Fórum dos Leitores

CORRUPÇÃO

O Estado de S.Paulo

04 Novembro 2012 | 02h07

O cerco aumenta

Mais do que nunca, Lula entrou na roda dos que sabiam ou eram cúmplices diretos do mensalão. Em recentes matérias do Estadão e da Veja, Marcos Valério põe o ex-presidente no centro desse crime perverso de desvio de recursos públicos. O publicitário mineiro fala também de um pedido feito a ele pessoalmente por Lula, em 2006, para que arrumasse recursos (ilícitos, lógico) para pagar possível extorsão de um participante de outro crime, o que dizimou a vida do prefeito petista de Santo André Celso Daniel. Segundo Valério, se não pagassem ao tal chantagista ele denunciaria envolvidos do partido no assassinato de Daniel... E jogando mais lenha nessa fogueira que começa a assar a responsabilidade até aqui não admitida por Lula em toda essa enlameada história, a ex-mulher de José Dirceu disse também que José Genoino e o próprio Dirceu estão pagando pelo Lula, como se laranjas fossem do ex-presidente nesse crime contra as nossas instituições. Isto posto, se o Collor precisou de um motorista e de uma secretária para sair do poder, o Lula pode entrar no ostracismo da vida política pelas graves denúncias contra ele vindas de um dos articuladores do mensalão que sabe como tudo foi tramado - o mensalão e outras excrescências - nos porões do Palácio do Planalto na gestão Lula. Acho que agora, com todas essas evidências, nem padim Ciço poderá ajudar seu conterrâneo de Garanhuns...

PAULO PANOSSIAN

paulopanossian@hotmail.com

São Carlos

Deboche

A entrevista da ex-mulher de José Dirceu, Clara Becker, a Débora Bergamasco, no Estadão de 31/10, com foto dos dois na primeira página e também na página A12, parece um deboche ao humilde povo brasileiro. É muito irônico ela dizer: "Meu medo é que ele se mate na prisão" - por causa das refeições da penitenciária, porque ele é reconhecido como "bom de garfo", acostumado a jantar fora, seu passeio predileto, com certeza consumindo pratos e vinhos finos, champanhe... Como um dos fundadores do PT, partido dos pobres, segundo Lula, Dirceu devia ser mais humilde e não se expor tanto. Mas Clara Becker teve a coragem de contar que Lula sabia das coisas, como de fato sabia, e que o pecado de Dirceu foi executar os projetos do chefe. Petistas verdadeiros, abram os olhos, porque Lula e seus companheiros políticos usam os pobres só para ganhar eleições. Clara Becker pode ficar tranquila, porque seu ex-marido não vai se matar na prisão, onde ficará por pouco tempo, beneficiando-se da progressão da pena.

CLEITON REZENDE DE ALMEIDA

cleiton_rezende@uol.com.br

Araraquara

Vagabundos

Numa coisa concordo com a ex-mulher de José Dirceu: muito dinheiro foi pago pra vagabundo.

RICARDO SANAZARO MARIN

s1estudio@ig.com.br

Osasco

Base alugada

E agora, Lula, quantos foram os PicareTas que atuaram na base parlamentar de apoio ao seu governo? Já os contou?

NIVALDO RIBEIRO SANTOS

nivasan1928@gmail.com

São Paulo

Bode expiatório

Confiou no comando da quadrilha, agiu sob a garantia de impunidade, mas depois ficou entregue às moscas. É o bode expiatório. Daí, sentindo-se abandonado, resolveu abrir o bico e, com alguma chance de conseguir a delação premiada, a cúpula petista está tremendo de medo. Ao que tudo indica, a blindagem de Lula e outros finalmente vai se esfacelar. Genoino já disse que não delata os companheiros e, como suplente, mesmo sendo ficha-suja, está até em via de assumir como deputado federal. Para o apenado Valério, porém, o destino é a penitenciária. Pobre Valério, sua vida não vale um centavo! É sério candidato a ser outro Celso Daniel...

HUMBERTO SCHUWARTZ SOARES

hs-soares@uol.com.br

Vila Velha (ES)

Direito à verdade

A respeito do que Marcos Valério anuncia saber sobre os porões do PT, é correto que as instituições competentes não só o escutem, como tragam tudo a público. Porque se ele tem informações acerca do obscuro assassinato de Celso Daniel, sobre os meandros percorridos pelos "aloprados" que apareceram com uma fortuna diante dos nossos olhos, se diz que Lula é o mandante do mensalão e que tem dinheiro não declarado no exterior, se sabe que Gilberto Carvalho está envolvido no caso do prefeito assassinado, se conhece profundamente as lambanças de Antônio Palocci, nós, as vítimas, temos o direito também de saber. Porque nós é que os colocamos no poder e nós é que fomos roubados em toda essa festa. Nós, o povo brasileiro!

SOLANGE DELOCCO COUTINHO

solangedelocco@hotmail.com

Rio de Janeiro

O fim de um partido

Se Marcos Valério realmente apelar para a delação premiada e falar o que sabe, será o fim do PT. É bom que se diga que a debandada já começou... E adeus! Cada um por si e Deus por ninguém.

ALBERTO NUNES

albertonunes77@hotmail.com

Itapevi

Histórico de 'malfeitos'

Começou com Waldomiro Diniz, depois Toninho de Campinas e Celso Daniel, o dossiê do Mercadante, os dólares na cueca e agora veio a condenação do núcleo administrativo do PT pelo Supremo Tribunal Federal (STF). Então, a pergunta: como fica esse partido? Com a palavra o STF.

HÉLIO JOSÉ CURY

heliocury@gmail.com

São Paulo

Hora de jogar a toalha

Perto do "barulho" que a fina-flor da cúpula do PT fez, o que a militância e a Executiva do partido pretendem fazer, literalmente, nem dará para ser ouvido. E também dificilmente encontrarão momento solene para isso. É melhor guardar a barraca...

FLÁVIO CESAR PIGARI

flavio.pigari@gmail.com

Jales

A serviço da cidadania

Maravilhosa a parceria entre o Estado e a USP para a viabilização da Corrupteca. Além do evidente interesse acadêmico que o projeto comporta, dar-se-á a rara oportunidade do exercício do que poderíamos chamar de "pragmático-memorialismo", no sentido de fornecer, a legisladores engajados e agentes públicos vocacionados ao combate da improbidade administrativa, substrato fático de condutas deletérias na administração pública que se repetem sob o manto impune da desmemória, para elaboração de normas e procedimentos que venham a coibi-las, quer criminalizando-as, quer evitando a sua ocorrência pela adoção de práticas preventivas. A cidadania brasileira só tem a agradecer!

JOSÉ D'AMICO BAUAB, pesquisador do Centro de Memória Eleitoral do TRE-SP

josedb02@gmail.com

São Paulo  

O MENSALÃO, POR MARCOS VALÉRIO

Depois da reportagem do Estadão (Valério depõe ao MPF e cita Lula, Palocci e Celso Daniel, 1.º/11), a oposição resolveu pedir investigação contra o ex-presidente Lula. Antes tarde do que nunca... Aliás, por que não o fizeram antes? Em tempo, enquanto o PSDB discute, discute, discute, Lula vai “nadando de braçadas”. Elegeu Dilma e Haddad sem nunca terem participado de qualquer eleição antes, e o próximo será Padilha.

Mário Issa drmarioissa@yahoo.com.br

São Paulo

*

MAIS ESTRAGOS

Mesmo vencendo a eleição em São Paulo, que para muitos do lulismo seria o suficiente para fazer a sociedade esquecer-se do mensalão, pelo jeito a vida petista deve seguir mais conturbada ainda. Além da aplicação da dosimetria da Ação Penal 470, em curso no Supremo Tribunal Federal (STF), que deverá, a partir desta semana, definir a pena que será imposta à quadrilha montada no Planalto para desviar recursos públicos, agora, como mostrou a reportagem do Estadão, Marcos Valério, ao depor no Ministério Público, em setembro, prometeu, além de divulgar outros nomes que fizeram parte do mensalão, ter dados concretos sobre novas remessas ilícitas de recursos em contas no exterior. E não fica por aí! Inclui, desta vez, neste rol das picaretagens o ex-presidente Lula e Antonio Palocci. Marcos Valério, sendo testemunha viva deste crime da gestão Lula contra as nossas instituições, diz sofrer ameaça de morte, e cita o assassinato do ex-prefeito Celso Daniel, em que até as principais testemunhas deste bárbaro crime foram mortas! Sendo assim, Valério tem muita razão para se preocupar com a sua vida e a de sua família, porque neste caso do ex-prefeito de Santo André Celso Daniel, que era do PT, e pressionado que estava pelo seu partido a pedir propina das empresas de transporte público da cidade, no intuito de rechear o caixa do seu partido, ao recusar sujar suas mãos na lama da corrupção, dizimaram sua vida... E nem sequer a investigação policial seguiu um curso desejado. Por quê?!

Paulo Panossian paulopanossian@hotmail.com

São Carlos

*

SURPRESA

Nossa, que surpresa ver o nome do ex-presidente Teflon ser citado por Marcos Valério. Elle, que sempre negou e continua negando o lamentável procedimento de compra de votos, um tal mensalão, o que dirá agora? O de sempre, que não sabia de nada, que nunca viu Marcos Valério, que ele está desesperado e tentando se livrar da cadeia, entre outras pérolas. É só aguardar. Não nos esqueçamos de Palocci, que era para ser o “cara” e, como não se afina com nosso ministro lácteo, nem com o poste atual, no Palácio do Planalto, foi devidamente defenestrado. O único que não vai poder declarar nada será o Celso Daniel, que, como não coadunava com o esquema, entre outros, foi eliminado, literalmente falando. E agora, o que o STF fará com o “cara” de pau?!

Renato Camargo natuscamargo@yahoo.com.br

São Paulo

*

‘AVANT PREMIÈRE’

Ao que tudo indica e findo praticamente o julgamento do mensalão, em que alguns laranjas se deixaram envolver com as esperanças e promessas de que tudo acabaria em pizza, vendo que a vaca se encaminhou para o brejo, já se movimentam oferecendo-se em busca da “delação premiada”, com proteção à testemunha e familiares. É o que está ocorrendo, por enquanto, com Marcos Valério, que já citou Lula, Palocci e Celso Daniel na sua avant première.

Angelo Tonelli angelotonelli@yahoo.com.br

São Paulo

*

DELAÇÃO DIFICULTADA

Será que vai ser preciso, o Marcos Valério colocar um anúncio no horário nobre da TV Globo, informando que quer falar? Será que ninguém quer ouvir?

Ulysses Fernandes Nunes Junior Ulyssesfn@terra.com.br

São Paulo

*

VALÉRIO CITA LULA E PALOCCI

Parece que a interrupção do processo 470 foi estrategicamente operacional. Parece que o ventilador, afinal, voltará a funcionar com toda a merda que ainda existe por aí. Como moral da história, fica o ditado de que quem dorme com cobra venenosa, uma hora acaba sendo picado. Que o senhor Marcos Valério, afinal, preste de fato um grande favor à Nação, contra tanta roubalheira de que participou. Ainda estamos na época do lobo acusar o cordeiro de sujar sua água, mesmo estando abaixo do fluxo de água. Afinal, caro Valério, você não tem cara de cordeiro inocente, mas de tão lobo quanto os demais. Abra o bico, pelo menos em sua própria defesa! Claro que vai encontrar lobões como Lewandowski julgando agora na nova “empreitada”. Esperamos, contudo, que os brios dos “togados” injuriados falem mais alto.

Ariovaldo Batista arioba06@hotmail.com

São Bernardo do Campo

*

DELAÇÃO NECESSÁRIA

Com certeza, valeria a pena ouvir, de forma cabal, as alegações de Marcos Valério, porque levariam ao comprometimento de Lula nos atos diversos do mensalão. Aliás, a Ação Penal 470 fica incompleta sem que se faça menção ao chefe maior de toda a trama. Lula não mais tem foro privilegiado e, então, poderia enfrentar, com toda a sua segurança, até agora demonstrada, as acusações com reais embasamentos. É de relembrar que, na antiguidade, os líderes sempre iam à frente de seus exércitos, em todas as batalhas. Mas é claro que o líder dos menos esclarecidos, dos menos ricos, dos integrantes do Bolsa-Família, dos cotistas em universidades e, enfim, daqueles todos que obtiveram alguma vantagem governamental, não irá, de espontânea e livre vontade, assumir a sua participação nas maracutaias. É preciso a delação. E é justo que ela seja premiada. E Marcos Valério não deve ter esse direito?

José Carlos de C. Carneiro carneirojc@ig.com.br

Rio Claro

*

POSTES

O criador de postes criou um denominado Zé Dirceu. O gorducho criador não terá condições de manter-se escondido, por muito tempo atrás do poste que criou, por questões penais.

Carlos Rolim Affonso profrolim@globo.com

São Paulo

*

É DANDO QUE SE RECEBE

Nossa, que coisa! Então a ex-mulher de José Dirceu denuncia: Lula sabia de tudo! Ainda bem que ela avisou, caso contrário ninguém jamais iria suspeitar. Ô, Clara Becker, quanta malevolência! Dirceu, especialmente ele, José Genoino e Delúbio Soares, claro, sabendo que o chefe é tão, como dizer... ingênuo, nunca o poriam a par de suas estratégias para domesticar o Congresso com vistas a consecução de um projeto de poder. Não! De certo o Cara imaginava conseguir aprovar tudo graças ao seu jeito “boa praça” e, sobretudo, pelo grande patriotismo que o movia e também moveu a todos os envolvidos nessa lambança que ficará para a história como “mensalão”. Nenhum brasileiro minimamente informado acredita que Lula estivesse envolvido com ações só levadas a cabo porque, claro, os deputados queriam grana, esses picaretas malvados. Dirceu então molhava a mão dos vagabundos, Genoino assinava os papéis e Delúbio liberava o dinheiro que Marcos Valério providenciava. Simples assim, tudo escondido de Lula que desde sindicalista era de uma pureza franciscana sempre inspirado na máxima do santo: “É dando que se recebe”.

Eliana França Leme efleme@terra.com.br

São Paulo

*

QUEM SABE SABE E PODIA FAZER

Clara Becker falou com profunda clareza, foi direta e objetiva. Afinal tudo se faz, e se diz, por amor, inclusive a verdade. Não obstante, o que ela mais que insinua já é clarificativo. Em sua entrevista (O Estado de S. Paulo, Dirceu e Genoino pagam por Lula, 31/10/2012), sobressai sua preciosa informação, sobretudo a quem se refere, pois diz ela: “Se ele fez algum pecado, foi pagar para vagabundo que não aceita mudar o País sem ganhar dinheiro... Eles (Dirceu e Genoíno) estão pagando pelo Lula”. Então não é imaginação! É a verdade nua e crua de quem convive com aquele que um dia foi o número um de fato deste país. Se Dirceu, como diz, assumiu o compromisso de fazer coisas, isso significa que por quem o compromisso foi assumido tinha este, Lula, pleno conhecimento do que foi proposto a fazer e depois foi feito, e deu no que deu perante o STF. Haverá clareza maior do que isso?

Pedro Luís de Campos Vergueiro pedrover@matrix.com.br

São Paulo

*

CONDENADO

Como disse Clara Becker, Dirceu não é ladrão mesmo. José Dirceu foi condenado por corrupção ativa e formação de quadrilha. que são crimes tipificados no Código Penal, se também é pecado deve-se perguntar no Juízo Final, mas é bom ele se apressar, pois se Lula chegar antes ele dirá que não viu nada, não sabe de nada.

Vagner Ricciardi vbricci@estadao.com.br

São Vicente

*

BOM DE GARFO

Aproveita, Zé, pois logo, logo, você estará esperando o jumbo semanal.

Guto Pacheco daniguto@uol.com.br

São Paulo

*

ESTRANHO CONCEITO

Lendo as declarações dos petistas como Rui Falcão, Clara Becker, José Dirceu, Genoino e outros, só existe um tipo de criminoso, o ladrão. Fora disso, não é passível de prisão nem expulsão do partido (PT), pois, segundo Falcão, presidente do partido, os condenados pelo mensalão não cometeram crimes. Depois dessa declaração, não sei o que o STF está fazendo. Por isso é que o “defensor dos petistas” absolve todos os mensaleiros.

Toshio Icizuca toshioicizuca@terra.com.br

Piracicaba

*

PSICOPATAS E SOCIOPATAS

Acreditem , Jose Dirceu e Jose Genoino acham que estão sendo injustiçados e, pior, por terem seguidores fanáticos, como todos os malucos tanto na política como na religião, sentem-se intocáveis por pertencerem a uma causa “divina”, acima das mediocridades humanas, e por aí vai. Graças a Deus, essas entidades aqui, no Brasil, são condenadas por humanos justos que respeitam a maioria “medíocre” que não aceita ser roubada. Era só o que faltava, o Brasil já tem problemas demais. Se tem uma coisa de que não precisamos são de “entidades divinas” que vieram mandadas para causas. Lugar de louco é na clínica de tratamento, lugar de bandido é na cadeia, “deuses” moram no espaço, o.k.?!

Roberto Moreira da Silva rrobertoms@uol.com.br

São Paulo

*

JOSÉ GENOINO

José Genoino, ex-guerrilheiro, atual quadrilheiro e condenado, quer assumir a vaga de deputado federal no lugar de Carlinhos Almeida, que foi eleito prefeito de São José dos Campos. Genoino conta com o apoio incondicional da cúpula do PT (Partido Podemos Tudo), que já acenou com o mesmo tratamento ao seu comparsa na quadrilha João Paulo Cunha. E o povo brasileiro se indigna quando se diz que o Brasil não é um país sério.

Gattaz Ganem gattaz@globo.com

Carapicuíba

*

CPI CAIXA DE PANDORA

Segundo noticiário, aliados põem fim às investigações da CPI do Cachoeira. É óbvio que eles queiram fechar o mais rápido possível essa verdadeira Caixa de Pandora que abriram inadvertidamente. Quando perceberam onde os tentáculos do senhor Cachoeira poderiam estar alcançando, trataram de colocar a tampa na “coisa”. Aliás, não é preciso ser nenhum Sherlock Homes para desconfiar até onde foram. Elementar, meu caro

relator da CPI. Pano rápido!

José Marques seuqram.esoj@bol.com.br

São Paulo

*

NÃO TEM FIM?

É nesta oportunidade que sentimos o efeito nefasto do mensalulão, que funciona a pleno vapor até os dias de hoje. A defesa de alguns dos condenados teve a ousadia de dizer que faltam provas. E precisa? Não há praticamente oposição, por quê? Pelo visto, são os poucos que não gostam de “pizza”. É o fim da CPI do Cachoeira, que está sendo transformada em “biquinha” pela $ituação daqueles que gostam da velha pizza à moda da ca$a, ou melhor, à moda do Congre$$o, e o povo que viva de “bolsas”. Não tem fim o men$alulão e os men$aluleiros?

Luiz Dias lfd.silva@2me.com.br

São Paulo

*

CABRALZINHO

A onda podre do PT (aliás qual a onda aproveitável?) enterrou a CPI do Cachoeira, por não lhe interessar convocar o grande parasita do Lula, Sergio Cabral. Nessa hora quem é da patota ou da turma do Lula tem carta branca para fazer o que quiser, até usar aviãozinho de dono da Construtora Delta e ir se esbaldar em Paris, afinal ninguém é de ferro e a vida de político no Brasil é muito dura. São verdadeiros abnegados pela causa deles mesmos, e, claro, não da nossa, afinal nós somos os otários ou trouxas que pagamos impostos para eles literalmente meteram as mãos, e às vezes, com tanta sede, até os pés. Se o Cabralzinho fosse à CPI, sem dúvida os elos, correntes ou por causa da proximidade, algemas com o dono da Delta iam crucificá-lo e não seria justo, afinal de contas ninguém foi preso nem terá de devolver nada, porque só o Cabralzinho é amigão do Lula. Este é o ético PT, que, quando foi criado, falava em ética, mas hoje essa palavra foi extirpada do dicionário deles.

Asdrubal Gobenati asdrubal.gobenati@bol.com.br

Rio de Janeiro

*

SUFOCADOS

As tentativas que os aliados e alguns não aliados do governo Dilma Rousseff estão fazendo para enterrar de uma vez por todas a CPI do caso Cachoeira nos deu coragem não só para perguntar por onde andam os militares, como também, para dizer que este Congresso merece ser fechado. O cheiro putrefato que sai da Câmara e do Senado, nesses últimos 10 anos, está nos sufocando. Acorda, Brasil!

Leônidas Marques leo_vr@terra.com.br

Volta Redonda (RJ)

*

PIZZARIA

Enquanto o Judiciário dá um exemplo de cidadania, o Legislativo dá um exemplo de pizzaria na CPI do Cachoeira.

Gustavo Guimarães da Veiga gjgveiga@hotmail.com

São Paulo

*

ACHANDO GRAÇA

Depois de meses sendo investigado, Carlinhos Cachoeira deve estar rindo de nós. Abriram as comportas e só encontraram pizza...

Virgílio Melhado Passoni mmpassoni@gmail.com

Jandaia do Sul (PR)

*

PT, O FLAGELO DE DEUS

Democracia, Estado de Direito, Constituição, ética, decoro parlamentar podem ser comparados às histórias de João e Maria, Branca de Neve, Sítio do Pica-Pau Amarelo,isto é, não passam de histórias da vovó, lendas folclóricas. Esse desmoronamento moral das nossas instituições está intimamente ligado à ascensão do Partido dos Trabalhadores (PT) à política e a sagração de Lula à qualificação de Antonio Conselheiro. Deu a louca no governo. À luz do dia provocam o maior Poder da República, rejeitando as suas decisões judiciais. Querem por que querem mostrar sua força afirmando que os mensaleiros condenados poderão assumir cargos de deputado federal. Para o PT, o condenado por roubo e formação de quadrilha está apto a fazer e aprovar leis para os cidadãos honestos obedecerem. Outra falta de vergonha sem limites está em gestação na CPI do Cachoeira. A opilada e anêmica oposição tentou prorrogar o cozimento da pizza da CPI e foi barrada pela turma de choque que, descaradamente, quer evitar que o capo Cavendish abra os arquivos da Delta e jogue no ventilador toda a matéria excrementosa em que o governo chafurda. A quadrilha já está anatemizada pelos ministros de rabo solto do Supremo Tribunal Federal. O Partido dos Trabalhadores lembra o epíteto de Átila, o rei dos Hunos.

Jair Gomes Coelho jairgcoelho@gmail.com

Vassouras (RJ)

*

INABILIDADE E INCOMPETÊNCIA

O Tribunal de Contas da União (TCU) divulgou que 22 obras (a maioria do Programa de Aceleração do Crescimento) não estão sendo executadas adequadamente, seja por licitações irregulares, notas frias, superfaturamento, etc. Por outro lado, o Ministério de Minas e Energia reconheceu que existiu falha humana no último dos muitos apagões que ocorreram no governo Dilma. Tudo isso vem comprovar a inabilidade e a incompetência deste governo, sem contar a corrupção. Como poderemos dar um basta nisso, se os eleitores continuam escolhendo governantes deste nefasto partido?

Carlos E. Barros Rodrigues ceb.rodrigues@hotmail.com

São Paulo

*

NOSSA ECONOMIA EM 2013

Roberto Macedo (4% de crescimento do PIB em 2013?, 1.º/11) teve muita imaginação para conseguir preencher o espaço que lhe é cedido na página A2, “enchendo linguiça” sobre futurologia. Qualquer leigo, com um mínimo de percepção, sabe que a economia brasileira está travada no curto e no médio prazos. Sem reformas estruturais ousadas, nada vai mudar de um ano para o outro. Não adianta torcer pelo ministro ilusionista Guido Mantega.

Sergio S. de Oliveira ssoliveira@netsite.com.br

Monte Santo de Minas (MG)

*

ECONOMISTA E ECONOMÊS

O economista Roberto Macedo está sendo claro numa questão. Economista não é a mesma coisa que “economês”, economista usa estatística, economês usa probabilidade! Quem governa o mundo de hoje não são de fato os economistas, os novos “pajés” da vez, mas os “economeses”. O grande profeta pajé do mundo diz que o mundo vai acabar no dia X do mês Y do ano Z, como agora se está profetizando o fim do mundo para dezembro próximo, no dia e, penso que até, hora marcados. O economês é o profeta das finanças, e que de fato dão as diretrizes proféticas aos caciques da vez empoleirados no poder. Foi exatamente assim que a URSS perdeu a guerra, armada até os dentes, sem que o inimigo precisasse disparar sequer, uma espoleta! As previsões estatísticas do economês mal e mal se faz no começo do dia, para o final do mesmo dia, mas sua “profecia” pode ir até um século depois. No final, não tem mesmo valor algum, a não ser um mero ritual de mentiras que acompanha a humanidade desde quando um pajé dizia que o rei era “deus”.

Ariovaldo Batista arioba06@hotmail.com

São Bernardo do Campo

*

HOMICÍDIOS EM SÃO PAULO

Os homicídios dolosos cresceram 86% em outubro de 2012, batendo novo recorde em São Paulo. É uma clara consequência da política pública de segurança pública desastrada adotada pelo governador Geraldo Alckmin (PSDB). Os números não mentem e estão aí para quem quiser ver. Não adianta querer tapar o sol com a peneira e o pior cego é o que não quer ver. Se, em apenas um ano, o número de assassinatos cresceu 86%, ou seja, praticamente dobrou, é porque tem algo muito errado sendo feito na área de segurança pública. Quase 20 anos de (des)governo do PSDB em São Paulo e o que temos é o aumento do medo, insegurança, violência e das mortes por homicídio.

Renato Khair renatokhair@uol.com.br

São Paulo

*

PCC EM 2006

Quem não se esquece dos ataques do Primeiro Comando da Capital (PCC) em 2006 em São Paulo, ano eleitoral, podemos afirmar que os métodos de guerrilha implantados pelos guerrilheiros das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) à época deram resultado. O PCC agora nem precisa de supervisão, basta ordem vinda dos caciques de plantão e a tomada de poder no Estado de São Paulo em 2014 será cumprida a rigor. Não é estranho ou coincidência que o comando desses crimes tenha saído de dentro da Comunidade Paraisópolis, reduto do PT? Paulistas de paulistanos que insistem em demonizar nossa Segurança Pública, muito cuidado nesta hora! Podemos estar dando combustível à quadrilha em 2014.

Beatriz Campos beatriz.campos@uol.com.br

São Paulo

*

O GOVERNO DE SÃO PAULO NÃO MENTIU

O ministro da Justiça, José Eduardo Martins Cardoso (PT), fala inverdades (não direi que mente pois isso pode ser considerado um ato de desacato à autoridade e daí, para não ser presa, terei de pedir desculpas por escrito e entregá-la pessoalmente nas mãos do ofendido, como teve de fazer o mesário com relação a Ricardo Lewandowski...), mas fala inverdades quando diz que o governo de São Paulo jamais pediu ajuda para poder controlar as ações violentas do PCC. Contradizendo esta afirmação, em ofício datado de 29 de junho de 2012, o secretário de Segurança Pública de São Paulo pede a colaboração do governo federal para a implementação de alguns programas. O governo vinha negando tal solicitação, mas a verdade sempre aparece. E a resposta do ministro só chegou agora através de declarações à Folha de S.Paulo do dia 29 de outubro de 2012, onde ele, com rudeza sem par, declarou: “O governo federal não é a Casa da Moeda”. Mais uma inverdade: o governo abre, sim, a bolsa e até a arreganha, mas só para aqueles que prestam vassalagem ao governo federal. Neste caso específico, o povo de São Paulo que se lascasse em meio à violência do PCC, e ao final e mesmo assim, esse povo maltratado elegeu um petista! Quem tiver curiosidade de ver o ofício, basta buscá-lo neste link abaixo: http://veja.abril.com.br/blog/reinaldo/geral/seguranca-governo-de-sp-tem-a-prova-de-que-pediu-a-colaboracao-do-planalto-e-e-tratado-como-mentiroso-em-certa-imprensa-cardozo-que-nao-tem-como-provar-a-acusacao-feita-a-sp-e-tratado-como-fonte/. Pelo visto a campanha presidencial de 2014 já começou e a bola da vez é o Estado de São Paulo. Que tal não aconteça, meu Deus!

Mara Montezuma Assaf montezuma.scriba@gmail.com

São Paulo

*

JÁ COMEÇOU

A investida para tomar o assalto o Estado de São Paulo já começou: o ministro José Eduardo Cardozo rebateu as críticas do governo de São Paulo, dizendo que o ministério não é banco para pedir empréstimo. Solene cara de pau. Se São Paulo não tivesse de “contribuir” com zilhões para sustentar a máquina federal – e não só –, não precisaria pedir de volta o que lhe pertence ! Seríamos um país de Primeiro Mundo, se não tivéssemos esse peso nas costas.

Marly N. Peres lexis@uol.com.br

São Paulo

*

PODE FICAR PIOR

A violência aumentando a cada dia em São Paulo, nada é feito para melhorar a segurança da população, depois que o governo do Rio de Janeiro expulsou seus bandidos dos morros, mandando os para São Paulo, não prendeu e nem matou nenhum, parece um acordo entre eles, ministro da Justiça batendo boca com o governo de São Paulo e o Congresso votando penas mais duras para crimes cibernéticos, punição para pais que não freqüentam as aulas dos filhos, não dando a mínima importância aos assassinatos e sequestros, deste jeito não dá, pior do que ta pode ficar sim!

Jose Mendes josemendesca@ig.com.br

Votorantim

*

A ARTE DA POLÍTICA

Platão já dizia que a ciência de governar os homens é a maior e a mais difícil de adquirir. A arte da política portanto, antes de ser adquirida, é um dom que nasce com raríssimos iluminados. Para a maioria, restam recursos escusos como o do mensalão, ou atos mais sórdidos de desestabilização e desmoralização, como está acontecendo na nossa cidade, cuja população assiste atônita ao assassinato de PMs às vésperas da definição da eleição para prefeito.

Victor Germano Pereira victorgermano@uol.com.br

São Paulo

*

MAIS INTELIGÊNCIA E MENOS FORÇA

Se os números estiverem certos, já são 86 os policiais militares assassinados desde o inicio do ano. É guerra declarada contra a Polícia Militar. Enquanto isso, o governador e o secretario de Segurança Pública, assustados, embora queiram parecer que não, só vêm a publico com a mesma cantilena: mais policiais nas ruas, mais contratações e que a polícia não vai retroagir, e blá, blá, blá... Será que resolve? Não estaria na hora de mais inteligência e menos força? Já foi feito um estudo de causas e efeitos?

Geraldo Alaécio Galo ggalo10@terra.com.br

Guarulhos

*

PÂNICO EM SÃO PAULO

Alguém precisa avisar a bandidagem paulista – responsável pela horrenda onda de violência que já vitimou dezenas de pessoas em 2012 – que as eleições municipais acabaram e o PSDB perdeu o pleito em São Paulo, a Capital mais rica do País. Sendo assim, a matança já pode cessar. O Brasil inteiro sabe que sendo ano eleitoral e, estando o PSDB à frente do governo do Estado de São Paulo, gerindo a Segurança Pública, a onda de violência é tão certa quanto a noite depois do dia. Os midiáticos bandidos em São Paulo já se acostumaram a matar com um olho no gatilho e o outro olho nas urnas.

Túllio Marco Soares Carvalho tulliocarvalho.advocacia@gmail.com

Belo Horizonte

*

BALANÇA

Os críticos da “violência” policial não criticam a “civilidade” dos bandidos...

A.Fernandes standyballl@hotmail.com

São Paulo

*

CRUELDADE

Recentemente, em São José dos Campos (SP), um homem, após se envolver em briga, apanhou até morrer. O que mais me indignou na tragédia é que o agressor, conforme registrado por câmeras, continuou a desferir socos na vítima, mesmo com ela caída no chão. Em um segundo momento, o agressor tentou levantar a vítima, que não conseguiu manter-se de pé, ficando estendida no chão. O violento episódio fez-me lembrar as lutas de MMA, com suas mensagens de extremas agressividade e crueldade.

Marcelo de Lima Araújo marcelodelimaaraujo@yahoo.com.br

Mogi das Cruzes

*

BIJUTERIA CARA

A população do Rio de Janeiro acaba de reeleger com a impressionante margem 65% dos votos válidos, o Sr. Eduardo Paes. A cidade está pontilhada de obras impulsionadas pelos eventos esportivos que se aproximam e que, segundo o discurso oficial, constituirão legados importantes para melhorar a vida dos cariocas que estão nos trajetos das obras, havendo um visível abandono das populações de locais menos badalados. Dentro do planejamento da Prefeitura, está para ser iniciada a demolição da Av. Perimetral, tradicional e importante via elevada de ligação de tráfego entre o centro da cidade e o acesso à região oeste de cidade. Ela e a via que a acompanha na parte inferior constituem um sistema de 12 faixas de rolamento que, com a introdução de ampliações e modificações criativas e de baixo custo otimizariam os respectivos traçados. A solução adotada, no entanto, sem a mínima consulta à sociedade, foi a demolição do elevado, justificada por argumentos puramente estéticos, a ser substituído por via subterrânea, a um custo proibitivo, ao longo do porto de uma cidade que historicamente sofre com enchentes, sem, no entanto, um aumento do número de faixas de rolamento, conforme demonstrado em alguns relatórios técnicos chancelados por instituições que sempre questionaram o projeto. Há uma probabilidade razoável de que a população, responsável pela reeleição, descubra, no médio prazo, arrependida, que, na verdade, adquiriu uma bijuteria extremamente cara.

Paulo Roberto Gotaç prgotac@hotmail.com

Rio de Janeiro

*

ENEM – PLANOS DE LONGO PRAZO

A falta de projetos que mirem ao longe no Brasil é um dos fatores de nosso engessamento no presente. Leio, esperançoso, a notícia de que os resultados obtidos no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) serão utilizados como critério de seleção de estudantes de graduação para temporada de estudos no exterior custeada pelo governo. Estamos investindo no longo prazo, na conjunção de ideias e de conhecimento científico. Que outras iniciativas que apontem para o futuro do país possam surgir.

Noadir Marques da Silva Jr. noadir@uol.com.br

Campinas

*

PROFESSORES MAL PAGOS

O salário dos professores brasileiros é um dos mais baixos do mundo é um estudo divulgado pela Organização das Nações Unidas (ONU). O Banco mundial e a Organização para a Cooperação e o Desenvolvimento Econômico (OCDE) comprovam isso em detalhes. Foi tomado como base os salários dos professores do ensino fundamental em 73 cidades. Em São Paulo, o salário médio é de US$ 10,6 mil por ano (cerca de R$ 20 mil). Este valor representa 10% do que ganha um professor de Zurique (Suíça), onde o salário médio da categoria é de US$ 104,6 mil ao ano.

Alana Santos Santana alanalitoral@hotmail.com

São Paulo

*

TAXA DE CADASTRO NOS BANCOS

A 2ª Seção do Superior Tribunal de Justiça (STJ) decidiu sobre a legalidade da cobrança de taxa de cadastro pelas instituições financeiras. Esse tipo de cobrança é feita para financiar custos com pesquisa sobre a situação financeira do consumidor que é de interesse do banco e por isso, o consumidor não deveria arcar com esse tipo de taxa. O valor varia de acordo com a instituição e o local de assinatura do contrato e chegam a variar de R$ 30 a R$ 800. Incrível, mas para esta Seção do STJ temos de pagar aos bancos para que eles obtenham um serviço e ainda por cima, dependendo do resultado podem não liberar o financiamento. Pergunto se há um espaço nesta decisão que diz que, se o banco não liberar o financiamento, a taxa será devolvida? Interessante como nestes casos a justiça é literalmente cega quando o prejudicado é o consumidor, ou seja, a parte mais fraca da corda.

Jatiacy Francisco da Silva jatiacy@estadao.com.br

Guarulhos

*

PASSAPORTES PERDIDOS

A polêmica envolvendo a Embaixada dos Estados Unidos, seus consulados e a ECT Empresa de Correios, que chegou até o Judiciário, nos mostra o grave erro que foi incluir em nossa Constituição federal o monopólio de remessas postais. A empresa, que já foi modelo, hoje é um lixo, e a cada greve ficamos sem receber nossas correspondências. Espero que os 600 picaretas instalados no Distrito Federal revejam essa medida medíocre.

Moyses Cheid Junior jr.cheid@gmail.com

São Paulo

*

TRANSPORTE PÚBLICO E DIGNIDADE

Muita gente faz essa pergunta todos os dias quando estão utilizando os transportes dessa cidade. É ridículo ver que a cidade cresce, mas os transportes não acompanham o crescimento da população. Falar da superlotação nos trens da CPTM e do Metrô se tornou um clichê. Todos os dias, preciso fazer o trajeto entre a Vila Matilde e a Sé. Um tempo dentro do trem que parece que não passa. Imprensado entre outras pessoas, quase todos os dias tendo que segurar no teto ou na base de iluminação, escorregando a cada frenagem brusca para aguardar a movimentação do trem à frente. Embarcar após as 6h30 da manhã é um desafio. Sem muita opção de vez em quando voltar algumas estações pode ser a única solução pelo menos para conseguir embarcar. O que não significa que haverá o mínimo de conforto – somente para conseguir entrar, talvez pressionando a entrada para a porta se fechar. Eles repetem inúmeras vezes para as pessoas não impedirem o fechamento das portas evitando assim, mais atrasos. Não estão segurando as portas, estão lutando para conseguir um lugar para tentar chegar em seus empregos no horário. É bem verdade que existe muito exagero e até violência desses que empurram com brutalidade para conseguir o embarque, mas todos acabamos reféns desse meio de transporte. Precisamos dele, sim, mas também precisamos de dignidade e respeito. A linha 3 – vermelha é a mais conhecida por seus problemas, e parece ser essa a sua fama e pronto. Ninguém faz nada. Um transporte como o Metrô da maior cidade do País que só funciona bem fora do horário de pico ou para quem mora no centro de trabalha na zona leste. Os metroviários ameaçaram greve para o dia 24/10 e rapidamente o governo negociou com eles e foi aceita a proposta feita. Quando eles reivindicam seus direitos através de greves, eles conseguem negociação, porque uma coisa o governo percebe: Sem metrô São Paulo fica ainda pior! Mas e os usuários? Existe greve de usuários do transporte de São Paulo? Existe um sindicato para a categoria? Acho que não. Quem ouve as reivindicações de quem usa isso que chamam de transporte público? Estamos jogados a própria sorte. Um governante até pode ter saído do povo, mas vai para o outro lado do poder e, aí, “quem mesmo que me elegeu”? A resposta: as ações de todos que passam pelo governo deixa claro. Para quem precisa se qualquer serviço público do Estado ou município, a palavra público tem esse significado: Público – adj. 1. largado, abandonado, rejeitado. De pouco valor. Apenas consegue votos às vésperas de eleição.

Carlos Henrique Oliveira henrique.olyveira@hotmail.com

São Paulo

*

À ESPERA DAS ENCHENTES

Há muitas gerações estamos á espera das enchentes! Infelizmente ainda não temos (ou não merecemos?) plano de longo prazo (30 anos) discutido e revisto periodicamente com a sociedade, a exemplo dos países desenvolvidos. Aliás, o problema se repete com o restante da infraestrutura, mostrando falta de competência das organizações do estado (federais, estaduais e municipais) para atender às necessidades da sociedade. O loteamento político das organizações do Estado, com base na Constituição que permite a indicação para cargos de confiança e em comissão, impede que as organizações tenham a estrutura e profissionalismo necessários para que haja eficácia e eficiência. O desperdício de recursos devido à incompetência e corrupção é colossal! A Lei de Saneamento exige planejamento de longo prazo para: abastecimento de água; coleta, transporte e tratamento de esgoto; retenção, coleta, transporte e tratamento das águas pluviais a serem lançadas nos cursos de água e controle dos resíduos sólidos. Se englobarmos controle de ocupação do solo, educação, saúde, segurança, transportes, etc., vemos a necessidade de portfólio de programas e projetos que exigem competência nos três níveis de governo!

Darcy Andrade de Almeida dalmeida1@uol.com.br

São Paulo

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.