeitos do lulopetismo devem ser apurados, mas também os do tucanato, porque só assim o Brasil e os brasileiros poderão ir avante com a luta incessante que a corrupção deve merecer no âmbito da Coisa Pública.

José Carlos de Carvalho Carneiro

carneirojc@ig.com.br

São Paulo

*

DE DÓLARES E CUECAS

Os dólares e os parlamentares: quando não estão nas cuecas, estão na casa do doleiro. Esses são os representantes do povo brasileiro. Parabéns aos brasileiros que insistem em eleger essa turma. Manifestações por quê? Afinal, está bom assim!

José Piacsek

bubanetopiacsek@gmail.com

São Paulo

*

ME ENGANA QUE EU GOSTO

Na ilha da fantasia, leia-se Brasília, tudo correndo às mil maravilhas, políticos reunidos sob a batuta do ex-careca e neotopetudo Renan Calheiros, coordenando para que a Petrobrás não seja investigada, a valorosa e imparcial imprensa brasileira já mostrou à sociedade os descalabros administrativos e os desvios de dinheiro da quase falida petroleira, outrora orgulho do dinamismo e competência da indústria brasileira. Enquanto isso, o ex-presidente Sérgio Gabrielli, na maior cara de pau, sem o menor pudor - achando que todos os brasileiros são palhaços -, simplesmente desmente a si próprio, no sentido de blindar a ex-guerrilheira e fantoche do molusco, presidente de fato do País. Enquanto isso, diante da concreta ameaça do Paulo Roberto de entregar a quadrilha petista, o ministro Teori Zavascki faz a sua parte: solta todos os envolvidos da operação Lava Jato, mela a investigação,volta atrás e solta só o petista. Quando, na verdade, o objetivo era apenas e tão somente para livrar a ameaça que pairava sobre os petralhas. Basta ver a cara de satisfação do delinquente adulto ao sair da cadeia - riu de todo provo brasileiro. Enquanto isso, São Paulo, sempre São Paulo, o povo sai às ruas para demonstrar à sociedade sua justa insatisfação com essa quadrilha que está dominando o País. Acorda, Brasil, mas, de leste a oeste, de norte a sul. Vamos resgatar a dignidade do povo brasileiro e caminhar até Brasília e exigir mudanças: cortar os altos salários dos políticos, acabar com a farra dos ministérios, pôr fim à politização das administrações das estatais, enfim, acabar em definitivo com toda essa roubalheira do dinheiro público. Lembremo-nos dos nossos heróis do passado.

Carlos Benedito Pereira da Silva

advcpereira@ig.com.br

São Paulo

*

PETROBRÁS XISTO

Não satisfeitos com tudo que ocorre na Petrobrás de corrupção a maus negócios, redundando em brutais prejuízos, o próximo será do não cumprimento de obrigações por parte da notória mau pagadora da PDVSA, estatal venezuelana do petróleo. Como se não bastasse o "cano" de U$ 8 bilhões de dólares, da parte que lhe cabia na refinaria Abreu de Lima, dívida essa perdoada pelo petismo alegando "a não assinatura do contrato final que obrigava ao pagamento", fato "descoberto" no término da obra, dessa vez será com a exploração do gás de xisto, cabendo à Petrobrás 36% em participação de nova empresa voltada à busca pelo gás no Largo Maracaibo, segundo Rafael Ramirez, presidente da PDVSA, majoritária na negociação. Negociações dos governos Dilma e Nicolás Maduro: podemos nos preparar pro prejuízo indo pro Tesouro, depois para o BNDES. Por fim, acabando em nossos impostos, tudo em nome do fracassado "socialismo bolivariano do século 21".

Mario Cobucci Junior

maritocobucci@uol.com.br

São Paulo

*

FIDEL, O MALACA

O ex-guarda costas do Fidel lança um livro com a vida nabalesca do grande crápula que alguns adoram e consideram ídolo, como o Lula e a Dilma. Ninguém consegue esconder falcatrua o tempo todo e estava na cara que ele adora o bem bom e é um bon vivant. Ou seja, vida ruim só para o povão otário que acredita nela, apesar de que com a pena de morte ninguém é tonto de não acreditar nesse lixo humano. O livro deveria ser lido por todos aqueles babacas que achavam que ele era um Deus. Na verdade, ele não é nunca foi nada a não ser um bandido de quinta.

Antonio Jose Gomes Marques

a.jose@uol.com.br

São Paulo

*

ESTILINGUES E VIDRAÇAS

Se o ex-diretor da Petrobrás Paulo Roberto Costa, acusado de desviar R$ 10 bilhões da estatal e o único preso da operação Lava Jato a ser libertado pelo ministro Teori Zavascki na última segunda feira, fugir do país, o presidente do PT, Rui Falcão, vai culpar o ministro Zavascki, como fez com o ministro Joaquim Barbosa, que mandou José Genoíno cumprir pena na cadeia e não em casa. Ou nesse caso trata-se apenas do cumprimento da lei?

Victor Germano Pereira

victorgermano@uol.com.br

São Paulo

*

AÇÃO FURTIVA ESTATIZANTE

Por que essa porcaria de governo não acaba com essa ridícula empresa estatal de economia mista, não indeniza logo os seus incautos acionistas minoritários e não assume de uma vez a responsabilidade pela sua estatização? Está na hora de aproveitar a desvalorização "programática" do seu valor de mercado, atualmente bem inferior ao seu valor patrimonial, para dar o golpe, abocanhando ações na bolsa a preço de bananas.

Sergio S. de Oliveira

ssoliveira@netsite.com.br

Monte Santo de Minas (MG)

*

DENGUE

Lamentável que o número de casos de dengue em São Paulo seja o maior em cinco anos. É uma verdadeira epidemia de dengue, algo inaceitável sob todo e qualquer ponto de vista. Mostra bem o descaso, o despreparo e a incompetência do governo e das autoridades públicas, que não investem em prevenção e deixam a população jogada à própria sorte. É triste constatar como - apesar de toda a propaganda na mídia querendo mostrar que está tudo bem - estamos retrocedendo e andando para trás no Brasil, em diversos campos e setores de atividade. O caso da dengue, uma doença típica de países subdesenvolvidos, é um bom exemplo disso.

Renato Khair

renatokhair@uol.com.br

São Paulo

*

XUXA

Gostaria, como eleitor de São Paulo, de agradecer publicamente as palavras que o deputado Eurico dirigiu sobre a apresentadora de televisão que fez filme pornográfico com criança. É um absurdo que ela tenha cometido esse crime, nunca tenha sido penalizada e ainda tenha gente que se solidarize com isso! O péssimo exemplo dado por ela era o suficiente para nunca ter tido o direito de tratar em público com crianças. A imprensa que ama falar de religiosos supostamente pedófilos faz vista grossa com esse crime comprovado e difundido, e ainda ajuda a criar um movimento de solidariedade para com a apresentadora. É preciso não ter vergonha de dizer a verdade e coragem para aceitar a perseguição injusta e difamatória que vem com isso.

Miguel da Costa Carvalho Vidigal

Miguelvidigal@aol.com

São Paulo

*

PREMIAÇÃO DA FIFA

A Fifa vai premiar a seleção vencedora em US$ 35 milhões. Tomara que a seleção brasileira vença, pois evita que a presidente Dilma tenha que prover a aposentadoria do INSS para o pobre do Neymar.

Vagner Ricciardi

vbricci@estadao.com.br

São Vicente

*

INCLUSÃO SOCIAL?

Se os custos estratosféricos das reformas, construção dos estádios e periféricos foram bancadas com o dinheiro do tesouro público; se as seleções e as delegações dos países competidores são custeadas pelas respectivas federações; se os altos salários, compra, venda e demais transações de passes dos jogadores são expendidos pelos próprios clubes; se os extravagante custos pelos direitos de transmissão dos jogos são regiamente remunerados pelas mídias nacional e internacional; se os patrocinadores comerciais despendem majestáticos valores para divulgação de suas marcas pelo evento; se impostos são reduzidos para a consecução do certame; se os comerciantes que atuam com exclusividade nos estádios gozam de vantagens fiscais para a vendagem de seus produtos e mercadorias - comercializados em altos valores; se os voluntários não recebem qualquer remuneração pelos seus serviços; se os populares que se locomoverem aos estádios custearão seus próprios traslados; porque os torcedores e aficionados têm de pagar os ingressos aos jogos, que, por sua vez, são postos à venda pelos promotores por valores despropositados e abusivos? Porque o povão e as classes menos favorecidas ficam marginalizadas de tomar parte nas torcidas dentro dos estádios?

Paulo Busko

paulobusko@terra.com.br

São Paulo

*

INSOLÊNCIA

Sem dúvida, o presidente do São Paulo quer aparecer. Em pouco mais de um mês, foi uma lambança atrás da outra. Essa, de que Kaká poderia ser contratado, pois tem o perfil do tricolor ("bonito, fala bem e tem todos os dentes na boca") é de uma insolência cruel. Presidente Aidar, se deseja mesmo estar em evidência e aparecer e não consegue "normalmente", que tal pendurar um colar de salame no pescoço? O resultado será imediato!

J.Perin Garcia

jperin@uol.com.br

São Paulo

*

GARECA NO PALMEIRAS

O Palmeiras vai contratar o Gareca? Sei lá, mas fosse eu palmeirense, ficaria preocupado com a contratação do argentino Gareca, que mais chegou fantasiado de ator de novela mexicana que técnico de futebol!

Laércio Zannini

marsene@uol.com.br

São Paulo

*

23 DE MAIO

O dia 23 de Maio é uma data muito importante para a democracia brasileira. Nessa data do ano de 1932, quatro estudantes paulistas, Martins, Miragaia, Drausio e Camargo, foram mortos num confronto com a polícia quando se manifestavam contra a ditadura de Getúlio Vargas. A morte desses estudantes foi o estopim de uma revolta paulista a favor de uma Constituição e que veio eclodir em 9 de julho de 1932 com o nome de Revolução Constitucionalista de 1932. Após 87 dias de combates, em 3 de outubro, as tropas paulistas acabaram se rendendo diante da superioridade das forças federais, porém, apesar da derrota a Constituição foi promulgada em 1934. Parabéns ao meu querido e batalhador Estado de São Paulo pelos 82 anos desta data histórica e também pela participação de 32,6% (2013) do PIB nacional.

Edgard Gobbi

edgardgobbi@gmail.com

Campinas

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.