Fórum dos Leitores

Atualizado às 6h00.

O Estado de S.Paulo

22 Fevereiro 2013 | 02h07

CORINTHIANS

Morte em Oruro

Durante o jogo Corinthians x San José, em Oruro, um menino boliviano de 14 anos de idade morreu após ser atingido por um sinalizador. A polícia local alegou ter sido atirado pela torcida corintiana e deteve alguns para descobrir qual dentre esses foi o responsável pelo disparo. Se provada a culpa do torcedor, ele será preso, processado, pegará cadeia durante alguns anos e se espera que o governo brasileiro não interfira. Quanto ao futebol, é quase certo que a federação sul-americana castigará o Corinthians, obrigando-o a jogar sem torcida aqui e lá fora nos campeonatos que ela promove. Sou corintiano até a medula, mas defendo tal medida porque quase nunca vou aos estádios ver o meu time jogar por temer a violência da nossa torcida uniformizada e de todas as demais, que vão a campo para se comportarem como selvagens, bebendo, drogando-se, criando confusão contra adversários e desafiando a polícia. 

LAÉRCIO ZANNINI
arsene@uol.com.br
São Paulo

*
Expulsão da Libertadores

Sou corintiano e vibrei muito no ano passado com as conquistas do Timão e com o lindo papel da torcida no Japão. Se for provado que o sinalizador que matou um jovem na Bolívia partiu mesmo da torcida do Corinthians, acho justíssima a expulsão do time da Libertadores. E se for comprovada a culpa de algum torcedor dentre os suspeitos presos, além de condenado à prisão, de acordo com as leis bolivianas, ele deve ser processado pelo Corinthians por todos os danos morais e financeiros causados ao clube. Caso contrário, a torcida organizada é que deve ser responsabilizada. É a única maneira de conter as atitudes estúpidas desses torcedores ignorantes que existem em todos os clubes. Se ocorrer a eliminação do Corinthians e as coisas mudarem no futebol, vai valer mais do que qualquer título. Vai doer para nós, corintianos, mas que assim seja.

SÉRGIO KOCINAS
sergio.koc@hotmail.com
São Paulo 

*
Tragédia prevista

Claro que não se sabia, mas o manuseio de fogos pelas torcidas está fadado a tragédias. É previsto. Durante o carnaval comentei que a Gaviões espalhou fogos pela arquibancada do sambódromo. Nada aconteceu, mas não soube de penalidades ou de eles terem sido admoestados. Agora a torcida, talvez com vários dos mesmos "organizadores" de fogos, se repete. Claro que não é apenas o Corinthians, são todas as torcidas. Quando a consciência e a civilidade vão ditar que fogos nesse tipo de eventos só podem acabar em tragédia? Se a polícia não consegue evitar, que nós não usemos essa "brecha" do policiamento para outro caso como o de Santa Maria (RS) ou, agora, o de Oruro.

JACQUES GERMANO
jacques.germano@gmail.com
São Paulo

*
FESTA ELEITOREIRA

Sem sentido

Como um partido de um governo tão omisso nas áreas da segurança, saúde, educação e transportes, responsável por uma Petrobrás fragilizada e com uma inflação descontrolada tem a coragem de comemorar os dez anos à frente dessa desastrosa administração? Deveria reunir-se para debater como não errar mais, como no mensalão, ser mais ético, menos corrupto e como defender Lula, indiciado pelo procurador-geral da República.

JOSÉ WILSON DE LIMA COSTA
jwlcosta@bol.com.br
São Paulo

*
Condenados

Nas comemorações dos 33 anos da fundação do PT, por acaso serão comemorados também os 26 anos e 7 meses de penas cumulativas dos principais petralhas, José Dirceu, José Genoino e Delúbio Soares, juntamente com a presidente Dilma e o mentiroso patológico do "não sei de nada"?

MARIO COBUCCI JUNIOR
maritocobucci@uol.com.br 
São Paulo

*
Nota 10

Os dez anos do PT no poder, no embalo do carnaval recém-terminado: quesito "corrupção", 10, nota 10; quesito "politicagem", 10, nota 10; quesito "compra de votos", 10, nota 10; quesito "fisiologismo", 10, nota 10; quesito "maquiagem de dados", 10, nota 10; quesito "demagogia", 10, nota 10; quesito "usurpação da máquina pública", 10, nota 10; quesito "supressão da esperança": 10, nota 10. Enfim, o PT é 10!

TÚLLIO MARCO S. CARVALHO
tulliocarvalho.advocacia@gmail.com
Belo Horizonte

*
Ataque aos tucanos

Já que o governo petista tem tantos feitos para mostrar ao povo, por que o PT não encontra outra fórmula para se promover que não seja atacando os tucanos, sem se esquecer, evidentemente, de Fernando Henrique Cardoso?

M. DO CARMO Z. LEME CARDOSO
mdokrmo@hotmail.com
Bauru

*
FHC e o inferno

Fernando Henrique Cardoso foi um presidente com boas intenções. Infelizmente, dois atos de sua gestão servem de arma ao PT para se perpetuar no poder: o Bolsa-Escola, que virou Bolsa-Família e institucionalizou o crime eleitoral de compra de votos, e a reeleição, feita a toque de caixa, sem o referendo popular, que gerou três mandatos petistas até este momento. O inferno está cheio de boas intenções.

EDUARDO MELLO
eduphone1@gmail.com
São Paulo

*
Futuro presidente

Sr. Eduardo Campos (presidente nacional do PSB), o senhor pode voar, e voar muito alto. Então, por que permanecer no ninho comendo migalhas?

LOURDES MIGLIAVACCA
lourdesmigliavacca@yahoo.com
São Paulo

*
YOANI SÁNCHEZ

Pleonasmo

Quando assisti às manifestações de hostilidades contra Yoani Sánchez, lembrei-me de Roberto Campos. Dizia ele, com absoluta razão: "A esquerda é burra". Na verdade, os esquerdistas acabaram por proporcionar a maior audiência à blogueira cubana. Então, quando alguém falar "comunista burro" será um pleonasmo!

EUGÊNIO JOSÉ ALATI
eugeniojosealati@yahoo.com.br
Campinas

*
É sua forma de fazer política

Não há nada de novo no comportamento da chamada "esquerda brasileira". Foi assim, coagindo, constrangendo e impondo óbices à manifestação de ideias contrárias ao seu ideário, que esse pessoal chegou ao poder. Calando seus oponentes e manipulando a população com migalhas da riqueza nacional vão ocupando os espaços então democráticos. Intriga saber que parte da inteligência brasileira comunga desse modo de pensar e agir.

NOEL GONÇALVES CERQUEIRA
noelcerqueira@gmail.com
Jacarezinho (PR)

*
PUNIÇÃO EXEMPLAR

Cogita-se excluir o Corinthians da Libertadores por causa da morte de um garoto boliviano atingido por um foguete lançado pela torcida corintiana. Nada mais justo e correto! Estes “torcedores” da Gaviões da Fiel recebem apoio total do time, são incentivados e até financiados para irem aos jogos em outras cidades e países. O time tem sua parcela de responsabilidade, sim. Estas práticas selvagens de torcidas só acabarão no dia em que, por causa da sua selvageria, seus times forem severamente punidos. Fanáticos admitem tudo, menos ver seu time rebaixado ou excluído. Hão de aprender a se comportar.
 
Maria Cristina Rocha Azevedo crisrochazevedo@hotmail.com 
Florianópolis

*
RIGOR NA ENTRADA

Não seria mais fácil haver uma inspeção rigorosa nos portões dos estádios, punindo torcedores que portam artefatos perigosos, do que excluir os clubes das competições, cujos diretores não praticam o péssimo hábito de atirar rojões contra pessoas nas arquibancadas, como ocorreu na Bolívia? 
  
Lincoln Scorsoni lincoln-scorsoni@bol.com.br 
São Paulo

*
O VALOR DA VIDA

Acabo de ler esta “pérola”: “Trocaria meu título mundial pela vida do menino”, atribuída ao compungido técnico do  Corinthians. A ser verdade, será que alguém poderia comunicar a este senhor que, diante da vida (e tanto mais a vida de um garoto de 14 anos), seu “título mundial” não vale, sequer,  uma casca de banana podre? Meu Deus, quanta sensibilidade!
                                                                                                      Edméa Ramos da Silva  paulameia@terra.com.br 
São Paulo

*
MAIS UMA VÍTIMA

Mais uma vítima da violência em estádios, desta vez um adolescente atingido por um artefato disparado lamentavelmente por algum brasileiro, lá na Bolívia. Não é novidade que estes caras que acompanham seus times por toda a parte são fanáticos, radicais e violentos, e o pior: os clubes que patrocinam esses marginais não são punidos. Tomara seja identificado o autor dessa tragédia e que fique alojado em alguma cela boliviana por longo tempo.
 
Ademar Monteiro de Moraes ammoraes57@hotmail.com 
São Paulo 

*
VIOLÊNCIA SEM SENTIDO

Um menino de 14 anos morre atingido por um sinalizador, que provavelmente foi lançado por torcedor corintiano. Até quando vamos assistir impassíveis a essa ignorância e violência de bandidos travestidos de torcedores? Quem em sã consciência carrega bombas, sinalizadores perigosíssimos além fronteiras, entra num estádio estrangeiro e mata uma criança? Quantos são os culpados de mais essa tragédia absurda e triste? Brasil, país da próxima Copa e, por isso mesmo, vemos cada vez mais estádios vazios e usados para shows. E aí? Tem como explicar? 

Eduardo Zago jeduardozago@superig.com.br 
São Paulo

*
CHOVER NO MOLHADO
 
É chover no molhado. Mais um torcedor, desta vez, garoto com 14 anos, morre por conta de um imbecil que viaja quilômetros não para torcer, e sim criar confusão. Enquanto as autoridades de todos os países não tomarem medidas punitivas, tudo continuará na mesma lamentação. Colunista que toma partido do time que torce, juízes que só usam a toga, torcedores que querem somente se divertir são passado. No presente, as torcidas estão infestadas de animais irracionais. Pobre esporte!
 
Tanay Jim Bacellar yanay.jim@gmail.com 
São Caetano do Sul 

*
LIBERTADORES: A TRAGÉDIA EVITÁVEL

Mais uma tragédia na história da violência e dos atos imprudentes e irresponsáveis no mundo do futebol. Alguns torcedores do Corinthians estão detidos agora na Bolívia sob acusação de que um deles “mirou errado” um sinalizador e acabou matando um adolescente de 14 anos da torcida adversária, na noite desta quarta-feira, pela Taça Libertadores da América, na partida entre a equipe brasileira e o time boliviano do San José. Se foi “fatalidade” ou ato criminoso, não importa. Melhor teria sido que artefatos fossem proibidos em estádios de futebol por medida de bom senso. Não, lá na Bolívia se permite a entrada de torcedores em estádios de posse de tais objetos que ameaçam a vida de seres humanos. Em 1989 – estava presente e fui testemunha ocular –, a seleção brasileira quase ficou de fora do Mundial de 90, em razão do arremesso, no gramado do Maracanã, durante uma partida das eliminatórias contra o Chile, de um sinalizador. O goleiro Rojas, da seleção chilena simulou que o artefato, que caíra próximo ao seu corpo, o tivesse atingido, fazendo uso de um lâmina cortando o próprio supercílio. Depois confessou a trama. A brasileira Rosemary, que arremessou o sinalizador, ficou conhecida à época como “a fogueteira”. O Corinthians pode ser punido agora com a exclusão da Libertadores, até por mais de uma edição, caso seja comprovado o envolvimento de algum de seu torcedor no lamentável episódio.no Estádio Jesús Bermúdez. Imaginem que tragédia para o próprio clube que precisa honrar seus compromissos e investimentos. E a fiel torcida do clube, com milhões de adeptos no País? Que tamanha frustração e decepção! O ato imprudente e irresponsável, muito presumível – fatalidade é outra coisa – tirou a vida de um menino de 14 anos. Foi atingido no olho pelo artefato e teve perda de massa cefálica, com morte instantânea. Neste contexto há que se considerar o erro injustificável das autoridades e da polícia bolivianas. Dias atrás o Brasil ficou chocado com a tragédia da boate Kiss, em Santa Maria, quando, durante um show de uma banda, um sinalizador arremessado no interior da boate, deu causa a quase 240 mortes. A segunda maior tragédia coletiva do mesmo gênero no país. Tomara que tenhamos de fato aprendido com a porta depois de arrombada e que os culpados sejam exemplarmente punidos. Espera-se, por outro lado, que pelo menos agora o fatídico episódio de Oruro, no Estádio Jesús Bermúdez, na Bolívia, chame a atenção de autoridades da Fifa e da Conmebol e das demais confederações internacionais de futebol, no sentido da adoção de rígidas medidas de segurança fora e dentro dos estádios. Pelo menos isso. É preciso dar um freio na violência de torcidas de futebol, muitas organizadas tão somente para delinquir, não para curtir a sadia paixão pelo clube do coração. Fica agora a torcida para que o Corinthians não receba a máxima punição. A torcida brasileira ficaria tolhida de ver na Libertadores uma excelente equipe de futebol e fortíssima candidata ao título.

Milton Corrêa da Costa milton.correa@globomail.com 
Rio de Janeiro

*
DEZ ANOS NO PODER

O Partido dos Trabalhadores (PT) festeja o seu aniversário de dez anos no poder, como se não tivesse companheiros condenados no mensalão, lembrando aquela negligente empregada doméstica que, em vez de dar tratamento adequado à sujeira, prefere empurrá-la para debaixo do tapete.

Odilon Otávio dos Santos
Marília

*
CONTINUAMOS À DERIVA

Os petralhas se reuniram ontem em clima festivo. Tem motivos? Entre os presentes, havia uns três ou quatro condenados pelo mensalão, aquela “farsa da imprensa brasileira”. Outro presente, o sr. “Bravata”, aquele que parece que será investigado, apesar de nunca saber de nada, como nunca antes na história deste país, já deu início à corrida presidencial de 2014, bem de acordo com a sua conduta irresponsável. Dilmão tem menos de dois anos para domar a inflação, investir realmente onde se deve e não apresentar PACs que continuam emperrados e manter sua política populista de manter juros baixos. Conseguirá fazer tudo isso? Eu acho que não e, infelizmente, não por ela, mas pela população brasileira. Baixar os custos de energia por decreto, segurar o aumento dos combustíveis, nem que para isso se destrua a empresa responsável pela importação, refino e distribuição, entre outras medidas temerárias, sabemos que não trarão o desejado PIBão. Depois de uma conquista fundamental para o País, que foi o controle da inflação, corremos um grande risco de que o inimigo adormecido volte com força. Chega de empirismo, sr. Mantega. Precisamos de pessoas competentes, leia-se que tenham grande saber nas suas áreas de atuação, e não que sejam apadrinhadas dos caciques do PMDB, ou nossa economia ruirá. Estamos e continuamos à deriva.
 
Renato Amaral Camargo natuscamargo@yahoo.com.br 
São Paulo 

*
RETRATO

Vendo a foto de Lula e Dilma na primeira pagina do Estado do dia 21/2, lembro-me da foto da Dilma na posse do ministro Joaquim Barbosa no Supremo Tribunal Federal (STF). Os dois, Lula e Dilma, estão com cara de... espíritos involuídos.

Carlos Roberto Gomes Fernandes crgfernandes@uol.com.br 
Ourinhos 

*
O DISCURSO DE LULA

Lula continua se fazendo de morto. Na comemoração dos dez anos de PT, nenhuma palavra sobre os escândalos protagonizados por sua “amiga” Rosemary Noronha, pega pela Polícia Federal, em que deixou exposta sua vida pública e privada. Ele usou e abusou de um poder que o povo não lhe outorgou e deve se explicar. Mas a única coisa que vimos foi sua costumeira empáfia, descaso com a ética, moral, bons costumes, enaltecendo como sempre sua desastrosa gestão. Gostaríamos de vê-los explicar a população o porquê da volta do “dragão da inflação”, que corrói novamente o bolso de todos. Mais patético ainda foi ver os condenados pelo mensalão sendo abraçados e ovacionados por toda aquela gente, num perfeito desrespeito para com a justiça do País. Quem abraça bandido bandido é! Essa é uma frase que o povo entende, só falta assimilar a importância de ter um governo ético, moralmente digno de ocupar nosso mais alto posto. Depois dessa, ninguém se espantaria se até Fernandinho Beira-Mar fosse candidato do PT! É o tal do vale-tudo...

Beatriz Campos beatriz.campos@uol.com.br 
São Paulo

*
CARTILHA DO PT

Foi amplamente divulgado que o PT pretende publicar uma cartilha cujo objeto será a comparação dos governos Lula/Dilma e Fernando Henrique. Será necessário que se faça uma análise honesta para admitir os ensinamentos e as consequências que a engenharia econômica do Plano Real deixou como herança bendita ao País.

Mário Borgonovi Pai marionegrao.borgonovi@gmail.com
Rio de Janeiro

*
MEMÓRIA CURTA

Lançado candidato à presidência por FHC, Aécio Neves argumenta que “quem governa o Brasil é a lógica da reeleição”. Esquece-se de que, por interesse próprio, foi FHC que a instituiu, comprando votos de parlamentares. O procurador-geral da República Geraldo Brindeiro arquivou e engavetou mais de 500 ações criminais, sendo quatro contra FHC, entre elas, a conhecida como “compra de votos para reeleição”. Brindeiro foi nomeado por FHC e ficou conhecido como “engavetador-geral da República”.

Wilson Haddad wilson.haddad@uol.com.br 
São Paulo

*
A MESMA FARINHA

Nessa discussão da comparação dos 10 anos do PT no governo com o PSDB, onde cada um fica falando as abobrinhas que lhe convém, como se o ouvido do cidadão fosse penico, a última foi a do ex-presidente Lula dizendo que aceitam comparar até corrupção. Bem, até o mensalão o PSDB ganhava de goleada, por causa da privataria, mas com o mensalão o PT passou à frente. Poderiam ter um pouco mais de respeito com o cidadão. Para mim é tudo farinha do mesmo saco.

Panayotis Poulis ppoulis46@gmail.com 
Rio de Janeiro

*
PLÁGIO

Lançado nas comemorações dos 10 anos de poder, “Do povo, pelo povo e para o povo” é o novo lema do PT. Diante da ausência de criatividade e do desconhecimento da história, é bom lembrar aos petralhas, tratar-se a frase de plágio do famoso discurso do 16.º presidente dos EUA, Abraham Lincoln, na cerimônia dedicada do Cemitério Nacional de Gettysburg em 19 de novembro de 1863, ocasião em que invocou o princípio do igualitarismo da Declaração de Independência e, entre outras, de que os poderes dos Estados não poderiam sobrepor ao “Governo do Povo, pelo Povo, para o Povo”.

Mario Cobucci Junior maritocobucci@uol.com.br 
São Paulo
 
*
JINGLE DO PT

Causa-me enorme revolta esse hábito do PT de levar todo o crédito por tudo feito com o suor alheio. Agora sou obrigada a ler que Joel Santana que provavelmente ganhou milhões, “criou” o “novo” lema do PT “do povo, pelo povo e para o povo”!  Essa frase é de 1863, copiada descaradamente do famoso Gettysburg Address “government #of the people, by the people, for the people, shall not perish from the earth”, discurso feito por Abraham Lincoln após a batalha do mesmo nome. Qualquer criança americana aprende esse discurso na escola primária e sabe cada palavra de cor. Agora vem seu João Santana na maior cara de pau reivindicar autoria das palavras de Lincoln? Esse partido não cria; só copia e se apodera de tudo. 

Candida L. Alves de Almeida almeida.candida@gmail.com 
São Paulo

*
SEM VERGONHA

Com o acréscimo de dois reais à renda per capita de pessoas que vivem com menos de R$ 70,00 por mês, extingue-se por decreto presidencial a miséria extrema no Brasil Carinhoso do PT. É preciso muito cinismo, muita cara de pau para se verbalizar tal despautério, mas como já estamos há mais de uma década sob o governo “delles”, entende-se tal conduta, só quem não vai entender o tamanho desta insensibilidade é o infeliz ganhador de “tanta” benesse. Parodiando a marchinha de carnaval, com dois reais a mais, deixaram a vergonha prá trás! PT saudações!

Mara Montezuma Assaf montezuma.scriba@gmail.com
São Paulo

*
PORCA MISÉRIA

Na solenidade oficial de terça-feira,em que anunciou o reajuste do Bolsa-Família, em Brasília, Dilma Rousseff falou do fim dos miseráveis no País. Ao lado da presidente, na foto (20/2, A4), estão confortavelmente sentados Renan Calheiros e Henrique Alves. Definitivamente, em seu quadro político, o Brasil continua uma porca miséria! Até quando?!
 
J. S. Decol decoljs@globo.com 
São Paulo

*
O PREÇO DO VOTO

Quanto custa um voto para eleição de 2014? Setenta reais! Este é o preço! Barato demais e só pode ser comprado de pessoas em estado de profunda miséria. Setenta reais jamais conseguirão tirar alguém da miséria absoluta, não pagam nem 1/5 de uma cesta básica que preste. Meu preço, por exemplo, seria muito maior, qualquer partido conseguiria meu voto em troca de segurança pública, saúde em níveis de Primeiro Mundo, educação de qualidade e capacidade de governar, nem posso exigir honestidade, pois esta qualidade falta em nossos políticos. Mas esses itens básicos seriam o meu preço e de milhares de outras pessoas que querem ver o Brasil ser reconhecido como uma grande Nação.

Jose Mendes josemendesca@ig.com.br 
Votorantim  

*
EXTREMA POBREZA E 2014

O programa para erradicação da extrema pobreza que receberá aumento de recursos para tirar 22 milhões de brasileiros da miséria e transformá-los em eleitores para 2014 ganhou um slogan: “O fim da miséria é só um começo”. Melhor seria se a presidente Dilma se esforçasse para educá-los a fim de que pudessem melhorar de vida, e não viver de mesadas, como o “bolsa família” e outros programas, incluindo o que incentiva a família a ter mais filhos para ganhar R$ 2,00 mensais para cada um. O “é só um começo” assinala o momento em que o indivíduo passará a consumir o dinheiro da nação, sem precisar dar reciprocidade e sem que a nação o trate como indivíduo, dando-lhe uma profissão, e sim como um receptor de “esmola oficial” substituindo a que população deixou de dar nas ruas. Sem educação, ele continuará nas mesmas condições de sempre. Em nenhum momento a presidente considerou esse aspecto que sustenta, sem esforço para o indivíduo, 13 milhões de famílias, aproximadamente um terço da população do País. É uma vergonha para o Brasil! Dando educação, a presidente Dilma não asseguraria votos para 2014.
 
Fabio Figueiredo rsfig@dialdata.com.br 
São Paulo

*
HISTORINHA

A presidente Dilma avisa, confirma, reafirma e “jura de pé junto” que vai erradicar a pobreza de 13 (treze) milhões de brasileiros, até já escreveu... No gelo! Vai ser uma ordem no seguinte estilo: “Vocês, que estão na miséria e na pobreza, saiam dela já! Já falei, já! E eles saem... Pronto! A miséria e a pobreza no Brasil estarão erradicadas, mais parece história de criança, só pode ser. Acredite, se quiser, aqui é Brasil, gente!
 
Maria Teresa Amaral mteresa0409@2me.com.br 
São Paulo

*
CABRESTO

O governo está agindo como age os coronéis ou assemelhados, distribuindo migalhas ao povo sofrido e miserável. Esta distribuição a que se dá o nome de Bolsa-Família, que, além de tirar a dignidade e manter o povo na miséria, os força a manter esse poder através do voto que se dá o nome de “cabresto”. Ao permitirmos esse abuso de poder, estamos tirando o futuro do País e mantendo um poder podre e indigno! Até quando vamos permitir?

José Carlos Costa policaio@gmail.com
São Paulo

*
TSSM

A presidenta Dilma acaba de ampliar na terça-feira o único projeto que foi prometido em campanha e que foi cumprido em mandato, pela administração federal petista, o TSSM (Tecnologia Social de Superação da Miséria). Não se sabe qual é o papel da tecnologia na sigla, pois se trata pura e simplesmente da distribuição de dinheiro para os mais carentes na forma de “bolsas tudo”. O que eu sei é que aquilo que deu certo no governo petista deve ser aplaudido, independentemente da tecnologia empregada e independentemente também, do estrago causado nas outras promessas...

Victor Germano Pereira victorgermano@uol.com.br
São Paulo

*
BRASIL SEM MISÉRIA

A verdade do Sem Miséria é que todos os brasileiros, inclusive os pobres, que não recebem o Bolsa-Família estão pagando para os que recebem. E vem aumento... Viva Dilma!

Gilberto Dib gilberto@dib.com.br
São Paulo

*
MISERÁVEIS APOSENTADOS

Realmente, é bonita a atitude da Dilma na campanha contra a miséria. Por outro lado, é lamentável que, em benefício dessa infeliz população, está colocando cada vez mais nós, aposentados, com o achatamento de nossas aposentadorias, na situação de miséria. Nós que trabalhamos e contribuímos em média 35 anos somos ignorados em benefício de pessoas que nada produzem. Não que não teriam direito mas a situação é bastante injusta. Afinal quem sempre “sustentou” o País fomos nós, com trabalho/contribuição. Além de tudo, essa atitude só contribui para termos cada vez mais um povo despreparado/miserável acostumado a que tudo “caia do céu” sem um mínimo de trabalho, que é a principal forma de dignificar o homem. Ensine o povo a pescar não lhe dê o peixe.

Laert Pinto Barbosa laert_barbosa@ig.com.br
São Paulo

*
FOI DADA A LARGADA

Sob frases de efeito criadas pelo seu marqueteiro, a presidente Dilma faz discurso avisando que nenhum brasileiro mais gozara de pobreza extrema pois cada um aprenderá a viver com no mínimo R$ 70 por mês. A exemplo de seu Guru, é dada a largada precoce para as eleições de 2014, e, assim, o resto das necessidades extremas do País continuará à espera de providências depois de quase dez anos de uma era perdida de promessas ao vento. Do legado os petista terão muito a comemorar, principalmente porque a companheirada jamais dependerá desse tipo de esmola do governo. Estão todos de alforjes cheios colados no “pudê”.

Leila E. Leitão
São Paulo

*
FORA DA ORDEM

Daria para escrever todo um tratado sobre um governo que no desespero de começar logo sua campanha, no caso mais do que antecipada, para a Presidência da República, vem a público declarar que irá tirar milhões de pessoas da pobreza absoluta concedendo-lhes uma fortuna de R$ 70,00 por mês. Pensando bem, faz sentido. Para quem não tem centavo, R$ 70,00 é uma pequena fortuna.

José Marques seuqram.esoj@bol.com.br 
São Paulo

*
OS MISERÁVEIS

A presidente Dilma disse que a miséria visível não existe mais. Só a invisível. Fico tentando ver, diferente da ótica do governo (haja figura de linguagem) um Brasil assim, onde a dinheirama que entra nos cofres seja capaz de nos assegurar saúde, educação, transporte e segurança de qualidade. Realista que sou (minha mulher vive me chamando pessimista), prevejo a continuidade deste estado de coisas, onde a população vai continuar penando nas filas dos hospitais, para viver condignamente com os benefícios da Previdência, nos bancos escolares e dos meios de locomoção, lógico, sem saber se chega em casa vivo. Pelo menos, enquanto os roubadores do dinheiro público continuarem a mandar nas prefeituras, câmaras, governos dos Estados, assembleias e no Congresso. Também nos ministérios, no País. 

João Direnna joao_direnna@hotmail.com 
Quissamã (RJ)

*
BRASIL CARIDOSO
 
O governo diz estar tirando milhares de pessoas da linha da pobreza com os R$ 70,00 (é dinheiro ou não é?), porém elas continuarão no mesmo esgoto e serão chamadas de brasileiros (camundongos) acima da linha da pobreza, porque o que poderia tirar estes miseráveis da dependência econômica e eleitoral seriam uma educação com qualidade e oportunidade de trabalho. Convenhamos que o governo gosta da situação e muitos brasileiros  adoram viver com a mão estendida esperando esmolas. Brasil sem miséria seria se todos ganhassem igual ao Messi (trabalhando).
 
Manoel José Rodrigues climenes@ig.com.br 
Alvorada do Sul (PR)

*
QUANDO A ESMOLA É DEMAIS...

Espetacular! Grandioso! Grandes progressos! O Brasil passará a ter menos miseráveis. Irão “procurar” os 2,5 milhões de pessoas abaixo da linha chamada pobreza. “O governo irá investir na busca por essas pessoas para que sejam contempladas em programas sociais.” Por que irão procurar? O Brasil tem mais de 5.500 municípios. O que fazem: os prefeitos e suas Câmaras de Vereadores? É preciso responder, porque o governo disse que não sabe, vai procurar. Mas todos os que sabem ler sabem.   Estão todos buscando votos, negociando projetos, prometendo benefícios e todos, sem exceção, estão alheios e ausentes da verdadeira administração dos problemas que afligem não só esses 2,5 milhões, mas os 40 ou 50 milhões de analfabetos que compõem a população brasileira. Dessem os governos federal, estaduais e municipais verbas para melhorar a base de uma nação, que são os educadores, os médicos, os produtores rurais, o apoio de melhores salários, o Brasil não teria a malfadada expressão “linha da extrema miséria”.   

Alberto Caruso albertocaruso@uol.com.br
São Paulo     

*
‘A MISÉRIA QUE NÃO ACABA’

No Nordeste, não há miserável que se contente com R$ 2,00 quando esta quantia lhe cai à mão como dádiva, que lhe é dada, quando solicitada, para superar uma necessidade básica, pois para inteirar uma “pedrinha”, o mínimo é R$ 10,00. Moedas de R$ 0,10, R$ 0,25, R$ 0,50 são juntadas e coladas com adesivo, pois já não servem de troco, a não ser dessa forma, retratando a desvalorização da moeda, pois os preços já não são fracionados em centavos! Resultados da política de mentecáptos socialistas...

Carlos Leonel Imenes climenes@ig.com.br 
São Paulo

*
YOANI SÁNCHEZ

A visita da blogueira cubana tinha tudo para passar quase despercebida.  Até que a esquerda subalterna ao regime cubano foi chamada e recebeu instruções de agir. Pelo visto, os figurões não quiserem mostrar a cara. Quem vê as imagens da baixaria tem logo a impressão de que foi gente recrutada na base do kit “hot dog, tubaína e dez real”. O socialismo do século 21 ou está mal das pernas a ponto de bater o desespero, ou já se convenceram de que está tudo dominado e podem avançar no projeto de impor aos brasileiros um tipo bastante peculiar de “democracia”. Pelo mau comportamento, o senhor embaixador cubano deveria ser convidado a se retirar.

Antonio Cavalcanti da Matta Ribeiro antoniodamatta@ig.com.br 
São Jose dos Campos

*
BOATOS

Corre à boca pequena em Brasília que o marqueteiro oficial do PT contratará para as eleições de 2014 o atual embaixador cubano lotado na capital federal (Brasília/DF) para mobilização da militância petista em nível nacional, tal foi sua competência quando da vinda de sua compatriota a blogueira Yoani Sánchez. 
 
José Piacsek Neto bubapiacsek@yahoo.com.br 
Avanhandava

*
SS PETISTAS

Senhor redator, mais uma vez os fascistas-petistas lançam suas SS contra uma figura que pensa diferente da religião comuno-fascistoide deles.  Até quando vamos tolerar isso calados, como resignadas ovelhinhas? Acorda, Brasil, antes que viremos uma Cuba grande!

Renato Pires repires@terra.com.br 
Ribeirão Preto

*
FALTA DO QUE FAZER

Com tantas coisas que temos por que protestar – saúde, transporte, educação e, principalmente, contra a corrupção que corrói a economia do Brasil –, uma corja que não tem o que fazer protesta justamente contra a vinda de uma blogueira que, pelo visto, também não tem muito que fazer...

Virgílio Melhado Passoni mmpassoni@gmail.com 
Jandaia do Sul (PR)

*
NAS TETAS DA VIÚVA
 
Enquanto a blogueira Yoani Sánchez fora impedida por paus mandados de ex-guerrilheiros de divulgar com imagens do que ocorre em Cuba, uma parcela significativa de ricos e bem postados ex-guerrilheiros que vivem sob as generosas tetas da viúva se reuniam em São Paulo para comemorar dez anos no poder. A democracia daqui não é a mesma de Cuba. Aqui se julgam heróis “justamente” recompensados com polpudas indenizações, invejáveis aposentadorias e, sob outras formas, continuam sugando as tetas da viúva, enquanto lá seriam submetidos ao paredón.
 
Humberto Schuwartz Soares hs-soares@uol.com.br 
Vila Velha (ES)

*
FATOS GRAVES

A revista Veja denunciou. As atitudes comprovaram. São fatos incontestáveis. O que mais precisa acontecer? Será possível que, pessoas que, tiveram como formação as escolas de guerrilhas cubanas, que tem vínculos profundos com Cuba e como exemplo a ser seguido e ídolo Fidel Castro, poder-se-ia achar ser alguém que, algum dia na vida, tenha tido idéias de lutar por democracia? Francamente, acho que é só aqui que essas coisas acontecem. E ainda vão ganhar uma área para construir o Memorial da Democracia. A vinda da blogueira cubana Yoani, o que aqui foi arquitetado por integrantes do PT, PCdoB e CUT contra ela na sua chegada, orquestrada pelo embaixador de Cuba aqui, no Brasil, nos mostra claramente. É inadmissível, gravíssimo. Um alerta geral, inclusive ao povo brasileiro, para que percebam o rumo que as coisas estão tomando, o retrocesso,a forma agressiva, suja de agir e de impor as suas ideias. Os ditos “democratas”, pois é, defensores da “democracia cubana”, do líder “democrata” Fidel Castro. Eu pergunto: Se lá é tão bom, o que fazem aqui? Quem sabe lá façam suas badernas impunemente, elaborem dossiês apócrifos destruindo reputações, invadam propriedades e continuem vivos. Um cubano ser contra algumas práticas do regime e falar do seu país tem todo o direito. Agora, brasileiros idiotas manipulados se acharem no direito de agredi-la por isso é outra coisa, deveriam ser mandados para lá e viver aquela vida maravilhosa. Muitas coisas precisam ser revistas neste país, antes que seja tarde.
 
Heloisa A. Martinez heloisa_martinez@hotmail.com 
Mogi das Cruzes

*
CUBA

Aos que ainda se encantam com a utopia fracassada do comunismo cubano, especialmente aos que se encantam com a saúde e a educação que pensam existir por lá, pergunto: de que adianta educar o povo e depois proibir que se exerça qualquer atividade? O cubano estuda, se forma, e depois é condenado a viver o resto da vida sentado em seu cortiço esperando os cupons de alimentação do governo. Qualquer iniciativa de qualquer atividade econômica será taxada de ato contrarrevolucionário, burguês, canalha! É proibido ter iniciativa, é proibido criar, é proibido progredir, é proibido ter opinião, é proibido viajar, mesmo dentro de Cuba, é proibido criticar, é proibidíssimo ganhar dinheiro! É proibido saber o que se passa no mundo! Filmes, músicas, notícias, livros, tudo proibido! Quanto à cantada e decantada saúde cubana, pergunto: de que adianta ter um exército de bons médicos, se eles não têm um pedaço de sabonete para lavar as mãos? O que se pode dizer a favor de Cuba é que o embargo total e eterno imposto pelos Estados Unidos é uma das maiores crueldades da história da diplomacia mundial. 

Mário Barilá Filho mariobarila@yahoo.com.br 
São Paulo

*
AURÉLIO MIGUEL

Conforme página C4 de 21/2/2013, o vereador Aurélio Miguel é investigado na Câmara Municipal de São Paulo por ter saltado o valor de seus bens para R$ 23,6 milhões em seis anos para além do que é devido! Já tivemos o caso de Hussain Aref Saab, diretor do Aprov, já afastado por ter acumulado 106 imóveis  desde 2005, pois tinha a caneta para aprovar plantas de imóveis, principalmente shoppings centers. O Ministério Público está investigando agora a Brookfield Gestão, entre outros. Agora dá para entender por que pagamos tantos impostos, principalmente IPTU.

Maria de Mello nina.7mello@uol.com.br 
São Paulo

*
CORRUPÇÃO

Aurélio Miguel (PR-SP), vereador de São Paulo, ex-judoca, medalhista e campeão olímpico, atleta altamente qualificado, até então tinha comportamento idôneo e impecável, até seu ingresso como vereador. Embora nada justifique tal comportamento ou atitude, contudo, bastou se misturar às laranjas podres que compõem a Câmara dos Vereadores de São Paulo para se contaminar e apodrecer imediatamente, demonstrando ter um caráter fraco e altamente persuasível. Tanto que está sendo denunciado pela Justiça por corrupção passiva, envolvido por receber R$ 1,1 milhão para facilitar a aprovação de alvarás para cinco shoppings da capital. Como diz o provérbio popular: “A ocasião faz o ladrão”.

Angelo Tonelli angelotonelli@yahoo.com.br 
São Paulo

*
DO CÉU AO INFERNO
 
A contaminação por mau-caratismo é pior que de muitas epidemias, e alastrou-se em solo nacional de forma avassaladora, implacável. Aurélio Miguel: ontem, orgulho nacional que trouxe para o País uma medalha olímpica de ouro; hoje, exercendo a vereança na câmara municipal paulista responde a uma CPI por receber propinas em um processo de corrupção. Esse é o legado dessa corja que está envolvida dos pés à cabeça no maior processo de corrupção que o País já viu e está contaminando indiscriminadamente à toda Nação.

Nei Silveira de Almeida neizao1@yahoo.com.br 
Belo Horizonte

*
EUTANÁSIA

Muito interessante a reportagem de ontem, 21/2, sobre o indiciamento de médica por pratica de eutanásia seletiva. Espero  que o julgamento se dê em até 12 anos, a exemplo da outra reportagem na mesma página, em que médicos indicados em 2004 foram nesta semana condenados em 1.ª instância,  por tráfico de órgãos humanos, isso sem levar em conta que o tribunal que os condenou é de Poços de Caldas, uma pequena cidade mineira famosa por ser o reduto de “lua de Mel”.
 
Sérgio I. Rodrigues serivo@bol.com.br 
São Paulo

Mais conteúdo sobre:
Fórum dos Leitores

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.